Imagem mostra dois pares de chuteiras de futsal, lado a lado, sob uma superfície similar a um carpete, centralizados no quadro.
Ultima atualização: 9 de fevereiro de 2020

Como escolhemos

11Produtos analisados

17Horas investidas

5Estudos avaliados

65Comentários coletados

Olá, seja bem vindo ao ReviewBox Brasil! Hoje falaremos absolutamente tudo sobre tênis de futsal, o “instrumento” essencial para o futebol de salão e um dos itens mais vendidos no mercado de acessórios esportivos.

O futsal é a forma de futebol mais acessível ao praticante comum, seja pelas dimensões e estrutura da quadra ou pelo menor número de jogadores necessários. Ainda assim, especificidades como a bola e o piso das quadras “pedem” uma chuteira própria e especializada, como é o caso do tênis de futsal.

Há uma chuteira para cada tipo de quadra e para ou diferentes “tratos” com a bola, como estilo de jogo e nível de prática. Neste Guia, vamos mostrar cada uma delas, suas vantagens e desvantagens, e, claro, como escolher o modelo que melhor se encaixa a você.




Primeiro, o mais importante

  • O peso, o amortecimento e a flexibilidade são as primeiras características a se notar na hora da escolha do seu novo tênis de futsal.
  • Uma boa aderência é essencial para um modelo de qualidade, interferindo na performance do usuário e na segurança do produto.
  • Seu preço varia de R$ 50 a R$ 400, de acordo principalmente com seu material e suas diferentes tecnologias, de aderência, amortecimento, flexibilidade, etc.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 4 melhores modelos de tênis de futsal

Listamos abaixo os melhores modelos de tênis de futsal no mercado. Levamos em conta a qualidade do material, do cabedal ao calçado; as tecnologias empregadas; seu peso, flexibilidade e amortecimento, além de seu custo benefício.

1º - Tênis de Futsal Indoor ID PRO III - Umbro

No products found.

O modelo da Umbro é cheio de recursos, sendo estável, seguro e preciso. Seu cabedal é feito em malhas com tramas abertas, possibilitando um “respiro” ao calçado. A região de maior impacto dessa parte superior é composta por couro, garantindo resistência e maior controle de bola.

Seu solado é emborrachado e com aderência a partir de um desenho exclusivo. Há ainda a entressola em EVA, que aumenta o amortecimento e a segurança.

2º - Tênis de Futsal Predator 18.4 - Adidas

A linha Predator da Adidas é conhecida por seu fomento à maior precisão e controle. O alto-relevo do cabedal é uma prova disso, aumentando a aderência entre bola e calçado.

O solado emborrachado com a tecnologia Total Control segue a mesma linha, ajudando o contato com a bola e com pisos lisos. A entressola do modelo não é das maiores, mas o caimento do calcanhar garante maior estabilidade.

3º - Tênis de Futsal Ace 16.3 Primemesh - Adidas

O Ace 16.3 da Adidas chama a atenção pelo seu desenho diferenciado, com o cano mais estreito, como uma gola de camiseta, que dá maior estabilidade na passada, e pelo seu cabedal, que abraça o pé e ajuda o domínio de bola com a tecnologia Control Feel.

O mesmo cabedal conta também com o Primemesh, um material ultra-respirável, além de cadarço elástico. O solado também é tecnológico, facilitando o controle com o Total Control.

4º - Tênis de Futsal Amazonas - Penalty

Os modelos da Penalty são conhecidos pelo seu bom custo benefício. O Amazonas não é diferente. Por um valor em conta, a chuteira conta com uma boa aderência, flexibilidade e durabilidade.

Leve, é composta em material sintético, cadarço ajustável, parte interna acolchoada e palmilha em EVA. O solado é de borracha e leva ranhuras antiderrapantes, que dão estabilidade e completam um modelo com um visual atraente.

Guia de Compra

Os tênis de futsal são como sungas para a natação ou luvas para o boxe. Seu desenvolvimento é pensando na segurança das condições específicas do local do jogo e para potencializar a performance das as ações próprias do futebol de salão.

Há, por exemplo, modelos que melhor se encaixam para jogadores passadores e outros para dribladores; que dão mais aderência numa quadra de taco ou num piso de cimento. Neste Guia de Compra, vamos te mostrar todos eles, para que você possa eleger qual o ideal para e você e seu jogo.

Imagem de homens jogando futebol em quadra.

A especificidade da chuteira de futsal reflete na performance e na segurança. (Fonte: apnew0 / Pixabay)

Qual a origem do tênis de futsal?

A história do tênis de futsal está obviamente ligada à história do esporte em si. O futebol de salão tem a origem datada da década de 1930, no Uruguai. O Brasil começou a praticá-lo ainda em 1935, e criou suas primeiras federações em meados da década de 1950.

Em 1971, é criada a Federação Internacional de Futebol de Salão (Fifusa), que deu origem à Associação Mundial de Futsal (AMF), posteriormente agregada à FIFA, a entidade máxima do futebol.

Na mesma década de 1970, acontece o boom de tênis esportivos, partindo dos EUA e da Inglaterra para o mundo, com o crescimento da Adidas e o surgimento de Nike e Reebok.

Todo esporte passou a ganhar um modelo especializado por grandes marcas, ou pelo menos a ter ou acessórios comercializados para o público geral. O tênis de futsal não fugiu à regra.

Pés de crianças jogando futsal em uma quadra.

Adidas, Nike e Rebook foram responsáveis pelo boom dos tênis esportivos. (Fonte: matimix / 123RF)

Qual a estrutura de uma chuteira de futsal?

Hoje mais conhecido como chuteira, o produto não é chamado de “tênis” por acaso. Além de ter a estrutura básica, com cabedal (parte superior), palmilha, entressola e solado, os modelos mais clássicos têm um formato muito similar a calçados do estilo All-Star, com bicos semicirculares, cabedal baixo e cano médio para baixo.

A diferença está na resistência dos materiais, costuras e reforços - para ou chutes e divididas -, e no tipo de aderência que oferece o solado - para as movimentações rápidas em pisos lisos. Seu amortecimento também é mais reforçado.

Os modelos mais recentes e modernos já têm como referência as chuteiras de campo, com bicos pontudos e o cabedal acompanhando o “caimento” do peito do pé, para aumentar o controle e precisão nas ações com a bola.

Quais as vantagens e desvantagens do tênis de futsal?

As vantagens do uso da chuteira de futsal são as especializações visando as característica do esporte, como suas condições e seus movimentos. As desvantagens, por outro lado, vêm do custo dessas adaptações do calçado.

O primeiro benefício do modelo especializado é a segurança que ele oferece contra os escorregões, comuns em pisos lisos como das quadras. Solados de borracha e relevos calculados para a maior aderência possível ao solo impedem a maior parte das escorregadas e todos os problemas que vêm junto dela.

Depois, há a leveza das chuteiras, aspecto essencial para a boa performance num esporte rápido e dinâmico como o futsal. Os espaços são mais curtos, assim como o tempo para pensar; a velocidade da bola é maior, e a resposta do jogador precisa acompanhar essa rapidez.

Por fim, há a toda precisão que o design ergonômico, tecnológico e calculado pode oferecer para o controle, passe e arremate na bola. Novamente, o menor espaço pede maior acerto nas ações.

Nas pontos negativos, fica o preço dessas adaptações. Uma chuteira muito leve, por exemplo, perde em amortecimento e estabilidade, e portanto em segurança para o joelho e tornozelos.

Um modelo seguro e estável, pelo contrário, é limitado em flexibilidade e leveza, e por consequência na velocidade que pode imprimir.

Seguindo a mesma lógica, a busca por precisão compromete a durabilidade do modelo, dado menor número de pontos de costura e aos materiais mais leves que não atrapalham o controle da bola.

Vantagens
  • Segurança antiderrapante
  • Leveza
  • Precisão nas ações com a bola
Desvantagens
  • Leve mas insegura
  • Segura porém mais lenta
  • Menor vida útil

Amortecimento ou leveza?

Com o enorme apelo popular e mercadológico do futebol e sua variação de salão, com diversas marcas e tipos e estilos de jogo, os modelos de chuteiras são hoje uma verdadeira miscelânea de designs, tecnologias e materiais.

No entanto, é possível distinguir dois grandes grupos de tênis de futsal: os que priorizam o amortecimento e precisão e os que visam uma maior leveza e flexibilidade.

O primeiro “tipo” apresenta entressolas maiores em comprimento e altura, preenchidas com gel e EVA, além de solados e costuras reforçados. São modelos que dão maior estabilidade na passada e principalmente nas ações com a bola, como passes e chutes.

Imagem de tênis e bola de futsal.

Com tantas opções de marcas de tênis, é importante escolher um produto de qualidade. (Fonte: Kai_NITEandDAY / Pixabay)

O outro grupo preza pela leveza de seus materiais e pelo maior número possível de pontos flexíveis, no cabedal, na sola, até no bico. O intuito é dar maior velocidade nas mudanças de direção e diminuir o tempo de resposta nas passadas e no controle da bola.

Amortecimento Leveza
Foco Estabilidade Velocidade
Ponto forte Cano e entressola Cabedal e solado

Chuteira de futsal, campo ou soçaite?

Com a consolidação de certos desenhos e tecnologias no universo dos calçados de futebol, não é absurdo acontecer alguma confusão entre os modelos próprios para o esporte no campo, salão ou quadra de soçaite.

O formato em “bota”, por exemplo, com o cano um pouco mais alto, além de formato do cabedal, acompanhando o caimento do peito do pé, são características encontradas nos três tipo de chuteira.

Ainda assim, há diferenças básicas, fáceis de identificar e convincentes na hora de fazer alguém desistir da ideia de ter um só modelo para os três esportes. Elas giram em torno, é claro, das diferenças entre os jogos: o campo e a bola.

Imagem mostra um close de dois pares de chuteiras, lado a lado. O par da esquerda é de salão, enquanto o da direita, campo.

As diferenças entre as chuteiras de futsal, campo e soçaite atendem principalmente as diferenças entre os campos de jogo e as bolas. (Fonte: Fachry Zella Devandra / Unsplash)

A chuteira de campo, portanto, é preparada para as intempéries do gramado natural e para uma bola maior, mais leve e macia. Seu solado acompanha travas grandes para a altura da grama e um formato que privilegia as ações com o peito do pé e com sua parte interna.

O tênis de futsal, por sua vez, se prepara para a lisura das quadras e para a dureza, maior peso e menor tamanho da bola. Seu solado é plano, mas com ranhuras para a aderência, e seu desenho fomenta o uso da sola e da ponta do pé, para o domínio e arremate, respectivamente.

O soçaite é por excelência um meio termo entre o campo e o salão, tanto que é jogado ao ar livre, mas seu campo é chamado de quadra.

Os modelos possuem travas menores que os de campo, por causa dos gramados artificiais, e seus desenhos são pensados para uma bola leve e pequena, que pede amortecimento e aderência ao contato com o calçado.

Quanto custa?

O preço do tênis de futsal flutua bastante. Os modelos mais baratos são encontrados por R$ 50, enquanto os mais caros giram em torno dos R$ 400.

Além da “grife” das marcas grandes, a variação acontece por conta do material dos calçados e das tecnologias agregadas, no bico, no solado, na entressola, até no cabedal.

Onde comprar?

Você encontra uma grande variedade de modelos de tênis de futsal nas lojas físicas das grandes redes de acessórios esportivos, como a Centauro e a Decathlon, que contam ainda com vendedores especializados prontos para te ajudar.

No entanto, se você quer ainda mais modelos e com maior opção de preços, lojas online como a Amazon e o Mercado Livre, além das especializadas como a Netshoes, atendem à sua demanda. De quebra, te possibilitam a compra do conforto da sua casa.

Critérios de compra: Fatores para escolher a chuteira de futsal ideal

A seguir, apresentamos uma seleção de características dos tênis de futsal e aspectos de seu uso. Eles podem ser muito úteis na hora compra, servindo de critérios para a escolha do modelo ideal.

  • Peso, flexibilidade e amortecimento
  • Aderência
  • Nível de prática e estilo de jogo
  • Conforto

Vamos, então, falar sobre cada um destes itens, para que a sua escolha seja baseado em muita informação e, portanto, a ideal para você.

Peso, flexibilidade e amortecimento

O peso, a flexibilidade e o amortecimento são os três critérios básicos para se escolher a sua chuteira. Avaliando os três, você acaba por avaliar o seu potencial de performance e segurança.

Basicamente, você deve buscar o modelo o mais leve, o mais flexível e com o maior amortecimento possível. Sim, você precisará ponderar o quanto quer de cada um, mas o índice básico é esse.

Não existe um peso certo, mas o ideal é que seja menor do que 250g (por pé); quanto mais pontos flexíveis na chuteira também é melhor, em especial no solado e no cabedal.

Quanto maior for a distância entre a palmilha e o solado, maior é seu amortecimento, cuja avaliação também deve levar em conta os materiais (gel, EVA) e as tecnologias utilizadas.

Imagem de pessoa jogando futsal em quadra.

O peso, a flexibilidade e o amortecimento são critérios indispensáveis para escolher sua chuteira. Eles podem potencializar a performance de seus usuários. (Fonte: matimix / 123RF)

Aderência

A aderência é um critério importantíssimo, pois acaba por ditar sua segurança e sua performance durante o jogo, além de avaliar o sucesso do desenho do tênis de futsal.

Busque, então, um modelo com solados de borracha e com ranhuras profundas e/ou tecnológicas, que aumentam sua estabilidade em quadra e que sofrem menos desgaste durante o bate-bola.

Nível de prática e estilo de jogo

O seu nível de prática também ajuda a determinar qual o tênis de futsal é o mais adequado. Prática, nesse caso, se refere tanto à regularidade com a qual você joga, como o seu nível técnico.

Para iniciantes, o ideal é resistência no material - costuras reforçadas, couros legítimos, sintéticos tecnológicos - e aderência reforçada no solado, com borracha e relevos profundos.

Intermediários precisam de maior amortecimento, para sustentar a regularidade dos jogos e proteger o tornozelo e os ligamentos, além de transpiração no cabedal, para aumentar a vida útil do modelo.

Os avançados devem levar em conta seu estilo de jogo. Se for de maior controle de bola, passes e cadência, os modelos que privilegiam o amortecimento são os mais indicados.

Agora, se você é um velocista, um driblador, as chuteiras com maior leveza e flexibilidade se encaixam melhor com suas ações em quadra.

Conforto

Mesmo com os aspectos acima, o critério mais importante para escolher seu tênis de futsal - e qualquer calçado, na verdade, segundo os ortopedistas - é o conforto do seu pé dentro dele. Um pé estável e bem acomodado é mais aderente, eficiente e preciso, além de mais saudável.

Por isso, experimente o máximo de modelos, sempre que puder. E escolha materiais de qualidade, com acolchoamento no cano, no cabedal e na palmilha. Conforto é tudo.

(Fonte da imagem destacada: Fachry Zella Devandra / Unsplash)

Por que você pode confiar em mim?

Lucas Ayres Jornalista
Fanático por esportes e apaixonado por música, vive antenado às novas tecnologias e tendências da moda masculina. Escreve sobre os produtos que orbitam nesses assuntos, e outros que deixam a casa e o dia a dia mais fácil, prático e, além de tudo, saudável.