Que prazer ter você aqui no ReviewBox Brasil. Neste texto, traremos informações sobre o que é e como escolher uma placa de vídeo, para ajudá-lo na hora de comprar esse acessório para seu computador.

Leia este artigo e aprenda a selecionar a melhor tecnologia para melhorar as reproduções gráficas na tela de seu notebook ou PC. Traremos informações úteis a qualquer computador com interface de gráficos baseada nas placas de vídeos.

Quais as melhores placas de vídeo? O que considerar antes de adquirir este tipo de produto? Como ter menos custos e mais benefícios no final das contas? Acompanhe as respostas a seguir.

Primeiro, o mais importante

  • Não procure placa de vídeo apenas pelo preço. Selecione de acordo com as suas necessidades para trabalhos ou lazer.
  • Existem modelos destinados às tarefas simples. Outros reproduzem gráficos superiores em realidade virtual aumentada, e são ideais para games e mineração de bitcoins.
  • A quantidade de gigas na placa de vídeo não é o único ponto determinante para rodar um jogo efetivamente. Considere também a largura de banda (taxa de transferência máxima da memória).
  • Uma placa de vídeo robusta para alcançar a eficiência máxima requer fornecimento de energia adequado e um monitor com alta resolução.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 4 melhores modelos de placa de vídeo

Buscando uma placa de vídeo potente, para jogar seus jogos com mais qualidade ou editar suas imagens e vídeos sem problemas? Então essa lista foi feita para você. Aqui estão alguns dos melhores modelos, para que você compare e escolha o que mais se encaixa em suas necessidades.

1° – Placa de Vídeo Geforce EVGA RTX 2080 08G

[amazon box=”B07GHVWMBS” description_items=”0″]

O ápice do realismo em forma de vídeo. Destaque para a arquitetura NVIDIA que permite aos jogadores terem sensação de estarem nos games de verdade. Oferece efetividade energética e velocidade.

Mais duração e menos ruídos por conta do sistema de resfriamento iXC2. Cubo, ventoinha e demais componentes operam com menos ruídos e extrema efetividade operacional.

2° – Placa de Vídeo Geforce Galax RTX 8 GB

[amazon box=”B07KGKMZ3H” description_items=”0″]

Aproveite um desempenho superior da IA (Inteligência Artificial) nos jogos com a placa Geforce RTX 8GB. Uma opção para quem aprecia Ray Tracing – sintetização de imagens tridimensionais.

Este modelo se caracteriza por ter 300% a mais de velocidade na comparação com gerações anteriores. Traz a plataforma gráfica RTX e arquitetura Turing, um casamento consagrado em realismo gráfico.

3° – Placa de Vídeo Gaming Z 8Gb

[amazon box=”B07JCF4V95″ description_items=”0″]

Os ventiladores MSI deste modelo garantem a refrigeração necessária para horas de diversão. Tem ainda efeitos de luz RGB. Esse modelo possui energia suficiente para evoluir a qualidade na geração de gráficos, sem superaquecer o processador do computador.

Placa de vídeo 8GB com velocidade de memória equivalente em 14 Gbps. A tecnologia G-Sync minimiza de maneira considerável os travamentos de exibição ou o atraso dos comandos. Tem uma performance visual acima da média.

4° – Placa de Vídeo Asus Radeon RX 580 TOP Edition 8GB

[amazon box=”B071QXSGGP” description_items=”0″]

Uma das placas mais indicadas para jogos 3D. Favorece no trabalho de mineração de bitcoins pela alta capacidade nas reproduções visuais. Impressiona pelo tamanho por ter um sistema reforçado de dissipação. Algumas das novidades do modelo: novo sistema de iluminação e tecnologia de resfriamento.

São 8GB que garantem uma geração fiel das características gráficas dos games e vídeos. A tecnologia RGB faz a placa de vídeo brilhar com tons semelhantes aos demais itens no gabinete.

Guia de Compra

Não é somente a capacidade que define se uma placa de vídeo é boa ou ruim. Há outras perguntas que precisam ser respondidas quando você decide comprar uma e, neste Guia de Compra, vamos lhe ajudar a encontrar essas respostas.

Continue lendo e saiba tudo o que for preciso para comprar sua placa de vídeo.

rapaz jogando em frente a um computador

Placas de vídeo potentes possibilitam mais qualidade para jogar os títulos mais robustos. (Fonte: Sean Do / Unsplash)

O que é uma placa de vídeo e quais suas vantagens?

Aqui está o significado de placa de vídeo: Componente que administra e controla as funcionalidades para disponibilizar exibição das imagens nas telas dos computadores. Atualmente, grande parte dos computadores tem interface gráfica. A placa de vídeo atua para as interfaces gráficas se tornarem realidade nas telas dos monitores.

As versões antigas de placas de vídeo apresentavam resoluções limitadas e custavam caro, preços inviáveis à população de classe média. A tecnologia dos dias atuais viabiliza no mercado produtos capazes de suportar inclusive efeitos 3D.

Há placas de vídeo com desempenho potente sem prejudicar o processador principal do computador. Os recursos de aceleração permitem um processamento mais efetivo e menos travadas nas gerações das imagens.

Imagem da placa de vídeo offboard.

Uma placa de vídeo dedicada para games não prejudica o desempenho do processador no computador. (Fonte: rwindr / Pixabay)

Veja as vantagens e desvantagens de usar uma potente placa de vídeo dedicada no seu computador:

Vantagens
  • Trabalhar com programas de edições de fotos e vídeos sem travar
  • Jogar games de última geração com alta qualidade gráfica
  • Interface gráfica avançada sem prejudicar o desempenho do computador
Desvantagens
  • Exigência de ter um monitor com alta resolução
  • Algumas versões robustas podem exigir cabos de energia separados
  • Necessidade de adaptador caso o tipo de conector não se adapte ao monitor 

Placa de vídeo onboard e offboard: qual a diferença?

Existem dois principais tipos de placa de vídeo para PCs e notebook: Placa integrada e placa dedicada (onboard e offboard).

A placa de vídeo onboard se integra com a placa mãe do computador, algo que deixa o sistema mais lento. Para certas funções é uma escolha vantajosa: ler email, assistir vídeos, trabalhar no Microsoft Office, entre outras tarefas.

Uma placa mãe de computador.

Uma placa de vídeo onboard é parte integrante da motherboard, termo em inglês que significa placa mãe. (Fonte: axonite / Pixabay)

Placas de vídeo offboard possuem memórias próprias. Não dependem da placa mãe, o que gera mais espaço de RAM ao computador. A opção certa para quem deseja jogar games de última geração com gráficos realistas sem travar. Entenda as principais vantagens e funcionalidades das duas versões:

Placa de vídeo integrada (onboard) Placa de vídeo dedicada (offboard)
Valor Preços mais baixos. Já vêm junto com computadores simples Com a livre concorrência os preços ficam cada vez mais baixos
Utilização Assistir vídeos na internet, jogar games básicos, ler emails e trabalhar com textos Trabalhar com imagens e vídeos. Efeitos 3D. Desempenho gráfico para jogar games de última geração ou minerar bitcoins. Realidade virtual superior
Desempenho É possível realizar atividades simples sem travar porque não exigem muito da placa Não prejudica desempenho do processador principal no computador

Como entender as nomenclaturas das placas de vídeo?

O primeiro ponto é saber identificar as nomenclaturas das placas de vídeo. Tenha uma regra em mente: Nem sempre valores maiores significam mais potência. Abaixo veja um vídeo que explica esta questão em detalhes:

Potência simboliza energia. Portanto, conforme o modelo de placa de vídeo é necessário usar cabos adicionais de energia, com 6 ou 8 pinos. A atenção também deve estar no tipo de conector da placa, adequado ao seu monitor. Se você deixar escapar esta regra pode ter que comprar um adaptador.

Existem placas de vídeo de 512MB capazes de rodar melhor um game do que as com 2GB.

Isto acontece porque a performance do jogo tem relação direta com a largura da banda de memória (taxa de transferência máxima na placa de vídeo). Uma interface de 128 bits trabalha com mais desempenho que outra de 64 bits.

O que é a taxa de transferência nas placas de vídeo?

A taxa de transferência máxima da memória é um valor indispensável para a execução de games. Mas, poucas pessoas prestam atenção neste detalhe antes de comprar placa de vídeo. A memória gráfica é um dos componentes elementares para o trabalho da placa de vídeo ser perfeito.

O chip de memória na placa de vídeo funciona de forma semelhante à relação entre computadores e memória RAM. Mas, com algumas diferenças. Enquanto processador gráfico realiza cálculos, os chips de memória na placa de vídeo enviam ou retêm informações por tempo determinado. A memória de vídeo pode transferir um imenso número de dados de uma só vez.

O valor equivalente à capacidade da memória na placa de vídeo em transferir dados é a taxa de transferência máxima. Quanto maior a taxa de transferência máxima, mais capacidade há nas placas de vídeos em reproduzir imagens em alta resolução. Este valor é especificado com a sigla GB/s (gigabits por segundo) na tabela informativa da embalagem do produto.

Para calcular a taxa de transferência máxima faça a seguinte conta:

[número de bits] x [frequência da memória] / 8.

Também é preciso se ater aos tipos de memória. As memórias DDR3 são piores em desempenho ao comparar com DD5, inclusive para executar games ou softwares de vídeo.

A placa de vídeo deve ser compatível às possibilidades abertas de novas tecnologias para oferecer o melhor dos recursos gráficos. Shader Model, OpenGL e DirectX são padrões de diversos games atuais.

Quanto custa?

A variação do preço acontece conforme características como: composição dos materiais, quantidade de GB, tipo memória, taxa de transferência média e resoluções. Placas de vídeos dedicadas custam mais caro do que as versões onboard. O preço na internet pode ir de R$ 50 a até R$ 8 mil. Nas lojas físicas o valor médio é 15% maior do que nas lojas virtuais.

Os preços variam bastante, portanto procure pesquisar antes de comprar. Não esqueça de identificar a sua verdadeira necessidade antes de optar por um modelo ou outro.

Onde comprar?

Amazon Brasil, Submarino, Mercado Livre e E-bay são espaços de compras online com variedades de placas dedicadas ou integradas.

Em sites de vendas é possível usar ferramentas para comparar preços e encontrar as ofertas mais em conta do momento. Nos comércios físicos você encontra este tipo de produto no Extra e nas Lojas Americanas.

Ofertas na internet são mais baratas. Os sites também oferecem opções superiores na variação dos modelos em níveis quantitativos.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de placa de vídeo

Este é um produto com funcionalidades avançadas e detalhistas. Os compradores devem considerar alguns aspectos na hora de adquiri-lo, online ou offline:

  • Funções para objetivos específicos
  • Precificação
  • Demanda energética
  • Saída de vídeo
  • Características do computador

A seguir, vamos detalhar cada um dos itens para que você possa fazer a melhor escolha ao comprar a sua placa de vídeo.

Funções para objetivos específicos

Você busca uma solução para jogar um certo jogo? Então é válido procurar saber se existe alguma função gráfica especial no game para a placa de vídeo alcançar um desempenho superior.

Por exemplo, há jogos que possuem o efeito PhysX, presente de forma exclusiva apenas em algumas marcas de placa de vídeo. O mesmo vale a quem quer editar trabalhos 3D. Certas placas de vídeo oferecem funções especiais para AutoCad, After Effects, entre outras aplicações.

captura de tela com editor de vídeo aberto

Placas de vídeo potentes também são necessárias para editar vídeos pesados e com muitos efeitos. (Fonte: Kyle Loftus / Unsplash)

Precificação

Embora os preços dos produtos tecnológicos estejam diminuindo um pouco, uma placa de vídeo dedicada ainda custa caro. Algumas chegam ao preço de R$ 8 mil, o que equivale a 3 ou 4 computadores simples!

Dependendo dos jogos ou do tipo de trabalho profissional não é preciso comprar o produto mais caro da loja. Algumas versões que custam R$ 1 mil ou R$ 2 mil são eficientes.

Se você quer jogar um game específico realize testes nos sites de desempenho de jogos (benchmarks). Assim é mais fácil saber qual deve ser a especificação da placa de vídeo com menos custos e mais benefícios.

Demanda energética

Um erro frequente: Instalar uma placa de vídeo dedicada e não ter a energia necessária para um funcionamento perfeito. Com RAM e processadores avançados, as placas de vídeo mais modernas já podem ser consideradas como pequenos computadores em estrutura.

Algumas placas precisam de mais energia do que pode oferecer o computador. Sendo assim, antes de comprar, não se esqueça de confirmar a demanda da placa de vídeo em Watts.

Uma placa de vídeo trabalha inclusive com a função de alimentar outras partes do computador. Essa é uma atividade pesada que pode exigir fonte de energia extra. Atenção: Carência energética prejudica os componentes na máquina.

Saída de vídeo

O monitor capta os sinais da placa de vídeo. Quando não existe compatibilidade em tal comunicação é necessário usar adaptadores. A adaptação às vezes prejudica na qualidade dos gráficos.

Verifique as saídas das placas de vídeo (DVI, DisplayPort e HDMI 2.0, padrões mais comuns) e a entrada do monitor. Evite adaptadores. VGA e D-Sub são os conectores mais frequentes. Uma conexão perfeita também requer o uso do cabo adequado.

Características do computador

Não adianta ter a melhor placa do mundo quando a máquina é simples. Verifique RAM e processador do computador para saber se existem as características necessárias para jogar determinado game ultra tecnológico.

A regra inversa também é válida. Computadores com um poderoso processador e placa de vídeo sem características avançadas não servem para jogos de última geração.

(Fonte da imagem destacada: Geralt / Pixabay)

Avalie este artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
34 Voto(s), Média: 4,50 de 5
Loading...

Publicado por REVIEWBOX