Recém-nascido dormindo.

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Hoje vamos falar de um acessório essencial para o conforto e a proteção dos recém-nascidos: o segura bebê.

Também conhecido como rolinho segura bebê, esse acessório é ideal para deixar a criança aconchegada e evitar quedas enquanto estiver no berço.

Atualmente existem diversas opções de segura bebê à venda no mercado. Por isso, vamos mostrar o que você deve levar em conta antes de comprar o ideal.

Primeiro, o mais importante

  • O segura bebê é muito útil para dar a sensação de segurança enquanto a criança dorme, evitando que ela role.
  • Ainda assim, existem controvérsias com relação aos riscos que esse acessório pode oferecer à criança.
  • Vamos mostrar aqui as vantagens do segura bebê, os cuidados que você deve ter ao usá-lo e como escolher o melhor.

Você também pode gostar:

Os melhores modelos de segura bebê: Nossos favoritos

Pais e mães que buscam o segura bebê querem a garantia de segurança para os seus filhos, além de conforto e estilo. Com isso em mente, os fabricantes investiram em opções para todos os gostos.

Por isso, nós vamos apresentar para você os melhores modelos de segura bebê disponíveis hoje em dia no mercado.

O melhor modelo com fibra de silicone

O Segura Bebê da Cuca Criativa é composto por dois rolinhos ligados por um tecido, nas cores brancas e azul. A parte externa é feita de algodão 100% e o enchimento de fibra de silicone.

Além disso, esse acessório mede 25cm de altura e 38cm de comprimento enquanto aberto e possui capa removível para lavagem.

O segura bebê com o melhor acabamento

O Segura Bebê Madri da Hug é fabricado em 100% algodão e espuma interna 100% Poliuretano. Esse modelo possui estampa de Chevron nas cores cinza e rosa.

Além disso, esse segura bebê, que tem 26cm de largura, 31cm de comprimento e 9cm de altura, possui fita de cetim nas laterais e acabamento reforçado em viés.

O melhor segura bebê com tecido percal

No products found.

O Segura Bebê da Papi Textil é composto por dois rolinhos, fabricados com tecido percal 100% algodão e com enchimento em espuma. Esse modelo tem dimensão de 35cm de largura e 22cm de comprimento. Além disso, está disponível nas cores rosa e azul.

Guia de Compra

Pode parecer simples escolher o segura bebê já que, à primeira vista, todos parecem iguais. Mas é preciso considerar alguns fatores para garantir, principalmente, a segurança e a saúde da criança.

Por isso, criamos este Guia de Compra com todas as informações que você vai precisar saber para tomar a melhor decisão ao comprar o segura bebê ideal.

Mãe com bebê no berço.

O segura bebê protege e acolhe o recém-nascido no berço. (Fonte: Prasit Rodphan / 123rf)

O que é o segura bebê?

O segura bebê é uma peça que consiste em duas almofadas pequenas, de formato cilíndrico, que são ligadas entre si por um tecido.

Quando aberto, o segura bebê recebe a criança, que fica acomodada sobre o tecido e protegida lateralmente pelos dois rolinhos.

Com isso, o bebê, especialmente os recém-nascidos que ainda não têm total controle sobre os seus movimentos, ficam protegidos.

Ou seja, com o segura bebê é possível evitar que o recém-nascido se vire durante as horas de sono e possa, eventualmente, cair ou se sufocar com partes do berço ou do kit berço.

Rolinho segura bebê.

O segura bebê é formado por dois rolinhos ligados por um tecido. (Fonte: Divulgação Cuca Criativa / Amazon)

Além disso, o segura bebê ajuda a manter a criança apertadinha, quentinha e acolhida e, com isso, se assusta menos com os espasmos tão naturais nesta fase.

Tamanha a sua eficiência e praticidade, que você pode acomodar o rolinho segura bebê dentro do berço, e até levar o acessório em passeios, visitas e viagens.

Isso porque, quando fechado, o segura bebê é pequeno e leve e, por isso, cabe até na bolsa maternidade.

Quais os benefícios do segura bebê?

Além de evitar que o bebê se vire, role e se machuque ou caia, o segura bebê tem outros benefícios importantes para a qualidade de vida e segurança do recém-nascido.

Antes de nascer, os bebês estão em um ambiente acolhedor, quentinho e bem protegido. Durante nove meses, sempre que se movia dentro da mamãe, o bebê esbarrava nas paredes do útero, o que limitava e protegia os seus movimentos.

Quando nasce, a criança é colocada no berço, que para ela é grande e desprotegido.

Mulher grávida ao lado do berço.

O segura bebê simula o ambiente acolhedor e protegido assim como era na barriga da mãe. (Fonte: Sylbohec / Pixabay)

Por isso, quando papais e mamães simulam um “ninho” para que o bebê fique com o mínimo de espaço possível para se movimentar, ele se sente mais seguro e acaba dormindo melhor.

Daí o grande benefício do segura bebê. Os dois rolinhos laterais ajudam a simular esse espaço limitado e protetor, assim como eram antes do bebê nascer. Além disso, quanto menos o recém-nascido se movimenta após a amamentação, menos ele irá regurgitar.

Quais os riscos do segura bebê?

Apesar de eficiente para acolher e proteger o recém-nascido, o segura bebê, assim como qualquer acessório para criança, merece atenção para que você evite alguns riscos.

O fato é que, entre a comunidade médica, o rolinho segura bebê ainda é um tema controverso. Atualmente, as recomendações são para que o berço do bebê seja o mais simples possível, com pouco ou nenhum acessório.

De acordo com a Associação Americana de Pediatria, não deve haver nada exceto o bebê e suas roupas dentro do berço.

Isso porque, caso o bebê se movimente ele pode acabar com o rosto na frente de um objeto ou tecido e não conseguir respirar.

Como consequência, também aumenta o risco da síndrome da morte súbita infantil, que é quando a criança sofre uma parada cardíaca sem motivo aparente enquanto dorme.

Apesar de rara, essa síndrome acomete principalmente bebês de até seis meses de vida, mas é possível adotar algumas medidas de prevenção, como você confere a seguir.

Quais os cuidados você deve ter na hora do bebê dormir?

Se você optar pelo uso do segura bebê nos primeiros meses de vida da criança, existem algumas recomendações que devem ser adotadas para garantir a segurança.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) é possível prevenir o refluxo e o risco de sufocamento seguindo as dicas a seguir:

  • O bebê deve dormir em berço, no quarto dos pais, até os seis meses;
  • O bebê deve ficar no berço sempre com a barriga para cima;
  • Posicione travesseiros antirreflexo embaixo do colchão;
  • Use apenas capas protetoras finas e respiráveis nas grades do berço;
  • O lençol que reveste o colchão deve estar firmemente preso.

Quais as vantagens do segura bebê?

Como vimos, o segura bebê é um acessório muito útil para papais e mamães. Com ele, os pais ficam tranquilos sabendo que o recém-nascido está protegido contra movimentos bruscos que podem fazê-lo virar ou cair.
O bebê fica protegido contra movimentos bruscos ou quedas.

Outra vantagem é que o recém-nascido encontra um ambiente aconchegante, protegido e confortável para as horas de sono, assim como era antes de nascer.

Com esse ambiente protegido, o bebê poderá terá melhores noites de sono, sem sustos com os próprios movimentos tão comuns nessa fase da vida. Além disso, o segura bebê ainda ajuda a aquecer a criança em dias mais frios.

Outra vantagem desse acessório é que ele também pode fazer parte da decoração do quarto do bebê. Mas, mesmo com todas essas vantagens, o segura bebê também tem pontos negativos.

Bebê deitado.

O segura bebê garante horas de sono mais tranquilas. (Fonte: Daniel Reche / Pexels)

A sua principal desvantagem é que ele pode aumentar os riscos de sufocamento do bebê, caso ele se vire e encoste o rostinho nos rolinhos. Além disso, se o segura bebê não for fabricado com material de qualidade pode ainda causar alergias na criança.

Outra desvantagem é que esse acessório provavelmente terá vida útil curta, já que, em geral, ele é utilizado até no máximo os seis meses de vida.

A seguir, você confere as principais vantagens e desvantagens do segura bebê:

Vantagens
  • Acolhe e protege recém-nascidos
  • Limita movimentos
  • Evita que o bebê role ou caia
  • Mantém aquecido
  • Promove melhores horas de sono
  • Variedade de cores e estampas
  • Compacto, pode ser levado na bolsa
Desvantagens
  • Risco de sufocamento
  • Dependendo do tecido pode causar alergias
  • É usado por pouco tempo

Quanto custa um segura bebê?

O preço do segura bebê varia em função da dimensão, do material de fabricação e da marca fabricante. Em geral, você vai encontrar o segura bebê custando entre R$ 30 e R$ 150.

É claro que você não precisa comprar o mais caro. Apenas certifique-se de que o tecido é de qualidade e as medidas são adequadas para manter o bebê seguro.

Onde comprar um segura bebê?

Você vai encontrar o segura bebê à venda em lojas de artigos infantis, de departamento e hipermercados como Lojas Americanas e Extra.

Mas nós recomendamos que você realize a sua compra em lojas online como a Amazon Brasil.

Dessa forma, você não apenas garante mais opções de modelos para escolher como ainda adquire o segura bebê do conforto da sua casa.

Critérios de Compra: O que verificar antes de escolher o segura bebê

Com tantos modelos à venda, é preciso que você conheça as características que diferenciam um segura bebê de outro. Só assim você terá a certeza de que escolheu o acessório ideal.

Por isso, selecionamos para você os principais fatores que devem ser levados em conta antes de comprar o segura bebê:

  • Material de fabricação
  • Dimensão
  • Praticidade
  • Cores e Estampas

A seguir, vamos explicar cada um desses fatores em detalhes para que você tome a melhor decisão e invista no melhor segura bebê.

Material de fabricação

O primeiro fator que você deve verificar antes de comprar o segura bebê é o tipo de tecido que reveste externa e internamente.

O material de fabricação precisa ser de qualidade para evitar problemas de saúde, especialmente as alergias. Além disso, o material deve ser resistente e durável.

Bebê deitado e dormindo em berço.

Tecido e enchimento devem ser de qualidade para garantir conforto e evitar alergias. (Fonte: famveldman / 123RF)

Em geral, especialistas recomendam que o ideal é que o tecido externo que reveste os rolinhos seja feito de 100% algodão.

Já o enchimento interno dos rolinhos deve ser de espuma. O mais comum é encontrar enchimento de 100% Poliuretano, mas você também pode optar pelo enchimento de fibra de silicone.

Dimensão

Em seguida, observe a dimensão do segura bebê. As medidas variam bastante e é importante que os rolinhos fiquem bem firmes no bebê para garantir a segurança.

Ou seja, não adianta comprar um segura bebê que deixe a criança solta. Isso trará mais riscos do que proteção à criança.

Em geral, você vai encontrar o acessório com medidas que variam entre 25cm e 35cm de largura; e 22cm e 38cm de comprimento. Já a altura dos rolinhos pode variar de 5cm a 9cm.

Praticidade

Outro fator que você deve levar em conta é a praticidade do segura bebê, especialmente em se tratando da limpeza.

Como é feito de tecido, é importante que o segura bebê seja lavado periodicamente, tanto para higienização quanto para evitar o acúmulo de poeira.

Por isso, dê preferência aos rolinhos que possuem zíper para retirar a capa para a lavagem. Observe também que existem opções em que o tecido só pode ser lavado à mão.

Cores e Estampas

Por fim, observe as cores e estampas do segura bebê. Hoje em dia existe tanta variedade que não será difícil combinar com a decoração do quarto ou mesmo com o kit berço.

Você poderá optar pelo tradicional branco ou por modelos com estampas de brinquedos, animais, fitas e bordados.

(Fonte da imagem destacada: BellamiPhotography / Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Izabel Toscano Jornalista
Nômade digital, jornalista, leitora e questionadora compulsiva. Já trabalhou em jornais diários e sites de notícias no Brasil, e em plataformas online na Irlanda e na França. Hoje, roda o mundo escrevendo sobre temas variados, sempre atenta às novas tecnologias e a tudo que surge para trazer leveza à vida.