Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil. Hoje vamos falar sobre a pulseira inteligente, mais conhecida como smartband. Esse wearable é ideal para pessoas que praticam atividades físicas, pois a smartband monitora os batimentos cardíacos, calcula calorias perdidas, distância percorrida e tempo gasto durante o exercício.

As vantagens não param por aí, a smartband ajuda você a dormir melhor e a ser mais produtivo no trabalho. Quer saber como? Leia este artigo, com todas as informações que você precisa saber sobre o gadget.

Primeiro, o mais importante

  • As principais funções de uma smartband estão relacionadas ao bem-estar e à prática de exercícios físicos.
  • Com a popularização do produto, hoje em dia é possível encontrar a smartband em diversos modelos, cores, marcas e faixas de preços.
  • Com a smartband, você pode conferir as notificações de redes sociais, receber alertas de e-mails e de ligações.

Você também pode gostar:

As melhores smartbands do mercado: Nossas sugestões

Se você está procurando ter uma vida mais saudável e ativa, vale a pena ter uma smartband. O investimento é relativamente baixo para tudo que o gadget oferece.

Quer conhecer as melhores smartbands do mercado em 2019? Então confira nosso ranking com os melhores modelos e encontre a smartband que mais combina com você.

O modelo com melhor custo-benefício da categoria

A smartband Xiaomi Mi Band 3 tem o melhor custo-benefício da categoria. O aparelho tem tela OLED, é à prova d’água (até 50 m de profundidade), possui autonomia de bateria de até 20 dias e é compatível com Android. O wearable conta com recursos interessantes como medição da qualidade do sono, monitoramento dos batimentos cardíacos, aviso de sedentarismo e programa de gestão de saúde. O gadget também exibe notificações e previsão do tempo.

Ótima opção com monitor cardíaco e lembrete de sedentarismo

A smartband Band 4 da Huawei pode ser usado por nadadores, pois o gadget suporta submersão em até 50 metros de profundidade. O dispositivo gerencia seu desempenho em mais de 20 esportes. Esse dispositivo também vai ajudá-lo a dormir melhor, pois ele identifica problemas relacionados ao sono e fornece dicas e serviços de descanso personalizados. A smartband ainda conta com monitor cardíaco e lembrete de sedentarismo.

Opção de modelo com Activity tracking

A smartband Nabu X da Razer é uma pulseira inteligente diferente de tudo o que você já viu. Esse gadget não possui tela, apenas três LEDs que transmitem as informações como notificações. Esse modelo tem Activity tracking (reconhece quando você começa a se exercitar). A bateria dura em torno de cinco a sete dias. A smartband é compatível com sistema operacional Android e iOS.

Ideal para a prática de exercícios físicos

O modelo Gear Fit 2 Pro da Samsung é destinado para a prática de exercícios físicos, incluindo natação, pois este gadget é resistente à água em até 50 metros de profundidade. Esse modelo tem tela de vidro temperado, com 1,5 polegadas e é touchscreen. Compatível com sistema operacional Android e iOS.

Guia de Compra

Se você estabeleceu como meta em 2019 ser mais saudável, ativo, organizado e produtivo, vai adorar os benefícios oferecidos por uma smartband, pois o dispositivo é compatível com essas necessidades.

Mas, se você não sabe como funciona esse wearable, as funções do aparelho e a maneira correta de usá-lo, leia todas as informações que preparamos neste Guia de Compra.

Imagem de um rapaz mostrando sua smartband para uma garota.

A smartband é ideal para quem busca qualidade de vida e bem-estar. (Fonte: Iurii Golub / 123RF)

O que é uma smartband?

Provavelmente, você já deve ter visto alguém usando uma smartband, principalmente enquanto a pessoa pratica algum exercício físico, em uma academia ou parque.

O acessório foi desenvolvido para quem pratica exercícios físicos, seja um atleta profissional, desportista ou para quem pratica atividades físicas apenas em momentos de lazer.

foco

Você sabia que com o acessório você pode monitorar seus batimentos cardíacos, calcular as calorias perdidas, distância percorrida durante a caminhada ou corrida, tempo gasto no exercício, entre outros.

A função de uma smartband é monitorar e armazenar os dados gerados durante a prática de exercícios físicos para que você possa acompanhá-los por meio de aplicativos.

É muito simples usar uma smartband, basta conectá-la ao seu smartphone, através do Bluetooth, configurar o gadget, colocar no pulso e começar a se exercitar.

Você não vai mais precisar pegar o smartphone no bolso toda vez que chegar uma notificação, pois a smartband emite alertas de redes sociais, e-mails, ligações e até lembretes de compromissos.

Imagem de um homem usando uma smartband.

A smartband também tem alguns recursos básicos como mostrador de data e hora. (Fonte: Brett Sayles / Pexels)

O design do gadget é pensado para quem pratica atividades físicas. Além de ser anatômico, o dispositivo é feito com materiais leves e resistentes. Você nem vai perceber que está usando o dispositivo.

A smartband é movida à bateria recarregável (vem com cabo USB), que dura bastante e deve ser recarregada a cada seis dias, em média (depende do modelo e marca, pode chegar a 20 dias).

Vantagens
  • Calcula calorias perdidas, distância percorrida e tempo gasto durante a atividade física
  • Monitora batimentos cardíacos
  • Design anatômico
  • Bateria com excelente durabilidade
Desvantagens
  • Só permite visualizar as notificações
  • Em alguns modelos, é difícil visualizar a tela no sol

Quais são os benefícios de uma smartband?

A smartband é um acessório muito útil para quem pratica atividades físicas. Não importa se você já se exercita regularmente ou se está começando agora.

O wearable oferece um panorama detalhado sobre a atividade física que você realizou em um determinado período, dessa forma, você pode monitorar o seu desempenho e traçar metas.

Imagem de uma garota amarrando seu tênis.

Alguns modelos de smartbands reconhecem mais de 20 tipos de atividades físicas. (Fonte: Kaspars Grinvalds / 123rf)

Cuidar da saúde

A smartband também pode se tornar uma grande aliada no cuidado com a saúde, principalmente para quem tem problemas de coração, pois uma das funcionalidades do dispositivo é o monitoramento cardíaco.

Você vai poder analisar como estão os batimentos do seu coração durante a caminhada, corrida ou treino, controlar o ritmo dos exercícios e manter-se sempre em uma mesma frequência, para não prejudicar sua saúde.

O recurso também pode ser usado por atletas que queiram estabelecer um ritmo de treino baseado na frequência cardíaca e balancear os batimentos por minuto.

Também é ótimo para quem pratica HIT.

Também é ótimo para quem pratica HIT (treino intervalado de alta intensidade), uma atividade que consiste em exercícios de esforço intenso em períodos de curta, média ou longa duração, seguidos por períodos curtos de recuperação.

Dormir melhor

Se o seu desafio é dormir bem e acordar disposto, a smartband pode ser uma grande aliada. Sim, você pode e deve dormir usando a sua smartband.

A pulseira monitora a sua qualidade de sono, contabiliza as horas que você dormiu, controla seus movimentos durante a noite, identifica padrões de comportamento e revela informações sobre seus noturnos, gerando relatórios com análises da qualidade de sono.

Imagem de uma mulher dormindo.

A smartband tem o despertador silencioso, que acorda você com suaves vibrações. (Fonte: Bruce Mars / Pexels)

Você também pode programá-la para despertar de uma maneira mais suave. A smartband possui sensores de vibração que emitem alarmes silenciosos, dessa forma você não precisa acordar sobressaltado pelo barulho do despertador.

Ser mais organizado e produtivo

Você também pode usar a smartband para organizar melhor a sua vida pessoal e profissional, basta conectar o gadget ao seu smartphone e sincronizar alguns dados como mensagens, e-mails, mensagens de whatsapp, ligações, agenda e lembretes.

Vale lembrar que diferente de um smartwatch, você não consegue interagir com as notificações, ou seja, não dá para atender ligações, responder mensagens e e-mails, mas pelo menos você será notificado.

Dessa forma, você não precisa pegar o smartphone toda hora para checar as notificações. Como resultado, você vai notar mais foco e produtividade em suas atividades na faculdade ou trabalho.

Imagem de uma mulher trabalhando.

A smartband o ajuda a ser mais organizado e produtivo. (Fonte: Bruce Mars / Pexels)

Smartband ou smartwatch: Qual é a melhor opção?

A smartband não é o único wearable usado para monitorar o seu desempenho durante a atividade física. Um gadget parecido é o smartwatch, algumas pessoas até confundem os dois, mas existem inúmeras diferenças, que vamos detalhar ao longo desta seção.

Autonomia da bateria

A primeira diferença notável entre uma smartband e um smartwatch é a autonomia da bateria. O smartband leva uma vantagem considerável, pois funciona por dias ou semanas sem precisar de recarga, enquanto o smartwatch precisa ser recarregado diariamente.

A razão para o consumo de bateria ser muito maior no smartwatch é que o gadget é capaz de realizar muitas funções e executar aplicativos sem a necessidade de integração com o smartphone.

Independência do smartphone

A smartband depende totalmente do smartphone para realizar todas as suas funções, enquanto o smartwatch funciona independentemente de ter ou não um celular conectado ao dispositivo.

Com um smartwatch você vai conseguir aproveitar os recursos do wearable mesmo se esquecer o smartphone em casa. E além dos aplicativos, você pode conectar o smartwatch ao fone Bluetooth para ouvir música enquanto se exercita.

E se você estiver com o smartphone no bolso ou braçadeira, dá para visualizar e interagir com as notificações, sem precisar desbloquear o aparelho.

Design

Embora a smartband seja visualmente semelhante a um smartwatch, esses gadgets apresentam diferenças marcantes: a smartband é menor e mais leve, pois foi criada exclusivamente para o uso em atividades físicas.

Imagem de um smartwatch.

O smartwatch é maior e mais pesado do que uma smartband. (Fonte: Fancy Crave 1 / Pixabay)

O smartwatch é mais pesado por causa do hardware, necessário para rodar os aplicativos de forma independente (sem a necessidade de conexão com o celular). Os materiais também são diferentes, geralmente a peça é de metal.

O preço é uma das diferenças mais significativas entre uma smartband e um smartwatch. A independência do smartphone, design sofisticado e funcionalidades extras, fazem com que o smartwatch seja muito mais caro do que uma smartband.

Smartband Smartwatch
Indicação de uso Como um acessório para praticar exercícios físicos Como uma extensão do smartphone
Vantagem Excelente custo-benefício Alta performance
Desvantagens Funções limitadas e dependência do smartphone Precisa ser recarregado diariamente e tem custo elevado
Preço Mais baixo Mais alto

Resumindo: se você quer um dispositivo que funcione como uma extensão do smartphone, substituindo algumas de suas funções para que você precise estar com o dispositivo em mãos o tempo todo, compre um smartwatch.

Entretanto, se você vai usar o wearable apenas para monitorar a prática de atividade físicas, acompanhar a saúde e melhorar a qualidade do sono, opte por uma smartband.

Quanto custa uma smartband?

Para comprar uma smartband, você não vai precisar investir muito dinheiro, já que é possível encontrar alguns modelos de excelente qualidade com preços entre R$ 100 e R$ 150. Você encontra modelos mais caros também, entre R$ 250 e R$ 350.

Mas se você estiver procurando um modelo com muitos recursos, algumas smartbands se assemelham bastante aos smartwatches, inclusive no preço, custam entre R$ 900 e R$ 1.200.

Onde comprar uma smartband?

Você pode comprar uma smartband em lojas de artigos esportivos como Centauro e em lojas de departamento como Americanas, Ponto Frio, Casas Bahia e Magazine Luiza.

Se preferir, dá para comprar pela internet, em lojas como Amazon, Mercado Livre, Submarino, Shoptime e AliExpress.

Critérios de Compra: Fatores para comparar os diferentes modelos de Smartband

Assim como qualquer outro aparelho eletrônico, você encontra modelos de smartbands com diferentes recursos, designs e faixas de preço. Quando for comprar o wearable, avalie suas necessidades e compre um aparelho compatível.

  • Tela
  • Resistência à água
  • Design
  • Recursos extras

Vamos detalhar cada um dos itens abaixo.

Tela

O tamanho da tela de uma smartband faz bastante diferença em relação à usabilidade do dispositivo. Geralmente, o acessório é touchscreen, portanto você vai encontrar certa dificuldade em manuseá-lo se a tela for muito pequena.

Imagem de smartbands coloridas.

A tela de uma smartband pode ter de 0,5 a 1,5 polegadas. (Fonte: Pearslband / Pixabay)

A tela pode ser LCD, AMOLED ou OLED. A tela de LCD tem consumo de energia muito maior, por causa do backlight (luz de fundo), que fica o tempo todo acesso.

Como as telas OLED e AMOLED utilizam diodos orgânicos, eles emitem sua própria luz. Além disso, reproduzem cores mais vivas e com bastante contraste. Essas telas também são mais sensíveis ao toque.

Resistência à água

Algumas smartbands têm resistência à água. Os dispositivos com classificação IP67 estão protegidos contra imersão temporária, em até 1 metro de profundidade por 30 minutos.

Com a classificação IP68, o gadget está protegido contra submersão em até 1,5 m de profundidade, por 30 minutos.

Você também encontra modelos à prova d’água com resistência de até 5 ATM (atmosferas de pressão), ou seja, suportam imersão em até 50 metros de profundidade. Ideal para quem nada.

Para usar a smartband dentro da água, você precisa ajustar algumas configurações: ir ao menu, iniciar um treino de natação e aguardar alguns segundos (informados na tela), até que a smartband se pressurize.

Para voltar a usar a smartband, você precisa sair da água e pressionar o botão por 3 segundos até a tela despressurizar.

Design

Em relação ao design da smartband, você também tem algumas escolhas. A começar pelo formato do display que pode ser reto ou curvo. O display curvo é mais anatômico, pois se adapta bem ao formato do pulso.

Em relação à cor da smartband, fique tranquilo, pois a maioria dos modelos disponibiliza a troca de pulseiras, ideal se você prefere usar um modelo mais sóbrio no dia a dia e uma pulseira colorida durante o treino.

Imagem de uma pessoa usando uma smartband.

Você pode trocar a pulseira da smartband. (Fonte: John Schnobrich / Unsplash)

Recursos extras

A smartband pode ter alguns recursos extras, que podem ser bem eficientes no seu dia a dia. Para quem costuma fazer trilha, duas funções podem fazer bastante diferença: bússola e GPS.

Embora ainda não seja usual aqui no Brasil, você também encontra modelos com função pagamento NPC, que oferece suporte para Alipay, ou seja, possibilita que você faça pagamentos com a smartband.

(Fonte da imagem destacada: Burst / Pexels)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
3 Voto(s), Média: 5,00 de 5
Loading...