Imagem de uma placa de som interna.

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil. Hoje vamos falar sobre a placa de som, um hardware que envia e recebe sinais sonoros dos equipamentos de som (internos e externos) de um computador, convertendo o sinal em analógico para digital e vice-versa.

A placa de som pode ser interna, acoplada ao computador, ou externa, ligada ao computador por dispositivo USB ou Firewire. Outro modelo de placa de som é a usada para gravação e edição de áudio profissional.

A qualidade da placa de som está diretamente ligada à qualidade do áudio que sai pelo alto falante ou fones de ouvido. Nesse Guia de Compra você aprenderá tudo que precisa para comprar a placa de som ideal para suas necessidades.

Primeiro, o mais importante

  • Apesar de não ser essencial para o funcionamento do computador, todos os aparelhos modernos vêm com placa de som, seja em um slot de expansão ou diretamente ligados à placa mãe.
  • A placa de som processa todos os arquivos e programas que tenham algum elemento sonoro. Ela é usada para assistir filmes, ouvir músicas, jogar, usar o assistente pessoal do computador, fazer gravações de som e muito mais.
  • A placa de som pode ser interna (onboard) ou externa (offboard). O modelo externo é conectado ao computador via USB e pode ter uma qualidade de áudio muito superior à placa que vem no computador.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 4 melhores modelos de placa de som

Conheça agora os melhores modelos de placas de som. Existem dois modelos: o onboard e o offboard, escolhemos modelos dos dois tipos, levando em consideração o custo-benefício desses equipamentos e a aceitação dos consumidores.

1º – Placa de Som Creative Sound Blaster – Creative

A placa de som Creative Sound Blaster é um modelo offboard que oferece experiência de som real graças ao processador de áudio Sound Core 3D e da tecnologia SBX Pro Studio que juntos criam níveis de realismo no áudio e efeitos de som surround 3D 5.1.

Acompanha um microfone em formato de feixe com qualidade de som CrystalVoice Focus, que cria uma zona acústica, suprime o ruído fora dela e pode ser usado com as mãos livres.

2º – Placa de Som – HyperX

A placa de som offboard da HyperX tem qualidade de som Surround 7.1 e processamento de sinal digital. Este modelo é indicado para ser usado junto ao headset elimina todos os ruídos externos do microfone. Para usá-lo basta plugá-lo à saída de som do seu aparelho.

3º – Placa de Som Profissional Hdsp 9632 – Rme

A placa de som Hdsp 9632 da Rme é um modelo versátil e simples de instalar, basta conectar o cabo diretamente às placas internas do computador (4 saídas analógicas e 4 digitais), garantindo um total de 6 entradas e saídas analógicas e digitais.

4º – Placa de Som interna – Multilaser

A placa de som Onboard da Multilaser tem saída de áudio com qualidade 5.1, suporta taxa de reprodução de 44.1 K/ 48 khz (taxa de reprodução), tem taxa de processamento de 16 bits e suporta 6 canais de áudio.

Guia de Compra

Nada melhor do que ouvir sua música, filme ou série favorita pelo computador com alta qualidade de som. O hardware que projeta o som dos arquivos multimídias é a placa de som.

Ela pode ser interna ou externa e a escolha por um determinado modelo vai depender dos usos que você faz do PC e de quanto você valoriza a qualidade do áudio.

Imagem de três computadores formando uma ilha de edição musical.

Se o computador for usado para captar, gravar e editar arquivos de áudio, é importante adquirir uma placa de som de alta qualidade para o seu computador. (Fonte: Pixabay / Pexels)

O que é uma placa de som?

A placa de som, também chamada de placa de áudio, adaptador de som ou adaptador de áudio é um hardware em formato retangular que possui vários contatos na área inferior do cartão e várias portas ao lado para poder se conectar aos dispositivos de áudio.

Este cartão de expansão converte sinais analógicos em digitais (e vice-versa), e envia essas informações para dispositivos de áudio conectados ao computador como altos falantes e fones de ouvidos.

A placa de som processa arquivos de áudio em vários formatos e os reproduz com alta qualidade. Tudo que está relacionado a áudio (voz, instrumentos musicais, músicas) passa por essa placa.

Imagem de um hardware de computador.

A placa de som interna fica junto à placa mãe do computador. (Fonte: Alexandre Debiève / Unplash)

Como é formada uma placa de som?

A placa de som é formada por três dispositivos internos: o DSP, o DAC e o ADC.

  • DSP (Digital Sinal Processor): Trabalha o som e seus efeitos, desde a vibração, até efeitos especiais em 3D.
  • DAC (Digital to Analog Converter): Converte as informações digitais transmitidas pelo computador para sinal digital que será transmitido para dispositivos externos como caixa de som e fones de ouvido.
  • ADC: Transforma os sinais analógicos transmitidos por dispositivos de captação de áudio como microfones e instrumentos musicais, em sinais digitais para a placa de som.

Para que serve uma placa de som?

Os usos de uma placa de som são diversos: desde escutar músicas, assistir a conteúdos em serviços de streaming, jogar, fazer gravações, reconhecimento de voz do usuário pelo assistente pessoal, entre outros.

O modelo comum de placa de som tem uma interface com portas de entrada e saída e fica localizado na parte de trás do computador.

As portas de saída servem para conectar fones e alto-falantes e as de entrada servem para conectar dispositivos externos (como um microfone) e realizar gravações.

A placa de som também pode vir com uma porta para som digital, influenciando muito no tipo de áudio captado e emitido. A qualidade da própria placa afeta diretamente na performance de áudio do computador.

E mesmo que o seu computador já tenha uma placa de som, você pode desativá-la caso queira uma placa de qualidade superior. Mas, saiba que o modelo que vem no PC já tem qualidade suficiente para uso doméstico.

Imagem de uma caixa de som de computador.

Uma placa de som de alta qualidade, exige caixas de som compatíveis. (Fonte: Gabriel Beaudry / Unplash)

Apesar da importância, a placa de som não é essencial para que o computador funcione. Mesmo assim, todas as máquinas possuem esta placa, seja em um slot de expansão ou instalado junto à placa mãe do computador.

Existem também modelos de placa de som externas com conexão USB. Esses dispositivos permitem conectar dispositivos de áudio ao computador através de um pequeno adaptador USB.

A placa de som externa, ou portátil, geralmente tem a qualidade de som muito superior, similar a um home Theater com cinco ou sete canais, deixando o som mais potente e parecendo que ele vem de várias direções. Neste caso, também é bom investir em caixas de som de qualidade superior.

Alguns sistemas operacionais, como os da Microsoft, detectam e rodam placas de som que não sejam da marca. Outros, só aceitam produtos da mesma linha ou marca. Fique atento!

Qual a diferença entre placas de som interna e externa?

Existem dois modelos de placa de som para o computador, ambas funcionam convertendo sons analógicos para reproduzi-los de forma digital ou o inverso.

A interna, também chamada de onboard vem dentro do computador. A externa, também conhecida como offboard é uma placa conectada ao computador via USB ou PCI. Vamos explicar melhor como funciona cada uma delas.

Placa de som interna (onboard)

A placa de som interna (onboard) já vem integrada ao computador e é soldada junto à placa mãe. O processamento desse hardware é feito junto ao software de ação integrada, que já vem com a peça.

A placa de som onboard oferece qualidade de áudio satisfatória para vídeos, músicas e games e é ideal para uso doméstico. Alguns modelos permitem que você instale caixas acústicas com sistema de som 5.1 para ter uma experiência de som ainda melhor.

Entretanto, se você trabalhar com gravação e edição de músicas, produtos audiovisuais ou for um gamer, recomendamos placas de som mais potentes, estilo offboard.

Imagem de uma placa de som interna com fundo branco.

A placa de som interna fica integrada na placa mãe. (Fonte: Amazon)

Placa de som externa (offboard)

A placa de som externa (offboard) é ideal para àqueles que procuram qualidade de som superior. Este tipo de hardware é considerado melhor, pois tem vários recursos de áudio que garantem um som nítido, sem interferências ou ruídos.

Essas peças também vêm com memória RAM, e processam o áudio independentemente. São conectadas ao computar via slot PCI ou cabo USB. E há vários modelos de placas de som externas, dos modelos mais simples aos mais sofisticados.

Imagem de uma placa de som vermelha externa com fundo branco.

A placa de som externa São conectadas ao computar via slot PCI ou cabo USB. (Fonte: Amazon)

Confira as principais diferenças e similaridades entre as placas de som interna e externa:

Placa de som interna Placa de som externa
Qualidade de som Satisfatório Excede as expectativas
Processamento A maioria opera com 16 bits A maioria opera com 128 bits
Formas de adquirir Já vem com o computador É adquirida separamente
Diferencial É da mesma linha de hardwares do computador É portátil, seu uso não está atrelado a uma determinada máquina

Quanto custa?

O preço de uma placa de som varia bastante. Há modelos bem baratos por menos de R$ 20, opções de excelente qualidade entre R$ 100 e R$ 200 e modelos mais caros, que chegam a custar quase R$ 10.000.

Para que você possa escolher a melhor para seu bolso, listamos placas de R$ 100 a R$ 1.900.

Onde comprar?

Você pode comprar uma placa de som em lojas de produtos eletrônicos. Por ser um item tão específico, não se encontra em qualquer lugar. Porém, na internet a variedade é enorme. Lojas virtuais como Amazon, Submarino, Mercado Livre são ótimas opções. Além da variedade, você também encontra as melhores ofertas.

Critérios de compra: Fatores para comparar os diferentes modelos de placa de som

As placas de som podem ser diferentes umas das outras em muitos aspectos. Para quem é leigo no assunto, tantas informações podem dificultar na hora da compra. Por isso, nesta última seção, vamos falar sobre as características mais importantes de uma placa de som. São elas:

  • Softwares
  • Processamento
  • Sinal de ruído
  • THD
  • Entradas e saídas da placa

Para você não ficar com nenhuma dúvida, vamos explicar cada um dos itens. Desta forma, você vai acertar na escolha de uma placa de som para o seu computador.

Softwares

A placa de som geralmente vem com um software de leitura. Este software interage com o hardware e permite que o usuário do computador estabeleça algumas configurações e controles.

O software que acompanha a placa de som já pode vir com ferramentas para captação, gravação e edição de áudio.

Os modelos mais sofisticados vêm com softwares avançados para a gravação e edição de som. Suportam qualidades de som potentes (como o som surround), garantindo uma experiência de áudio de altíssima qualidade.

Processamento

A taxa de processamento da placa de som se refere ao bit rate (taxa em bits), e quanto maior for esse índice, melhor é o processamento do hardware.

Para você ter uma ideia, a maioria das placas de som interna (onboard) operam com 16 bits, enquanto as de uso externo (offboards) trabalham com até 128 bits.

Sinal de ruído

A especificação SNR, traduzida do inglês significa Relação Sinal Ruído, diz respeito a interferência no áudio medida em decibéis.

Quanto mais alto for o índice SNR, mais cristalino é o áudio. Neste quesito, as placas offboard também saem ganhando.

THD

O THD se refere ao índice de Distorção Harmônica Total. Neste caso é um pouco diferente, quanto menor, melhor. Isso porque a porcentagem de distorção influencia diretamente na qualidade do som que precisa ser objetivo e limpo.

Entradas e saídas da placa

As entradas e saídas da placa de som podem ficar atrás da CPU (placa de som onboard) ou na frente (placa de som offboard). Ter essas entradas e saídas na parte da frente do computador é vantajoso se você for usar o PC como um estúdio de gravação.

Imagem de um notebook.

A placa de som externa é conectada ao computador através de um cabo USB ou Firewire. (Fonte: Tobias Lystad / Unsplash)

Essas entradas incluem porta para instrumentos de gravação, entrada para fone de ouvido com controle de volume independente, Firewire (entrada USB para dispositivos da Apple) entre outras.

(Fonte da imagem destacada: Maxmann / Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Apaixonada por ler e escrever, empenha-se em produzir conteúdo relevante sobre áreas pelas quais tem muito interesse, como tecnologia, qualidade de vida, beleza e lazer.