foto do disco de serra de uma serra circular de bancada em funcionamento, cortando parte de uma tábua posicionada.

Seja sempre bem-vindo ao ReviewBox Brasil, lar das mais diversas e completas analises. Nossa preocupação é fazer com que você faça a melhor escolha. E hoje o assunto envolve uma ferramenta bem completa, a serra circular de bancada.

Versátil e de grande utilização, lidar com marcenaria ou construção civil sem uma destas pode aumentar bastante a carga de trabalho. Ela pode ser utilizada para um número de tarefas quase ilimitadas no recorte da madeira.

Mas, também pela versatilidade e grande aceitação no mercado, existem toneladas de modelos no mercado. Seguindo com a gente, vamos passar a você características, usos e tudo mais que precisa para escolher a melhor para sua necessidade.

Primeiro, o mais importante

  • Ter uma serra circular de bancada é dos investimentos mais importantes se você pretende lidar com marcenaria ou se aventurar na construção civil, em pequenos empreendimentos (como reformas).
  • Ela tem como principal função dar tamanho à madeira. Ripar as placas para a largura necessária, cortar chapas de compensado e realizar trabalhados (chanfros, bisel). É provavelmente a ferramenta mais útil que você terá.
  • A serra circular de bancada é tão poderosa quanto perigosa. Mais de 10% dos acidentes em construção civil são ligados ao (mau) uso do equipamento.

Você também pode gostar:

Os melhores modelos de serra circular de bancada: Nossas escolhas

Elas podem ser portáteis ou parafusadas no chão, com grandes discos ou diversas funções complicadas. A pesquisa vai te levar a diversas dúvidas, se você não conhecer o produto. E nós vamos te mostrar tudo. Inclusive uma lista com as melhores.

Uma opção perfeita para o dia a dia

A serra circular de bancada perfeita para o dia a dia, com guia auto alinhável e rodas para fácil transporte. Seu mecanismo de profundidade e inclinação é bastante prático de operar.

Com potência de 1.800W possui velocidade de 4.800 RPM, permitindo um girar de lâmina extremamente rápido para todo tipo de corte. Acompanha disco de corte de 10 polegadas. Possui guarda protetora e guia de corte, reduzindo as chances de recuo da madeira, o que garante maior segurança durante o uso.

Uma serra circular de bancada para uso profissional

Essa é uma serra circular de bancada indicada para uso profissional em oficinas de marcenaria, fábricas de móveis e até mesmo na construção civil. É capaz de realizar cortes angulares de até 45°. Sua potência de 1.800W garante uma alta rotação do disco, permitindo cortes eficientes e precisos. Sua precisão é de 0,3 mm.

Com 23 kg, é fácil de ser transportada e movimentada, podendo ir até o melhor local para realização do trabalho. Possui mecanismo anti contra-golpe (recuo), além de interruptor com chave contra acionamento acidental.

Uma ferramenta completa

Uma ferramenta completa para atividades de corte, conta com extensões traseira e lateral para maior capacidade, além de compartimento para guardar de acessórios.
Sua potência de 4.500W permite atingir até 4.500 RPM com capacidade de corte até 91 mm.

O sistema de carrinho garante mobilidade da ferramenta para qualquer ligar, sendo de fácil transporte e colocação.

Guia de Compra

Populares pela potência e capacidade de trabalho, a diversidade da serra circular de bancada vai te levar a muitos caminhos. Porém, sem uma direção certa, você perderá de vista o modelo apropriado.

Para facilitar o trabalho, preparamos um Guia de Compra com todas as informações necessárias.

Homem curvado sobre serra circular de bancada marcando madeira.

A serra circular de bancada é um instrumento indispensável na marcenaria e outros áreas que trabalham com madeira. (Fonte: kzenon / 123RF)

O que é a serra circular de bancada?

É bem possível que você já tenha vista uma serra circular funcionando, ou mesmo ouvido falar. São ferramentas muito comuns na construção civil e atividades de marcenaria. Elas podem inclusive ser parte das ferramentas de casa.

Serras circulares são feitas com discos de corte. Seu giro em alta velocidade faz com que qualquer coisa colocada em seu alcance seja afetada por dentes que fazem o trabalho de cortar ou “rasgar”.

No modelo de bancada, há uma base fixa com partes móveis, que permite o corte da madeira em diferentes formas e tamanhos. A serra circular de bancada fornece grande precisão, e maior capacidade de trabalho.

Serrando madeira.

A serra circular de bancada é muito utilizada na construção civil e marcenaria. (Fonte: www-erzetich-com / Pixabay)

Quais as vantagens da serra circular de bancada?

Dentre tantas opções de serra circular, por que você escolheria uma de bancada?

Como vimos acima, as vantagens são muitas. Rápido ajuste e facilidade de uso, tornando essa serra ideal até mesmo para iniciantes, podem ser destaque dessa ferramenta.

Fica até difícil levantar desvantagens, quando o consenso informa a serra circular de bancada como uma ferramenta essencial. Principalmente quando o assunto envolve oficinas de marcenaria. Mas elas não são as únicas opções do mercado.

Confira as vantagens e desvantagens dessa ferramenta em tópicos:

Vantagens
  • Rápido ajuste
  • Maior facilidade de uso
  • Recomendada para iniciantes
  • Equipamentos integrados de segurança
Desvantagens
  • Demandam espaço
  • Ajuste para cada peça a realizar

Serra circular de bancada ou portátil?

Se você pretende adquirir uma serra a motor, percebeu que no mercado existem duas opções principais: a serra circular (portátil) e a serra circular de bancada.

Se depender do marketing de cada uma, você acabará acreditando que precisa de ambas. Talvez precise, mas como definir a primeira delas? Afinal, existem usos específicos para cada ferramenta fabricada. O seu objetivo é encontrar a mais adequada ao que pretende fazer, e a nossa missão é te ajudar.

Serra circular de bancada amarela sobre madeira.

A serra circular de bancada é ideal para iniciantes. (Fonte: Divulgação DeWalt / Amazon)

Uma pesquisa, ou mesmo a conversa com marceneiros entusiastas, pode te levar à serra circular portátil. Inclusive, você ouvirá que a portátil faz tudo que a de bancada faz. E isso não é de todo uma mentira. Mas o potencial de uma serra portátil dependerá – e muito – do conhecimento e habilidade do utilizador.

Além disso, a portátil vai precisar de vários acessórios e calibragens para se atingir todo o potencial.

foco

Adquirindo uma serra de mesa, você poderá confiar mais na ferramenta para a execução do bom trabalho. Algumas regulagens fáceis de realizar, e você estará fazendo cortes e encaixes precisos durante todo o trabalho.

Aqui vai uma tabela comparativa para você enxergar melhor do que estamos falando.

Serra circular de bancada Serra circular portátil
Maior precisão de corte e ajustes rápidos Variedade de tarefas
Elevada tecnologia de segurança e ideal para iniciantes Uso limitado apenas pela habilidade do usuário
Você leva o corte à madeira Você leva a madeira ao corte

Uma serra circular de bancada vai certamente lhe ajudar muito nas principais tarefas. Quando se considerar um usuário experiente, desfrute das possibilidades de uma portátil.

Quais os diferentes tipos de serra circular de bancada?

As serras circulares de bancada possuem algumas especificações bem distintas, que definem bastante seu potencial de uso. A mais importante delas é a classificação.

Hoje em dia, existe um enquadramento destas serras em três categorias: serras portáteis ou de obra, serras de empreiteiro e serras de gabinete. Sendo um enquadramento, podem existir aquelas que se encaixam em mais de uma categoria, chamadas de híbridas.

Vamos as categorias:

Serra de mesa portátil

Projetadas para movimentação, são fáceis de montar e carregar. Alguns modelos contam inclusive com sistema de carrinho e você as conduz, empurrando.

Elas desempenham as mesmas funções que qualquer outra serra de bancada. Porém, em menor escala, pois a portabilidade significa materiais mais leves e motores menos potentes. Isso não é um problema, se você utilizar ela para trabalhos menores.

A exigência vai reduzir bastante sua durabilidade, além de que este tipo fornecerá uma vibração maior. Isso vai te exigir ficar constantemente focado na estabilidade.

Imagem de serra portátil.

A serra portátil é muito mais fácil para carregar. (Fonte: Anna Bizoń / 123RF)

Serra de empreiteiro

São ferramentas com um desenho simples, feitas para a realização do trabalho. Elas foram criadas para trazer robustez a uma serra circular de bancada que possa também ser movimentada.

A palavra é mesmo “movimentada”, e não “portátil”. Feitas com material mais robusto, elas são pesadas e dificilmente vem com acessórios como rodas ou pegadores para transporte. Porém, podem ser carregadas para diferentes lugares.

Outra característica interessante é que o motor fica geralmente pendurado na parte de trás da ferramenta. Isso facilita seu desmonte e até mesmo a manutenção.

A serra de empreiteiro, dentre as serras circulares de bancada, costuma ser a solução mais agradável para oficinas menores e projetos de carpintaria.

Serra de gabinete

O nome vem de uma característica deste modelo, que geralmente tem uma base em forma de gabinete. Seu conjunto é criado para fornecer maior robustez e proporcionar mais estabilidade para qualquer trabalho.

Mais ferro fundido, mais aço, engrenagens e conjuntos mais pesados, motores mais potentes. Isso tudo fornecer a ela uma precisão enorme e o potencial para trabalhar com qualquer tipo de madeira.

Além de poder trabalhar um dia inteiro cortando material resistente com pouca vibração, permitindo menos ajustes de alinhamento.

Outra vantagem é que o motor está dentro do gabinete fechado, reduzindo o ruído de seu funcionamento. A base fechada também facilita a coleta de resíduos e poeira que não se entranham por toda a máquina.

Serra circular de bancada híbrida

Conforme classificadas a partir de suas características, mesmo os fabricantes perceberam as grandes diferenças que começaram a surgir. Principalmente entre serras de empreiteiro e de gabinete.

Foi então que criaram as híbridas, visando agregar os preciosos recursos das serras de gabinete naquelas de empreiteiro. Geralmente são fechadas até uma altura do chão, não completamente.

Elas também aliam boa parte da robustez, com preços muito mais acessíveis que as da maior categoria em peso e poder.

Quais cuidados devo ter ao usar uma serra circular de bancada?

Um equipamento de corte preciso e muito poderoso, essa é a essência do equipamento. E você precisa tomar bastante cuidado quanto utilizar. Por isso, vamos te passar algumas orientações importantes sobre o uso e funcionamento.

  • Atenção ao recuo: Recuo é o termo dado quando você está serrando algo e os dentes da serra acabam arremessando a madeira. Nunca fique atrás da madeira, mas sempre do lado, para evitar ser atingido.
  • Mantenha a madeira no lugar: Você precisa segurar firme a madeira contra o trilho e contra a mesa. Se notar que o tamanho deixa seus dedos muito próximos, use acessórios para manter a pressão.
  • Rotação da lâmina: A lâmina gira em grande velocidade, e acaba criando um “puxar” para ela. Fios, cabelos, gravatas, luvas, são acessórios que podem facilmente prender nos dentes da ferramenta. Mesmo camisas compridas devem ser bem dobradas.
  • Mantenha a limpeza: Principalmente nas áreas de madeira, limpe sempre o local e se possível encere. Quando menor a resistência do material, mais fácil a madeira seguirá o caminho do corte.

Quanto custa uma serra circular de bancada?

Tão variável quanto as categorias, são os preços que você encontrará ao pesquisar sobre serra circular de bancada. Elas têm uma relação muito próxima entre preço e potência.

Você poderá encontrar produtos para pequenos usos a partir dos R$ 600. E com uma variedade de funções para despertar o marceneiro em você.

Um trabalho mais árduo vai exigir máquinas na faixa dos milhares de reais. Afinal, reduzir custo neste tipo de equipamento é simplesmente aumentar o trabalho de manutenção e reparos.

Homem utilizando serra circular de bancada.

Os preços podem variar bastante, mas serras para uso profissional vão custar mais de mil reais. (Fonte: Anna Bizoń / 123RF)

Onde comprar uma serra circular de bancada?

Devido a utilidade bem específica e valor do produto, a melhor opção são lojas de material de construção ou especializadas em madeira. Até mesmo algumas grandes lojas de departamento, com áreas ligadas à construção, poderão ter disponíveis algumas escolhas.

Mas o acesso a grande quantidade de opções e informação, você terá mesmo é na internet. Websites como a Amazon vão te fornecer uma ampla variedade, com a tranquilidade da entrega no local que determinar.

Critérios de Compra: Fatores para comparar os modelos de serra circular de bancada

Agora que já sabe o quanto ter uma serra circular de bancada pode ser útil para suas atividades, precisa conhecer também os recursos mais importantes. Se deixar levar pelas cores e arranjos das peças pode te dar uma ilusão do que a ferramenta oferece.

Em meio a tonelada de opções para compra, nós vamos agora de passar algumas dicas do que realmente pesquisar. Aqueles recursos que devem ser levados em consideração, em meio a todas as especificações do produto.

  • Cerca
  • Potência do motor
  • Lâmina da serra
  • Mesa ou bancada
  • Inclinação da lâmina

Veja todos os critérios em detalhes para fazer a melhor escolha.

Cerca

Um nome esquisito, também chamado de “rip fence”, é a denominação da peça em que você desliza a madeira em cima da bancada, em direção da serra. Ela tem importância enorme na obtenção de cortes precisos. A qualidade da cerca vai inclusive impactar o valor do produto.

Elas podem ser trocadas ao longo da vida útil do equipamento. Mas é claro que você não vai comprar um produto pensando em trocar peças. Portanto, procure equipamentos em que a cerca tem um ajuste suave e preciso. A partir das serras da categoria empreiteiro, você terá sempre boas cercas.

Mão de marceneiro cortando tábua de madeira em serra circular.

A cerca da serra tem importância na obtenção de cortes precisos. (Fonte: Jozef Polc / 123RF)

Potência do motor

A potência do motor vai dizer muito sobre o desempenho da ferramenta. Você encontrará equipamentos com motores menores de 1 cv (indicado para uso em hobby e pequenos trabalhos), e outros além dos 5 cvs. Essa é uma diferença absurda em termos de torque e quantidade de giros do disco por minuto.

Quanto mais dura, pesada, ou condensada, mais é exigido do motor. Portanto, o ideal é calibrar a escolha de potência com aquilo que pretende serrar.

Porém, o motor sozinho não é capaz de realizar um bom trabalho. Numa serra circular de mesa, são vários os componentes a serem observados para um uso seguro e prolongado.

Lâmina

Se o motor é o coração, aqui temos toda a musculatura da ferramenta. É aqui onde a madeira tem contato e será cortada. Você precisa se assegurar que e o disco de corte seja bom o suficiente para fazê-lo.

No geral, eles vêm em tamanho de 10 polegadas, o que funciona muito bem na maioria das tarefas. Porém, assim como os serrotes de mão, existem vários modelos de lâmina para garantir o melhor corte, conforme o objetivo.

Existem aquelas apropriadas para rasgar, cortar transversalmente ou cortar e rasgar. Ainda existem as lâminas para compensado, para madeiras artificias ou para madeiras leves.

Opte por uma máquina com lâmina ideal para vários tipos de madeira. Com o tempo, você identificará onde ela tem dificuldade, e irá compondo uma pilha de lâminas para uso, conforme madeira ou objeto a cortar.

Disco de uma serra circular enterrado na madeira.

O disco tem papel fundamental no corte, de acordo com o tipo de madeira e objetivo. (Fonte: Maciej Błędowski / 123RF)

Mesa ou bancada

A mesa serra circular de bancada dá estabilidade ao produto.

A mesa é parte fundamental do conjunto. É ela quem vai garantir a maior segurança e fornecer o corte mais preciso. Para você ter uma ideia, quando falamos em mesas de ferro fundido para serra circular de bancada, falamos de um nivelamento em 1/1000 polegadas.

O importante é prestar atenção se ela é plenamente nivelada. Pesquise por marcas que sejam bem avaliadas quanto as bancadas (ou mesas).

Inclinação da lâmina

Nem sempre os cortes vão ser retos na construção de objetos de madeira. Existem os encaixes, e tudo o mais possível para fabricar verdadeiras obras primas.

Em uma serra de mesa, é possível ajustar a inclinação da lâmina para o corte em ângulo, o que evita retrabalhos em submeter a peça para outro processamento.

Hoje existem serras com inclinação para a esquerda ou para a direita. Opte por aquela que você se sente mais confortável em operar.

No geral, as serras com inclinação para a direita são as mais comuns no mercado. Então você terá mais opções se escolher uma com esta característica.

(Fonte da imagem destacada: Pezibear / pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Gabriel Zimath Redator
Gabriel Zimath
Os redatores do portal REVIEWBOX pesquisam e escrevem artigos informativos de alta qualidade sobre os mais variados produtos e assuntos.