Plaina Elétrica
Ultima atualização: 7 de junho de 2021

Como escolhemos

9Produtos analisados

17Horas investidas

3Estudos avaliados

48Comentários coletados

Olá, seja muito bem vindo a mais um guia de compras! Com a popularização das peças em madeira MDF, esta ferramenta passa despercebida por muitos. Porém, seja para assentamento de portas e janelas, seja para trabalhar com grandes peças, uma boa plaina elétrica é essencial. Neste artigo, ajudaremos você a escolher a ferramenta mais adequada para o trabalho.

A plaina elétrica é usada tanto na carpintaria quanto na marcenaria para desbastar todos os tipos de peças de madeira, remover imperfeições e aplainar superfícies. Escolher mal essa ferramenta pode causar lesões decorrentes do uso, acidentes mais graves ou deixar um acabamento ruim. Todas essas situações podem ser evitadas com as informações corretas. Saiba tudo sobre as diferentes características dessa máquina neste artigo.




Primeiro, o mais importante

  • Existem diferentes tamanhos e pesos de plainas elétricas, e o modelo ideal deve ser escolhido com base nas necessidades de quem vai manuseá-la;
  • Além disso, as características particulares dos modelos podem fazer você preferir uma plaina à outra;
  • Escolher o modelo correto economiza tempo, dinheiro e garante que o resultado do trabalho tenha mais qualidade e melhor acabamento, agregando valor às suas peças.

Melhores plainas elétricas: Nossas recomendações

Plainas elétricas podem ter muitas características diferentes e por isso vamos apresentar agora os melhores modelos que você pode encontrar no mercado para realizar pequenos reparos e serviços domésticos.

Guia de compra: tudo o que você precisa saber sobre uma plaina elétrica

Tudo bem, você já sabe que é importante conhecer as diferentes características do equipamento antes de escolher o melhor modelo para você. Portanto, abaixo, você encontrará um Guia de Compras completo para não errar na hora de escolher sua plaina elétrica.

Tire suas dúvidas sobre as plainas elétricas. (Fonte da imagem: Tima Miroshnichenko/Pexels)

As plainas elétricas são fáceis de usar?

Se você for totalmente iniciante, é melhor adquirir alguma experiência antes de começar a utilizar plainas elétricas em algum trabalho mais sério. Isso porque, caso não haja muita atenção na hora de fazer os reparos, pode-se até aumentar os desníveis e as irregularidades da superfície na qual se trabalha.

Portanto, antes de se usar sua ferramenta em uma peça de madeira importante, pode ser bacana treinar em outra situação, onde você possa exercitar sua habilidade com a plaina sem estragar um móvel ou porta de forma que não seja possível reverter.

Plaina elétrica curta ou comprida? Leve ou pesada?

Aqui, as características são proporcionais ao tamanho do trabalho. Uma ferramenta mais pesada, com uma base maior, é ótima para superfícies maiores e madeiras mais pesadas, como jatobá, peroba rosa ou imbuia.

Isso também vale para a potência do motor: essas madeiras são mais resistentes ao corte e, portanto, podem danificar motores menos potentes.

As plainas elétricas mais leves são ótimas para trabalhos domésticos, como assentamento de portas e janelas, ajustes em móveis ou a construção de uma estante. Com uma ferramenta mais leve pode-se trabalhar em diversos ângulos e elas costumam cansar bem menos.

Se os serviços forem executados em madeiras mais macias, como o cedro, pinus e a acácia, não dá para errar com uma ferramenta mais portátil.

Vantagens
  • Ótimas para trabalhos domésticos
  • Pode-se trabalhar em ângulos variados
  • Cansam menos o trabalhador
  • Combinam com madeiras macias 
Desvantagens
  • Inadequada para trabalhos em larga escala
  • Base menor, pode ressaltar imperfeições
  • Ruim para trabalhar em bancadas altas
  •   Podem quebrar se usadas em madeiras duras

É melhor ter uma plaina elétrica a cabo ou a bateria?

Se não há preocupação em trabalhar ao ar livre, longe de fontes de energia, não tem problema comprar uma ferramenta com cabo.

Porém, é difícil ignorar a versatilidade de uma plaina com baterias na hora de consertar uma cerca afastada de casa ou na construção civil, onde nem sempre é fácil conseguir trabalhar próximo à uma tomada. Neste caso, o melhor é poder contar com baterias internas.

Plainas com baterias internas são as melhores opções para trabalhos ao ar livre. (Fonte da imagem: Anna Shvets / Pexels)

Quais são os tipos de lâminas nas plainas elétricas?

A lâmina é a alma da plaina. Por isso é inteligente investir em uma de qualidade. Normalmente são fabricadas em Aço HSS (High Speed Steel, ou Aço Rápido) ou em Carboneto de Tungstênio.

As lâminas de tungstênio se mantêm afiadas por mais tempo, porém são um pouco mais caras. As de aço são mais econômicas, têm vida útil menor, mas podem ser mais afiadas que as de tungstênio.

Quanto mais afiada a lâmina, mais suave ao toque é o resultado na madeira.

Em quais acessórios também vale a pena investir?

Sempre que estiver trabalhando com ferramentas afiadas como as plainas, segurança é tudo. Portanto, você precisará de uma superfície sólida onde possa afixar as peças nas quais trabalhará. Uma bancada, cavaletes, um conjunto de abraçadeiras, uma morsa… O que for necessário para deixar a peça no lugar!

Também é importante se proteger das lascas e do pó que as máquinas vão produzir. Máscaras de qualidade e óculos de proteção são essenciais. Muitas plainas oferecem bolsas de pó, mas nem sempre é possível utilizá-las devido à posição de trabalho.

Desta forma, é melhor contar com os equipamentos de segurança necessários. Além disso, muitas madeiras contém cola em sua fabricação: MDF, compensado e aglomerado, por exemplo. As bolsas de pó podem proteger contra as partículas maiores, mas são menos seguras contra os agentes químicos encontrados nesse tipo de madeira.

Além dos olhos e vias respiratórias, é importante proteger os ouvidos: exposição prolongada aos ruídos destas máquinas, por menos potentes que sejam, pode arruinar sua audição. Sempre que puder, utilize um par de protetores de inserção (os de colocar dentro do canal auditivo) junto com abafadores (os que vão sobre as orelhas).

Dessa forma, você garante muito tempo de saúde para seus ouvidos.

Critérios de compra: Como comparar os modelos de plaina elétrica

A plaina elétrica é uma ferramenta versátil e poder contar com uma em casa é definitivamente o certo a se fazer quando começamos a trabalhar com marcenaria, gostamos de realizar pequenos reparos domésticos ou mesmo aqueles projetos de construção de final de semana. Dito isto, como escolher o melhor modelo para você?

Tamanho

Talvez essa seja a característica mais importante a se levar em conta para escolher sua plaina elétrica. Os modelos menores podem facilmente ser utilizados com uma mão (contanto que você já tenha prática!), em diversas posições e em ângulos variados, inclusive na vertical, o que é especialmente útil ao aparar as arestas de portas e janelas que costumam “enroscar” em seus batentes.

Já os modelos maiores e mais potentes podem ser utilizados em projetos maiores, com madeiras de lei e inclusive na construção civil. Com uma base mais larga, também podem fazer as vezes de plaina de bancada, caso você tenha o suporte correto.

Os modelos mais potentes podem ser utilizados em projetos maiores, com madeiras de lei e inclusive na construção civil (Fonte da imagem: Ono Kosuki / Pexels)

Características Físicas

Dê preferência para modelos que tenham empunhadura confortável, que sejam adequados ao manuseio e que contem com acabamento antiderrapante. É importante trabalhar com os ombros e cotovelos relaxados para evitar lesões e fadiga.

Modelos que possuem um guia de corte são mais versáteis, permitindo criar peças com ângulos retos perfeitos.

Em relação à alimentação, vale a pena pensar em como estão dispostas as saídas elétricas do local onde você vai trabalhar. Apesar de não serem tão potentes, os modelos com bateria são mais autônomos.

Potência

A potência dessas máquinas é dada em Watts e em  RPM (rotações por minuto). Uma plaina elétrica normalmente possui entre 600 e 800W de potência e entre 15.000 a 19.000 Quanto maior o número de rotações por minuto, melhor costuma ser o acabamento.
Lâminas

De que tipo são as lâminas?

Você pode reutilizar suas lâminas antigas em outros projetos.

Como dissemos anteriormente, as lâminas de aço rápido costumam ser mais econômicas e afiadas que as de tungstênio, que duram mais.

Independente disso, estas lâminas precisarão ser eventualmente substituídas e, neste caso, vale levar em conta quão fácil é a substituição das lâminas.

Não jogue fora suas lâminas antigas! Mesmo gastas, elas são de um material de ótima qualidade e é possível empregá-las em outros projetos, como fazendo um formão, ou cinzéis para entalhes em madeira.

Reputação

Se você puder investir um pouco mais, recorra a marcas com boa reputação (Makita, Bosch, DeWalt, Black+Decker, por exemplo).

Essas marcas venceram o teste do tempo e seguem critérios rígidos de controle de qualidade. Se estiver em dúvida entre uma marca mais barata e desconhecida e uma mais cara e com uma boa reputação, normalmente vale a pena investir um pouco a mais e contar com a garantia, as assistências técnicas especializadas e a certeza de que se está levando um produto de qualidade.

Resumo

A plaina elétrica é um equipamento essencial para os marceneiros amadores, assim como para os carpinteiros que estão todos os dias nos canteiros de obras pelo país. Conhecer as diferentes características dessas máquinas fascinantes pode lhe economizar um bom dinheiro e evitar preocupações no futuro.

Esperamos que este artigo tenha ajudado a guiar a compra da ferramenta ideal de acordo com suas necessidades e do escopo do trabalho que você realizará.

Caso tenha aprendido algo novo ou tenha alguma dúvida, não deixe entrar em contato conosco por mensagem ou compartilhe este artigo em suas redes sociais. Até a próxima!

(Fonte da imagem destaque: Loraliu / 123rf)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas