Imagem de um homem tocando teclado.
Ultima atualização: 2 de setembro de 2019

Como escolhemos

13Produtos analisados

19Horas investidas

6Estudos avaliados

65Comentários coletados

Muito bem-vindo ao ReviewBox Brasil. No artigo de hoje vamos falar sobre o teclado Yamaha, marca referência em instrumentos musicais no Brasil e no mundo.

A Yamaha confecciona teclados em diferentes categorias: arranjador – nas versões workstation e portátil – sintetizador e Piaggero (modelo exclusivo Yamaha), ambos disponíveis nas versões semiprofissional e profissional.

Para escolher o modelo ideal é preciso avaliar quais habilidades você deseja desenvolver com o instrumento e para qual finalidade pretende usá-lo. Essas e outras informações e dicas você encontra ao longo deste artigo.




Primeiro, o mais importante

  • Para quem está começando a tocar, o teclado arranjador é a melhor opção, pois possui acompanhamento sonoro de instrumentos de corda, sopro, metais ou percussão em diferentes gêneros musicais.
  • Alguns modelos de teclado Yamaha oferecem ferramenta de aperfeiçoamento musical. Procure pelos termos Yamaha Education Suite (Sistema Educacional Yamaha) ou Keys to Success (“Chaves para o Sucesso”).
  • Todos os modelos de teclado Yamaha acompanham adaptador/fonte de energia. O instrumento também funciona com pilhas – requer seis pilhas do tipo AA, convencionais ou recarregáveis.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 3 melhores modelos de teclado Yamaha

Você está interessado em comprar um teclado Yamaha, mas está em dúvida sobre qual modelo escolher? Não se preocupe, nós da ReviewBox Brasil preparamos uma lista com os melhores modelos à venda.

1º - Teclado arranjador PSR-E263

O teclado arranjador PSR-E263 é um modelo ideal para iniciantes, pois oferece recursos interessantes como as 400 vozes de alta qualidade, 130 estilos de acompanhamento, 112 canções pré-programadas e Song Book de fácil leitura.

Para facilitar o aprendizado, você pode utilizar o recurso Yamaha Education Suite, que oferece atividades em nove níveis. Este modelo também possui Modo Duo, função gravação e entrada AUX IN.

2º - Teclado arranjador PSR-E363

Este modelo é repleto de recursos interessantes: teclado sensível ao toque, 48 notas de polifonia, 574 vozes de alta qualidade, 165 estilos de acompanhamento e 150 tipos de arpejo.

Para aperfeiçoar suas habilidades, este modelo conta com o recurso Keys to Success, Song Book e Modo Duo – possibilita que duas pessoas toquem ao mesmo tempo. O instrumento possui USB HOST, terminal AUX IN e Melody Supressor.

3º - Teclado Piaggero NP-12B

O teclado Piaggero é um modelo exclusivo da Yamaha. Compacto e portátil, este instrumento possui design minimalista e apresenta em seu painel apenas as funções mais importantes.

Apesar da simplicidade no design, a qualidade do som é altíssima, similar aos timbres reproduzidos pelos pianos de cauda Yamaha. Com 61 teclas, este instrumento atinge cinco oitavas. Este modelo tem teclado sensível ao toque e 64 notas de polifonia.

Guia de Compra

Você acredita que precisa de habilidades profissionais para tocar teclado? Então reveja os seus conceitos. Com o teclado Yamaha, tudo o que você precisa para transformar ideias em músicas é de inspiração.

Mas antes de começar a tocar, conheça as funcionalidades e as diferentes categorias de teclados Yamaha neste Guia de Compra. Boa leitura!

Imagem de um homem tocando teclado.

Há modelos de teclado Yamaha para pessoas em diferentes níveis de conhecimento. (Fonte: Divulgação: Yamaha / Yamaha.com)

Quais são os diferenciais de um teclado Yamaha?

O teclado Yamaha apresenta um conjunto de sons de instrumentos e ritmos musicais que aumentam a versatilidade do instrumento – independente se o modelo é mais simples ou sofisticado.

A maioria dos modelos oferece Modo Duo, que permite que duas pessoas toquem juntas em zonas iguais do teclado, um recurso útil em apresentações musicais ao vivo ou durante tarefas da aula de música.

Imagens de alunos em uma aula de teclado.

Alguns modelos de teclado Yamaha contam com sistema de aprendizagem. (Fonte: Mark Bownden / 123RF)

Um diferencial presente em alguns teclados Yamaha é a ferramenta “Keys to Success” que indica as teclas que devem ser tocadas e por quanto tempo você deve pressioná-las. O sistema Yamaha Education Suite também auxilia no aprendizado dos novatos.

Alguns modelos também oferecem o botão Record que serve para gravar as suas performances ou composições originais, dessa forma você pode escutar a si próprio ou compartilhar a gravação com amigos e familiares.

A maioria dos modelos de teclado Yamaha inclui suporte para colocar as partituras. Geralmente, o instrumento acompanha um metrônomo, que permite ao estudante ou músico aprimorar seu sentido rítmico.

Vantagens
  • Alguns modelos acompanham ferramentas de aprendizado exclusivas Yamaha
  • O teclado Yamaha pode ser do tipo arranjador, sintetizador ou Piaggero
  • Disponível nas versões com 61, 76 ou 88 teclas (atinge cinco, seis e oito oitavas respectivamente)
  • Instrumentos em diferentes faixas de preço
Desvantagens
  • Painel com informações em inglês
  • Alguns modelos não possuem alto-falantes embutidos
  • O suporte para teclado deve ser comprado à parte

Antes de prosseguirmos com o Guia de Compra, precisamos esclarecer algumas características importantes em um teclado Yamaha:

  • Polifonia indica a quantidade máxima de notas que o teclado consegue reproduzir ao mesmo tempo.
  • Arpejo é a execução sucessiva de cada nota de um acorde.
  • Touch Response indica que o teclado possui sensibilidade ao toque e vai produzir sons diferentes de acordo com a força que você exercer nas teclas.

Quais são os tipos de teclado Yamaha?

Os modelos de teclado Yamaha são divididos em três categorias: arranjadores, sintetizadores e Piaggero. Para escolher o modelo ideal é preciso conhecer algumas características que mudam de um para o outro.

O teclado arranjador portátil é indicado para iniciantes, pois possui apenas 61 teclas, o que reduz um pouco suas dimensões e peso, e o torna o modelo ideal para quem precisa transportar o teclado para a aula de música.

A Yamaha tem bastante variedade de modelos nessa categoria: a linha PSR – ideal para iniciantes – é composta pelos seguintes modelos : F51, E263, E363, E463, EW300 e EW410. A linha semiprofissional é formada pelos modelos YPT 260 e 360.

Sons Polifonia Touch response
PSR F51 120 sons e 114 ritmos 32
PSR E263 400 sons e 130 ritmos 32
PSR E363 574 sons e 165 ritmos 48 Ok
PSR E463 758 sons e 235 ritmos 48 Ok
PSR EW300 574 sons e 165 ritmos 48 Ok
PSR EW410 758 sons e 235 ritmos 48 Ok
YPT 260 400 sons e 130 ritmos 32
YPT 360 574 sons e 165 ritmos 48 Ok

O teclado arranjador “workstation” serve para criar arranjos completos com melodia, harmonia e ritmo. Você encontra modelos mais simples, para iniciantes, e modelos profissionais, que possibilitam a inserção e edição de novos ritmos e timbres.

A Yamaha é líder no mercado de teclados arranjadores, por isso oferece uma ampla variedade de modelos: Genos e Tyros5 para profissionais e a linha PSR (S975, S775, S970, S770 e S670) para iniciantes.

Genos é o modelo premium da Yamaha. Entre os diferenciais, podemos destacar a tecnologia AEM (Articulation Element Modeling), capaz de reproduzir as características de som de um instrumento acústico.

Outro recurso interessante é o Vocal Harmony que aplica efeitos na voz enquanto você está cantando. A ferramenta Synth Vocoder é utilizada para criar sonoridades únicas com voz.

E você pode expandir os conteúdos do Genos através do Yamaha Expansion Manager, um software para PC e Mac que permite fazer a gestão do conteúdo e dos packs de expansão.

O teclado sintetizador é capaz de reproduzir sons eletrônicos, fazendo deste o modelo ideal para quem gosta de compor e tocar músicas em estilos variados, principalmente com uma banda.

A Yamaha fabrica alguns modelos nessa categoria: Montage, Modx, Mofx Series, MX BK/BU, Reface, MX88 e Série MX – a marca tem outros modelos, mas foram descontinuados.

Arranjador Sintetizador Arranjador portátil Piaggero
Para quem é indicado Quem deseja tocar sozinho Ideal para quem toca em banda Para quem precisa carregar o teclado Quem precisa de um modelo compacto
Vantagens Acompanhamento sonoro automático e alto-falantes embutidos Variedade de timbres (editáveis) Ampla variedade de modelos Dimensões e peso reduzidos
Desvantagens Oferece poucas conexões Não possui alto-falantes embutidos Disponível apenas na versão com 61 teclas Apenas dois modelos
É fácil de transportar? Sim Sim
Preço Os preços variam de acordo com o modelo Modelo mais caro Modelos mais acessíveis Preços intermediários
Fique atento Profissionais devem escolher modelos na categoria Workstation Uma alternativa é investir em um módulo sintetizador Este modelo chega a pesar 1/3 de um teclado tradicional Este é um modelo exclusivo Yamaha

Outra opção é o teclado Piaggero que apesar das dimensões reduzidas, irá surpreender com som encorpado – assim como os timbres dos melhores pianos de cauda Yamaha – e vozes de alta qualidade.

Este teclado possui design minimalista, com apenas alguns botões no painel, dimensões e peso reduzidos e acabamento em duas opções de cores: branco ou preto. Está disponível nas versões com 61 (NP-12) ou 76 teclas (NP-32).

Qual teclado Yamaha comprar de acordo com meu nível de conhecimento?

Se você está começando a aprender a tocar teclado, vale a pena investir em um teclado Yamaha arranjador semiprofissional e portátil, geralmente este modelo possui ferramentas que facilitam o aprendizado.

foco

Você sabia que alguns modelos de teclado Yamaha oferecem o sistema Yamaha Education Suite, um conjunto de lições musicais pré-programadas em diferentes tópicos e níveis de dificuldade.

Para aperfeiçoar as suas habilidades, a ferramenta possui um mecanismo que avalia o seu desempenho em diferentes exercícios.

Se você é músico, vale a pena investir em um teclado arranjador profissional (workstation) ou um sintetizador. Apesar de mais caros, esses modelos oferecem funcionalidades bastante interessantes.

Quanto custa um teclado Yamaha?

Consultamos o site oficial da Yamaha para verificar os preços dos teclados da marca. Um arranjador portátil, ideal para a iniciantes, custa entre R$750 e R$2700. Os arranjadores profissionais são mais caros, os preços variam de R$4.500 a R$10.000.

Se preferir um teclado sintetizador, vai precisar investir um pouco mais, os preços variam de R$7.000 a R$27.700. Por fim, o teclado Piaggero custa de R$1600 a R$2600. A variação de preço ocorre, pois dentro das categorias há modelos semiprofissionais e profissionais.

Onde comprar um teclado Yamaha?

Você encontra os modelos de teclado Yamaha nas melhores lojas de instrumentos musicais do país. Outra opção é comprar o produto pela internet. Você encontra algumas opções à venda no site da Amazon Brasil e Mercado Livre.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de Teclado Yamaha

Quando falamos em instrumentos musicais, a Yamaha é referência, tanto na qualidade do som, quanto no design e experiência de usuário. Seja para aprender a tocar, realizar uma gravação em estúdio ou uma apresentação no palco, vale a pena investir em um teclado Yamaha.

Para ajudá-lo a escolher um modelo de teclado Yamaha, preparamos algumas dicas de compra, para que ao tirar o instrumento da caixa, você irradie de alegria por ter comprado o modelo certo.

  • Número de teclas
  • Alto-falantes
  • Conexões
  • Cor

Vamos explicar cada um dos critérios, para que você que você não fique com dúvidas.

Número de teclas

O número de teclas de um teclado Yamaha não influencia apenas no tamanho do instrumento – embora esse seja um critério importante, caso você queira transportá-lo, mas também no alcance sonoro.

Os modelos podem apresentar 61 teclas (alcança cinco oitavas), 76 teclas (seis oitavas) ou 88 teclas (atinge as oito oitavas). Também vale a pena analisar se o teclado tem sensibilidade ao toque (Touch Response).

Alto-falantes

Analise se o teclado Yamaha que você deseja comprar possui alto-falantes embutidos, se não for o caso, você vai precisar investir em uma caixa de som.

Os modelos sem alto-falantes possuem saída com conversores de áudio, que proporcionam um som de alta qualidade em todas as frequências. Geralmente além do circuito principal, há saídas auxiliares.

Observação: Todos os modelos semiprofissionais possuem alto-falantes. As combinações de dois amplificadores estéreos com 6 ou 12cm de diâmetro e 2,5, 6 ou 12W de potência cada, proporcionam um som poderoso e realista.

Imagem de uma mulher tocando teclado.

Avalie a saída de som do teclado Yamaha. (Fonte: João Silas / Unsplash)

Conexões

Alguns modelos de teclado Yamaha contam com conexão USB, dessa forma você pode gravar suas performances em um dispositivo móvel, pen drive ou transferir os dados diretamente para o notebook.

Confira também se o instrumento possui saída para fone de ouvido, desta forma, você pode praticar sem incomodar outras pessoas. A saída para fone também serve para conectar o teclado a um sistema de som para performances ao vivo.

Já a entrada AUX IN serve para conectar o teclado a um player de áudio externo para poder tocar junto com as suas músicas preferidas.

Imagem de uma banda em um estúdio.

Mesmo que o seu teclado Yamaha tenha alto falantes embutidos, vale a pena verificar se o instrumento tem entrada AUX IN para conectar amplificadores. (Fonte: NejroN / 123RF)

Cor

Embora a maioria dos modelos de teclado Yamaha venha na cor preta, alguns modelos estão disponíveis em outras opções de cores como branco (Piaggero) ou cinza (com acabamento em titânio), conferindo um toque de alta tecnologia.

(Fonte da imagem destacada: Divulgação: Yamaha / Yamaha.com)

Por que você pode confiar em mim?

Apaixonada por ler e escrever, empenha-se em produzir conteúdo relevante sobre áreas pelas quais tem muito interesse, como tecnologia, qualidade de vida, beleza e lazer.