Muito bem-vindo ao ReviewBox Brasil. O assunto de hoje é: torneira elétrica, um modelo de bica que sai água em três ou mais temperaturas diferentes: fria, morna e quente.

Esse modelo de torneira usa uma resistência elétrica parecida com a do chuveiro, quando ligada ela esquenta bastante e a água que atravessa os condutos sai quentinha da torneira, tornando mais fácil tirar a gordura de louças sujas, ferver água mais rápido e desinfetar utensílios.

Se você está pensando em comprar uma torneira elétrica, mas não sabe quais são os melhores modelos do mercado, quanto custam e onde comprar, você veio ao lugar certo. Neste artigo vamos contar tudo o que você precisa saber antes de comprar uma torneira elétrica para a sua cozinha.

Primeiro, o mais importante

  • A torneira elétrica promove aquecimento da água por meio de uma ligação elétrica muito parecida com a resistência de um chuveiro elétrico. O acionamento da torneira é manual, basta selecionar a temperatura girar o manípulo.
  • Esse modelo de torneira pode ser usado na pia da cozinha, do banheiro ou da lavanderia. Na cozinha pode ser usada para remover gordura de louças, auxiliar a fervura de água e para lavar louças em dias frios. Na lavanderia use para remover manchas de roupas e no banheiro use para lavar o rosto ou as mãos.
  • A torneira elétrica pode aumentar significativamente o valor da sua conta de luz, por isso é preciso seguir as especificações que melhor atendem esses modelos e evitar gastos desnecessários.

Você também pode gostar:

Os melhores modelos de torneira elétrica: Nossas escolhas

Lavar a louça com água quentinha no inverno é muito bom. Sem contar que ter uma torneira elétrica ajuda na limpeza de peças gordurosas. Abaixo, você pode conferir as melhores torneiras dessa categoria à venda no mercado.

Uma opção prática e econômica

A Torneira Elétrica Versátil da Lorenzetti tem o design moderno e o acabamento cromado, conta com bica alta e móvel e arejador articulável que proporciona um jato suave e uniforme e possibilita maior área de atuação.

Tem três opções de temperatura: fria, morna e quente. O registro vem com pastilha cerâmica e ¼ de volta, o que torna o produto mais fácil e prático de manusear além de ser econômico. A voltagem dessa torneira é 220v e ela tem 5500 watts de potência.

Torneira elétrica muito moderna

A torneira elétrica/eletrônica Lumen da Hydra é o modelo mais moderno nesse ranking, pois ela possui sistema gradual de controle de temperatura (não é preciso desligar para trocar a temperatura), proporcionando conforto e segurança.

Conta também com iluminação em LED que indica a temperatura da água, verde para água fria, amarelo e laranja para temperaturas mais altas e vermelho para água quente, trazendo mais beleza e segurança.

Essa torneira também possui bica móvel que gira para os dois lados e arejador articulável, que garantem maior poder de enxágue e economia de até 50% em uso de água. Essa torneira tem 5500w de potência.

Review em Vídeo
Confira:

Uma opção fácil de instalar

A torneira elétrica Tradição da Sintex tem o design compacto, que facilita a instalação na pia do banheiro, cozinha ou lavanderia, possui bica giratória móvel que direciona o jato em 360° garantindo maior área de alcance.

É fácil de instalar essa peça, pois ela vem com manual de instruções passo a passo. É compatível com disjuntor residencial diferencial (DR). Esse modelo tem 4400 watts de potência e é mais econômico. Garantia de um ano.

Uma opção com formato moderno

A torneira multitemperatura Slim da Hydra tem design diferenciado, a bica é reta, em formato moderno, acabamento preto fosco com detalhes em cromado, que garante mais charme e elegância para a sua cozinha. Possui sistema de controle com 4 opções de temperatura.

É compacta, pode ser instalada tanto na parede quanto na bancada, possui bica móvel e tem arejador articulável, garantindo um jato de água uniforme. Além disso, esse modelo tem alta durabilidade e resistência, pois é feito de liga de cobre e plástico e tem registro cerâmico, que reduz a incidência de desperdício de água.

A torneira que alcança a pia toda

A torneira elétrica de parede Fame conta com design monocromático, tem bica alta móvel que possibilita o alcance da água por toda a pia e conta com três opções de temperatura: fria, morna e quente.

O registro tem sistema “abre fácil”, com ¼ de volta e manípulo multi posicionável, ou seja, você escolhe a melhor posição para abrir ou fechar o registro. Possui ainda vedação progressiva que proporciona menor desgaste com o tempo de uso.

Guia de Compra

Embora o consumo de energia seja elevado com o uso de uma torneira elétrica, os benefícios podem compensar esse gasto extra. Ao longo desse Guia, vamos ressaltar as vantagens de ter uma torneira dessa em casa e detalhar todos os critérios que você deve considerar antes de escolher a sua.

Você vai ver como todo mundo vai querer lavar a louça depois de instalar a sua torneira elétrica.

Imagem de mãe e filha na pia pegando água em torneira elétrica.

É muito vantajoso ter uma torneira elétrica.(Fonte: gemenacom / 123RF)

O que é uma torneira elétrica?

A torneira elétrica é uma solução simples e barata de esquentar a água da torneira sem precisar instalar um aquecedor central na casa. Você pode encontrar modelos para usar na pia da cozinha, do banheiro e até da lavanderia.

Esse tipo de torneira tem várias funções: trazem mais conforto para você lavar louça ou os dentes no inverno, ajuda a remover a gordura das louças e desinfetar os talheres, entre outros usos.

Imagem de torneira em pia de metal.

A torneira elétrica é uma solução simples para poder lavar louça no inverno. (Fonte: Piyawat Nandeenopparit / 123RF)

O funcionamento elétrico é similar ao do chuveiro, ou seja, uma resistência interna, que esquenta e aquece a água que passa por esse sistema. A semelhança com o chuveiro não para por aí, esse modelo de torneira tem uma potência em watts e o gasto muito similar ao de um chuveiro.

Esse modelo de torneira está disponível em diversos tamanhos, potências e configurações, por isso é preciso estar atento às especificações de cada modelo, para você escolher um que seja ideal às suas necessidades.

foco

Você sabia que a torneira elétrica tem um funcionamento bem interessante?

Ao abrir o registro, a água entra na caixa da torneira elétrica gerando uma pressão que aciona o diafragma; ao ser pressionado, o diafragma é movido de lugar até alcançar um contato elétrico dentro da torneira.

Nesse momento, a corrente elétrica é acionada e percorre toda a resistência, tornando-a quente e aquecendo a água que está na caixa da torneira por meio de transferência de calor.

Depois do uso, o registro é fechado e a água dentro da torneira perde a pressão, fazendo o diafragma voltar ao ponto inicial e desativando a resistência elétrica da torneira

Quais as vantagens e desvantagens de ter uma torneira elétrica em casa?

Já comentamos algumas vantagens dela. Mas vamos explorar um pouco mais esse aspecto nessa seção, assim como citar algumas desvantagens.

Você pode encontrar as torneiras elétricas em até 4 opções de temperaturas controláveis através de chavinhas seletoras, bem parecidas com a do chuveiro. É preciso desligar para trocar a temperatura, mas alguns modelos nem precisam disso, é só ir girando um botão seletor.

É fundamental que exista um circuito independente apenas para a torneira elétrica, para tanto é preciso verificar a potência do modelo escolhido, que varia de 4000 a 6000 watts.

Além de verificar a potência da torneira é preciso passar o fio terra ao fazer a instalação da peça, além de dispor de um disjuntor exclusivo para a torneira na caixa de luz.

Embora esse modelo gaste bastante energia elétrica, no consumo de água ela é mais econômica, pois praticamente todos os modelos possuem jato de água arejador articulado, mais contínuo e suave.

Imagem de torneira de metal de cozinha.

Por mais que gaste mais energia elétrica, geralmente as torneiras elétricas possuem jato de água arejador articulado, o que acaba economizando água. (Fonte: rodho / 123RF)

A maioria dos modelos é de acionamento manual, mas há opções de acionamento e desligamento automático, principalmente para os modelos de pia de banheiro, onde o jato desliga depois de determinado tempo de uso. Há modelos ainda mais modernos com detecção de movimento.

A água quente ajuda a remover sujeira da louça.

Outra coisa que você vai economizar ao optar por uma torneira elétrica é detergente (e tempo), pois a água quente ajuda a remover a sujeira e gordura mais rapidamente e com mais eficiência.

A água morna também é um recurso muito interessante, pois você não vai poder lavar frutas, verduras ou legumes na água quente, mas na morna sim, e isso ajuda a remover a sujeira dos alimentos.

Se você está pensando em comprar uma torneira elétrica para a sua cozinha, saiba que você vai ter muitas vantagens no seu dia a dia, mas não podemos deixar de mencionar algumas desvantagens desse produto, os quais estão listados nessa tabela abaixo:

Vantagens
  • Água em 3 ou 4 opções de temperatura
  • A torneira elétrica pode ser usada na pia do banheiro, cozinha ou lavanderia
  • O jato arejador articulado ajuda a economizar água
  • Também ajuda a economizar detergente
  • Você pode remover a gordura das louças com mais facilidade
Desvantagens
  • Consumo de energia elétrica alto
  • Esse modelo é mais caro do que as torneiras convencionais
  • É preciso tomar cuidado, principalmente com as crianças, pois a temperatura da água pode chegar à 70 graus

O que diferencia uma torneira elétrica da outra?

Há vários modelos de torneira disponíveis à venda, vamos falar um pouquinho sobre cada um deles: torneira convencional, gourmet, monocomando e eletrônica. No final, preparamos uma tabela comparativa com as principais características dos modelos elétrico e eletrônico.

Torneira convencional

A torneira convencional, como o próprio nome já diz, é o tipo mais comum de torneira, elas contam com um registro que controla a saída da água em temperatura ambiente, ou seja, com essa torneira não é possível regular a temperatura da água.

Em dias muito quentes a água sai morninha, pois o sol aqueceu o encanamento/ tubulação, em dias frios a água também tende a sair mais gelada, pois ela se adapta ao clima que está fazendo.

Imagem de uma torneira ligada.

A torneira convencional só libera água em temperatura ambiente. (Fonte: Skitterphoto / Pixabay)

Geralmente, o design desse tipo de torneira é bem comum, bica alta, móvel ou não e de material metálico, entretanto é cada vez mais comum ver modelos com formatos e designs diferentes, algumas garantem mais conforto e outras evitam o desperdício de recurso hídrico.

Torneira gourmet

A torneira gourmet é o modelo mais moderno, também é o maior, pois geralmente tem entre 50 e 70 centímetros de altura, mas alguns modelos são menores, tendo cerca de 30 centímetros.

O jato de água da torneira pode ser concentrado ou em spray e alguns modelos possuem função antirrespingo, que promove economia de água. Alguns modelos contam com duas opções de temperatura além da água fria: quente ou morna.

Ela é muito eficiente principalmente no quesito mobilidade, já que esses modelos têm uma ducha extensiva flexível móvel, que facilita a limpeza da própria torneira, pia, alimentos e utensílios sobre a bancada.

Algumas opções de torneira gourmet têm filtro acoplado, e uma saída independente para água filtrada, o que adiciona mais uma funcionalidade a esse produto versátil.

Misturador mono e bicomando

O misturador pode ser dividido em misturador monocomando e bicomando. O modelo convencional (bicomando) possui registros distintos, um para água fria e outro para água quente.

Os modelos monocomandos são mais práticos, pois possibilitam o controle de saída da água, o disparo de água quente ou fria, ou a mistura dos dois, tudo isso em um único acionador, que se move na vertical.

O bacana é que com o modelo monocomando você consegue controlar a temperatura e a vazão da água, ajudando a economizar água e luz e diminuindo o impacto ambiental.

Tanto modelo monocomando quanto o bicomando necessitam de encanamento para água quente e maior pressão de água para funcionar perfeitamente, alguns recomendam no mínimo dois, três ou até cinco metros de pressão, na dúvida consulte a indicação do fabricante.

Entre as duas opções, o misturador duplo comando gasta mais água, já que é preciso acionar duas alavancas para chegar a temperatura que o outro modelo chegaria com apenas uma torneira.

Torneira eletrônica

A torneira eletrônica é uma variação da torneira elétrica, com a diferença de que nesse modelo, é possível controlar a temperatura da água gradualmente, ou seja, é você que vai regular a temperatura que quer, enquanto que no modelo elétrico, as temperaturas são pré-definidas.

Por causa desse controle de temperatura mais específico, esse sistema se torna mais econômico, pois, em muitos casos, nas torneiras elétricas uma opção de temperatura fica muito quente e a outra muito fria e, geralmente, a pessoa opta por utilizar a temperatura mais elevada, consumindo mais energia elétrica.

O sistema de acionamento da torneira eletrônica também é diferente, há modelos em que você gira um botão que vai aumentando ou diminuindo a temperatura gradualmente e há versões em que o acionamento é por temporizador e os modelos mais tecnológicos têm detecção de movimento.

Confira abaixo uma tabela comparativa com as principais diferenças entre as torneiras elétricas e as eletrônicas, lembrando que o modelo eletrônico é uma variação da torneira elétrica, pois o princípio de funcionamento é o mesmo.

Torneira elétrica Torneira eletrônica
Controle de temperatura De duas a quatro opções de temperatura pré-definidas Ajuste de temperatura gradual
Acionamento Manual Automático, por monocomando ou através de pressão
Funcionamento Funciona a partir de resistência elétrica Funciona a partir de resistência elétrica
Troca de temperatura Para trocar de temperatura é preciso desligar a torneira A temperatura pode ser trocada enquanto a água corre

Como funciona a instalação da torneira elétrica?

A primeira coisa que você precisa saber é que a instalação da torneira elétrica deve ser feita por um profissional habilitado, pois é um processo com certo grau de dificuldade e alguns perigos com os quais um profissional sabe lidar.

Antes de instalar ou realizar alguma manutenção na torneira elétrica, é preciso desligar o disjuntor, para evitar acidentes e a queima dos aparelhos elétricos como geladeira e micro-ondas.

É necessário também verificar se os fios do disjuntor são similares aos fios da torneira elétrica, pois eles precisam atender às mesmas especificações técnicas para garantirem o desempenho e a segurança do aparelho.

Confira as dicas de instalação:

  • A primeira coisa que deve ser feita é o aterramento do fio terra, que não deve ser neutro e sim nas cores verde ou amarelo, pois isso diminui o risco de acidentes envolvendo o choque elétrico.
  • Também é necessário ter uma tomada próxima do local da instalação, mas não é correto ligar uma torneira elétrica em uma tomada e sim diretamente nos condutores do circuito, dentro das caixas de passagem.
  • Durante a instalação é preciso manter a torneira elétrica na posição de água fria, isso é essencial para evitar a queima da resistência.
  • Os cabos devem ter espessura mínima para escoar a corrente elétrica sem perda de energia ou superaquecimento, o que não ocorre em torneiras comuns. A espessura dos cabos vai depender da potência da torneira.
  • Modelos de 4500 watts devem ser instalados por cabos com secção de 4.00 milímetros quadrados, para modelos acima de 4500 watts até 6400w escolha cabos com espessura de 6,00 mm2.
  • Cabos condutores com secção inapropriada geram riscos de acidentes e comprometem o funcionamento correto das torneiras, deixando o consumidor com a sensação de que a torneira não esquenta como deveria, quando na verdade ela não foi instalada de maneira correta.

Quanto custa uma torneira elétrica?

Alguns fatores influenciam no preço de uma torneira elétrica, como design das peças, material de fabricação, opções de controle de temperatura (variam de duas a quatro) entre outras características.

A torneira elétrica mais barata vai custar algo em torno dos R$ 80, agora se você quer um modelo mais tecnológico, com controle de temperatura gradual e água que muda de cor de acordo com a temperatura você vai pagar cerca de R$ 250.

Onde comprar uma torneira elétrica?

Se você está interessado em comprar uma torneira elétrica, saiba que é possível encontrar esse equipamento em vários tipos de lojas, a começar por lojas próprias de equipamentos hidráulicos.

Há também lojas de móveis e eletrodomésticos como Magazine Luiza, lojas de Casa e Construção como C&C e Leroy Merlin, entre outras.

Mas depois de ler este artigo você já é um expert em torneira elétrica e pode comprar um modelo através da internet. Sugerimos que você dê uma olhada no e-commerce da Amazon, lá tem diversas opções de modelos e marcas, e o melhor é que você pode comprar no conforto da sua casa. Você também pode conferir nas versões digitais das lojas mencionadas.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de torneira elétrica

Nesta seção vamos apontar as características mais importantes que devem ser levadas em consideração antes de comprar uma torneira elétrica. Os principais pontos que você deve prestar atenção são:

  • Voltagem
  • Tipos de bica
  • Parede ou bancada
  • Níveis de temperatura

Agora que você já conhece os fatores mais relevantes na escolha de um modelo de torneira, vamos explicar item por item, dessa forma você não fica com nenhuma dúvida!

Voltagem

A primeira coisa que você precisa considerar na hora de comprar uma torneira desse tipo é a tensão elétrica da sua casa, pois as opções de torneiras elétricas se dividem entre 110 ou 127 e 220 volts. Alguns modelos também são bivolts.

Na dúvida, recomendamos que você escolha o modelo de 220 volts, pois essa é a voltagem dos chuveiros, e como a torneira elétrica é bem similar (em diversos aspectos) a esse aparelho, essa voltagem basta.

A opção 220 volts também gera economia em cabos, pois nessa voltagem eles precisam ser mais finos do que nos modelos de 110/ 127 volts, que são mais grossos.

Vale lembrar que independentemente da voltagem, esses modelos vão consumir a mesma quantidade de energia elétrica e vão ter a mesma potência.

Tipos de bica

A escolha do tipo da bica (parte da torneira por onde sai a água) está diretamente relacionada ao tamanho e formato da cuba (a pia em si). Os formatos precisam ser compatíveis para a pessoa que for usar não se molhar enquanto lava as louças, alimentos ou mesmo as mãos.

Primeiro, precisamos explicar que há três tipos de bicas: a bica alta que é a torneira mais comprida, a bica baixa, que como o próprio nome já diz são os modelos menores (geralmente encontrados no banheiro) e a bica reta que é adaptável a todos os tipos de cuba.

As bicas também podem ser móveis – que viram de um lado para o outro – ou fixas – que não se movimentam e por isso são menos práticas do que o primeiro modelo. Como a torneira elétrica pode ser usada na pia da cozinha e também na do banheiro.

No banheiro, para cubas de apoio utilize torneiras de bica alta e para cubas de embutir utilize bica baixa ou reta. Como nas cozinhas geralmente a cuba é de apoio, utilize somente a bica alta ou reta.

Parede ou bancada?

A torneira elétrica pode ser instalada em dois lugares distintos: na parede ou na bancada. A maioria dos modelos é adaptável para ambos os locais de fixação, e outros modelos são específicos para parede ou para bancada.

As torneiras instaladas diretamente na parede precisam encontrar fiação elétrica (para esquentar a água) e saída de encanamento, por isso é recomendado escolher o local de instalação das torneiras quando está construindo ou reformando a casa, ou se adaptar às opções já disponíveis no imóvel (caso seja alugado).

Nesse tipo de fixação, as torneiras ficam com o sifão embutido dentro da parede, liberando espaço sob a pia. Por causa da instalação ter sido feita em um lugar embutido, a manutenção e eventual troca de peças é um processo mais complicado, pois é preciso quebrar a parede para consertar o defeito.

Imagem de uma torneira de bancada na pia em cozinha decorada.

Instalar a torneira na bancada é mais fácil, prático e bonito. (Fonte: Katarzyna BiaÅ‚asiewicz / 123RF)

A torneira de bancada, por sua vez, tem um visual mais moderno e é mais fácil de limpar e de consertar eventuais defeitos de instalação. Depois que você já tem o ponto de instalação hidráulico e elétrico, basta fixar a torneira. Alguns modelos são de fácil instalação, pois basta rosquear a torneira na saída certa.

Os modelos de parede ou bancada são instalados em alturas diferentes, logo os pontos de hidráulica também são distintos. Como essas torneiras são de acionamento monocomando, elas precisam de apenas um furo na parede ou na bancada.

Níveis de temperatura

As torneiras elétricas podem ter de 3 a 4 opções de temperatura, sendo elas: água fria, morna, quente e superquente. Essas diferentes temperaturas podem ser acionadas por chave seletora no exterior da torneira, gradualmente por um seletor em formato circular (torneira elétricas/ eletrônicas).

O sistema de aquecimento da torneira é muito parecido com o chuveiro.

O que aquece a água dentro da torneira é uma resistência elétrica muito parecida com a dos chuveiros, por isso evite sobrecarregar essa peça usando a água na temperatura máxima por muito tempo ininterruptamente.

Você também não deve trocar a temperatura da água com a torneira ligada, pois isso pode queimar a resistência elétrica. Somente em torneiras com ajuste de temperatura gradual é que você poderá alterar a temperatura enquanto usa a bica.

(Fonte da imagem destacada: nikkytok / 123RF)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
38 Voto(s), Média: 5,00 de 5
Loading...