Imagem mostra um rolo de espuma e tinta espalhada sobre uma superfície.

Bem-vindo ao ReviewBox Brasil. Precisando pintar paredes, muros, superfícies ou edificações de forma geral? Então, uma opção bastante interessante é usar um rolo de espuma.

Rolos de espuma são muito usados em pinturas, mas possuem especificações corretas para quais tipos de tintas e superfícies são ideais. É isso que os diferencia dos rolos de lã ou de outros utensílios como pincéis ou pistolas.

Não sabe qual é o utensílio ideal para a sua necessidade ou como escolher um rolo de espuma? Então, fique com a gente! Nos próximos parágrafos, explicaremos todos os detalhes necessários para acabar com as suas dúvidas!

Primeiro, o mais importante

  • Rolos de espuma são usados para pintar superfícies lisas, de madeira ou metal. Também há alguns tipos especiais de tintas que são suportados por eles. Sempre veja se precisa de um utensílio de espuma ou de lã.
  • Há rolos de espuma em diversos comprimentos e diâmetros, bem como uma sub-divisão entre poliéster, poliéter e híbridos.
  • De acordo com o material e com o comprimento, os preços podem variar bastante: desde cerca de R$ 5, portanto, muito acessíveis, até a casa de R$ 50.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 4 melhores modelos de rolo de espuma

Separamos quatro modelos de rolos de espuma que estão entre os melhores disponíveis no mercado. Eles têm diferentes tamanhos e serventias, o que traz também um pouco de versatilidade a essa lista.

1º – Rolo de Espuma Amarela Poliéster Tigre 5 cm

Da conceituada marca Tigre, esse rolo de espuma de 5 cm é indicado para superfícies metálicas. Seu formato compacto facilita o alcance de pequenos cantos e a melhora no acabamento geral do serviço.

Há suporte para as mãos e a composição é espuma em poliéster. Tintas a óleo e esmalte são as melhores para aplicação com esse rolo.

2º – Rolo de Espuma Híbrida 15 cm Tigre

Também da Tigre, esse rolo traz espuma híbrida em poliéster e poliéter. Essa junção o torna mais indicado para superfícies lisas, e ideal para ser usado com tintas como látex e acrílico.

O tamanho de 15 cm já permite maior agilidade para trabalhos em larga escala, cobrindo superfícies mais rapidamente. Existe suporte para mão e a coloração é cinza.

3º – Rolo de Espuma 15 cm com suporte Nove54

O custo-benefício desse rolo de 15 cm da Nove54 é excelente. Com espuma em poliéster, é indicado principalmente para uso com tintas a óleo e esmalte, mas suporta solventes e aguarrás.

A combinação entre a largura de 15 cm e a aplicação em superfícies metálicas pode ser ideal para o uso em determinadas situações. O suporte de mãos é eficiente e o produto é duradouro.

4º – Rolo de Espuma 9 cm Atlas em Poliéster

Com 9 cm de comprimento, esse rolo é intermediário entre os maiores e menores disponíveis. Dessa forma, agiliza mais do que os menores e tem alcance para lugares difíceis melhor que os maiores.

Por ser composto totalmente por poliéster, também é indicado principalmente para uso com tintas a base de óleo e esmalte. A descrição do fabricante, por sua vez, indica boa resistência a vários tipos de materiais.

Guia de Compra

Como saber se o rolo de espuma é o melhor para a sua pintura? Quais as questões específicas que envolvem cada rolo e cada utensílio?

Traremos agora todos os detalhes necessários para que você possa pintar o que quiser como um profissional, impressionando a todos os seus amigos e familiares e podendo sentir verdadeiro orgulho do seu serviço!

Foto de homem agachado em frente a recipiente com tinta amarela com o rolo de espuma dentro.

Há rolos de espuma e de lã e cada um tem suas aplicações próprias (Fonte: rawpixel.com / Pexels)

O que é um rolo de espuma e para que ele serve?

O rolo é a forma mais popular de fazer pinturas em superfícies como paredes e muros. Você provavelmente já usou ou ao menos viu alguém fazendo uso de um.

Isso acontece porque a superfície de contato é maior, o que permite que mais tinta seja aplicada com menos movimentos. A agilidade e a velocidade do trabalho são importantes, principalmente se for para pintar, por exemplo, toda uma casa.

Existem dois materiais mais comuns para rolos de pintura: lã e espuma. Cada um deles tem seus próprios benefícios e aplicações que os tornam mais indicados. Por isso, antes de fazer a compra você precisa saber que tipo é melhor para as suas necessidades.

foco

Apesar de muito difundidos nas nossas vidas, rolos de pintura são uma invenção relativamente nova. Eles surgiram em 1938, graças aos canadenses Morris e David Welt. David foi a uma loja que imprimia cartões e viu o funcionamento da máquina, com um rolo que colocava tinta no papel. Então, pensou que o mesmo poderia ser feito para pintar paredes. Uma vez à venda, não demorou para que o acessório passasse a fazer muito sucesso.

Rolo de espuma ou rolo de lã?

Os rolos de lã são mais comuns que os de espuma. Eles podem ser feitos de lã de carneiro ou sintética, e isso também influi nas indicações de uso. De forma geral, a aplicação ideal para eles é com tintas à base de solvente e materiais como acrílico e PVA.

Também é melhor optar por um rolo de lã se a superfície for mais rugosa ou texturizada. As múltiplas ranhuras existentes nesse material permitem que todos os pequenos cantos dessas paredes ou muros sejam preenchidos.

Os rolos de espuma são mais lisos e absorvem mais a tinta. É por isso que eles são mais indicados para superfícies lisas. Seja uma parede sem texturas, um metal ou uma porta, se não há muitas alterações de relevo, o trabalho será mais fácil com espuma.

Quanto aos tipos de tinta, há uma divisão relacionada ao material da espuma: poliéster, poliéter ou mista. As primeiras são mais utilizadas com tintas à base de óleos ou esmaltes, como verniz, por exemplo. As segundas, à base de água. As terceiras são as mais versáteis, mas mais caras.

Jamais utilize um rolo de espuma com materiais corrosivos, como Thinner. A reação química não será boa e rapidamente o seu utensílio estará deformado e danificado.

Rolo de lã Rolo de espuma
Material Sintéticos ou de lã de carneiro De poliéster, poliéster ou mistos
Indicado para Superfícies rugosas e texturizadas Superfícies lisas
Tintas À base de solvente, acrílico ou PVA À base de óleo ou esmalte

Quais as vantagens de usar um rolo de espuma?

Por ser mais liso e uniforme, o rolo de espuma retém mais tinta que o de lã e a aplica com mais eficiência. O acabamento sempre será superior justamente por essa diferença de aplicação.

Outro fator é que há um menor desperdício de tinta, por causa dessa retenção e eficiência de aplicação. Assim, a transferência é bem maior. Essa é a vantagem principal em relação a outros utensílios como pistolas de pintura.

Tudo isso, é claro, desde que a aplicação seja feita de maneira correta, respeitando as indicações para a superfície a ser pintada e o tipo de tinta utilizado.

Se você é iniciante em pintura doméstica, veja esse vídeo do canal Mancilha Mestre da Reforma ensinando a usar um rolo!

Quanto custa?

Modelos simples e curtos de rolo de espuma são muito baratos. Podem ser encontrados por cerca de R$ 4, vendidos em grandes embalagens que podem trazer até mesmo um número enorme desses utensílios.

Quanto mais cresce a complexidade do material utilizado (por exemplo, a mistura entre poliéster e poliéster) e o comprimento, maior também o preço.

Durante nossa busca, encontramos rolos de espuma custando na faixa de R$ 50. Qual escolher? Isso vai de acordo com as suas intenções!

Imagem de rolo de espuma com tinta azul ao lado do balde de tinta.

Um rolo de espuma custa a partir de R$ 4 e, se bem cuidado, pode durar bastante tempo. (Fonte: stux / Pixabay)

Onde comprar?

As grandes lojas de materiais de construção estão presentes em quase todas as cidades e são as melhores opções. Podemos citar exemplos como Telhanorte, C&C e DiCicco. Nelas, haverá uma ampla variedade de rolos de espuma, certamente atendendo qualquer que seja a necessidade.

Além disso, lojas pequenas, de bairro, também devem oferecer algumas opções. Os preços provavelmente serão menores.

Se a sua preferência é por compras online, recomendamos a Amazon brasileira ou o Mercado Livre, bem como os sites das lojas citadas acima. Todas elas trarão um leque de modelos que será bem satisfatório.

Critérios de compra: Fatores para comparar as diferentes ofertas de rolo de espuma

Além das questões sobre materiais que já explicamos, há alguns outros fatores que podem ser importantes na hora de comprar um rolo de espuma. Separamos aqueles que acreditamos serem os mais importantes:

  • Comprimento
  • Diâmetro
  • Presença de suporte
  • Resistência e durabilidade

Abaixo, explicamos cada um desses fatores.

Comprimento

O comprimento de um rolo de pintura se relaciona com dois fatores: agilidade e meticulosidade. Quanto maior ele for, mais fácil será de cobrir grandes superfícies, uma vez que cada passada ocupará uma área mais respeitável. O serviço terminará mais rapidamente.

Se o que você precisa pintar é menor e mais cheio de detalhes, o ideal é escolher um rolo bem curto. Assim, o acabamento será superior, já que ele entrará em lugares mais complicados e a aplicação da tinta será mais concentrada.

Por isso, lembre-se, superfícies grandes e lisas requerem rolos mais compridos, superfícies pequenas e detalhadas, mais curtos.

Imagem de pessoa segurando rolo de espuma grande com tinta branca.

Dependendo do espaço que você irá pintar, precisará de um rolo maior ou menor. (Fonte: vitkalova / Pixabay)

Diâmetro

Para que a absorção de tinta seja maior, o diâmetro também importa. Ele não deve deixar de ser proporcional ao comprimento, mas medidas superiores nesse quesito representam menor desperdício e maior agilidade na pintura.

Um rolo com diâmetro maior absorverá mais tinta a cada vez que for mergulhado na lata. Dessa forma, serão menos paradas para reabastecê-lo. Além disso, ele pingará menos e perderá menos conteúdo, facilitando seu trabalho em muitos aspectos.

Presença de suporte

A não ser que a espuma do seu rolo original tenha estragado e você já possua um suporte, tome cuidado: é preciso comprar um que venha com essa peça extra feita para que o objeto seja manuseado com mais facilidade.

É preciso que um rolo tenha um bom suporte para manuseio. Se você não ler as especificações com atenção, pode acabar só com a espuma chegando em sua casa sem ter como segurá-la. A não ser, claro, que você goste de invenções e improvisos!

Imagem de rolo de espuma ao lado de tinta azul.

É importante que o rolo de espuma tenha um bom suporte para que você consiga usá-lo. (Fonte: Anete Lusina / Pexels)

Resistência e durabilidade

Já explicamos para quais tipos de materiais cada rolo é recomendado. E falamos que usar espuma junto com corrosivos como Thinner não é uma boa ideia. Porém, alguns deles dizem nas especificações possuírem resistência extra.

Entre os materiais citados está, por exemplo, a resistência a aguarrás, tradicional solvente usado em pintura. Caso você queira trabalhar com materiais mais fortes, sempre leia com atenção se o rolo escolhido promete resistência a ele ou se ao menos se diz mais resistente que outros modelos.

(Fonte da imagem destacada: Tookapic / Pexels)

Por que você pode confiar em mim?

Carlos Massari Jornalista
Carlos Massari
Jornalista especializado em esportes e podcaster. Apaixonado por cinema, literatura e artes em geral. Curioso nato, pesquisa e escreve sobre diversas áreas, principalmente tecnologia, ferramentas, artigos esportivos e objetos que tornam a vida e o cotidiano mais fáceis.