Na imagem há uma plantação de flores amarelas, com uma mulher regando-as com regador verde e branco

Não é preciso ser um profissional da floricultura para saber da importância do cuidado correto com as plantas e flores para mantê-las saudáveis e bonitas. Um item essencial para esse fim é o regador, uma das ferramentas mais eficientes para a jardinagem, que será analisada hoje no ReviewBox Brasil.

Esse produto tem como maior diferencial a grande possibilidade de promover uma rega correta por não possuir jatos muito fortes de água e alcançar todos os espaços de terra devido ao seu bocal.

Nesse Review te explicaremos mais sobre o regador, mostraremos suas variações, vantagens e diferenciais. Se você está buscando o ideal para você basta continuar com a gente!



Primeiro, o mais importante

  • Dê preferência aos modelos com saída de água através de diversos furinhos presentes na extremidade do regador para obter uma rega mais eficiente.
  • Os regadores de plástico são mais leves e resistentes e você pode encontrar modelos com diferentes capacidades.
  • O preço dos regadores varia de acordo com a capacidade de água que eles podem abrigar, quanto menor o tamanho mais barato ele será.

Melhores modelos de regador de plantas: Nossos favoritos

Não é uma tarefa muito difícil escolher um regador para deixar seu jardim mais bonito e florido. Mas pensando em facilitar a sua busca, listamos os melhores modelos à venda. Apresentamos agora alguns dos modelos de regador de plantas mais bem avaliados pelos usuários:

Regador de Plástico 7 litros – Tramontina

Tendo um tamanho médio e capacidade de 7 litros, esse regador é produzido em plástico-verde, que tem como matéria-prima a cana-de açúcar. Ele pesa 880 gramas e tem 59 centímetros de altura, 14 centímetros de largura e 35 centímetros de comprimento.

Regador de Plástico 10 Litros Nove54

Esse regador tem capacidade para receber até 10 litros de água e acompanha um bico tipo ducha. Esse modelo é indicado para uso geral em jardinagem, mas também é muito utilizado para limpeza de parabrisas de carros.

Regador de Plástico 2 Litros Pinceís Atlas

Com uma alça desenhada para facilitar a pegada, esse regador de plástico tem capacidade para até 2 litros de água e, por isso, é ideal para regar pequenas plantas. Seu bico comprido também facilita o trabalho com as plantinhas.

Guia de Compra

Regar as plantas de um vaso ou jardim parece ser uma tarefa simples e sem mistérios, e realmente é se você tiver conhecimento sobre as espécies que possui e como deve realizá-la corretamente.

O regador é a principal ferramenta para essa atividade, por isso, embora simples, sua importância não deve ser deixada de lado. Vamos agora te mostrar todos os pontos a serem levados em conta antes de adquirir um.

Na imagem um homem regando uma plantação com dois regadores brancos.

Os regadores podem ser utilizados tanto para regar pequenos vasos como até para plantações e jardins maiores, sendo uma das melhores ferramentas de jardinagem. (Fonte: Pixabay/ Pexels)

O que é um regador?

Os regadores são recipientes que possuem um reservatório para a água, um cabo e, às vezes, um bocal cheio de furos por onde o conteúdo sairá e chegará as plantas e flores.

Eles são encontrados com diversas capacidades, cores e materiais, sendo bem simples achar um modelo que te agradará.

Quais os diferentes tipos de regador?

Se você já fez uma busca para comprar um regador percebeu que há diversas opções.

Dentre os modelos oferecidos para compra, os de plástico são os mais comuns. Sua vantagem é que são recicláveis, fáceis de limpar, leves e não quebram.

Pode-se encontrar também os produzidos em alumínio, esses, em sua maioria têm um design mais sofisticado e servem não somente para regar as plantas, como também para decoração. Não são tão leves quanto os de plástico, mas também não enferrujam.

Outra opção menos recomendada são os de metal, que com o uso podem enferrujar.

Na imagem um regador prata com flores brancas e roxas ao lado de uma cesta de vime com flores amarelas.

A decoração feita com regadores e flores é ideal para áreas externas. (Fonte: Pixabay License/ Pixabay)

É muito comum utilizar regadores como item de decoração no jardim. Há inclusive à venda alguns modelos com estampas, vazados e coloridos no qual é possível até plantar flores em seu interior.

Com relação ao modelo, é importante deixar claro que basicamente todos são muito parecidos, mas um detalhe os torna diferentes: a área para saída de água.

Nesse ponto os mais indicados são os que possuem furinhos para que a água saia de maneira mais espaçada, atingindo assim todos os espaços do vaso ou jardim.

Já a capacidade também é bem variável. Podendo ser de 2 a 15 litros, ou mais.

Regador ou mangueira? Qual a diferença na rega?

Muitas pessoas fazem a rega usando uma mangueira. Ambos os sistemas podem ter pontos positivos ou negativos e você precisa encontrar o equilíbrio entre eles para decidir qual o sistema de rega ideal para sua necessidade.

Com um regador a distribuição de água é feita com suaves jatos espaçados, gerando uma rega mais delicada. Com a mangueira a água se concentra em uma única saída e isso pode mover a terra ou ainda estragar a flor se ela for frágil. Porém, pode ser melhor para regar folhagens maiores.

Na imagem um regador branco despeja água em flores rosas no jardim.

O regador é ideal para regar flores mais frágeis.. (Fonte: jill111/ Pixabay)

Outra questão positiva é que o regador gera uma economia de água, já que você consegue controlar a quantidade de água que sai. E também vai gastar apenas o que foi colocado no regador.

Algo difícil de controlar com o uso da mangueira. Segundo a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) gasta-se em média 96 litros de água a cada 10 minutos de mangueira ligada.

Sem contar que com o regador você consegue regar todo o jardim de maneira uniforme. Com uma mangueira alguns pontos podem ficar mais encharcados que outros.

Regador Mangueira
Distribuição de água Possui jatos de água mais espaçados o que gera uma rega mais delicada Tem um único jato de água que pode mover a terra ou atingir a planta de maneira agressiva
Gasto de água Gera economia de água, pois sabe-se exatamente quanto está gastando de acordo com a capacidade do regador A cada 10 minutos de mangueira ligada, gasta-se em média 96 litros de água
Alcance Tem uma maior capacidade de irrigar igualmente todo o jardim Possui uma única saída de água que pode deixar de molhar alguns pontos da terra

Regador manual ou produtos para rega automática?

Vale ressaltar nesse Review que há duas situações a serem levadas em conta no que diz respeito a rega de plantas. Para quem tem maior disponibilidade e gosta de jardinagem, um regador manual é uma ótima opção.

Mas quem tem menos tempo, passa grandes períodos fora de casa ou necessita de uma rega mais minuciosa foram criadas outras variações de produtos que fazem esse trabalho automaticamente. Há os modelos por gotejamento e os temporizadores.

  • Gotejamento: Os modelos por gotejamento possuem sempre uma pequena mangueira que será colocada no interior do vaso, dentro da terra, e irá depositar a água aos poucos. A outra extremidade do produto ficará conectada a um reservatório de onde a água que será utilizada para a rega será retirada. Nesse modelo não é possível determinar exatamente quando o solo receberá água.
  • Temporizador: Já os temporizadores são mais indicados para quem deseja que a rega seja realizada sempre nos mesmos horários e com quantidade de água pré-determinada. Eles são ligados em torneiras e mangueiras e programados com o horário no qual a água será ligada e desligada e a quantidade de água a ser utilizada. Os modelos mais desenvolvidos possuem ainda um sensor que detecta se está chovendo e não liga caso esteja. Esses produtos geram uma economia de água e ainda podem regar plantas com diferentes necessidades de maneira eficaz.

Quanto custa?

O preço que você pagará por um regador depende da capacidade que ele tem. Em média os mais baratos custam por volta de R$ 11 podendo receber entre 2 a 5 litros de água.

Os que possuem capacidades maiores podem atingir valores mais altos chegando a custar mais de R$ 60.

Na imagem um regador verde no gramado.

A capacidade determinar o preço do regador. (Fonte: MabelAmber/ Pixabay)

Onde comprar?

Encontrar um regador para comprar é uma tarefa muito fácil, pois eles são vendidos em diversos lugares.

Na internet são facilmente encontrados para compra em lojas de departamento, como o Amazon por exemplo, de ferramentas e de materiais para construção. Comprando online você encontra mais variedades e ofertas mais atrativas. Sem contar que nem precisa sair de casa.

Em estabelecimentos físicos nesses mesmos locais é possível encontrá-los, estando também disponíveis nas lojas específicas de itens de jardinagem.

Critérios de Compra: Fatores para comparar os diferentes modelos de regador

Se você está pensando em adquirir um regador deve agir como um floricultor, que leva em conta diversos fatores antes de realizar a rega de suas plantas e flores.

Pensando nisso, vamos explicar todos os pontos importantes para você conseguir realizar esse trabalho com sucesso. Por isso, preste atenção nos seguintes pontos:

Agora, estamos perto de entregar todas as informações necessárias para você escolher seu regador. Confira a importância dos pontos mencionados acima antes de decidir pelo seu.

Capacidade

Nesse tópico não há certo ou errado, mas é preciso fazer uma análise. Há modelos de 2 litros, que são mais voltados para quem tem pequenos vasos de flores ou plantas, e outros de 5, 7, 10 e 14 litros, por exemplo.

A escolha desse fator irá depender do tamanho do seu jardim ou plantação e de quanto peso você consegue carregar, já que quanto mais cheio de água o regador mais pesado ele ficará.

Se você possui em sua casa apenas dois vasos de tamanhos médios não precisa comprar um regador de 14 litros certo? Provavelmente um de 2 litros já será suficiente.

Mas se você tem um jardim na sua casa, logo os regadores maiores te pouparão o trabalho de ter que reabastecê-los com água no meio da rega. Por isso, antes de comprar o seu, pense no que você desejar regar.

Comprimento do cano

Se você tem a necessidade de regar espaços menores e de mais difícil acesso, escolha um regador com um cano mais longo, isso evitará que você precise entrar no meio do seu jardim para cuidar as plantas.

Existem modelos com canos curtinhos, então se você precisa de um regador com cano mais comprido não deixe de conferir esse detalhe importante que muitas vezes acaba passando despercebido e gera problema na hora da rega.

Material

Os regadores são ferramentas que estão em constante contato com a água, por isso, é essencial escolher um que não seja feito de material que enferruje.

Explicamos acima que os modelos mais encontrados são os de plástico, esses têm diversos pontos positivos e a leveza talvez seja a maior vantagem.

Os menos indicados são os de ferro, eles podem até parecer resistentes, porém esse material não deve ser exposto a água, o que acaba diminuindo a sua durabilidade.

foco

Você sabia que o melhor período para regar as plantas é pela manhã ou no final da tarde? Se você realizar a rega no meio do dia, por serem horários de temperaturas mais altas, a água pode evaporar mais facilmente. A noite também não é indicado porque não há absorção correta nesse período.

Área para saída de água

Já explicamos que o ideal é que a saída de água seja aquela que possui furinhos na sua extremidade porque causa um maior espaçamento dos jatos proporcionando uma rega mais uniforme e sem revirar a terra.

A largura dessa área também é variável. Os que são mais largos irrigam melhor áreas maiores, os que são mais estreitos são bons para vasos menores.

Pense nisso antes de comprar o seu regador! (Fonte da imagem destacada: Sarah Jane/ Pexels)

Por que você pode confiar em mim?

Danielle Assis Jornalista
Dedica-se a produzir conteúdos interessantes e informativos. Apaixonada por viagens, moda, animais e adora dar presentes. A curiosidade é uma de suas características mais marcantes e está sempre em busca de produtos que tornam o dia a dia das pessoas mais prático e interessante.