processador de alimentos aberto com manteiga dentro visto de cima
Ultima atualização: 30 de janeiro de 2020

Como escolhemos

13Produtos analisados

17Horas investidas

3Estudos avaliados

62Comentários coletados

Você busca por um bom processador de alimentos de qualidade? Nós queremos te ajudar a encontrar o melhor modelo. Seja bem-vindo ao site da ReviewBox Brasil e confira o guia completo que preparamos para você fazer sua compra com segurança.

O processador de alimentos é um grande aliado na cozinha que oferece agilidade, praticidade e mais segurança. Um utensílio doméstico que substitui outros e te ajuda a preparar os alimentos sem que você praticamente suje suas mãos.

Nesse artigo você encontrará os 7 melhores modelos do mercado e um guia completo que avaliou todas as características do produto. Além disso, vamos te mostrar no que você deve prestar atenção para garantir satisfação na sua compra.




Primeiro, o mais importante

  • O processador de alimentos trouxe mais praticidade e segurança para o dia a dia dos cozinheiros.
  • Processador é diferente de mini processador, aprenda a diferenciar os dois modelos para não fazer a compra errada.
  • Funcionalidade é um quesito fundamental para sua satisfação, leia mais sobre outros fatores essenciais nos critérios de compras.

Melhores processadores de alimentos: Nossos favoritos

Se você ainda não tem um processador de alimentos, com certeza não vai se arrepender de adquirir um. Selecionamos os 7 melhores modelos do mercado para você ter excelentes opções de escolha, confira nosso ranking:

Multiprocessador All In One - Philco

Esse processador de alimentos da Philco é extremamente funcional, também espreme frutas, liquidifica e serve como batedeira. Além disso, possui 2 controles de velocidade mais a função pulsar. A capacidade dele é de 2,2 litros e possui 800W.

Entre todos os acessórios estão 2 jarras, 3 lâminas, uma peça de encaixe para espremer frutas, uma peça para a função batedeira e um disco de plástico que possui um encaixe para placas de metais que cortam de 8 formas diferentes.

Multiprocessador de Alimentos Electrolux

Esse processador de alimentos da Electrolux pica, corta, fatia, mistura, moi, esfarela e faz molhos. São duas jarras de tritan com capacidade de 2,2 e 4,2 litros, resistentes a risco, que não aderem gosto ou odor dos alimentos e suportam sopas e molhos bem quentes.

A potencialidade em Watts é de 1.200, perfeito para qualquer tipo de alimento. Embora seja robusto é um modelo bem silencioso. Um grande diferencial desse aparelho é a inclinação de 4 graus que possui. Isso melhora a circulação dos alimentos.

Multiprocessador 11 em 1 Philips Walita

Esse modelo de design diferenciado em branco e dourado da Walita se destaca também pela altíssima qualidade, funcionalidade e preço baixo. A potência dele é de 750W e possui 2 velocidades mais a função pulsar. O recipiente tem capacidade para 1,5l. Esse processador de alimentos é na verdade 11 em 1.

Além da jarra principal, os acessórios que acompanham o modelo são: um liquidificador, um espremedor de frutas, 4 discos, 3 lâminas distintas e uma caixa para organizar tudo. Ele possui uma tecnologia exclusiva chamada PowerChop que pica 5x mais fino.

Guia de compra

Pela descrição dos produtos no ranking já deu de perceber as maravilhas que desse eletrodoméstico faz na cozinha. Ter um desses é como contar com uma pessoa a mais.

Se você ainda não decidiu qual o melhor modelo para suas necessidades, continue com a gente até o fim para fazer sua escolha sem chances de se arrepender.

Casal cozinhando.

O processador de alimentos pode facilitar sua vida na cozinha. (Fonte: 089photoshootings/ Pixabay.com)

O que é um processador de alimentos?

O processador de alimentos é um dos melhores amigos de uma pessoa que vive na cozinha. Ele oferece muita agilidade, praticidade e segurança no preparo de inúmeras receitas.

Pode-se dizer que é possível usar um processador para qualquer receita que se vá preparar, já que ele torna em pequenos pedaços qualquer alimento que você queira.

Se você quiser picar um temperinho, ralar alguma verdura, desfiar uma carne, preparar um molho, misturar ingrediente…pode fazer qualquer um desses processos com esse aparelho.

processador de alimentos aberto com couve flor no interior e na lateral

O processador de alimentos deixa tudo que você quiser em pedaços menores. (Fonte: Pia Violeta Pasat/ 123rf)

Fazer um purê de batatas mais rapidamente, bater uma sopa, preparar maionese caseira e cortar os ingredientes de um vinagrete de uma só vez são algumas outras ideias de como você pode utilizar um processador de alimentos.

Poderíamos listar infinitos processos possíveis com um equipamento desses. Entre as principais funções, picar, fatiar, triturar e ralar são as principais delas.

É também um substituto para outros utensílios domésticos, especialmente os manuais. Ter um desses em casa é sinônimo de usar cada vez menos a faca e o ralador, por exemplo.

Quais suas vantagens e desvantagens?

As vantagens são inúmeras. E a primeira delas é justamente a praticidade e agilidade que oferece.

Você pode acelerar significativamente o tempo de preparo das suas receitas usando um processador de alimentos. Especialmente se você for cozinhar em quantidades maiores.

Basta descascar uma cebola, picar em grandes pedaços, jogar no refratário e apertar o botão. Pronto, seu temperinho sai pronto para o uso.

E você pode fazer isso com vários temperos ao mesmo tempo, adicionando o alho e temperos verdes, por exemplo. E isso tudo sem ficar com o cheiro desses temperos fortes na mão.

É prático também porque padroniza o corte de qualquer coisa. Você pode escolher a espessura que deseja e diferentemente de picar com a faca, o processador faz com que os pedaços fiquem uniformes, não importando qual tamanho você queira.

Você pode ralar ou fatiar fino ou grosso, cortar em pequenos ou grandes pedaços. Tritura ao ponto de virar um molho mais espesso ou líquido. Tudo depende do que você vai preparar.

Veja esse vídeo caseiro que mostra a funcionalidade de desfiar frango em um processador de alimentos:

Além disso, o processador oferece muita segurança para o cozinheiro. Você já deve ter se cortado no dia a dia preparando algo para você, seus amigos ou familiares.

Como você passa a ralar, picar e fatiar em um desses reduz muito o risco de acidentes domésticos na cozinha.

Pense que você pode processar o alimento que quer, no tamanho que precisa de maneira mais rápida e sem o risco de se machucar.

Embora agilidade, praticidade e segurança sejam vantagens maravilhosas, há também uma desvantagem em usar o processador de alimentos.

Algumas pessoas relatam que acaba sujando muitos componentes e acumula mais louça na pia. De qualquer modo, as peças costumam ser pequenas e fáceis de lavar, a maioria inclusive pode ser inserida na lavadora de louças.

Compare as vantagens e desvantagens e veja você mesmo se vale ou não a penas ter um desses em casa:

Vantagens
  • Oferece praticidade para picar, ralar, fatiar e triturar alimentos no dia a dia
  • Agiliza o preparo dos alimentos fazendo com que você faça suas receitas mais rapidamente
  • Prepare suas receitas com mais segurança. É uma forma evitar acidentes domésticos na cozinha
Desvantagens
  • Pode acumular mais louça se usar vários componentes

No que prestar atenção: Processador ou Mini processador de alimentos?

Aqui queremos fazer um alerta. Existe o processador de alimentos e o mini processador, cuidado para não confundir os dois eletrodomésticos e acabar comprando o produto errado.

Embora a definição seja a mesma e as funções semelhantes, um mini processador é muito mais compacto e simples do que um processador de alimentos que estamos detalhando nesse guia.

Já pensou não ficar atento a esse detalhe e receber um produto com metade do tamanho que você imaginava e funções mais limitadas em casa?

Seria muito frustrante abrir a caixa e ver que você não poderia fazer tudo que havia imaginado com seu novo equipamento. Um processador de alimentos é mais completo e funcional.

As diferenças de funções são bem grandes, assim como a capacidade, potência em Watts e outros detalhes. Confira as principais diferenças nessa tabela comparativa:

Processador de alimentos Mini processador de alimentos
Potência ode ter entre 500 e 1200 Watts de potência Pode ter entre 50 e 240 Watts de potência
Capacidade As jarras ostuma ter acima de 1 litro de capacidade, podendo chegar a mais de 4 litros Não chegam a ter 1 litro de capacidade. Variam entre 200 e 800ml
Funções Além das funções básicas podem liquidificar, emulsificar, espremer frutas e servir como batedeira Não possui funções extras
Acessórios Possui mais acessórios que oferecem muitas opções de corte Não possui acessórios complementares

Obviamente os mini processadores são mais baratos.

Quanto custa um processador de alimentos?

Você percebeu que oscilamos entre modelos de R$380 a R$2700. Essa diferença existe especialmente por conta das marcas. Importados como KitchenAid e Cuisinart costumam ser mais caros.

Além disso, obviamente a qualidade do material também define o valor. Todos os modelos apresentados são de ótima qualidade. Apenas possuem funções e materiais diferentes que também influenciam nos valores.

Então depende qual seu orçamento para esse investimento. Mas é possível comprar um processador de alimentos funcional e de qualidade a partir de R$370.

Onde comprar um processador de alimentos?

Lojas de eletrodomésticos e até mesmo supermercados podem vender esses produtos. Se na sua cidade possui uma Havan, Casas Bahia ou Magazine Luiza você tem chances de encontrar um processador de alimentos.

Se você prefere comprar do conforto do seu lar, sem gastar tempo e gasolina procurando um modelo específico, vale a pena consultar nas lojas online.

É na internet que você encontra grande variedade de modelos e ganha os melhores descontos. Todos os modelos do ranking podem ser encontrados no site da Amazon, alguns com preço abaixo da própria loja oficial na marca.

Pode ser que você encontre também nos sites das Lojas Americanas, Magazine Luiza ou Ponto Frio.

Critério de compra: Como comparar os modelos de processador de alimentos

O processador de alimentos perfeito não é aquele mais caro ou mais completo. De que adianta investir no que parece ser o melhor do mercado se ele não atender as suas expectativas e necessidades?

Da mesma forma que pagar muito barato por um aparelho, significa que ele não terá tudo que o modelo mais caro tem. Então você precisa alinhar sua real necessidade, com a sua real condição.

O modelo perfeito para você é aquele que vai ser seu aliado na cozinha, oferecendo as funções que você precisa e por um o valor que você possa investir.

Alguns critérios podem ser fundamentais para que você decida o modelo perfeito para você e não se arrependa da sua compra. Vamos falar sobre:

Funcionalidade

As funções que que um processador de alimentos oferece com certeza é um dos critérios mais importantes a se analisar.

Você quer que ele cumpra funções básicas como fatiar, ralar, picar e triturar? Ou espera um pouco mais do aparelho, podendo bater massas, liquidificar alimentos ou ainda espremer frutas?

Você percebeu na descrição que alguns modelos vão muito mais além do que outros no preparo de receitas mais complexas.

As lâminas, discos, acessórios… tudo isso importa quando estamos falando em funcionalidade. Preste atenção a isso na descrição de cada modelo.

Funcionalidade também está associada a outros detalhes, como a qualidade de fechamento da tampa, se há uma trava de segurança, se o fio do aparelho é retrátil, se o bico para inserir alimentos é grande o suficiente para diversos tipos de alimento.

Faça uma reflexão geral sobre todas as funções do aparelho para decidir o melhor para você.

Resistência e durabilidade

É difícil avaliar esse critério. Uma boa dica é sempre comprar de marcas confiáveis e renomadas no mercado. Verifique também se o fabricante oferece garantia, isso já oferece uma segurança extra. Escolha produtos com pelo menos 6 meses de garantia.

Outra forma de verificar se os produtos são resistentes e duráveis é lendo os comentários dos consumidores após a compra. Vendo os depoimentos se estão ou não satisfeitos, você consegue avaliar também esse critério.

De modo geral, processadores costumam ser peças muito duráveis. Para isso, você também deve tomar alguns cuidados. Nunca sobrecarregue seu processador com alimentos em excesso, isso pode danificar o motor se ele não tiver alta potência.

Capacidade

Você costuma processar alimentos em pouca ou grande quantidade? Isso interfere na capacidade da jarra ideal para sua realidade.

Se você costuma preparar refeições para mais pessoas, pode ser que você precise de um processador de alimentos que caiba mais.

Alguns possuem duas ou até três jarras ou vasilhas diferentes. Leia atentamente a capacidade de cada uma delas.

Na nossa seleção temos que comportam pouco mais de um litro e também outros que chegam a ter capacidade superior a 4.

Potência

Assim como a capacidade é importante, a potência também pode determinar o melhor desempenho da peça. Obviamente peças com mais Watts possuem um desempenho melhor para processar os alimentos.

A maioria dos modelos gira em torno de 700 ou 800 Watts, que já possui um ótimo desempenho. Alguns possuem 1.200W de potência, e tem um desempenho excepcional.

Ter isso em mente na hora de comprar seu processador de alimentos é muito importante. Você não pode investir em um de 500W esperando que funcione como um de 1200.

Lembra que falamos da importância de alinhar sua real necessidade, com a sua real condição? É importante também criar as expectativas certas em relação ao produto que você está adquirindo.

(Fonte da imagem destacada: taiftin/ 123rf)

Por que você pode confiar em nós?

Helena Sartori Cozinheira Profissional
Helena AINDA não participou do MasterChef, mas tem certeza que sua hora vai chegar. Cozinheira desde os 17 anos, quando ajudava no restaurante de sua tia, ela sabe de cor e salteado quais são os utensílios e ingredientes necessários para preparar cada uma das receitas especiais de seu livro. No ReviewBox, compartilha esse conhecimento com o público.
Curiosa por natureza, escolheu jornalismo na graduação. Adora pesquisar sobre os mais diversos assuntos, especialmente aqueles relacionados a construção do lar, crianças e maternidade. Apaixonada pelos animais e cada vez mais interessada pela sustentabilidade, quer trazer mais sobre esses universos para o leitor.