Advogada em frente a um notebook.
Ultima atualização: 5 de junho de 2020

Como escolhemos

11Produtos analisados

17Horas investidas

5Estudos avaliados

52Comentários coletados

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Se você é advogado e busca uma ferramenta para gerenciar e otimizar o seu trabalho, veio ao lugar certo. No artigo de hoje, vamos mostrar como escolher o melhor software para advogados.

Seja para controlar prazos, gerenciar clientes, processos e funcionários, a contratação de um software para advogados vai ajudar na organização da rotina e na sua produtividade. Mas como existem muitas opções, vamos guiar você na escolha do melhor.




Primeiro, o mais importante

  • O software para advogados é um programa de computador que automatiza o trabalho, ajuda na busca processual, no controle de prazos e na gestão como um todo.
  • Existem vários tipos de software jurídicos para advogados, com diferentes funções e objetivos, para profissionais autônomos e grandes escritórios.
  • Para contratar o melhor software de advogados você deve levar em conta suas necessidades, o que o programa é capaz de fazer e, é claro, a praticidade que ele oferece.

Você também pode gostar:

Melhores softwares para advogados: Nossas recomendações

O software para advogados mais completo

O SAJ ADV é um software jurídico para advogados com inteligência artificial, que auxilia na gestão integrada de prazos e processos. Com ele, é possível gerenciar atividades jurídicas e administrativas, intimações, documentos, tarefas, pagamentos e recebimentos de qualquer lugar.

O software para advogados mais versátil

O ADV Box é um gerenciador de tarefas para escritórios de advocacia. O grande diferencial desse software para advogados é que ele permite a gestão focada em tarefas, além de armazenar todos os documentos e informações dos clientes.

O software jurídico ideal para gestão

O PROMAD (Programa de Modernização da Advocacia Brasileira) ajuda a aprimorar as rotinas do seu escritório, a cadastrar e controlar processos, receber suas intimações de forma automática, cadastrar clientes e processos vinculados a eles, entre outras funcionalidades.

Guia de contratação: Tudo sobre software para advogados

Se você trabalha sozinho ou em um escritório, de qualquer forma é preciso considerar que uma boa organização é fundamental para a sua produtividade e eficiência. Para tanto, um bom software jurídico pode ser o ideal.

Neste Guia de Contratação, vamos ajudá-lo a entender como funciona, quais os principais tipos, quanto custa e como escolher e contratar o melhor software para advogados.

Homem de terno e gravata falando ao telefone, na mesa com notebook.

Um software é a ferramenta ideal para aumentar sua produtividade no trabalho. (Fonte: leokiru / Pixabay.com)

O que é um software para advogados?

Economizar tempo, otimizar a rotina e aumentar a produtividade. Se é isso que você busca, deve considerar um software, que nada mais é do que um programa de computador que automatiza e lhe ajuda a organizar e gerenciar desde o trabalho em si até relatórios, análises, prazos e até pagamentos.

No setor jurídico, já é possível contar com um software para advogados que gera contratos, petições, e resolve e media acordos por meio da automação e de sistemas inteligentes.

O software para advogados é um programa desenvolvido especificamente para a gestão jurídica, tanto de profissionais autônomos como de escritórios, pequenos, médios e grandes.

As opções mais modernas podem ser acessadas por meio de uma nuvem na internet, sem a necessidade de que seja instalado um programa no computador.

Com isso, é possível acessar o software para advogados quando e onde você quiser, e de qualquer dispositivo, seja notebook, tablet ou smartphone.

Ou seja, na prática, o software para advogados é uma solução para automatizar aquelas atividades repetitivas da rotina do advogado, como a busca nos Diários Oficiais e a atualização de processos.

Mas, além disso, um software específico para advogados também ajuda o profissional a manter o controle dos prazos, da produtividade de colaboradores e ainda a acessar, reunir e analisar documentos que antes demandariam mais tempo.

E, como resultado, o software jurídico de advogados é ideal para manter o acompanhamento de processos, o atendimento ao cliente, a gestão de equipes, a organização do escritório e até mesmo a gestão financeira.

Além do software, é claro que você vai precisar de dispositivos de qualidade para otimizar os processos em seu dia a dia. Para isso, os artigos abaixo podem ajudar:

O que faz um software para advogados?

Como vimos, de modo geral, o software jurídico permite que você acompanhe processos judiciais e administrativos.

Com isso, é possível consultar e editar os desdobramentos, objetos, honorários e documentos.

Os programas automatizam o recebimento dos andamentos processuais.

Além disso, os programas automatizam o recebimento dos andamentos processuais e alguns até geram relatórios personalizados para que você possa medir os resultados do seu trabalho.

Ainda assim, como existem muitos tipos de softwares para advogados é possível encontrar muitas outras funções que podem ser automatizadas e realizadas de modo mais eficiente graças à tecnologia e aos sistemas de inteligência artificial.

Quais são os tipos de software para advogados?

Os diferentes tipos de softwares para advogados se diferenciam, principalmente, quanto às funções disponíveis. A seguir, nós selecionamos as principais opções de acordo com o objetivo de cada um. Confira:

Gerenciador de processos

Um dos tipos mais populares de software para advogados é o que tem foco no gerenciamento de processos e prazos.

Existem programas nos quais você pode cadastrar um determinado processo e configurá-lo para enviar lembretes e evitar que você perca um prazo.

Automatizador de tarefas

Dependendo do software que você escolher, também é possível que ele realize outras tarefas de forma automatizada como, por exemplo, comunicações internas, e-mail marketing, controle financeiro, entre outros.

Banco de dados judiciais

Existem softwares para advogados que reúnem, em um mesmo sistema, automação, informação judicial e gerenciamento de dados.

Com isso, escritórios de advocacia e departamentos jurídicos podem atuar de forma mais eficiente ao toma decisões preventivas e estratégicas. Esse costuma ser um dos softwares mais completos, ideais para grandes escritórios de advocacia.

Gerenciador de equipes

Muitos advogados ainda usam as planilhas tradicionais para realizar a gestão de contratos, tarefas e projetos.

Mas contar com um software para advogados vai aprimorar o resultado, ajudar a evitar erros e ainda poupar tempo do profissional.

Quando contratar um software para advogados?

Investir em infraestrutura e em pessoal é importante em qualquer setor. Quando tratamos da área jurídica, o investimento em uma ferramenta que otimize e facilite o trabalho é fundamental.

Por isso, o software para advogados é recomendado tanto para o advogado autônomo, quanto para o profissional de um escritório de advocacia ou departamento jurídico de uma empresa.

Advogada falando ao celular com notebook à frente.

De autônomos a grandes escritórios, todos podem se beneficiar de um software para advogados. (Fonte: leokiru/ Pixabay.com )

Afinal, com um software jurídico é possível manter os prazos em dia, reuniões, audiências e tarefas do escritório sob controle e comas informações de forma integrada e automatizada.

Mas é claro que, se você é um advogado autônomo pode haver dúvidas se vale a pena ou não investir em um software jurídico pago. E é sobre isso que vamos tratar a seguir.

Software jurídico gratuito x Software jurídico pago: Qual o melhor?

Se você está em busca de um software para advogados já se deparou com opções pagas e gratuitas. Mas, antes de optar pela forma mais barata ou grátis, é preciso considerar os prós e os contras.

De fato, o software jurídico gratuito é atrativo por ser de graça e fácil de usar. No entanto, a grande maioria atende apenas às suas necessidade básicas.

Outra desvantagem do software gratuito está justamente no fato de não oferecer muitas funcionalidades e a impossibilidade de personalizar o programa.

Além disso, na versão gratuita o suporte técnico é, quase sempre, inexistente. Ou seja, se você tiver alguma dúvida ou dificuldade técnica ao utilizar o software para advogados não terá como solucionar o problema de modo personalizado.

Advogados com notebook.

O software para advogados pago é mais completo e funcional do que a versão gratuita. (Fonte: leokiru / Pixabay.com )

Já quando consideramos o software para advogados pago, existem mais vantagens. Ainda que o programa possa sair caro em um primeiro momento, com ele você terá mais funções e um suporte técnico à disposição e mais eficiente.

Esse tipo de software jurídico também conta com atualizações de sistemas que sempre trazem novas funcionalidades e protegem seu trabalho contra vírus e hackers.

Por outro lado, vale considerar que quanto mais funcionalidades tiver o software para advogados, mais complexo será o seu uso. Ainda assim, de forma geral, o software pago oferece treinamento para a utilização do programa.

Software gratuito Software pago
Vantagens Custo inicial zero e simplicidade de uso Suporte técnico eficiente, atualizações constantes e mais funções automatizadas e personalizadas
Desvantagens Falta de personalização, suporte técnico ausente e funções básicas e limitadas Custo maior e uso mais complexo

Quanto custa e onde contratar um software para advogados?

Se você optar por um software jurídico pago vai encontrar opções que custam entre R$ 50 e R$ 500. O preço varia de acordo com os serviços oferecidos.

Para escolher o ideal, opte por empresas com expertise na área de softwares e na área jurídica. Pesquise avaliações e comentários de quem já usa o programa.

Critérios de contratação: Como comparar os softwares para advogados

Até aqui você pode entender melhor como funciona um software jurídico e a importância desse tipo de ferramenta na rotina de uma advogado.

Mas na hora de contratar o melhor software o ideal é que você compare os seguintes critérios:

A seguir, vamos mostrar como você pode considerar cada um desses aspectos antes de contratar o seu software de advogados.

Autônomo ou grandes bancas

Observe que você vai encontrar softwares para advogados voltados para os profissionais que trabalham de forma autônoma e em pequenos escritórios, assim como os que tem mais recursos e funções e que, portanto, são ideais para grandes bancas.

O fato é que cada um terá recursos específicos para o tipo e a quantidade de atividade de trabalho e, por isso, o preço também vai variar.

Gestão integrada

Um dos recursos mais importantes em um software para advogados é a gestão integrada. Isso significa que um bom programa de computador deve permitir que você gerencie tudo de forma simples, integrada e inteligente.

E aqui é preciso considerar a gestão de processos, contatos de clientes, comunicação e tarefas do dia a dia.

Como vimos, existem diversos tipos de softwares que são focados em objetivos diferente. Por isso, avalie o grão de gestão que é possível ter com o programa escolhido para não se frustar depois.

Homem trabalhando com notebook e celular.

Um bom software permite que você realize várias tarefas de forma integrada. (Fonte: Snapwire/ Pexels.com)

Pagamento dos honorários

Outro aspecto que está presente nos melhores softwares de advogados é a função de pagamento dos honorários advocatícios.

Existem opções de softwares que permitem a emissão de boletos e, com isso, seus clientes receberão automaticamente o boleto com a cobrança.

O resultado de uma funcionalidade como essa é, de fato, economia de tempo e uma melhor gestão financeira do seu escritório de advocacia.

Segurança

Outro recurso que deve estar presente em um software para advogados é o que garante a segurança e o sigilo das informações ali contidas.

Mas a verdade é que nem todos os softwares jurídicos para advogados contam com esse tipo de recursos que evita a invasão de hackers e/ou o furto de dados. Por isso, certifique-se de que o programa oferece a segurança de dados necessária.

Vale destacar que os softwares para advogados que ficam armazenados na nuvem costumam contar com uma boa segurança.

foco

Você sabia que os arquivos de papel são menos seguros do que os digitais?

Os de papel podem sofrer danos naturais, além de roubo e perda. Já os documentos que ficam armazenados em softwares jurídicos ficam salvos em uma nuvem que é considerada altamente segura.

Resumo

O software para advogados automatiza o trabalho jurídico e otimiza a eficiência e qualidade do seu trabalho, além de gerenciar times, economizar tempo e melhorar o acesso a processos e clientes.

Existem diversos tipos de softwares e, para escolher o ideal, você deve considerar o seu objetivo e necessidades, além de analisar critérios como os recursos e funções oferecidos por cada um.

(Fonte da imagem destacada: Mateus Campos Felipe/ Unsplash)

Por que você pode confiar em mim?

Izabel Toscano Jornalista
Nômade digital, jornalista, leitora e questionadora compulsiva. Já trabalhou em jornais diários e sites de notícias no Brasil, e em plataformas online na Irlanda e na França. Hoje, roda o mundo escrevendo sobre temas variados, sempre atenta às novas tecnologias e a tudo que surge para trazer leveza à vida.