Repetidor de Wi-Fi.
Ultima atualização: 27 de maio de 2021

Como escolhemos

8Produtos analisados

27Horas investidas

4Estudos avaliados

83Comentários coletados

Quando você tem internet em casa ou no trabalho, mas o sinal de Wi-Fi não pega bem em todos os ambientes, então, você precisa de um repetidor de sinal. Mas como a variedade de marcas, modelos e configurações é imensa, nosso artigo de hoje vai ajudá-lo a escolher o melhor.

Essa escolha vai depender do seu objetivo e também do local onde o aparelho será instalado. De todo modo, é preciso avaliar a velocidade, a frequência, a presença e quantidade de antenas, entre outros critérios.




O mais importante

  • Se o seu objetivo é ampliar o sinal de Wi-Fi do seu roteador para áreas mais distantes, o repetidor de sinal é o aparelho ideal.
  • Com ele, você consegue acessar o Wi-Fi em locais onde antes o sinal não chegava em sua totalidade, por conta de barreiras como portas e paredes.
  • É importante levar em conta se o repetidor de sinal é compatível com a frequência do seu roteador e se você vai precisar de conexão com o cabo Ethernet.

Repetidores de sinal: nossa recomendação dos melhores produtos

Identificar o melhor repetidor de sinal é difícil porque depende de situações específicas de uso, como o tamanho do local onde o Wi-Fi será usado, além das configurações do aparelho. Pensando nisso, nós fomos atrás de opções para atender a todos. Veja:

Guia de compra: tudo o que você precisa saber sobre repetidor de sinal

Como saber se o repetidor de sinal é de fato o melhor? Para isso é preciso conhecer um pouco sobre o funcionamento e as variações desse aparelho. E é o que vamos mostrar para você neste Guia de Compra.

Mulher sentada na cama, usando o notebook.

Nem sempre o sinal de Wi-Fi pega bem em todos os cômodos da casa. (Fonte: Windows/ Unsplash)

Como funciona o repetidor de sinal?

Você já deve saber que o sinal de Wi-Fi, em casa ou no trabalho, é distribuído para computadores, notebooks, smartphones e tablets através de um roteador.

No entanto, dependendo do tamanho do local e da configuração dos cômodos, esse sinal pode ficar comprometido, seja por conta da distância do roteador, seja pelos obstáculos como portas e paredes.

Por conta de situações como essas, não raro, o sinal de internet sem fio não pega em um quarto mais distante do roteador ou no segundo andar, por exemplo. Para resolver esse problema existe um aparelho muito prático e funcional: o repetidor de sinal.

Repetidor de sinal.

Em geral, o repetidor de Wi-Fi é ligado na tomada. (Fonte: Piotr Adamowicz/ 123rf)

Pequeno e compacto, o repetidor de sinal funciona assim: Ele capta o sinal de Wi-Fi que vem do seu roteador através de uma conexão sem fio e faz a retransmissão do mesmo sinal para as áreas mais distantes e que antes não eram alcançadas pela internet.

Com isso, é possível levar internet sem fio a vários cômodos de um local sem que seja preciso instalar outro roteador. Mas é importante saber que o repetidor de sinal não aumenta a velocidade da internet, ele apenas expande o sinal pelo ambiente.

Onde instalar o repetidor de sinal?

É importante instalar o aparelho em um local onde o sinal do roteador seja forte e não haja obstáculos.

Por exemplo, se a ideia é aumentar o alcance do Wi-Fi em um quarto que fica do lado oposto do cômodo onde está o roteador, o ideal é colocar o repetidor no meio do caminho.

Você sabia que os repetidores Wi-Fi podem ser divididos de acordo com o tipo de instalação?

Você vai encontrar modelos que se conectam diretamente na tomada e os que são conectados via USB.

A opção com entrada USB pode ser instalada diretamente no notebook ou através de um carregador na tomada. No entanto, é o modelo na tomada o mais comum aqui no Brasil.

Além disso, quanto mais alto o local onde você instalar o repetidor de sinal, melhor será o funcionamento do mesmo.

Também é preciso cuidado com a presença de barreiras físicas como paredes, portas e armários, e com a interferência causada por outros aparelhos como telefones sem fio e fornos de micro-ondas.

Como conectar o repetidor de sinal?

Existem três formas de conectar o repetidor ao roteador: através do botão WPS, do navegador ou de aplicativos. Para você entender como funciona cada um delas, confira uma explicação detalhada a seguir:

Conexão entre o repetidor e o roteador
Via WPS Para usar essa forma de instalação o seu roteador precisa ter o botão WPS. Em seguida, basta apertar o botão em ambos os aparelhos
Via Navegador ou aplicativo Se o seu roteador não possui o botão WPS, você poderá conectar o repetidor com a rede Wi-Fi através de um navegador, no celular ou computador. Isso também pode ser feito com um app da própria fabricante

Qual a melhor frequência do repetidor de sinal?

Antes de comprar o repetidor de sinal, você precisa conferir qual é a frequência em que opera o seu roteador. Os roteadores possuem um padrão de sinal de 2,4GHz e/ou 5GHz.

Os melhores modelos são compatíveis com banda dupla.

Os melhores modelos são compatíveis com banda dupla, os chamados dual band.

Esses repetidores de sinal de Wi-Fi podem ser conectados nas duas frequências ao mesmo tempo. E isso pode tornar a rede de internet sem fio ainda mais consistente.

Mas se esse não for o caso, é preciso mais atenção na escolha. Isso porque para os roteadores de menor frequência, você pode comprar um repetidor de 2,4 GHz ou o de 5GHz. Porém, se o roteador operar na frequência maior, será preciso adquirir o aparelho de 5GHz.

Critérios de compra: O que levar em conta ao comparar os repetidores de sinal

Depois de verificar a compatibilidade de frequência entre o repetidor de sinal e o roteador, você deve analisar outras configurações que variam bastante dependendo do modelo e da marca do equipamento. Nós reunimos a seguir, os critérios mais relevantes que você deve levar em conta:

Taxa de transmissão

Um dos fatores mais importantes de um repetidor de sinal é a taxa de transmissão ou a velocidade com que o aparelho envia o sinal de Wi-Fi.

Fique atento na hora de escolher porque os melhores modelos têm taxas de, pelo menos, 300 Mbps. Mas existem alguns aparelhos que oferecem 450 Mbps e até mais de 1000 Mbps.

Número de antenas

O repetidor de sinal, assim como o roteador, também pode ter antenas, externas ou internas. Por isso, você também vai encontrar opções de repetidores com uma a quatro antenas externas.

Elas são responsáveis por aumentarem o alcance e a velocidade de transmissão do sinal de internet. Por isso, quanto mais antenas, maior será a área que receberá o Wi-Fi.

Alcance

É claro que, na hora de comprar o melhor repetidor de sinal você vai querer saber qual será o alcance do Wi-Fi pela local.

Existem várias medidas de alcance e é importante verificar essa informação junto ao fabricante.

Alguns repetidores, por exemplo, podem fazer com que o sinal de Wi-Fi alcance até 300 metros, o que é ideal para casas maiores ou locais que precisem de internet em áreas externas como quintais, varandas e terraços.

Ponto de acesso

Outro detalhe interessante é que alguns modelos de repetidores permitem a conexão com o roteador via cabo. Esse recurso é ideal especialmente se o espaço for muito grande já que, em casos assim, nem sempre é possível instalar o repetidor próximo do roteador.

Conectado por meio de um cabo, é possível fazer com que o repetidor leve o sinal de Wi-Fi para um local ainda mais longe sem o risco de interferências e perda de velocidade na transmissão.

Roteador.

Dependendo do repetidor de Wi-Fi, ele pode criar um novo ponto de acesso sem a necessidade de instalar outro roteador. (Fonte: Misha Feshchak/ Unsplash )

Isso é chamado de "ponto de acesso", que também pode ser utilizado para criar uma nova rede Wi-Fi.

Essa estratégia é bem funcional para pequenas empresas que podem precisar gerar uma nova rede apenas para o acesso de seus clientes, por exemplo.

Consumo

Como se trata de um aparelho que ficará ligado o tempo todo na tomada, é importante considerar o consumo que ele terá para não tomar um susto na conta de energia no fim do mês.

Com isso em mente, saiba que os modelos que consomem até 3W são considerados os mais econômicos.

Resumo

Ampliar o alcance do sinal de Wi-Fi. Essa é a principal função de um repetidor de sinal. Com ele, você consegue levar internet sem fio de qualidade para ambientes e cômodos distantes do roteador. E isso vale para casas, apartamentos, lojas e escritórios, pequenos ou grandes.

Para comprar o melhor repetidor de sinal você vai precisar levar em conta alguns aspectos. Entre eles a frequência, que deve ser compatível com a do roteador, a velocidade de transmissão, a quantidade de antenas, o alcance do sinal, entre outros recursos.

(Fonte da imagem destacada: Wim van 't Einde/ Unspalsh )

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas