Imagem mostra uma placa de vídeo Nvidia por dentro.
Ultima atualização: 13 de novembro de 2019

Como escolhemos

12Produtos analisados

24Horas investidas

8Estudos avaliados

67Comentários coletados

Bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Se você costuma usar o seu computador para games, edição de vídeo, modelagem 3D o outras atividades que exijam muito processamento visual, sabe da importância de uma boa placa de vídeo. Por isso, falaremos hoje sobre a melhor marca do mercado: A placa de vídeo Nvidia.

A Nvidia faz unidades de processamento gráfico capazes de agradar tanto quem fica apenas nas atividades mais leves, como quem precisa de desempenho de altíssimo nível. Vamos nos aprofundar no assunto nesse artigo e tirar qualquer dúvida que você possa ter!




Primeiro, o mais importante

  • A Nvidia é responsável pela GeForce, uma das linhas mais tradicionais de GPU (Unidade de Processamento Gráfico), a parte mais importante da placa de vídeo.
  • Desde que foi criada, a Nvidia é a responsável pelo que há de mais moderno em tecnologia para placas de vídeo. Por isso, é sempre a escolha dos viciados em games e em performance.
  • Para quem usa o computador apenas para atividades mais leves, uma placa de vídeo de gerações anteriores da Nvidia já é mais do que suficiente para fazer um ótimo trabalho.

Você também pode gostar:

As melhores placas de vídeo Nvidia: Nossa opinião

Comprar uma placa de vídeo que não se adequa aos usos que você faz de seu computador pode resultar em problemas. Por isso, listamos alguns modelos da Nvidia para todos os tipos de exigências e de bolsos!

O modelo de entrada

A décima geração das placas de vídeo GeForce, marca registrada da Nvidia, é uma das mais modernas e requisitadas. E a GTX 1050 é o seu modelo de entrada. Ideal para rodar games que exigem performance média e atividades um pouco avançadas, ela conta com 4 GB de memória dedicada e compatibilidade com G-Sync.

Para os gamers exigentes

Uma das placas de vídeo mais avançadas da Nvidia é a GeForce 1080. Ela conta com tudo o que é necessário para agradar os games exigentes, que precisam rodar tudo o que há de mais moderno no mercado. São 8 GB de memória e 256 bits de barramento. Nesse modelo da Zotac, a entrada é de 8 pinos.

A placa para atividades leves

Se você não se importa muito com games e quer apenas usar seu computador para atividades tranquilas como assistir a filmes ou séries, a GT 1030 é suficiente e garante economia. Ela tem 2 GB de memória, core clock com 1506 Mhz e boas compatibilidades.

Guia de Compra

Nós sabemos que você quer o melhor para o seu computador. Por isso, vamos explicar no guia de compra sobre os porquês da Nvidia ser uma escolha tão boa em matéria de placa de vídeo, além de adentrarmos em várias questões sobre a utilidade de seus modelos.

Selecionamos algumas das maiores dúvidas sobre placas de vídeo Nvidia e as respondemos a seguir!

Imagem mostra um homem jogando vídeo-game no computador.

As placas de vídeo Nvidia rodam games com perfeição. (Fonte: Sean Do / Unsplash.com)

Por que a Nvidia se destaca no mercado das placas de vídeo?

Desde o início da década de 1990, os videogames se tornaram uma das atividades mais comuns em computadores. E permitir uma evolução gráfica era uma tarefa complicada, já que as máquinas domésticas não eram assim tão evoluídas.

A Nvidia surgiu dessa percepção de que uma evolução gráfica para computadores era necessária. E, desde então, é uma sumidade no assunto. As placas GeForce, a linha que domina o mercado desses periféricos, sempre estão um passo à frente da concorrência.

Podemos dizer que as placas de vídeo Nvidia são sinônimo de tecnologia, confiabilidade e inovação.

Vale lembrar que a Nvidia é a responsável pela GPU (Unidade de processamento gráfico), não pelo hardware completo. Você encontrará diversas empresas diferentes que fabricam placas de vídeo utilizando a marca GeForce!

foco

Você sabia que foram três amigos, os engenheiros Jensen Huang, Chris Malachowsky e Curtis Priem, que fundaram a Nvidia em 1993?

Pouco tempo depois, eles lançaram a primeira geração das placas GeForce, que se tornou líder do mercado por superar em muito qualquer coisa que a concorrência podia oferecer no momento.

Quais as vantagens das placas de vídeo Nvidia?

Através de sua linha GeForce, a Nvidia oferece o que há de mais moderno em tecnologia gráfica para os seus consumidores. A marca está sempre um passo à frente das demais.

Mas não é só isso: Podemos ressaltar que a Nvidia também se preocupa com consumidores que não são tão ávidos por tecnologia e games, permitindo que modelos “de entrada” também tenham alta qualidade.

As placas de vídeo da Nvidia são compatíveis com a tecnologia G-Sync, presente em monitores gamers de marcas como Asus, Acer e LG. Por outro lado, só nos modelos mais recentes há compatibilidade com a FreeSync, usada pela rival AMD.

Podemos destacar como ponto negativo o fato das placas de vídeo Nvidia serem mais caras que as das marcas rivais.

Veja abaixo uma tabela com vantagens e desvantagens das placas de vídeo Nvidia:

Vantagens
  • Placas com tecnologia avançada e sempre à frente da concorrência
  • Modelos tanto para aficionados por tecnologia como para quem faz uso simples do computador
  • Altíssima preocupação com oferecer sempre o melhor para gamers
  • Compatibilidade com a tecnologia G-Sync
Desvantagens
  • Preço mais alto que das marcas rivais
  • Só os modelos mais recentes são compatíveis com a tecnologia FreeSync

Quais as linhas das placas de vídeo Nvidia?

A linha GeForce é a que domina as placas de vídeo Nvidia. Ela conta com onze gerações, sempre trazendo grandes inovações tecnológicas no lançamento de cada uma.

Para entender a nomenclatura de uma placa de vídeo GeForce, é preciso prestar atenção em sua sigla. “GT” significa um modelo para atividades simples de computação, e “GTX” indica uma placa mais robusta. O primeiro número, por exemplo, o 10 em “GTX 1050”, denota a geração.

O número que vem logo depois do indicador da geração é relacionado à performance da placa. Logo, a GTX 1070 é bem mais potente do que a GTX 1030. Houve mudança apenas na décima primeira geração, que recebe o prefixo 20 e tem o G sendo substituído pelo R.

Com isso, já é possível entender com que tipo de placa você está lidando apenas ao ver a nomenclatura. Mas ainda assim, montamos uma tabela com alguns dos modelos mais vendidos no Brasil atualmente:

RTX 2060 GTX 1080 GTX 1050 GT 1030
Geração Décima primeira Décima Décima Décima
Memória 8 GB 8 GB 4 GB 2 GB
Indicações Pode ser usada para tudo: É o que existe de mais moderno no mercado Pode ser usada com todos os tipos de games e atividades cotidianas Pode ser usada com games de complexidade média, edições de vídeo sem efeitos especiais e atividades cotidianas Pode ser usada com games mais simples e atividades cotidianas

As placas de vídeo Nvidia são ideais para games?

Nós já mencionamos como muitas das placas de vídeo Nvidia são fantásticas para games. Mas ainda falta uma demonstração visual, não é mesmo?

No vídeo a seguir, o canal Adrenaline testa em diversos jogos a placa GeForce GTX 1050, que é da metade da linha da décima geração da marca, foi citada na tabela acima, e tem excelentes resultados!

Prepare sua cadeira gamer, seu mousepad gamer e todos os demais acessórios necessários e comece a jogatina!

Quais outras atividades são possíveis com as placas de vídeo Nvidia?

Os games não são a única atividade que exigem uma placa de vídeo de alto nível. A Nvidia sabe disso e também torna suas placas ideais para várias outras atividades.

Uma placa de vídeo simples já é suficiente para a maior parte das atividades do cotidiano.

Uma placa de vídeo simples, das gerações intermediárias da empresa, já é suficiente para a maior parte das atividades do cotidiano. Assistir séries e filmes, jogar video-games mais antigos, fazer edição de vídeo sem grandes efeitos e usar recursos de conversa com câmera são plenamente possíveis.

Porém, se você trabalha com edição de vídeos que usam muitos efeitos especiais, animações, modelagem 3D ou faz mineração de bitcoins, saiba que a Nvidia tem placas boas o suficiente para você! Afinal, a última geração da GeForce é o que há de mais moderno no mercado!

Quanto custa e onde comprar uma placa de vídeo Nvidia?

Você já sabe que existem várias gerações e tecnologias de placas de vídeo Nvidia. Natural, portanto, que os preços tenham um abismo entre eles. Alguns modelos mais antigos, de gerações intermediárias, podem ser encontrados entre R$ 200 e R$ 500.

Se a sua ideia é comprar uma placa moderna para uso em atividades simples, prepare-se para desembolsar entre R$ 500 e R$ 1000. Mas se quiser rodar o que há de mais moderno em games com um modelo de última geração, precisará gastar em torno de R$ 5.000.

É possível comprar uma placa de vídeo Nvidia em lojas de informática ou especializadas em games. Mas a melhor opção é o site da Amazon brasileira, com uma enorme gama de modelos e ótimos preços. Veja ainda Amazon internacional e Mercado Livre.

Critérios de compra: O que levar em conta ao escolher sua placa de vídeo Nvidia

Chegou a hora de entrarmos em algumas questões um pouco mais técnicas. Selecionamos quatro para discutir:

Vamos falar abaixo um pouco mais sobre cada um desses quesitos!

Compatibilidade

Não basta ter uma boa placa de vídeo: Ela precisa ser compatível com o restante dos seus equipamentos!

O monitor, por exemplo, precisa suportar as características gráficas da placa. Não adianta ter uma GeForce de última geração e um monitor de tubo com dez anos de idade. Ele não reproduzirá o que a placa consegue gerar.

Podemos dizer o mesmo sobre o processador. Portanto, tenha a certeza de que a sua placa de vídeo é adequada para o seu computador.

Ainda há a compatibilidade física: Existem placas com saídas de seis, oito ou até mais pinos. Se a entrada do monitor não for similar, será necessário pelo menos ter um adaptador.

Imagem mostra uma placa de vídeo GeForce em primeiro plano e sua caixa ao fundo.

A GeForce é a linha mais respeitada mundialmente de placas de vídeo. (Fonte: Christian Wiediger / Unsplash.com)

Taxa de transferência

A taxa de transferência de uma placa de vídeo está diretamente ligada com a memória. Ela diz respeito à quantidade de dados que o periférico consegue armazenar e transferir para o computador por segundo.

Portanto, se a placa de vídeo tiver uma taxa de transferência abaixo do necessário para determinada atividade, ela começará a não conseguir transferir na medida esperada, fazendo com que o computador fique lento e gere o famoso “lag”.

Confira se a taxa de transferência é suficiente para a atividade que você deseja fazer!

Frequência

Nas especificações técnicas das placas de vídeo Nvidia, você encontrará uma informação descrita como “GPU Clock”. Isso acontece porque a central de processamento da peça, chamada de GPU, tem funcionamento similar ao de um processador e, portanto, uma frequência.

Quanto maior for o número do GPU clock, melhor será o desempenho da placa de vídeo.

Falando de maneira técnica, a frequência é medida em GhZ e indica quantos ciclos o processador completa em um segundo. Mas na linguagem mais popular, basta dizer que quanto maior for o número do GPU Clock, melhor será o desempenho da placa de vídeo.

Tecnologia 3D

Vivemos em uma era em que a grande maioria dos games são feitos em 3D. Muitos filmes já usam a tecnologia e há até mesmo quem trabalhe com isso no mercado.

Por isso, é importante saber se a sua placa de vídeo escolhida tem um suporte ideal para trabalho ou reprodução de mídias 3D. Nos modelos mais recentes, é garantia de que haverá, mas caso contrário, é sempre bom checar nas especificações da placa!

(Fonte da imagem destacada: Jacek Abramowicz/ Pixabay.com)

Por que você pode confiar em mim?

Carlos Massari Jornalista
Jornalista especializado em esportes e podcaster. Apaixonado por cinema, literatura e artes em geral. Curioso nato, pesquisa e escreve sobre diversas áreas, principalmente tecnologia, ferramentas, artigos esportivos e objetos que tornam a vida e o cotidiano mais fáceis.