Bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Se você trabalha com pisos, cerâmica, tijolos, azulejos ou outros materiais duros, deve saber que existe uma ferramenta de enorme importância no seu dia a dia: A serra mármore!

Uma ferramenta tão importante e que ajuda na produção de peças fundamentais para a construção civil, artesanato, marcenaria e tantas outras áreas merece um guia de compra à altura! Por isso, produzimos esse artigo com muito carinho.

Nele, falaremos sobre especificações técnicas, apresentaremos modelos de qualidade, compararemos a serra mármore a outras ferramentas e explicaremos detalhes sobre seu uso. Preparado? Tudo isso está nas próximas linhas!

Primeiro, o mais importante

  • A serra mármore é uma ferramenta muito útil para quem precisa cortar materiais duros como pisos, concreto, cerâmica e tijolos. Por sua capacidade de fazer cortes curvos e angulados, ela é única.
  • Apesar de ser muito parecida com a serra circular, é uma ferramenta com funções diferentes. Tentar usar uma no lugar da outra é um grande erro.
  • Por trabalhar em altíssima rotação, o uso incorreto da serra mármore pode causar gravíssimos acidentes. Jamais despreze as orientações de segurança.

Você também pode gostar:

Melhores modelos de serra mármore: Nossas recomendações

A importância da serra mármore é tão grande que todas as gigantes do mundo das ferramentas produzem excelentes modelos. Por isso, fizemos uma lista com alguns exemplares dessa ferramenta que com certeza não irão te decepcionar!

Makita: A serra mármore mais tradicional

A serra mármore da Makita é tão tradicional que a fabricante até empresta seu nome a como a ferramenta é coloquialmente chamada. Trata-se de um modelo de extrema qualidade e confiabilidade.

Ela alcança até 13.800 rotações por minuto e tem potência de 1.300 W. O diâmetro compatível de disco é de 110 milímetros e a capacidade de corte a 90º chega a 32 mm. Trata-se de uma serra de base fixa e que segue todas as normas de segurança.

Serra mármore com alta potência

O modelo de serra mármore GDC 150 da Bosch é espetacular: Produz cortes retos, curvos e em ângulos, com profundidades que chegam a 40,3 milímetros em 90º e 26 milímetros em 45º.

Também temos que destacar a ótima potência de 1.500 W e as 12.200 rotações máximas por minuto. Em azul, é um produto muito bonito e bem acabado, além de prometer ser um dos mais leves da categoria, o que ajuda no manuseio.

Serra mármore para quem busca ergonomia e segurança

A ergonomia e a segurança são as principais características da principal serra mármore da DeWalt. Além de cumprir todas as normas exigidas pela ABNT, apresenta gatilho com trava que evita acidentes e facilidade de acesso para troca de discos e escovas.

Possui potência de 1.400 W e alcança até 13.000 rotações por minuto. Produz boa variedade de cortes, conseguindo chegar a até 38 milímetros em 90º. É compatível com discos que variem entre 105 e 125 milímetros de diâmetro.

Serra mármore de ótimo desempenho

Com grande qualidade e proteção ao motor, a serra mármore da Stanley oferece ótimo desempenho. Possui sistema de refrigeração e rolamentos selados que impedem a entrada de pó e outras impurezas.

A empunhadura é bastante ergonômica. Apresenta potência de 1.200 W e é compatível com discos entre 105 e 115 milímetros. É possível fazer ajustes de altura para alcançar o acabamento desejado em todos os tipos de cortes.

Guia de Compra

Depois da apresentação dos melhores modelos, é hora de nos aprofundarmos nas explicações sobre tudo o que envolve a serra mármore. Fique atento para conhecer vantagens, desvantagens, usos ideais e muito mais!

Imagem mostra um homem com equipamentos de proteção trabalhando no corte de uma peça de metal.

Para trabalhar com ferramentas de corte, é preciso sempre usar equipamentos de proteção. (Fonte: Michael Browning / Unsplash)

O que é uma serra mármore e para que ela serve?

Uma serra mármore é uma ferramenta elétrica usada por profissionais da área de construção civil, marcenaria, artesanato e outros trabalhos com pedras e materiais duros.

Para funcionar, ela precisa de um disco de corte. Esse acessório deve ser trocado de acordo com o material no qual a ferramenta será aplicada.

Sua função principal é cortar materiais como mármore, pisos, tijolos, cerâmica, blocos de concreto, azulejos e similares. Até pouco tempo atrás, a ferramenta não era recomendada para uso em madeira, mas agora existem discos específicos para essa função.

É uma ferramenta que faz parte da família das serras elétricas, onde também se encontram a serra circular (com a qual ela é parecidíssima), serra tico-tico, serra fita e muitas outras.

foco

Você sabia? Chamamos fotocopiadoras de xerox, lâminas de barbear de gilette, esponjas de aço de bombril. Essa tendência da língua portuguesa é chamada de metonímia: Às vezes, uma marca se associa tanto a um produto que acaba se tornando o nome do próprio produto!

Podemos dizer que o mesmo acontece com a serra mármore. Ela é conhecida popularmente como “serra makita”, já que essa foi a marca que a desenvolveu e popularizou.

Quais as vantagens e desvantagens de uma serra mármore?

Um dos principais destaques da serra mármore é a sua habilidade de fazer cortes. Ela consegue fazê-los retos, curvos ou angulares, sempre permitindo que o trabalhador alcance os resultados desejados.

Não há no mercado outra ferramenta capaz de trabalhar com materiais duros e resistentes com a mesma habilidade que a serra mármore. Isso faz dela única.

É uma ferramenta muito específica: Se você trabalha com alguma área que a usa, certamente precisará ter o domínio completo dela, mas caso contrário, dificilmente irá manuseá-la em algum momento da sua vida.

Como trabalha sempre em altíssima rotação, você precisa conhecer todos os detalhes do uso da serra mármore e seguir as orientações de manuseio à risca. Desprezando as normas, acidentes sérios podem acontecer.

Montamos uma tabela com as principais vantagens e desvantagens da serra mármore. Confira:

Vantagens
  • Ferramenta de habilidade única para cortes em materiais duros
  • Consegue fazer cortes retos, curvos e angulares
  • Indispensável para profissionais de determinadas áreas
  • Conta com rigoroso controle de segurança
Desvantagens
  • Ferramenta muito específica e que dificilmente será usada por quem não trabalha nas áreas a que se destina
  • Não deve ser usada em materiais menos duros ou consistentes
  • O desprezo às normas de segurança pode causar graves acidentes

Serra mármore ou serra circular?

Muitas pessoas fazem confusão entre serra mármore e serra circular. Alguns acreditam até que a primeira é apenas um tipo da segunda. De fato, as duas ferramentas são muito parecidas.

As composições físicas da serra mármore e da serra circular são muito similares. Ambas têm a função de cortar materiais e o fazem com eficiência e qualidade, além de precisarem de discos para conseguirem exercer seu trabalho.

Mas as semelhanças param por aí: A serra mármore trabalha em uma rotação muito mais alta e, por isso, é indicada para materiais duros e resistentes. A serra circular, por sua vez, é usada principalmente em madeira.

Você não deve tentar usar a serra mármore em madeira a não ser que tenha um disco específico para isso. Caso contrário, a chance de acidente é grande!

Por trabalhar em menor rotação e ter uma proteção em torno do motor que se fecha quando o produto não está em uso, a serra circular é uma ferramenta mais segura. O manuseio da serra mármore exige experiência, disciplina e concentração.

Abaixo, comparamos os dois tipos de serra:

Serra mármore Serra circular
Indicações Corte de mármore, pisos, cerâmicas e materiais duros Corte de madeiras e materiais menos duros
Velocidade de rotação Acima de 10.000 rpm Até 6.000 rpm
Segurança Segura, mas o desprezo às normas de segurança pode causar sérios acidentes Segura, com menos riscos de acidentes graves
Custos Um pouco mais barata que uma serra circular, com pouca variação entre marcas e modelos Um pouco mais cara que uma serra mármore, com grande variação entre marcas e modelos

Como escolher o disco correto para cada uso da serra mármore?

A serra mármore usa discos de corte diamantados, que geram menos atrito com a superfície e conseguem fazer cortes mais limpos. Para isso, eles possuem pequenos grãos de diamante nas extremidades.

Em dúvida sobre como escolher o disco perfeito para a serra mármore? Enumeramos algumas questões importantes:

  • Diâmetro do disco: Você precisa escolher um disco de diâmetro compatível com a sua serra. Tanto na ferramenta, como no acessório essa informação costuma ser bastante clara.
  • Tipo de banda: A banda de um disco diamantado pode ser contínua ou segmentada. O primeiro tipo é recomendado para materiais que exigem melhor acabamento (mármore, pisos, cerâmica), enquanto o segundo, para quando a precisão não é tão necessária (tijolos, rebocos).
  • Rendimento do disco: Diz respeito a quanto um disco consegue cortar antes de se tornar gasto ou perder a eficiência. Siga essa orientação para evitar acidentes.
  • Material específico: Alguns discos só podem ser usados com um determinado material. É o caso, principalmente, daqueles feitos para madeira. São novos no mercado e muito específicos sobre sua aplicação.

O vídeo a seguir do canal William Oliveira apresenta alguns discos para serra mármore e explica seus usos ideais:

Quanto custa uma serra mármore?

A maior parte das serras mármore custa entre R$ 200 e R$ 400. Não encontramos grandes variações entre as marcas mais famosas, sendo que pequenas alternâncias podem acontecer por causa de alguns itens extras ou funções inovadoras de um determinado modelo.

Lembre-se que sempre você precisará comprar novos discos de corte para usar na sua serra mármore, o que irá gerar um investimento contínuo e a longo prazo.

Onde comprar uma serra mármore?

Lojas de materiais de construção e especializadas em construção civil são as melhores opções para encontrar uma serra mármore. As grandes redes de lojas desse segmento, como Telhanorte, C&C e Dicicco, irão contar com uma boa variedade de modelos.

Para comprar pela internet, a melhor opção é a Amazon brasileira, repleta de modelos de muita qualidade. Também procure na Amazon internacional, no Mercado Livre e nos sites das redes especializadas em casa e construção citadas acima.

Critérios de compra: O que considerar ao escolher a sua serra mármore

É hora de entrarmos em algumas questões técnicas. Selecionamos alguns quesitos que são muito importantes na hora da escolha de uma serra mármore. São eles:

  • Velocidade máxima
  • Diâmetro de disco suportado
  • Potência
  • Peso
  • Itens extras

Abaixo, explicações sobre cada um deles!

Velocidade máxima

As serras mármore operam em altíssima velocidade. Medido em rotações por minuto, esse número ajuda a mostrar em quanto tempo uma peça será cortada. Quanto mais duro o material, mais será necessário ter uma máquina que alcance valores altos.

É importante ter uma máquina que alcance mais rotações por minuto se você precisa cortar uma grande quantidade de materiais duros por dia, mas de toda forma, todas as serras mármore já operam acima das 10.000 rpm.

Diâmetro de disco suportado

O diâmetro de disco suportado é importante por questões de compatibilidade. As ferramentas de diferentes marcas têm números diferentes no quesito, e se você quiser aproveitar discos específicos, precisará estar atento nesse número.

Se você irá comprar sua primeira máquina, saiba que depois precisará adquirir discos compatíveis. Se já tem uma e pensa em trocá-la, observe a compatibilidade para não perder os acessórios que já possui.

Potência

Relacionada diretamente com a velocidade máxima, a potência alta de uma serra mármore te ajuda a fazer cortes com mais rapidez e eficiência em materiais mais duros e difíceis de serem penetrados.

 Imagem mostra uma pessoa cortando um pedaço de pedra.

Quanto mais duro o material a ser cortado, mais se faz necessária uma alta potência. (Fonte: Diana Ivanova / 123rf)

Todas as serras mármore que encontramos têm potência acima de 1.000 W, mas algumas são um pouco potentes do que outras. Essa variação pode te ajudar a poupar um tempo precioso em trabalhos mais árduos.

Peso

Procure por uma serra mármore de peso intermediário.

O trabalho com uma serra mármore é manual, duradouro e difícil. Você precisará segurá-la e manter a precisão para fazer cortes com qualidade, sem danificar os materiais. Por isso, o peso da ferramenta também é importante.

Procure por uma serra mármore de peso intermediário na hora da aquisição. As muito pesadas podem gerar cansaço com facilidade, atrapalhando a produtividade do trabalho, enquanto as mais leves podem não ser tão estáveis, prejudicando a precisão.

Itens extras

Existem alguns itens que podem acompanhar a sua serra mármore escolhida, fazendo com que a aquisição tenha melhor custo-benefício. Eles podem ser das seguintes categorias:

  • Equipamentos de proteção: Óculos de proteção, capacetes, protetores auriculares, luvas e coletes.
  • Acessórios para a máquina: Discos de corte, chaves e travas para troca de discos, kits para refrigeração ou proteção do motor.
  • Itens de armazenamento: Maletas, caixas, baús e similares.

Entre duas ferramentas de qualidade e preço similares, escolha a que tiver um maior número de itens extras!

(Fonte da imagem destacada: Parinya Khaowasakul / 123rf)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
33 Voto(s), Média: 5,00 de 5
Loading...