Imagem mostra mulher calçada com tênis de corrida laranja.
Ultima atualização: 16 de março de 2020

Como escolhemos

13Produtos analisados

18Horas investidas

5Estudos avaliados

66Comentários coletados

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! O artigo de hoje é especial para as mulheres, pois vamos falar sobre o tênis de corrida feminino. Se você já pratica essa modalidade esportiva, ou quer começar a correr, com certeza esse texto é para você.

Um bom tênis de corrida aumenta o rendimento nos treinos, garante conforto, amortecimento de impactos e diminui o risco de lesões. Mas, para escolher o modelo ideal você deve considerar seus objetivos de treino e nível de preparo na corrida.

Neste artigo, você vai aprender o que deve levar em consideração ao comprar um tênis de corrida e quais características devem ser comparadas de um modelo para o outro. Traremos também algumas sugestões de compra.




Primeiro, o mais importante

  • O tênis de corrida tradicional é estruturado, oferece amortecimento de impactos e resposta aos movimentos. O tênis minimalista oferece liberdade de movimento, leveza e flexibilidade.
  • Para comprar o tênis de corrida ideal, você deve escolher um modelo adequado ao seu tipo de pisada. Existem três tipos: pisada neutra, supinada e pronada.
  • Diversas marcas fabricam tênis de corrida feminino: Mizuno, Olympikus, Asics, Nike, New Balance, Adidas e Saucony. Os preços variam de R$ 70 a R$ 1.400.

Você também pode gostar:

Melhores tênis de corrida femininos: Nossos favoritos

As mulheres que querem um bom par de tênis para correr vão gostar bastante deste Ranking. Selecionamos os melhores modelos de tênis de corrida feminino para os diferentes tipos de pisada, com cores e designs modernos e muito bonitos.

Tênis de corrida feminino Wave Legend Mizuno

O tênis Wave Legend 4 da Mizuno é o calçado perfeito para quem tem a pisada neutra. O calçado pode ser usado para caminhar, correr e treinar. Este modelo está disponível em duas opções de cores e diversos tamanhos.

A tecnologia Wave amortece os impactos e proporciona maior conforto e o solado tem tecnologia X10, garante tração e durabilidade. O cabedal em airmesh mantém os pés frescos.

Tênis de corrida feminino Gel Pulse Asics

O modelo Gel Pulse da Asics aumenta a sua performance durante as corridas. A tecnologia de amortecimento em gel com base de silicone em pontos estratégicos garante maior absorção de impactos.

O cabedal é confeccionado em material sintético respirável e sem costura. A entressola é feita em EVA, com amortecimento adicional e uma resposta perfeita entre as passadas e o solado é de borracha. Este modelo é ideal para pisada neutra e supinada.

Tênis de corrida feminino Kinvara 9 Saucony

O Kinvara 9 da Saucony, é um modelo tecnológico, pois conta com a sola EVERUN Topsol, que proporciona amortecimento contínuo, alto retorno de energia e uma corrida com sensação de pisada neutra.

O design do cabedal é minimalista e o ajuste do tênis aos pés é leve e superior. Esse modelo pode ser usado todos os dias, em treinos de curtas ou longas distâncias.

Tênis de corrida feminino Gel Nimbus 20 - Asics

O tênis Gel Nimbus 20 da Asics é um dos modelos preferidos das corredoras. O cabedal tem um design moderno, tecido mais fino, sem costura e que se molda perfeitamente aos pés, dando mais flexibilidade ao treino.

A entressola combina as tecnologias FlyteFoam e SpevaFoam, espumas de diferentes níveis de densidade, que garantem amortecimento e maciez para os seus passos. O solado absorve melhor os impactos, pois é produzido em borracha de carbono, com tecnologia de amortecimento em gel traseiro e dianteiro.

Guia de Compra

A prática de corrida está diretamente relacionada a um bom par de tênis próprio para o esporte, pois o calçado assume duas funções: proteger os seus pés do esforço exercido nas passadas e permitir que você desenvolva ao máximo o seu potencial.

Mas hoje em dia existem tantos modelos e marcas, que nem sempre é fácil escolher um tênis de corrida, ainda mais porque para cada pessoa existe um modelo específico, de acordo com seus objetivos de treino, nível de prática e tipo de pisada.

Imagem de mulheres correndo em uma maratona.

Para escolher o tênis ideal para correr, você deve levar em consideração o seu nível de experiência com o esporte e o tipo de pisada. (Fonte: Skeeze / Pixabay)

O que define um bom tênis de corrida?

Cada pessoa desenvolve um tipo de pisada de acordo com algumas características do corpo como posição dos joelhos, flexibilidade de articulações, ângulo do quadril, equilíbrio muscular e tipo de pé.

Existem modelos de tênis ideais para cada tipo de pisada e usar o tênis correto ajuda a evitar desde problemas mais leves como calos e bolhas, até os mais sérios como lesões ósseas, fraturas e problemas crônicos como tendinite.

A pisada neutra é o apoio uniforme dos pés no solo, sem desvios para dentro ou para fora. Quando toca o solo, deixa impressa uma concavidade que liga o calcanhar à parte dianteira dos pés.

Imagem de uma mulher correndo.

Escolha um tênis de corrida de acordo com o seu tipo de pisada. (Fonte: Daniel reche / Pexels)

A pisada supinada força a parte externa dos pés e suporta todo o peso do corpo ao final de cada passada. Quem tem esse tipo de pisada tem joelhos curvos para fora, pouca ou nenhuma flexibilidade e baixa eficiência na absorção de impactos.

Os tênis mais adequados para esse tipo de pisada são os modelos flexíveis e com alto grau de amortecimento, pois eles induzem os pés no movimento de pronação.

E a pisada pronada apoia a região do mediopé quanto entra em contato com o solo. Esse tipo de pisada é flexível e causa instabilidade às passadas do corredor.

Corredores com esse tipo de pisada apresentam joelhos curvos para dentro e o chamado “pé chato”. Se você tem a pisada pronada evite tênis de corrida com muito amortecimento, pois ele reduz a estabilidade dos pés e o controle de movimentos.

Quais as vantagens de usar um tênis de corrida feminino?

Para que você tenha um bom desempenho, não basta calçar qualquer tênis e sair correndo. Fazendo isso você pode, inclusive, colocar sua saúde em risco. O uso do tênis inapropriado pode causar lesões.

Por conta disso, um bom tênis de corrida feminino, específico para essa modalidade, tem essa grande vantagem: ser planejado para proteger a corredora de lesões.

Além disso, o tênis ajuda a potencializar o desempenho e conseguir melhores resultados. A tecnologia usada nele proporciona esses benefícios.

E como é projetado para aguentar o impacto da corrida, ele acaba tendo uma vida útil mais longa.

E você pode encontrar modelos dos mais variados preços, sendo acessíveis para todos. De qualquer forma, os melhores modelos de marcas conceituadas ainda custam caro, o que é uma desvantagem.

Vantagens
  • Protege contra lesões
  • Ajuda a potencializar seu desempenho e resultados
  • Tem a vida útil longa
  • Modelos com diferentes faixas de preços
Desvantagens
  • Os tênis de corrida são mais caros
  • Modelos inadequados podem prejudicar a saúde

Também é importante que o tênis de corrida seja bastante confortável, não fique “pegando” nas laterais, seja macio, tenha um bom amortecimento e sobre um pouco na frente, entre 1 e 1,4 cm já está excelente.

Imagem de uma mulher correndo.

O tênis de corrida feminino ajuda a evitar lesões. (Fonte: maridav / 123RF)

Tênis de corrida feminino tradicional ou minimalista?

Os tênis minimalistas têm o diferencial de oferecer ao corredor liberdade de movimentos e sensação de estar correndo descalço. Geralmente esses modelos são leves, têm a forma mais larga, pouco ou nenhum amortecimento e flexibilidade.

Outra característica é que no tênis de corrida feminino minimalista, o peito do pé toca o solo primeiro, suavizando o contato com o chão e permitindo que todo o corpo assimile o impacto, não causando sobrecarga em nenhum ponto.

No tênis tradicional, o calcanhar toca primeiro o solo, assim o amortecedor do tênis absorve a maior parte do impacto e diminui o risco de lesões.

Como o tênis de corrida interfere em cada parte do corpo?

  • Tronco: Com o tênis tradicional, o tronco fica levemente inclinado para a frente para dar impulso na corrida, já com o modelo minimalista a coluna fica reta.
  • Joelhos: Na aterrissagem com o calcanhar (tênis tradicional) a perna fica bem esticada. Com o antepé (tênis minimalista) o joelho fica levemente flexionado e isso minimiza o risco de lesões nos joelhos.
  • Panturrilhas: o tênis minimalista sobrecarrega os músculos dessa região do corpo durante a pisada, mas isso melhora a propriocepção, sistema de sensores neuromotores que reconhecem as mudanças de movimento e se adaptam a ela.
  • Pés: são machucados pelos tênis minimalistas, causam fraturas nos metatarsos (ossos que antecedem os dedos) e no calcâneo (osso do calcanhar).

Há divergências entre os especialistas, se o tênis minimalista pode evitar lesões. A recomendação é que a escolha por esse tipo de calçado seja criteriosa e a transição entre o tênis tradicional para o tênis minimalista ocorra de forma lenta e gradual.

Tênis tradicional Tênis minimalista
Drop De 4 a 12 mm 0 ou 4 mm (modelo de transição)
Diferenciais Amortecimento de impactos, suporte estruturado e resposta aos movimentos Liberdade de movimento, leveza e flexibilidade
Absorção de impacto Pelos calcanhares Mediopé e distribuição pelo corpo
Posição do corpo Inclinado para frente Alinhado
Peso 350 gramas 150 gramas
Passos por minuto 160 passos 182 passos

Quanto custa?

Os preços dos tênis de corrida feminino variam bastante. Há modelos bem baratos, mas de boa qualidade entre R$ 115 e R$ 150. Já os tênis versáteis e tecnológicos custam acima dos R$ 200 a R$ 380. Ainda existem modelos mais caros, de R$ 600 a R$ 1.400.

Onde comprar?

Você pode encontrar tênis de corrida de excelente qualidade, diversas opções de marcas e faixas de preços em lojas de tênis como Authentic Feet, Centauro e Decathlon.

Se preferir, dá para comprar pela internet, em sites como Dafiti, Netshoes ou nos e-commerces dos próprios fabricantes. Também recomendamos a Amazon, que oferece modelos de diferentes marcas a preços baixos e facilidade de pagamento.

Para garantir a melhor oferta online com a segurança de comprar o modelo certo você pode experimentar o tênis em uma loja física antes, mas de qualquer forma, para os tênis de corrida é indicado comprar um número maior do que o tradicional.

foco

Você sabia que a força do impacto gerado no corpo durante a corrida é de até três vezes o peso do corredor? A vida útil de um tênis de corrida é de até 500 km, cerca de seis meses de uso intenso. Corredores mais pesados gastam mais solado do que os corredores leves.

Depois da corrida, o amortecimento do tênis fica comprimido e deformado e leva cerca de 24 horas para voltar ao normal, por isso vale a pena ter dois pares de tênis e revezar o uso.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de tênis de corrida feminino

Comprar um tênis de corrida pode ser uma tarefa mais simples se você souber quais características devem ser observadas no momento da compra. Essas características mudam de um modelo para o outro.

  • Drop
  • Entressola
  • Cabedal
  • Design

Vamos explicar cada um dos itens abaixo, desta forma você não ficará com nenhuma dúvida e acertará na escolha do seu novo tênis de corrida.

Drop

O drop está relacionado à diferença de altura entre o calcanhar e a parte da frente do tênis. Nos tênis de corrida, o drop varia entre 4, 6, 8,10 e 12 mm de espessura.

Imagem de uma mulher amarrando o tênis.

Se você estiver começando a correr, vale a pena comprar um tênis com drop mais alto. (Fonte: JEESHOOTS.com / Pexels)

Para os corredores iniciantes, vale a pena comprar um tênis de drop alto, pois ele induz a aterrissagem com o calcanhar. Um iniciante nunca deve começar a correr com um tênis de drop baixo, pois ele pode levar a lesões.

Conforme for adquirindo prática, a pessoa pode fazer a transição para os drops menores, mas esse processo deve ser feito com cuidado e leva certo tempo.

Entressola

O tênis de corrida é projetado para amortecer o impacto que o corredor recebe durante a atividade. A força do impacto gerado pelas passadas pode chegar a três vezes o peso do corredor e o corpo não está preparado para receber essa sobrecarga.

Por isso, o sistema de amortecimento do tênis de corrida deve ser eficiente, para evitar lesões nas articulações, ossos, músculos e coluna. O amortecimento pode ser feito por espuma ou molas.

A entressola é formada por palmilha, que deve ser anatômica, flexível e macia, e o solado, que deve ser feito de borracha e ter tração em diferentes tipos de solo.

Cabedal

O cabedal é a parte superior do tênis, feito de tecido. Tem a função de proteger os pés e garantir conforto durante a prática da corrida. Essa parte do tênis precisa ser leve, respirável, resistente e durável.

As melhores características para se procurar em um cabedal é que o tecido seja respirável e sem costuras (para evitar atritos) como o mesh. Mas tome cuidado, pois quando feito de tecidos muito finos, pode estourar com pouco tempo de uso.

Design

Não tem como negar, quase todo mundo já comprou um tênis pelo visual. Mas com tênis de corrida esse é o critério de compra com menor importância, por isso o colocamos por último.

Imagem de um tênis de corrida multicolorido.

O tênis de corrida geralmente tem um design chamativo, mas há modelos mais discretos e até monocromáticos. (Fonte: Joshua Coleman / Unsplash)

Existem modelos de diferentes estilos e cores, e a escolha depende exclusivamente de gosto pessoal. Mas os tênis discretos e com design minimalista são ótimos para quem precisa sair para trabalhar ou estudar logo depois do treino.

Considere o design, mas sempre priorize os outros critérios e dicas mencionadas nesse artigo.

(Fonte da imagem destacada: Hans / Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Apaixonada por ler e escrever, empenha-se em produzir conteúdo relevante sobre áreas pelas quais tem muito interesse, como tecnologia, qualidade de vida, beleza e lazer.