Na foto uma pessoa segundo um sutiã pendurado no cabide.
Ultima atualização: 9 de julho de 2019

Como escolhemos

11Produtos analisados

20Horas investidas

5Estudos avaliados

70Comentários coletados

Olá, seja bem-vindo ao seu portal de resenhas na internet! O sutiã é das peças do vestuário feminino mais utilizadas e tem sua criação datada de 1914, sendo que até hoje é uma peça que muitas mulheres consideram essencial.

Nas suas mais variadas versões, esse produto é utilizado como forma de garantir que os seios fiquem mais firmes e existe em diversos modelos, cores, tecidos, tamanhos e preços.

E se você ainda não encontrou o seu sutiã ideal saiba que seus problemas podem acabar hoje. Nesse review falaremos sobre todas as vertentes dessa peça e te auxiliares a escolher a melhor para você.




Primeiro, o mais importante

  • Os sutiãs existem nos mais diversos tamanhos e modelos e se adaptam a todo tipo de corpo.
  • Há opções que são melhores para quem tem seios pequenos e outras para quem tem seios maiores.
  • O preço desse produto varia muito, há modelos mais simples e também os com tecidos mais finos e caros. Felizmente existe sutiã para todos os bolsos.

Você também pode gostar:

Os melhores modelos de sutiã: Nossas recomendações

Opção é o que não falta e se você está buscando um novo sutiã para chamar de seu nesse Ranking você pode encontra-lo. Separamos abaixo os modelos mais bem avaliados por quem usa e aprova, leia as características de cada um e veja qual mais te agrada.

Um sutiã confortável e com ótima sustentação

Este sutiã da Triumph é feito em tule com uma renda delicada e detalhes de lacinho. Ele não possui aros, mas a sustentação é feita com o mesmo material da alça, muito confortável e assim ele valoriza as curvas. Não possui bojo e fornece uma ótima sustentação. Disponível nas cores branco, preto e 2 diferentes tons de nude.

Um modelo de sutiã que valoriza o decote

Visando total discrição, esse modelo da Hope é produzido em microfibra leve com bojo push-up que aumenta os seios. Ele é leve, confortável e confeccionado em diferentes cores, de acordo com a sua preferência. Com alças finas e decotado, esse modelo vai bem com qualquer blusinha e vestido.

Um sutiã em renda muito delicado

Este sutiã da Liebe é todo feito em renda, muito confortável. Não tem aro, mas possui um bojo macio que fornece sustentação. O tecido é macio e pode ser deixado a mostra, já que é muito delicado. É de um design clássico e delicado, disponível em branco, preto e nude.

Guia de Compra

Tenha você seios grandes ou pequenos existe um modelo de sutiã que irá se adaptar ao seu corpo. Essa peça é extremamente versátil e graças a sua grande procura existe em diversas variações.

Se você tem dúvidas sobre qual é o melhor para você não se preocupe. Basta continuar lendo esse guia de compra que você irá descobrir.

Na foto está uma mulher deitada na cama lendo.

Os sutiãs sem bojo são os queridinhos de quem ama conforto. (Fonte: Leah / Kelley Pexels)

Como surgiu o sutiã?

A história do surgimento dos sutiãs ainda é um pouco desconhecida, porém sabe-se que os primeiros modelos do que se pode chamar de sutiã foram os corpetes e os espartilhos. Mas foi somente por volta do século XX que essa peça se tornou mais parecida com o que se utiliza hoje em dia.

Os Estados Unidos têm a sua participação nessa história graças a socialite Mary Phelps Jacob que ganhou o título de inventora oficial da peça após desfilar com um modelo feito de lenços de seda pelos salões da alta roda de Nova Iorque no ano de 1914. Após causar muito burburinho, em 1915 ela patenteou a peça.

Foi somente em 1950 que o sutiã se popularizou. Isso ocorreu quando a empresa americana Dupont criou o nylon, tecido elástico, resistente, confortável e que promovia uma queda no preço do produto.

Desde então essa peça foi passando por mudanças e conseguiu se consagrar no vestuário feminino. Atualmente ela existe nos mais diversos materiais, cores, modelagens e tamanhos, justamente para se adaptar a todos os tipos de mulheres.

Os sutiãs também fazem parte da história do feminismo. Em 1960 um grupo de mulheres americanas queimou diversos sutiãs em um protesto nos Estados Unidos contra um concurso de beleza.

Quais as vantagens e desvantagens de utilizar sutiã?

Já há alguns anos existe um movimento contra os sutiãs, há quem aponte que o ideal é deixar os seios livres. Inclusive, na França existe um médico chamado Jean-Denis Rouillon que há mais de 15 anos se dedica a estudar os efeitos dos sutiãs nas mulheres.

Através dessa pesquisa o profissional constatou que o mamilo de mulheres com idade entre 18 e 35 anos voltou a subir uma média de 7 milímetros por ano quando elas não utilizavam sutiã.

Segundo Rouillon isso aconteceu porque os seios sem sustentação se fortalecem com o passar do tempo e não ficam mais flácidos conforme se acredita. Mas deixando essa descoberta de lado, algumas pessoas apontam que os sutiãs podem ser desconfortáveis, quentes, prejudicar a circulação e incomodar quem os usa.

Na foto está uma mulher em um quarto com um sutiã rosa.

Para muitas mulheres a principal vantagem do sutiã é deixar os seios mais bonitos. (Fonte: Nicolas Postiglioni / Pexels)

Porém, há uma série de mulheres que não abrem mão da peça. Como vantagens são apontados o fato de dar mais sustentação aos seios, deixá-los mais modelados na roupa e poderem torná-los maiores ou menores de acordo com o material produzido.

No caso de quem amamenta, vale destacar que eles funcionam como uma forma de proteção para a roupa para o caso do leite vazar.

Além disso, essa é uma peça que possui muitas variações, inclusive no preço e que pode ser adquirida por qualquer pessoa. Sem falar que nos momentos a dois costumam ser uma maneira de dar um up na relação.

Vantagens
  • Modela os seios
  • Da sustentação
  • Pode aumentar ou diminuir as mamas visualmente
  • Auxilia no período de amamentação
  • Existe para todo tipo de mulher
  • Deixa a mulher mais atraente
Desvantagens
  • Se muito apertados prejudicam a circulação
  • Podem machucar
  • Esquentam

Quais os diferentes tipos de sutiã?

Basta entrar em uma loja que venda sutiãs que você irá se deparar com dezenas de opções. Se antigamente existiam roupas que não poderiam ser utilizadas com essa peça isso caiu por terra e atualmente existe pelo menos um tipo de sutiã para cada pessoa e ocasião. Abaixo citamos os principais:

  • Triângulo: O modelo mais simples de sutiã tem um formato que lembra um triângulo e pode ou não possuir bojo. Ele é muito versátil e pode ter fecho na frente ou atrás.
  • Meia taça: Esse é um modelo que possui um formato anatômico projetado para valorizar o decote. Ele cobre apenas uma parte dos seios e os projeta para a frente. É um sutiã que costuma ter suporte com aros e bojo.
  • Balconê: O sutiã balconê lembra o meia taça, porém é mais cavado e reto, possuindo alças mais distantes e laterais médias ou largas. Ele costuma levantar os seios.
  • Tomara que caia: O sutiã tomara que caia veio para poder ser utilizado com roupas com essa mesma característica. Ele possui laterais largas e é feito com tecidos mais estruturados, possui bojo e pode ter aplicação de silicone para não escorregar.
  • Push-up: Esse modelo é um dos mais recentes e possui um design que é capaz de unir, aumentar o volume e colocar os seios para cima. Para isso conta com uma distância menor entre as taças, tem bojo e possui aro.
  • Nadador: Essa é outra opção voltada para determinados tipos específicos de roupa. O sutiã nadador possui alças que formam um Y nas costas e conferem boa sustentação.
  • Com cós: O sutiã com cós possui um tecido alongado abaixo do aro e confere maior sustentação e firmeza a quem o utiliza. Ele é bom para seios grandes, flácidos ou para quem possui gorduras laterais.
  • Top: O top é o modelo apontado como mais confortável. Normalmente ele é feito em algodão, não possui bojo e cobre a maior parte do seio possuindo duas alças médias laterais.
  • Estruturado ou cobertura total: Esse é voltado para quem possui seios grandes. Ele conta com taças maiores para que possam abraçar os seios por inteiro, possuem alças e laterais mais grossas e normalmente tem aro. Normalmente não aumentam o tamanho das mamas, apenas as modela.
  • Sutiã invisível: É tipo um tomara que caia feito todo em silicone e sem estrutura de costas. Basicamente ele cobre somente os seios e é indicado para roupas com as costas abertas. São bons para quem possui seios pequenos.
  • Decote profundo: Esse modelo possui uma grande abertura no meio das taças e é ideal para ser utilizado com roupas com decotes. Normalmente ele não possui aro embaixo, tem fecho nas costas e conta com bojo.
  • Cirúrgico: São ideais para mulheres que passaram por cirurgias de implante de silicone. Eles são recomendados porque dão uma sustentação reforçada à mamas, evitando a flacidez e que os pontos abram e auxiliando na adaptação muscular.
Na foto está um sutiã branco com renda rosa de flores.

Independente da modelagem, os sutiãs com bojo aumentam os seios. (Fonte: luctheo / Pixabay)

Quanto custa?

O preço dos sutiãs é muito variável e se altera de acordo com o tipo, tamanho e marca do produto. Um modelo simples pode ser adquirido por um preço inicial médio de R$ 7, sendo que os mais trabalhados podem chegar a custar até R$ 250.

Normalmente os modelos reforçados e de marcas famosas costumam custar mais, porém é bem possível encontrar opções mais em conta. Vale pesquisar e, de acordo com os critérios de compra que detalharemos mais abaixo, escolher o que mais se adequa a sua necessidade e ao seu bolso.

Na imagem estão vários sutiãs rosas em cima de uma mesa.

Em qualquer loja que venda sutiãs é fácil encontrar o produto em grande variedade de preços. (Fonte: jackmac34 / Pixabay)

Onde comprar um sutiã?

É possível adquirir sutiãs em lojas de lingerie e de departamento como Riachuelo, Renner e afins.

Na internet há uma infinidade de sites que comercializam esse produto, sejam eles de multimarcas ou das próprias fabricantes, alguns que podemos citar são: Amazon, Americanas, Hope Lingerie, Loungerie ou Marisa.

Além disso, as opções que apresentamos no Ranking também estão à venda e para comprá-las basta clicar no produto que você será direcionado a loja na qual ele pode ser adquirido.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de sutiã

Felizmente não existe somente um tipo de sutiã no mundo e isso é o que garante que todas as mulheres possam encontrar o seu modelo ideal. Porém, para isso é necessário levar em consideração uma série de fatores que visam garantir o conforto e a vestimenta correta da peça.

Para te auxiliar nesse momento de decisão separamos os pontos que você deve levar em consideração antes de fazer a sua compra, são eles:

Agora, para que você realmente saiba escolher o modelo perfeito para você, vamos detalhar cada um desses tópicos.

Modelo do sutiã

O tipo de sutiã que você escolher deve estar diretamente ligado ao tamanho dos seus seios visto que há opções que se adequam melhor a quem tem mais ou menos volume nessa região.

Os modelos em triângulo, meia taça, balconê, tomara que caia e invisível são mais indicados para quem possui seios pequenos ou médios, já que eles não costumam ter muita estrutura de sustentação.

As opções estruturada, com cós e push-up são ideais para seios maiores, visto que conseguem manter tudo no lugar, possuem alças e laterais mais grossas e dificilmente a deixarão desconfortável.

No caso do nadador e do top, saiba que eles são perfeitos para todos os tipos de seios, já que possuem uma estrutura que confere sustentação sem machucar e existem nos mais diversos tamanhos.

Ainda focando no modelo, vale pré-definir as ocasiões em que você pretende utilizar a peça, visto que para determinados tipos de roupas existem tipos que podem ser adaptar melhor como o tomara que caia, o invisível e afins.

Outra questão relacionada ao modelo do sutiã está no fato de ele ter ou não bojo. Felizmente existe essa opção nos mais diversos modelos e ambas as formas contam com pontos negativos e positivos. Para te auxiliar a escolher fizemos a tabela abaixo:

Sutiã com bojo Sutiã sem bojo
Função Aumentam o volume dos seios e costumam deixá-los com um formato diferente São mais delicados e normalmente modelam pouco os seios. Não aumentam o volume e costumam ser feitos de renda, são ideais para valorizar a beleza natural
Diferenciais Existem diversos tipos de bojo que podem aumentar visualmente até 5x o tamanho dos seios e modelam as mamas deixando-as mais bonitas e para cima Costumam ser mais confortáveis e menos quentes. Ocupam menos espaço para guardar e secam mais rápido após a lavagem

Tamanho

Não basta apenas você saber se seus seios são grandes, médios ou pequenos. Existem grandes variações nas medidas dos sutiãs e é essencial escolher a correta para você.

A melhor maneira de fazer isso é provando o produto, como num teste de erros e acertos. Nesse momento cheque sempre se a faixa das costas está confortável, ela não pode nem ficar larga e nem apertada. O ideal é que haja espaço para colocar um ou dois dedos por baixo dela.

Cheque se as laterais dos seios estão cobertas. Eles não devem ficar pulando para fora das taças. O meio do sutiã deve sempre estar plano sobre o seu peito e de maneira alguma pode ficar enfiado na pele.

Se você já conhece a marca e não abre mão dela, nem precisa mais provar as peças, facilitando assim a compra online.

Às vezes é difícil encontrar o sutiã ideal, visto que tem pessoas que possuem seios grandes e costas estreitas, ou ao contrário e assim por diante. Para resolver esse problema algumas marcas montam sutiãs de acordo com as medidas da pessoa. Caso você não encontre o seu tamanho ideal vale optar por esse tipo.

Na foto há quatro mulheres sorrindo no meio de um parque natural.

As mulheres são diferentes e nem sempre os tamanhos padrão de sutiã são ideais para todas. (Fonte: rawpixel.com / Pexels)

Cor

Ao determinar a cor do sutiã que você irá escolher pense no tom da maioria das suas roupas. Sempre os neutros costumam ser os mais utilizados como branco, preto e bege.

Nada contra os coloridos, mas eles são uma melhor opção para ocasiões especiais ou se você não se importa que apareçam sobre a roupa. Dificilmente uma mulher terá apenas uma cor de sutiã, mas as cores neutras não podem faltar em nenhuma gaveta de lingerie.

Material

Existem sutiãs feitos dos mais diferentes materiais, sendo que os mais comuns são o algodão, a renda e a microfibra.

Na foto tem 4 sutiãs de cores diferentes num fundo preto.

Os sutiãs de microfibra com renda são os mais comuns de se encontrar. (Fonte: webandi / Pixabay)

Os de algodão costumam ser bem básicos e confortáveis, porém são simples e mais indicados para o dia a dia.

Já a microfibra que aquele material bem fininho muito comum nessa peça. Seu ponto positivo é que é utilizada em praticamente todos os modelos e normalmente é confortável, fácil de lavar e não costuma esquentar.

Já a renda é a opção para quem busca uma lingerie mais sofisticada e delicada. Os sutiãs de renda estão muito em alta atualmente, principalmente nos modelos sem bojo e há quem os utilize aparecendo na roupa para dar um toque a mais na produção.

(Fonte da imagem destacada: fsHH / Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Danielle Assis Jornalista
Dedica-se a produzir conteúdos interessantes e informativos. Apaixonada por viagens, moda, animais e adora dar presentes. A curiosidade é uma de suas características mais marcantes e está sempre em busca de produtos que tornam o dia a dia das pessoas mais prático e interessante.