Imagem mostra duas mulheres praticando um esporte de combate.
Ultima atualização: 18 de abril de 2020

Como escolhemos

14Produtos analisados

18Horas investidas

4Estudos avaliados

75Comentários coletados

Bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Muitas artes marciais usam golpes à cabeça e às partes superiores do corpo em seus repertórios. Por isso, quem pratica uma delas não tem como fugir de usar um protetor de cabeça! Saber comprar o melhor pode ajudar muito a sua segurança e evitar problemas bastante desagradáveis.

Se você deseja entender como comprar o melhor protetor de cabeça para artes marciais, chegou ao lugar certo! Nós estudamos muito sobre esses equipamentos de proteção e preparamos um artigo que irá te ajudar com todos os aspectos capazes de te levar à aquisição ideal!




Primeiro, o mais importante

  • Protetores de cabeça são muito importantes durante a prática de artes marciais e esportes de contato. Em algumas modalidades, podem ser até obrigatórios.
  • É possível usar protetores de cabeça com ou sem abertura frontal. O primeiro tipo é recomendado para os mais experientes, o segundo, para os iniciantes.
  • Sempre escolha as medidas corretas do seu protetor de cabeça. Assim, terá a garantia de que ele não vai se soltar com facilidade ou se tornar desconfortável.

Você também pode gostar:

Os melhores protetores de cabeça: Nossa opinião

O primeiro passo para uma boa compra é conhecer quais os melhores modelos. Após alguns testes, selecionamos protetores de cabeça que possuem a mais alta qualidade. Abaixo, você conhece mais sobre eles!

O protetor de cabeça com qualidade absoluta

A Adidas é uma marca respeitadíssima no ramo de materiais esportivos e também deixa sua marca nos protetores de cabeça. Eles são confeccionados em espuma de alta densidade, lembrando couro, e indicados para os mais variados esportes de contato físico. Estão disponíveis em diversos tamanhos.

Para quem busca melhor fixação

Os protetores de cabeça da Strike Ultimate são confeccionados com uma espuma especial que se molda perfeitamente ao formato da cabeça, conferindo uma proteção extra e impedindo que eles se movam durante o combate. O fechamento é feito via velcro e há três opções de tamanho disponíveis.

Um protetor de cabeça versátil e bonito

Encontrado nas cores preta e vermelha, o protetor de cabeça PTC-100 da Muvin é bonito e confere uma ótima proteção. Ele é confeccionado com poliuretano, algodão e espuma vinílica acetinada (EVA), conta com fechamento em velcro e é indicado para todas as artes marciais que usam golpes em direção à parte superior do corpo.

Guia de compra

Nossa missão é levar a você informação de qualidade e tirar as suas dúvidas sobre produtos. O guia de compra é o setor principal para que a cumpramos!

Pesquisamos dúvidas frequentes sobre esses equipamentos e trazemos abaixo as respostas!

Imagem mostra dois homens lutando boxe.

Protetores de cabeça são usados nos treinamentos de boxe. (Fonte: skeeze/ Pixabay.com)

O que é um protetor de cabeça e para que ele serve?

O que taekwondo, boxe, muay thai e MMA têm em comum? Todos são esportes de combate ou artes marciais que permitem golpes em direção à cabeça. Como há um perigo claro nessa prática, é necessário que seja usado um protetor de cabeça.

Não é sempre que o protetor de cabeça é regulamentado: Não acontece no boxe ou no MMA profissionais, por exemplo. Mas para treinamentos, ele é sempre recomendado. Envolve toda a parte superior do corpo como um capacete e tem uma grande capacidade de absorver impactos.

Se você pratica qualquer um desses esportes ou outro que também envolva pancadas na direção da cabeça, não deve abrir mão desse equipamento. Cada vez mais estudos científicos chegam à conclusão de que tais contatos físicos podem, sim, levar a danos de altíssimo grau!

foco

Você sabia que os esportes tem mudado regras e se adequado para evitar maiores contusões cerebrais? O taekwondo, por exemplo, aumentou a pontuação para os golpes na cabeça visando deixar a luta mais animada, mas tornou os protetores de cabeça obrigatórios.

O boxe, por sua vez, tomou o caminho contrário, abolindo os protetores de competições amadoras (caso das Olimpíadas). Apesar de supostamente a decisão ter sido tomada para proteger os atletas, muita gente contestou essa versão e viu uma motivação mais comercial.

Quais lutas pedem por protetor de cabeça?

Existem duas categorias de esportes de luta que usam protetores de cabeça: Os que o fazem apenas em treinos e os que não abrem mão desses acessórios também em combates oficiais.

No taekwondo, o protetor de cabeça é obrigatório em combates.

No primeiro grupo, podemos destacar o taekwondo, esporte olímpico que tem o capacete como item obrigatório para as lutas, e o kudo, chamado de “MMA japonês”, que vem começando a ganhar espaço no Brasil.

Dentro do segundo grupo, os principais exemplos são o boxe, o muay thai e o MMA. Por mais que não seja comum o uso de capacete em combates desses esportes, ele é indispensável em treinos.

Mesmo que você pratique alguma arte marcial menos famosa, se houver golpes na região da cabeça, busque usar um protetor. A sua saúde deve vir sempre em primeiro lugar!

Quais as vantagens de usar um protetor de cabeça?

Usar protetores de cabeça nas lutas tem uma vantagem óbvia: Segurança. Eles amortecem as pancadas e fazem com que haja menos riscos de que alguma delas seja séria. Alguns efeitos secundários somam-se a isso, como as menores ocorrências de dores e de sangramentos.

Em algumas lutas, o uso do protetor de cabeça é obrigatório. Não existe sequer uma escolha que você possa fazer. Mas em outras, tais questões relacionadas à segurança aparecem até mesmo no que diz respeito a mãos e pés se chocando contra as partes superiores do corpo. Os riscos de fraturas também caem.

O uso dos protetores de cabeça torna os treinos até mesmo mais agradáveis, já que haverá menos dor.

Os únicos pontos negativos dos protetores de cabeça são que eles podem ser considerados incômodos por algumas pessoas e que podem dificultar a transpiração, gerando alergias e odores desagradáveis. Mas essas situações acontecem apenas em alguns casos.

Veja na tabela abaixo vantagens e desvantagens dos protetores de cabeça:

Vantagens
  • Proporcionam segurança muito maior à cabeça dos praticantes de lutas
  • Reduzem a incidência de dores e de sangramento
  • Protegem também mãos e pés dos praticantes
  • Tornam a prática das lutas mais agradável
Desvantagens
  • Podem ser muito abafados, causando alergias
  • Algumas pessoas podem achá-los desconfortáveis

Protetor de cabeça com ou sem abertura frontal?

Você pode encontrar dois tipos principais de protetores de cabeça sendo vendidos no mercado: Com ou sem abertura frontal. O primeiro tipo cobre apenas as laterais e a traseira da cabeça, enquanto o segundo também protege a parte frontal, com aberturas maiores apenas na boca, nos olhos e no nariz.

A maior vantagem dos modelos sem abertura frontal é a proteção extra. Eles são indicados sobretudo para iniciantes e para pessoas que não se sentem seguras na prática das artes marciais, porém, esquentam mais, geram maior concentração de suor, são mais caros e podem atrapalhar a visibilidade.

Os protetores de cabeça com abertura frontal são mais confortáveis e não atrapalham a visibilidade, porém, oferecem menos segurança. São melhores para pessoas com mais experiência nas modalidades.

Na tabela a seguir, comparamos os dois tipos:

Protetor com abertura frontal Protetor sem abertura fronta
Vantagens São mais confortáveis, oferecem melhor visibilidade Ampliam a área de proteção, cobrem partes importantes do rosto
Recomendações de uso Praticantes mais experientes e confiantes Praticantes iniciantes ou inseguros

Quanto custa e onde comprar um protetor de cabeça?

Os modelos de protetor de cabeça mais comuns estão em uma faixa de preço que pode ir de R$ 25 a R$ 150. Esses números variam de acordo com a marca, a proteção oferecida e a qualidade dos materiais.

Lojas especializadas em artigos esportivos, em materiais para artes marciais e até mesmo algumas academias podem oferecer bons protetores de cabeça. Outra possibilidade é a compra pela internet. A Amazon brasileira tem modelos que merecem ser conferidos, bem como a Amazon internacional e o Mercado Livre.

Critérios de compra: Fatores para a escolha de um protetor de cabeça

Chegou a hora de você escolher o seu protetor de cabeça ideal. Quais são os critérios mais importantes nesse momento? Selecionamos quatro que podem te ajudar bastante!

A seguir, você aprende um pouco mais sobre cada um deles:

Tamanho

Por mais que alguns protetores de cabeça sejam tamanho único, capazes de se moldarem à cabeça, eles são minoria. E, por isso, você precisa saber qual é a sua medida. Na maior parte dos modelos, a divisão é feita entre P, M e G.

Normalmente, a medida é feita passando uma fita métrica pela região das pontas das orelhas e das sobrancelhas. Você deve buscar as informações sobre como é feita a divisão de tamanhos da confecção da marca escolhida na internet.

Também é importante citar que muitas marcas oferecem modelos infantis.

Imagem mostra duas mulheres em uma luta de boxe.

O boxe feminino ainda usa protetores de cabeça nas competições amadoras. (Fonte: skeeze/ Pixabay.com)

Material

Os principais protetores de cabeça são feitos com materiais que simulam couro. Na maioria das vezes, é uma espuma de alta densidade, com qualidade muito boa, revestida com plásticos resistentes. O ideal é que a absorção de impacto seja acima da média.

O poliuretano é bastante usado em protetores de cabeça.

Também há algumas empresas que fabricam protetores com misturas mais complexas de materiais, atingindo um resultado que não lembra tanto o couro. O poliuretano é bastante usado, assim como o EVA.

De uma forma ou de outra, o ideal é que você se sinta seguro ao vestir o protetor e perceba que a absorção de impactos é realmente satisfatória.

Visibilidade

Protetores de cabeça com abertura frontal sempre apresentam boa visibilidade. Esse é um critério importante, principalmente, quando falamos nos modelos fechados. Afinal, você precisa ter uma boa visão periférica durante um combate.

O ideal com modelos sem abertura frontal seria fazer um teste antes da aquisição. Assim, você saberia exatamente se consegue enxergar tudo e se mantém a visão periférica em boas condições. Mas se isso não for possível, acertar no tamanho já pode ser uma boa ajuda.

Imagem mostra um homem treinando caratê, aplicando um chute no ar, "voando" sobre o tapete.

22 de fevereiro de 2020

Modo de fixação

Você certamente não deseja estar no meio de um combate, receber um golpe e ver o seu protetor de cabeça ficar torto ou sair voando. Para isso, ele precisa ter boa fixação e estar sempre bem preso, modelando bem o formato da parte superior do corpo.

Há modelos que usam fixação por velcro, mas há tendência de perda de eficiência com o passar do tempo. Fivelas podem eventualmente te machucar. As melhores opções são os botões ou os fios para amarrar, que garantem excelente estabilidade.

(Fonte da imagem destacada: ignacioserapio0/ Pixabay.com)

Por que você pode confiar em nós?

Andrey Duarte Educador Físico
O sonho de ser jogador profissional de futebol foi abandonado aos 21 anos, mas isso não fez com que Andrey se afastasse do esporte. Professor de educação física, hoje ele passa seu tempo livre pesquisando e compartilhando conhecimento sobre as mais diferentes modalidades esportivas.
Carlos Massari Jornalista
Jornalista especializado em esportes e podcaster. Apaixonado por cinema, literatura e artes em geral. Curioso nato, pesquisa e escreve sobre diversas áreas, principalmente tecnologia, ferramentas, artigos esportivos e objetos que tornam a vida e o cotidiano mais fáceis.