Imagem de purificador de água.

Muito bem-vindo ao ReviewBox Brasil. Hoje vamos falar sobre o filtro purificador de água, uma alternativa prática e econômica de ter sempre água filtrada de boa qualidade em sua casa.

Alguns modelos de purificadores apenas filtram a água, já os aparelhos mais modernos têm vários níveis de filtragem, opções de temperatura, controle do nível de jato, painel touchscreen com luzes de LED, acionamento automático e até avisam quando chegar a hora de trocar o refil do filtro.

Se você está pensando em comprar um purificador de água para a sua casa, veio ao lugar certo. Hoje vamos falar sobre as principais características deste produto, quais são os melhores modelos à venda, quanto custam e onde comprar.

Primeiro, o mais importante

  • O refil possui vários níveis de filtragem e deve ser trocado a cada seis meses ou um ano, pois tratam até um determinado volume de água. Depois de um tempo as sujeiras começam a entupir os poros do filtro e ele deixa de purificar a água.
  • A água purificada não serve só para beber, com ela você também pode cozinhar e com isso minimizar os riscos de contaminação de alimentos e garantir uma comida ainda mais saborosa.
  • Há vários tipos de purificadores de água, desde os modelos mais simples que só filtram aos aparelhos mais sofisticados, com controle de temperatura e painel digital. O modelo mais barato custa acima de R$150 e o mais caro chega a custar R$1500.

Você também pode gostar:

Melhores purificadores de água: Nossas recomendações

O filtro de água serve para reter excesso de cloro, germes, bactérias, vírus e micróbios, além de minimizar odores e sabores desagradáveis. Água não tratada pode transmitir várias doenças. Pensando nisso, listamos os melhores do mercado e colocamos também o melhor bebedouro para bombona, caso essa seja a opção que você procura.

Um purificador muito fácil de limpar

O purificador de água Fr600 Speciale da IBBL tem 3 estágios de filtragem, nanotecnologia contra micro-organismos, termostato para regular a temperatura da água, sendo duas opções e refrigeração por compressão a gás (o compressor R134a não agride o meio ambiente).

Para limpar este filtro é fácil, por causa do sistema Easy Clean as peças são desmontáveis. Quando chegar a hora de trocar o refil, o próprio aparelho vai sinalizar essa necessidade. Para trocá-lo basta girar, abrir o compartimento, remover o filtro antigo e colocar o novo, sem precisar fechar o registro. Você pode instalar esse filtro na parede ou em cima da bancada. Pela facilidade de manuseio não há a necessidade de contratar um técnico para fazer a instalação.

Referência em tecnologia de filtragem

O purificador de água PA31G da Electrolux tem o que há de melhor em relação à tecnologia de filtragem de água. O filtro Acqua Clean vem com lâmpada ultravioleta que elimina impurezas, odores, sabores desagradáveis, germes e bactérias da água.

Esse modelo despeja água automaticamente, basta selecionar a quantidade e temperatura dentre as três opções: natural, fria e gelada, no painel touch screen Blue Touch e posicionar o recipiente. A refrigeração da água é feita por placa eletrônica.

O refil do filtro é de longa duração e quando chegar a hora de trocá-lo o aparelho vai emitir um aviso e você mesmo pode fazer o trabalho, pois é muito fácil, basta adquirir o refil e trocar as peças.

Para quem quer economizar na conta de luz

No products found.

O purificador de água Immaginare da IBBL tem três estágios de filtragem, capacidade para 1,4 litro de armazenamento, refrigeração por compressão a gás, torneira articulável e duas opções de temperatura, com um botão de misturador que permite que você regule ao seu gosto.

Embora tenha várias vantagens, esse modelo tem um sistema de refrigeração bastante econômico, que reduz em até quatro vezes o consumo de energia. Disponível nas cores branca, prata e preto.

O purificador classe A da marca consagrada

O purificador de água Consul tem filtragem classe A, elimina as impurezas, bactérias, partículas e excesso de cloro da água. Você pode escolher entre despejo de água contínua ou controlada em duas opções de temperatura: em temperatura ambiente ou gelada.

Esse modelo pode ser instalado em pia ou bancada e funciona com ou sem energia elétrica (a única diferença é que na falta de energia, a água sai menos gelada). O aparelho avisa quando chegar a hora de trocar o refil, que é feita de maneira simples, rápida e prática graças a facilidade de manuseio.

Para quem busca algo mais simples

Diferente dos já mencionados, esse modelo não é um purificador de água e sim um suporte para bombonas, também conhecido como bebedouro. O modelo oferece água natural e gelada.

Ele é compatível com bombonas de 10 ou 20 litros. É compacto e não requer instalação, basta ligar na tomada. Possui uma nanotecnologia contra proliferação de bactérias e tem baixo consumo energético.

Guia de Compra

No Brasil, mais da metade da população não tem acesso à água potável. As que têm ficam um pouco receosas em relação à qualidade dessa água, tanto que recorrem a tratamentos caseiros para tratá-la e utilizam o purificador de água para essa finalidade.

A água que chega pelo sistema de abastecimento de fato é inadequada para a ingestão. Apesar de receber tratamento, ela sofre contaminação durante o percurso nos canos, onde encontra substâncias nocivas à saúde.

Se você deseja instalar um filtro ou purificador de água na sua casa, continue com a gente. Falaremos mais sobre eles e você poderá escolher o melhor para você e sua família.

Mão de mulher enchendo copo com água em um purificador na cozinha.

O purificador de água dispensa o uso de bombonas e reaproveita a água que vem da rede, filtrando e tornando-a potável. (Fonte: belchonock / 123RF)

O que é um purificador de água e quais suas vantagens?

A ingestão de água filtrada e tratada é muito importante para o bom funcionamento do organismo, principalmente quando o tempo está seco e a umidade do ar baixa.

Água não tratada pode transmitir várias doenças, principalmente relacionadas ao estômago e intestino. Essas doenças podem vir tanto pela água que bebemos quanto pelo alimento que comemos.

Para evitar a contaminação da água e dos alimentos, é muito importante adquirir um purificador de água. Essa solução é mais eficiente e econômica, embora o investimento seja maior no primeiro momento.

Com água purificada você também pode cozinhar e minimizar os riscos de contaminação do alimento. Além disso, uma água sem odores e sabores desagradáveis permite que a comida fique ainda mais saborosa.

A água que sai da torneira entra no purificador de água através de uma membrana fina e o filtro retém bactérias, germes, vírus, micróbios, metais pesados e outras substâncias que fazem mal à saúde a longo prazo.

Esses filtros têm de três a sete níveis de filtragem. Dessa forma, ao chegar no reservatório de água, ela já está limpa, cristalina, e pronta para o consumo.

Uma coisa que deve ser levada em consideração no momento de escolher um purificador de água é pensar em que lugar ele será instalado.

Há modelos de bancada e de torneira, seja qual for a sua opção você vai precisar levar em consideração as dimensões do aparelho (altura e largura) e reservar um espaço da cozinha só para o filtro. Os aparelhos de bancada também podem ser instalados na parede, facilitando encontrar um espaço na sua cozinha para ele.

Preparamos uma tabela com as principais vantagens e desvantagens de ter um purificador de água na sua casa, confira abaixo:

Vantagens
  • Baixo consumo de energia elétrica
  • Elimina odores e sabores desagradáveis
  • Tem de uma a sete opções de temperatura
  • Alguns aparelhos não precisam de energia elétrica para funcionarem
  • Retém partículas e bactérias presentes na água
Desvantagens
  • É preciso trocar o refil com regularidade
  • Tem um preço bem elevado em relação aos filtros de água convencionais
  • Os modelos eletrônicos param de funcionar quando há corte no fornecimento de energia elétrica
  • Modelos eletrônicos param de funcionar quando não há energia elétrica

Como funciona o processo de filtragem do purificador de água?

Os purificadores submetem a água a três fases de filtragem. A primeira é a filtração, que elimina partículas sólidas como areia, barro e ferrugem. A segunda é a esterilização que elimina microrganismos como bactérias, vírus, fungos e micróbios.

A terceira e última fase é a de absorção, onde são eliminados: excesso de cloro presente na água, elementos químicos e metais pesados como mercúrio e chumbo que mesmo em pequenas quantidades, fazem muito mal à saúde, principalmente a longo prazo.

É preciso trocar o filtro do purificador de água a cada quatro ou seis meses aproximadamente, pois nesse período é consumido um volume de água que satura a capacidade de retenção do filtro. Alguns modelos têm refis de filtro mais duráveis, com vida útil de até um ano.

Se você não trocar o refil do filtro com regularidade, a água deixa de ser filtrada e os resíduos de sujeira passam a entupir os poros do filtro, tornando a água contaminada.

Os modelos mais modernos têm dispositivos que emitem um sinal sonoro ou visual indicando que chegou a hora de trocar o refil do seu filtro de água. Esse recurso é muito útil, pois pode ser que você esqueça que o prazo de uso do refil já acabou.

Se o seu purificador de água não tiver essa função tem um modo bem simples de identificar quando é a hora de trocar o refil. Observe se a vazão de água diminuiu, ou seja, se ela está saindo em menor quantidade e levando mais tempo.

Isso acontece porque o filtro já está entupido de impurezas. Com os poros entupidos, a água passa com dificuldade. Outra característica a ser observada é a cor e cheiro da água, se houver qualquer alteração, então chegou a hora de trocar o refil do filtro.

Como trocar o refil do purificador de água?

Para trocar o refil é bem fácil. Compre um modelo compatível com o seu purificador de água, desligue o acionamento da água (em alguns casos você deve fechar o registro) e abra ou desenrosque a tampa do compartimento do filtro.

Remova a mangueira de água e faça a limpeza da peça (limpar o filtro por fora e por dentro é muito importante). Esvazie o reservatório, use cotonete para limpar as partes menores e lave com água corrente as peças maiores como o próprio reservatório.

Depois, remova o filtro antigo e descarte-o (não pode ser reutilizado), e coloque o filtro novo. Ligue o acionamento de água e deixe-a correr por cerca de cinco minutos, mas não beba essa primeira água que passar pelo filtro, pois ela é não é própria para consumo.

Veja como é fácil trocar o refil do filtro do seu purificador de água:

O que diferencia os modelos de purificador de água?

Há vários tipos de purificadores de água, vamos detalhar cada um dos tipos abaixo. Ao final, vamos comparar os purificadores de água com os filtros comuns e os bebedouros, confira:

Purificador de torneira

Hoje em dia, alguns modelos de torneira já vêm com filtro acoplado ou têm entrada para você colocar um. A torneira com filtro possui dois acionamentos: um para água comum e outro para a água filtrada.

O mais bacana desse modelo é que ele não usa eletricidade para funcionar. Mas isso também é uma desvantagem, pois o filtro de torneira não tem controle de temperatura da água.

Outra desvantagem é que esse modelo não é eficaz na remoção de bactérias da água, apenas de impurezas e cloro ativo. Assim como os purificadores de água, o refil do filtro precisa ser trocado a cada seis meses para manter a água tratada.

Compacto de parede

O purificador compacto de parede é uma excelente escolha para quem tem a cozinha pequena, pois além de leve e menor, ele pode ser colado na parede, evitando a necessidade de furá-la.

Mas você vai precisar ter uma saída de água somente para o purificador de água. Uma vantagem é que esse aparelho não utiliza energia elétrica, a desvantagem é que ele só filtra a água, não a deixa em outra temperatura.

Purificador eletrônico

O purificador de água eletrônico é o modelo mais moderno de filtro de água existente no mercado. Com ele você pode controlar a temperatura da água (de duas a sete opções) e o tipo de jato (contínuo ou moderado) de maneira automática ou manual.

Esses aparelhos também costumam ter níveis de filtragem da água, a maioria dos modelos tem três níveis, alguns chegam a sete. Quanto maior a quantidade de filtros que a água percorrer menos impurezas ela terá.

Purificador refrigerado

O grande diferencial do purificador refrigerado é o controle de temperatura da água, que pode ser natural, fria ou gelada. Alguns modelos têm misturadores, que permitem que você deixe a água na temperatura desejada.

Os modelos mais modernos vêm com painel digital touch screen iluminado por lâmpada de LED. Com o painel iluminado, você vai conseguir pegar aquele copo d’água de madrugada sem precisar acender a luz da cozinha.

Como esse modelo refrigera a água, ele precisa estar conectado à rede elétrica, mas não se preocupe, pois, esses aparelhos têm o consumo de luz muito baixo.

Alguns modelos desse tipo continuam funcionando mesmo se a sua energia elétrica cair, pois possuem reservatório de armazenamento de água. Mas a função de refrigeração da água fica comprometida.

Imagem de purificado de água gelada.

Com o purificador refrigerado você pode tomar água gelada em qualquer momento do dia. (Fonte: belchonock / 123RF)

Purificador com compressor

O purificador com compressor é o modelo mais potente, com ele você consegue deixar a água muito mais gelada. Ele também refrigera até um litro e meio de água (por hora) a mais do que os modelos convencionais.

Geralmente o controle de temperatura do purificador com compressor se dá por um botão giratório onde é possível regular o resfriamento da água. E os compressores não são ruins para o meio ambiente.

Confira como é um purificador de água com compressor:

Esse tipo de purificador é bastante silencioso e muito econômico, pois ele só liga por alguns minutos para gelar a água que há dentro do reservatório e depois desliga automaticamente.

Purificador com sais minerais

Esse tipo de filtro usa sais minerais para retirar o cloro da água e matar as bactérias e germes. Alguns modelos têm carbono ativado que elimina vírus resistentes e outros têm tratamento de prata coloidal, que combate centenas de doenças, afina o sangue e ajuda na saúde das células.

Além dos variados tipos de purificadores de água, as pessoas costumam comprar filtros comuns como o de barro, plástico ou inox ou bebedouros de água. Confira como funciona cada um desses modelos:

Bebedouro

O bebedouro de água necessita de um galão de água mineral, que deve ser virado de ponta cabeça e encaixado no recipiente de despejo de água. Alguns modelos podem ser ligados à rede elétrica e assim também refrigera a água.

O galão tem capacidade para até 20 litros e precisa ser trocado com regularidade. Por causa da troca de galão, esse modelo apresenta um gasto mais alto ao longo do tempo. Ele também atende um número limitado de pessoas.

Além disso, esse modelo não possui nenhum sistema de filtragem, então fique atento na qualidade da água que você está comprando. Preste atenção também à frequência de limpeza.

Os bebedouros podem ser feitos de plástico ou aço inox, sendo esse último mais usado em escolas, academias, shoppings e outros espaços de grande fluxo de pessoas.

Filtros comuns

Os filtros comuns têm a capacidade de filtrar a água por causa da vela, um composto de polipropileno atóxico que retêm partículas sólidas como barro, ferrugem e areia.

A vela também possui uma segunda camada, feita de carvão ativado, que promete tirar o excesso de cloro, odores, sabores e coloração da água. Mas esse modelo não tem eficácia contra bactérias, fungos ou vírus.

O processo de filtragem da água é feito pela gravidade, ou seja, é colocada a água ou galão no recipiente superior do filtro e ela passa, gota por gota, pela vela e sai em outro recipiente, que armazena a água purificada.

Preparamos uma tabela comparando as principais características do purificador de água e do filtro comum. Confira:

Purificador de Água Filtro comum
Funções Usa tecnologia de tripla filtragem: filtração, esterilização e absorção Apenas realiza o processo de filtração da água, eliminando barro, ferrugem e areia
Saúde Elimina bactérias, vírus, fungos e micróbios Não elimina microrganismos
Funcionamento Funciona a partir de um refil de filtro. A maioria dos modelos funciona à base de energia elétrica Funciona a partir de uma vela central. Não precisa de bateria ou energia elétrica para funcionar
Custo Custa mais caro Custa mais barato

Quanto custa?

Há vários tipos de purificadores de água, desde os modelos mais simples que só filtram a água, aos aparelhos mais sofisticados, com controle de temperatura, painel touchscreen, acionamento automático, entre outros recursos.

O modelo mais barato que apenas faz a filtragem da água custa acima de R$ 150. Modelos eletrônicos mais sofisticados custam entre R$ 400 e R$ 700. O purificador de água mais caro chega a custar R$ 1.500.

foco

Você sabia que a água é indispensável para a vida dos seres humanos, plantas e animais?

Ela cobre mais de 70% da superfície da terra e foi por causa dela que surgiram as primeiras formas de vida.

Curiosamente, a água também compõe 70% do peso corporal da pessoa e é fundamental para o funcionamento do sistema digestivo, circulatório, para o bom funcionamento dos rins, hidratação da pele e muito mais.

É ideal consumir pelo menos 2 litros por dia, para manter o organismo funcionando corretamente

Onde comprar?

Você pode comprar o seu purificador de água em lojas de móveis e eletrodomésticos como Magazine Luiza e Ponto Frio, de departamento como Lojas Americanas e lojas de casa e construção como Leroy Merlin.

Você também pode optar por comprar um filtro de água pela internet, principalmente com as dicas que você está lendo neste artigo. São várias opções: Mercado Livre, Submarino, Amazon, entre outras.

O site da Amazon é um dos mais bacanas, pois lá você consegue comparar modelos, marcas e preços em forma de lista. Você pode refinar a busca por preço em ordem crescente ou decrescente, por avaliações de clientes, destaques e produtos mais novos.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de purificador de água

Nesta última parte do texto, vamos falar um pouquinho sobre os principais critérios de compra, ou seja, as características que devem ser levadas em consideração na hora de comprar um purificador de água. São elas:

  • Níveis de purificação
  • Controle de temperatura
  • Capacidade de armazenamento
  • Modo e local de instalação

Vamos detalhar melhor cada item para que você não fique com nenhuma dúvida e acerte na escolha do seu purificador de água.

Mão segurando copo de vidro pegando água em um purificador.

O purificador de água precisa ser escolhido especialmente pelo seu nível de purificação. (Fonte: Maksim Kostenko / 123RF)

Níveis de purificação

Quando falamos sobre níveis de purificação, podemos nos referir a duas características: níveis de retenção de partículas (variam de P1 a P6) e níveis de filtragem (vão de três a sete).

O nível de retenção de partículas se refere ao tamanho de partículas que o filtro consegue reter no interior de seus poros. O nível P6 retém apenas partículas grandes, enquanto o P1 retém partículas menores e maiores.

Você descobre essa e outras informações importantes através do selo do Inmetro, que fica colado na parte de trás do aparelho. Observe também o índice de redução do cloro livre, que é identificado pelo Selo C do Inmetro. Esse índice vai de um a três, o C1 o melhor, pois consegue eliminar até 75% do cloro, e o C3 é menos eficiente.

Observe também o nível de eficiência bacteriológica, esse último critério apenas é atestado como aprovado ou reprovado.

A água chega ao filtro no interior do purificador e passa por, pelo menos, três níveis de filtragem. A primeira retém resíduos sólidos como barro, ferrugem e areia. O segundo nível barra microrganismos. O terceiro nível absorve cloro e metais pesados.

Controle de temperatura

Os purificadores de água mais modernos têm controle e refrigeração da água. A escolha varia entre água em temperatura ambiente, fria ou gelada.

Há modelo que tem até sete opções de temperatura, que são selecionadas em um botão giratório.

Alguns modelos têm botão de misturador e você controla a temperatura da água a seu gosto. Mas se você gosta de água bem gelada, a dica é comprar um modelo de filtro com compressor, pois além de eficiente, ele gela mais e rapidamente.

Capacidade de armazenamento

Alguns modelos de purificadores além de filtrar e refrigerar a água, também têm um dispositivo de armazenamento de água. O mais bacana dessa função é que se a energia elétrica cair, você ainda consegue beber água fria por mais algumas horas.

A água armazenada fica em um dispenser acoplado ao aparelho e a capacidade em litro varia de modelo para modelo. O nível mais baixo é de 800 ml e o mais alto é o de 2,5 litros.

Imagem de uma pessoa despejando a água de uma jarra em um copo.

Os purificadores de água com dispenser conseguem armazenar até 2,5 litros de água refrigerada o reservatório. (Fonte: Pasja1000/ Pixabay)

Modo e local de instalação

Os purificadores podem ser de parede, geralmente menores e mais leves, ou de mesa/ bancada, que são maiores e mais pesados.

Os de parede são práticos porque não ocupam espaço, mas requerem uma instalação mais trabalhosa. Já os de mesa são práticos porque podem ser removidos do local para limpeza ou ainda em caso mudança de loca.

Seja qual for a sua opção você vai precisar levar em consideração as dimensões do aparelho (altura e largura) e pensar em que lugar ele será instalado.

(Fonte da imagem destacada: belchonock / 123RF)

Por que você pode confiar em mim?

Apaixonada por ler e escrever, empenha-se em produzir conteúdo relevante sobre áreas pelas quais tem muito interesse, como tecnologia, qualidade de vida, beleza e lazer.