Uma serra de fita serrando uma tábua de madeira.
Ultima atualização: 3 de setembro de 2019

Como escolhemos

11Produtos analisados

21Horas investidas

5Estudos avaliados

71Comentários coletados

Bem-vindo ao Review Box Brasil. Se você quer conhecer diferentes informações para aprender a comprar uma serra fita este é o Guia de Compras ideal para você. Hoje vamos ir fundo no assunto e revelar tudo sobre o produto.

A serra fita, ou, fita de bancada, é um dos melhores modelos para fazer cortes em materiais duros. Só que existem algumas diferenças entre as produções que você precisa compreender para ter a melhor experiência de compra.

Ao ler o Guia da serra fita você aprenderá as melhores formas de comprar um produto que se adequa à sua necessidade realmente. Veja informações importantes sobre as diferentes versões desta máquina.




Primeiro, o mais importante

  • Serra fita composta por ferro fundido é excelente para cortar coisas grandes. Se os cortes acontecem nas estruturas pequenas vale mais comprar a serra fita composta de liga leve.
  • Existem 3 formas de serra fita: inclinadas, horizontais e verticais. Algumas versões possuem até rodinhas!
  • Serra fita de bancada mais pesada é difícil de manejar, o que gera problemas na precisão dos cortes.

Você também pode gostar:

Ranking: As 3 melhores versões de serra fita

Se você quer uma serra fita para cortar madeiras duras como Cumaru e Ipê, ou, talvez a sua necessidade seja encontrar uma versão para instalar no açougue da família, veja o completo Ranking com os melhores modelos de serra fita de bancada que selecionamos para você.

1° - Serra fita Gamma

É uma versão com recursos completos, a preços populares e de uma marca de confiança. O produto apresenta até mesmo um interruptor com funcionamento do tipo eletromagnético.

Este modelo possui uma ergonomia que ajuda para realizar acabamentos e os mais diferentes cortes em madeiras das variadas espécies, além de trabalhar nos outros tipos de materiais duros e maciços com perfeição.

2° - Serra fita de bancada Botini

O aparelho é indispensável para o uso nos açougues com objetivo de moer ou serrar ossos e carnes. A fita de bancada trabalha em altas e baixas rotações, funcionando nas tomadas de 127 volts ou 220 volts.

A proteção deslizante na área de corte do produto possui uma composição de ferro fundido. Por sua vez, a mesa na serra fita apresenta aço inoxidável, resistente contra ferrugens ou fungos.

3° - Serra fita Malta

É um produto com preços justos ao considerar todas as vantagens profissionais que ele oferece. Se trata da escolha certa para você cortar carnes de um modo prático e seguro. O modelo também tem a função de moedor.

A serra fita Malta possui uma estrutura forte o suficiente para instalar em restaurantes de carnes ou açougues de curto, médio e grande porte.

Guia de Compra

Você já não aguenta mais usar a serra circular e jamais conseguir os resultados esperados na hora de fazer cortes em objetos mais duros? Para acabar com este problema, só comprando a serra fita.

Nós queremos te ajudar na missão de encontrar a serra fita de bancada que atenda suas necessidades. Vem com a gente nesse Guia de Compra.

Um homem com óculos de proteção usando fita de bancada.

Mantenha a atenção no guia de compras para comprar a melhor serra fita. (Fonte: skeeze / Pixabay)

O que é a serra fita?

Realizar cortes especiais em coisas duras se tornou algo muito mais fácil de ser feito após as serras fita surgirem no mundo. Na prática, com este produto você pode cortar madeira ou metais, ou ainda outros materiais como ossos, ligas, polímeros e alumínio.

Independentemente dos tamanhos, os mais diferentes materiais são cortados com uma fita de bancada.

Este produto foi inventado em 1808 por William Newberry, em plena Revolução Industrial, quando os homens se tornaram operários modernos, abandonando a vida de camponeses e servos. Até os dias de hoje a serra fita possui bastante utilidade.

A máquina funciona da seguinte maneira: um motor elétrico faz a fita de serra operar de forma perfeita ao realizar cortes nos estilos de ondulações, círculos, retos ou irregulares.

Diversas pessoas buscam na serra fita uma solução para cortar objetos espessos que não podem ser cortados com uso de serra circular.

É possível encontrar no mercado 3 tipos de máquinas serra fita: Inclinadas, horizontais e verticais. A lâmina da fita de mesa pode ser larga ou estreita.

Não podemos ignorar que a serra fita possui uma engenharia robusta que permite ao operador realizar cortes com menos perda de material. Por consequência, isto ajuda até mesmo para elevar os níveis de produção no dia a dia de trabalho.

Quais as vantagens e desvantagens da serra de fita de bancada?

Começando pelo lado das vantagens podemos dizer que poucas máquinas do mundo possuem tamanha capacidade para realizar cortes como a poderosa serra fita!

O legal da história é que modelos de marcas confiáveis custam preços populares, algo interessante para quem tem um empreendimento que realiza serviços de cortes e não quer gastar muito dinheiro na compra de equipamentos.

Este é um produto flexível, já que pode fazer parte do ambiente de trabalho de diferentes setores como: Oficinas, marcenarias, açougues, entre outros.

Uma mulher cortando pedaços de costela de boi com uma serra fita em um açougue.

A serra fita é uma ferramenta versátil usada em várias áreas de atuação, da construção civil ao mercado alimentício. (Fonte: Iakov Filimonov / 123RF)

Não se pode ignorar também os aspectos negativos. Um deles é que as versões das melhores marcas importadas podem custar 3 ou até 4 vezes mais do que os produtos populares.

Na comparação com a serra circular a máquina de serra fita tem uma desvantagem, ou seja, não apresenta muita precisão nos cortes.

Sem contar que para usar a serra fita é preciso ter certo conhecimento técnico. Do contrário o produto pode até mesmo precisar de uma manutenção mais cedo, que por sua vez custa caro.

Vamos ver melhor na tabela a seguir os benefícios e malefícios de usar uma serra fita:

Vantagens
  • Cortes em superfícies duras
  • Há versões com preços baixos
  • Serve para diferentes tipos de trabalho de corte
  • Disponível em diferentes formatos
Desvantagens
  • Não é um produto móvel
  • As produções mais confiáveis custam caro
  • A precisão pode não ser perfeita
  • Requer conhecimento técnico para utilizar

Quais as diferentes medidas da serra fita?

Muitas pessoas acham que serras fitas maiores também são as melhores. Só que às vezes esta regra não funciona desta forma.

Em nível de mercado brasileiro se pode dizer que uma das maiores versões de serras têm 32 mm. A vantagem desta produção mais robusta é que vibra menos, tem potência superior e muita força de corte.

As serras fitas 16 mm custam preços menores, mas também ocupam muito espaço e são difíceis de movimentar, o que pode gerar certa imprecisão nos cortes, embora seja tenham mais precisão do que as serras de 32 mm.

Interessante notar que também existem as versões com 14 mm, muito utilizadas em marcenarias para cortar objetos menores tendo um pouco mais de precisão nos detalhes dos cortes. Elas são as produções mais populares nos dias de hoje.

Por fim e não menos importante também existem as versões com 10 mm. Elas têm presença garantida em açougues e luteiros - que consertam violões ou guitarras. Estas serras fitas são ideais para serrar produtos menores.

Sem contar que ainda existem versões menores que se dedicam mais para os serviços de artesanato.

Qual a diferença entre a serra circular e a serra fita?

Uma dúvida muito comum, em principal nos serviços de marcenaria, está no uso de serra fita ou serra circular. Embora tenham nomes parecidos estes produtos devem ser utilizados para diferentes contextos de corte.

A serra circular tem mais mobilidade, já que é pequena pode ser levada a diferentes locais. Por sua vez a serra fita deve ficar fixa no lugar ou movimentada a poucos metros para a realização de trabalhos dentro da oficina.

Em matéria de preço a diferença é grande. Serras circulares são menos robustas, portanto, muito mais baratas do que serra fita na média geral do mercado.

A serra circular deve ser utilizada para cortar objetos pequenos tendo mais precisão nos cortes. Já a serra fita se dedica ao corte de coisas maiores que não exigem uma exatidão perfeita.

Pela engenharia robusta a serra fita gera menos perda de material nos trabalhos, embora o preço de manutenção desta versão possa ser muito mais elevado.

Veja as diferenças das serras fitas e serras circulares na tabela adiante:

Serra circular Serra fita
Mobilidade Sim Não
Preços Médios Altos
Tamanho Pequeno Grande
Precisão Alta Média
Força do corte Média Baixa
Preço da manutenção Médio Alto
Perda de material Média Baixa

Quanto custa?

A serra fita pode custar de R$ 500 a até R$ 4.000, ou mais. A precificação depende da marca, do tamanho e dos recursos especiais que pode oferecer cada um dos modelos disponíveis no mercado.

Versões com coletores de pó custam mais caro, sendo que a vantagem destes produtos é não deixar sujo o ambiente de trabalho. É possível encontrar ofertas de marcas confiáveis e menos famosas a preços convidativos.

Onde comprar?

Ao realizar a compra da serra fita de modo físico, você pode visitar locais como: Americanas, Walmart, Extra Supermercados e Magazine Luiza.

Além da vantagem dos preços mais baixos, a compra online tem benefícios porque você recebe o produto na porta da sua casa. Amazon Brasil, Shoptime e Palácio das Ferramentas são lojas virtuais que oferecem a venda de serra fita.

foco

Além da manutenção periódica é preciso limpar a serra fita todos os dias após os trabalhos. Esta limpeza exige a retirada dos acúmulos de pó e de resíduos que podem atrapalhar no futuro funcionamento da máquina.

Critérios de Compra: Fatores para comparar os modelos de serra de fita

Até mesmo as pessoas que trabalham com serra fita todos os dias podem ser enganadas por vendedores experientes. Imagine então como é complicado para alguém que não conhece a operação da máquina realizar a compra perfeita?

Com objetivo de ajudar você a encontrar as melhores ofertas do mercado, listamos abaixo os melhores critérios para a comparação de ofertas de serra fita:

  • Manual
  • Material
  • Voltagem
  • Tamanho
  • Iluminação
  • Rodas

Conheça melhor a definição de cada um dos critérios para fazer a melhor escolha.

Manual

Serra de fita pode ser uma máquina um pouco difícil não apenas de manejar como também de realizar a limpeza diária. Para ajudar a usar a serra fita nada melhor do que ler o manual do produto.

Só que este manual deve estar em português, do contrário é preciso ser fluente na língua inglesa para usar o produto de forma segura, aproveitando o máximo que esta produção pode oferecer.

Material

Outro ponto importante em matéria de fita de bancada está na composição dos materiais. Grande parte das produções é composta por ferro fundido, o que representa uma escolha resistente e aconselhável.

Só que também existem algumas serras fitas que são compostas por partes de aço soldado. É importante evitar a compra de versões grandes que possuem este material porque elas podem apresentar problemas ao realizar cortes em coisas enormes.

Uma dica importante é comprar a serra fita de aço de liga leve se você tem a necessidade de mudar a máquina de lugar quase todos os dias.

Voltagem

Não é preciso ser um especialista em serra fita para saber que os modelos mais potentes funcionam em tomadas de 220 volts. Já as produções com menos potência podem funcionar sem problemas em 127 volts ou 110 volts.

Não se esqueça de verificar a voltagem da sua oficina antes de optar pela compra do produto. Para funcionar direito a serra fita deve ser conectada na tomada certa.

Tamanho

Existem serras de fitas do tamanho médio ou grande. É possível comprar uma versão que se encaixa de modo perfeito no espaço reservado para o produto no ambiente de trabalho.

Às vezes a potência não se relaciona ao tamanho da serra fita. Neste sentido você pode comprar um modelo de tamanho médio, potente e que se encaixa com perfeição no espaço reservado.

Uma serra de fita em uma marcenaria.

Escolha a sua serra fita de acordo com o espaço que você possui para ela. (Fonte: Jade87 / Pixabay)

Iluminação

Algumas versões especiais e com engenharia avançada possuem uma iluminação composta por tecnologia de LED. Se você trabalha em ambientes escuros ou possui uma visão ruim vale a pena optar pelas máquinas que podem iluminar melhor os locais de trabalho.

Rodas

Quem precisa mover a serra fita de modo frequente deve comprar as versões que possuem rodas. Desta forma, com apenas um empurrão é possível levar a serra fita para diferentes locais da oficina tendo muito mais facilidade.

(Fonte da imagem destacada: emkanicepic / Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Samuel Chagas Profissional em Consertos
A vivência de Samuel com consertos em casas e estabelecimentos comerciais vem de décadas, desde quando ajudava seu pai, pedreiro, há mais de 30 anos. Seu gosto pelo assunto fez dele um profissional em consertos, e é assim que Samuel ganha a vida há 15 anos. Na internet, ele compartilha seu conhecimento sobre ferramentas e itens de segurança para casas e prédios.