Sensor de presença.
Ultima atualização: 5 de outubro de 2019

Como escolhemos

13Produtos analisados

20Horas investidas

5Estudos avaliados

69Comentários coletados

Bem-vindo ao ReviewBox Brasil. Hoje vamos falar sobre o sensor de presença, um dispositivo inteligente, que acende as lâmpadas automaticamente ao detectar a presença de pessoas e animais através de sensor infravermelho ou ultrassônico.

O dispositivo também pode ser usado como um equipamento de segurança, tanto para acionar e aumentar a visibilidade das câmeras de vídeo, quanto para soar o alarme da casa.

Dessa forma, o sensor de presença une funções relacionadas à segurança e economia de energia. Se você está interessado em adquirir o produto para a sua casa ou empresa continue lendo este artigo e conheça tudo sobre o produto.




Primeiro, o mais importante

  • O sensor de presença pode captar o calor emitido pelo corpo humano ou o movimento realizado pela pessoa. A sensibilidade de cada modelo varia, portanto avalie qual sensor é mais apropriado para a situação.
  • O modelo mais usado em residências e empresas é o sensor de presença passivo, que detecta luz infravermelha no ambiente, acionando o dispositivo conectado: lâmpada, alarme ou câmera.
  • Após escolher o sensor de presença compatível com as suas necessidades, é essencial que o equipamento seja configurado conforme suas necessidades e preferências.

Você também pode gostar:

Os melhores modelos de sensor de presença: Nossas sugestões

Você encontra uma grande variedade de sensores de presença. Para ajudá-lo a escolher o equipamento ideal, de acordo com as suas necessidades, preparamos um ranking com os melhores modelos à venda.

Modelo para ambientes internos e em áreas semiabertas

O sensor de presença da Vetti possui design leve, discreto e moderno. O dispositivo pode ser usado em ambientes internos e em áreas semiabertas, tendo alcance de 100 m em áreas livres e 40 m em cômodos com paredes. Conectado à central Smart, o sensor envia sinais caso detecte qualquer movimento estranho dentro de sua área de alcance.

O melhor modelo para quem tem animais de estimação

O sensor infravermelho IVP 3000 Pet da Intelbras foi desenvolvido especialmente para quem tem animais de estimação em casa, pois é equipado com Pet Immunity, recurso capaz de reconhecer animais de estimação e diferenciá-lo de uma pessoa. Outro diferencial é o sistema Speed-Clip, que garante instalação fácil e segura, basta remover a tampa do sensor e encaixar o dispositivo.

Ótima opção para ser instalado no teto

O sensor de presença ESP 360 da Intelbras é um modelo desenvolvido para ser instalado no teto, em ambientes internos. O dispositivo deve ser instalado de 2 a 2,4 m de altura. O ângulo de detecção desse dispositivo é de 360° e ele aciona automaticamente as lâmpadas quando percebe o movimento de pessoas e animais no ambiente.

Modelo para ser instalado na parede

O sensor de presença ESP 180 da Intelbras serve para acionar as lâmpadas quando detectar a movimentação de pessoas e animais. O ângulo de detecção do equipamento é de 180°. O sensor deve ser instalado na parede, em ambientes semiabertos, a uma altura de 1,8 a 2,5 m.

Guia de Compra

Nas grandes cidades, as pessoas não se sentem seguras nem em casa, por isso, a maioria investe em equipamentos de segurança como interfone, sistema de alarme, câmeras de vigilância e sensores de presença.

O sensor de movimento também apresenta outras funcionalidades além da questão da segurança. Se você quer saber quais são essas vantagens, leia este Guia de Compra.

Imagem de uma mulher com um bebê próximo a uma janela.

Com o sensor de movimento, você vai se sentir mais seguro em casa. (Fonte: Daria Shevtsova / Pexels)

Como funciona um sensor de presença?

O sensor de presença funciona assim: quando uma pessoa adentra o ambiente onde está instalado o equipamento, o sensor identifica o movimento ou o calor do corpo da pessoa e aciona o mecanismo conectado.

O equipamento serve para acender lâmpadas automaticamente, acionar o sistema de alarme e ligar a luz para a câmera de segurança conseguir captar imagens melhores durante a noite.

Imagem de um sensor de proximidade ao lado de uma câmera.

O sensor de proximidade pode estar conectado a outros dispositivos de segurança. (Fonte: Serezniy / 123RF)

Ainda sobre essa terceira função, você pode programar a câmera para gravar apenas se o sensor de presença detectar algum movimento, dessa forma você consegue poupar energia.

Mas a funcionalidade principal do sensor de movimento é agir como um equipamento de segurança, pois só de acender as luzes e soar o alarme, você, sua família, vizinhos e até seu cão ficarão alertas de que há perigo.

Vantagens
  • É um dispositivo de segurança simples, barato e eficiente
  • Serve para acender e desligar as luzes automaticamente
  • Gera economia de energia elétrica
  • Você pode programá-lo para disparar o alarme em emergências
  • Há modelos próprios para ambientes internos e externos
Desvantagens
  • Sensores sem o recurso “pet immunity” podem fazer disparar o alarme por engano

Onde devo colocar o sensor de presença?

Você pode instalar um conjunto de sensores de movimento nas lâmpadas, sistema de alarme e câmeras. O equipamento pode ser instalado na parede ou teto na área interna ou externa da casa.

Para cada local, um sensor específico é indicado. Para paredes e muros, o ideal é instalar um sensor de presença próprio para parede, enquanto para o teto é indicado um sensor embutido ou de sobrepor.

O mais interessante é que nenhum sensor de movimento compromete a decoração do ambiente.

Os sensores podem ser colocados em lustres ou lâmpadas de todos os tipos: incandescentes, fluorescentes e de LED. São úteis em corredores, escadas, portas de entrada, garagem e portão.

Como instalar o sensor de presença?

Para instalar o(s) sensor(es) de presença, você deve desativar a energia da casa. O dispositivo é bivolt e pode ser utilizado sem precisar fazer qualquer alteração no projeto elétrico da residência ou empresa.

É importante tomar cuidado para não exceder o limite de potência estabelecido pelo fabricante do equipamento.

Depois de instalado, o sensor levará de três a cinco minutos para apagar a luz, esse procedimento é normal, pois o sensor precisa de um tempo para ajustar as configurações internas.

foco

Dica: quando for instalar um sensor de presença, escolha um local que possibilite ao sensor plena visão do local a ser monitorado. Evite barreiras como divisórias, prateleiras e armários. Se não puder evitar essas barreiras, aumente a quantidade de sensores, associando-os em paralelo.

Evite deixar o sensor de presença sobre iluminação direta ou colocá-lo em locais onde o calor é intenso, para não interferir no funcionamento ou danificar o equipamento.

Se a sua casa é iluminada por lâmpadas fluorescentes, é essencial que você ajuste a configuração do sensor de presença para que as lâmpadas demorem um pouco mais para desligar após a detecção do último movimento.

Imagem de uma cozinha.

Você pode colocar o sensor de presença em diversos cômodos da casa. (Fonte: Milly Eaton / Pexels)

Quando for necessário restringir ou segmentar o detector do sensor de presença em uma determinada área, é só utilizar a membrana limitadora que acompanha o produto.

Como faço para o sensor de presença não acender as luzes durante o dia?

Lux (lx) é a unidade de medida utilizada para indicar a quantidade de luz que incide sobre um ambiente. Cada sensor de presença possui um ajuste lux integrado, que inibe a atuação do sensor na presença de luz ambiente.

É possível configurar os valores de lux. Há também a possibilidade de desativar o sensor de iluminação e garantir que as luzes se acenderão em qualquer situação de movimento, de dia ou à noite.

Imagem de uma menina em uma biblioteca.

Em algumas situações, o sensor de presença deve acender as luzes a qualquer hora do dia. (Fonte: Eliabe Costa / Unsplash)

Para utilizar o sensor de presença como um equipamento que gere economia de energia, é ideal ajustar o sensor de luminosidade conforme a iluminação natural do ambiente.

Existe alguma diferença entre sensor de presença e sensor de movimento?

O sensor de movimento, também chamado de sensor PIR (Passive Infrared) ou sensor infravermelho, aciona a iluminação sempre que identifica algum tipo de movimento na área de detecção do equipamento.

Essa tecnologia se baseia na radiação infravermelha que é emitida na forma de calor pelo corpo humano ou animal. O movimento é identificado pela variação de radiação no ambiente monitorado.

A quantidade de energia infravermelha emitida varia de acordo com a temperatura do corpo (entre 35 e 38°C), mas, em seres humanos é de cerca de 10 micrômetros e o sensor detecta emissões entre 8 e 12 micrômetros.

Imagem de uma casa em infravermelho.

O sensor de presença infravermelho detecta o movimento de acordo com o calor emitido pelo corpo humano. (Fonte: Ivan Smuk / 123RF)

O sensor de presença faz a leitura dos raios infravermelhos através de um fotodetector que converte a luz em comprimentos de onda e em uma corrente elétrica.

Dessa forma, o sensor consegue medir a distância em que a pessoa está e ativa o dispositivo conectado (que pode ser as lâmpadas, câmera de vigilância ou o alarme de segurança).

As luzes do ambiente acendem automaticamente e só se apagarão depois que a(s) pessoa(s) sair(em) da área de detecção do sensor, após um período de cerca de um minuto (o tempo de espera pode ser programado).

O sensor de presença possui as mesmas funções de um sensor de movimento, a diferença é que esse modelo emite micro-ondas que conseguem detectar até os movimentos mais suaves.

Esse dispositivo é ultrassônico e possui efeito Doppler.

Esse dispositivo é ultrassônico e monitora o ambiente da seguinte forma: emite ondas sonoras e as recebe de volta, quando há uma pessoa no local a onda é recebida de forma diferente de quando foi emitida pelo sensor (efeito Doppler).

Quanto custa um sensor de presença?

O sensor de presença é um dispositivo barato, os preços variam entre R$ 30 e R$ 60. Os modelos mais caros chegam a R$ 100.

Quando for escolher um sensor de proximidade, não analise apenas o preço e sim a performance do produto e a confiabilidade da marca.

Onde comprar um sensor de presença?

Você pode comprar o sensor de presença em lojas de casa e construção como C&C, Telha Norte e Leroy Merlin. Você também encontra alguns modelos na Tok&Stok.

Se preferir, dá para comprar pela internet, em lojas virtuais como Amazon, Mercado Livre, Shoptime, Mercado Livre, Madeira Madeira, entre outras.

Critérios de Compra: Fatores para comparar os modelos de sensor de presença

Quando for comprar um sensor de presença, analise se o produto possui uma boa relação custo-benefício. Não é preciso investir em um sensor caro para garantir a proteção da sua casa, você só precisa avaliar algumas características, como as descritas abaixo:

  • Modo de funcionamento
  • Ambiente em que será instalado
  • Modelo
  • Área de detecção
  • Recursos extras

Vamos explicar cada um dos itens ao longo desta seção.

Modo de funcionamento

Os sensores de presença podem funcionar de duas maneiras: por detecção de temperatura ou movimento. Você também encontra dispositivos que aliam as duas tecnologias.

O sensor infravermelho passivo capta a variação térmica emitida pela temperatura do corpo humano. Ou seja, se uma pessoa entra em um ambiente equipado com esse sensor, há uma mudança repentina na luz captada pelo equipamento.

O sensor ultrassônico capta os movimentos da pessoa que adentra o ambiente através das micro-ondas emitidas pelo sensor, que retornam ao equipamento de forma diferente quando há alguém no cômodo.

Ambiente em que será instalado

Quando você for comprar um sensor de presença, é essencial que você escolha um modelo de acordo com o ambiente em que o dispositivo será instalado, ou seja, áreas internas ou externas, pois o funcionamento e a sensibilidade desses sensores são diferentes.

  • Sensores para ambientes internos: A instalação pode ser de parede ou de teto, de maneira sobreposta ou embutida, a nível 120° a 360°. Também há modelos próprios para áreas amplas e locais com pé direito alto. Ainda sobre esses sensores, você encontra modelos extra sensíveis, capazes de detectar movimentos mínimos e indicados para salas de reunião e de aula, refeitórios e bibliotecas.
  • Sensores para ambientes externos: devem ser instalados na parede, de maneira sobreposta e possuem projeção de detecção ajustável. Esses sensores podem ser instalados em ambientes úmidos como banheiros e vestiários e ao ar livre em estacionamentos e jardins, pois possuem certificação IP44, IP54 ou IP55.
Imagem da área externa de uma casa.

É importante comprar o sensor de presença de acordo com o ambiente em que irá usá-lo. (Fonte: Free-Photos / Pixabay)

Modelo

Você encontra três modelos de sensor de movimento. O mais comum é formado por dois equipamentos, que são fixados no encontro de duas paredes. Esse aparelho detecta o movimento em um ângulo de até 90°.

O sensor de teto detecta movimento em uma área similar ao formato de uma lona de circo em até 360° de amplitude. O sensor de cortina fica posicionado na parede acima da janela ou porta e o grau de detecção é de 180°.

Área de detecção

Cada sensor de presença possui uma área de detecção específica. Por isso, é essencial que você analise o tamanho da área de cobertura que precisa e também o ambiente que você deseja instalar o(s) sensor(es).

Sensor ultrassônico Sensor infravermelho
Áreas abertas
Ambientes de baixa movimentação
Ambientes que requerem detecção segmentada
Ambientes com circulação de ar condicionado

Recursos extras

Dependendo do modelo que você escolher, dá para encontrar alguns recursos extras interessantes, como os dispositivos configuráveis via Bluetooth, com botão para comando manual de liga/desliga, entre outros.

Imagem de um cachorro deitado em um sofá.

O “Pet Immunity” é um recurso que impede que o alarme dispare na presença do seu animal de estimação. (Fonte: Steph Munden / Pexels)

Se você tiver animais de estimação em casa, é importante escolher um sensor de presença com o recurso “Pet Immunity”, que evita que o sensor confunda os pets com possíveis invasores e gere falsos alarmes.

(Fonte da imagem destacada: Andriy Popov / 123RF)

Por que você pode confiar em mim?

Apaixonada por ler e escrever, empenha-se em produzir conteúdo relevante sobre áreas pelas quais tem muito interesse, como tecnologia, qualidade de vida, beleza e lazer.