Este é o ReviewBox Brasil. Seja muito bem-vindo! Hoje você vai ficar sabendo quais são os melhores modelos de torquímetro que podem ser encontrados no mercado.

Na hora de apertar os parafusos de uma roda de carro ou bicicleta, é importante que seja utilizada a força ideal. Se for muito forte, o parafuso pode estragar. Se for muito fraca, a roda pode soltar.

Vamos mostrar quais são as diferenças entre os principais produtos disponíveis e o que você deve prestar atenção antes de fazer a sua compra. Então, continue lendo para conhecer todas as características de um torquímetro.

Primeiro, o mais importante

  • Existem 3 tipos de torquímetro: digital, de estalo e de vareta. Vamos ver cada um deles em detalhes.
  • O torque é medido em Newton Metros (Nm). É uma unidade de medida que leva em consideração distância, peso e rotação.
  • A ferramenta também é conhecida como chave de torque. Nesse Guia de Compra completo você vai aprender sobre todos os detalhes dela.

Ranking: Os 4 melhores torquímetros

Vamos apresentar agora os melhores modelos de torquímetro. Para chegar nesse ranking, levamos em conta as principais características do produto. Nessa classificação, avaliamos ferramentas de três tipos: estalo, vareta e digital. Confira:

1º – Torquímetro de estalo com catraca – MTX

Este modelo de torquímetro da fabricante MTX é feito de aço cromo-vanádio. Com ele, é possível limitar o esforço utilizado para apertar a fixação. Por ser reversível, permite o uso como chave-catraca. O encaixe mede ½”. O torque varia entre 42 e 210 Nm.

2º – Torquímetro de vareta – Waft

O torquímetro de vareta da marca Waft tem cabeça e corpo feitos de aço e acabamento cromado. O cabo é confortável e anatômico. O medidor de escala conta com chapa acetinada.

Aparelho é indicado para medir a resistência de metais à torção. Pode ser usado para apertar parafuso utilizando para isso um valor estabelecido de torque.

3º – Torquímetro digital eletrônico com adaptador – Gross

Este modelo de torquímetro é digital. A faixa de torque fica entre 40 e 200 Nm. Acompanha um adaptador de aço cromo vanádio de ½’.

Possui ainda visor LCD e alarme sonoro que indica o nível de aperto. Além disso, conta com 5 configurações de medição. O torquímetro é capaz de armazenar as 50 últimas leituras e a bateria dura até 55 horas.

4º – Torquímetro de estalo – Waft

Esse torquímetro é capaz de fazer medições que variam entre 42 e 210 Nm. É fabricado em aço especial, o que proporciona eficácia e resistência na execução das funções.

A ferramenta é indicada para medir o torque no aperto de dispositivos diversos, como porcas e parafusos. Segundo a fabricante, esse torquímetro é ideal para locais de giro difícil.

O equipamento conta com um estojo plástico para armazenamento. Isso faz com que a bolsa de ferramentas fique organizada e possa ser transportada com facilidade.

Guia de Compra

Se você é daquelas pessoas que gostam de colocar a mão na massa e não depender de mecânicos para pequenos ajustes, o torquímetro pode ser um grande auxiliar.

Se você resolveu comprar um torquímetro, mas está em dúvida se realmente é o produto que precisa, fique tranquilo. Neste Guia, vamos apresentar quais as principais vantagens e no que você deve ficar de olho antes de comprar.

Homem segurando um torquímetro em um oficina.

Torquímetros podem ser usados de forma profissional ou doméstica (Fonte: dmitrimaruta / 123RF)

O que é torquímetro?

Torquímetro é uma ferramenta bastante utilizada por mecânicos. Esse equipamento serve para apertar porcas e parafusos.

Em geral, um torquímetro tem o formato de uma haste de metal. Em um dos lados, existe um furo, em que é colocada uma chave de encaixe e também um extensor. No outro lado, fica a empunhadura.

A função do torquímetro é finalizar o aperto de um parafuso, assim como indicar se esse parafuso precisa de mais aperto para se manter firme.

foco

Você sabia que torque é um termo relacionado à física que faz referência às forças que produzem rotação em um determinado corpo?

O torque é, dessa forma, resultado da força aplicada sobre um objeto, que é capaz de fazê-lo girar em torno de um eixo ou de um ponto.

Quais são as vantagens do torquímetro?

Quem tem carro, moto ou bicicleta, sabe que apertar porcas e parafusos de rodas nem sempre é simples. Com um torquímetro, essa atividade fica mais fácil. Além disso, a ferramenta garante que seja dado um torque adequado no parafuso que se pretende encaixar.

Um torquímetro serve para finalizar o aperto de parafusos e porcas, permitindo que o ajuste seja mais preciso e eficiente.

Caso haja um torque excessivo, a peça pode quebrar. Se, pelo contrário, o torque for abaixo do ideal, a roda pode até mesmo se soltar. Essa é justamente a principal vantagem de um torquímetro: medir o torque (força de rotação) do parafuso, possibilitando que os ajustes sejam extremamente precisos.

Roda de bicicleta em uma área de vegetação.

Torquímetros têm como função apertar parafusos de rodas de bicicleta. (Fonte: Pixabay / Pexels)

Como utilizar um torquímetro?

Como já dissemos, o torquímetro tem como função primordial mostrar se é preciso apertar mais ou menos um parafuso, para que não haja danos a peça que está sendo fixada.

Tendo isso em mente, as unidades de medida utilizadas para que o torquímetro funcione são as seguintes:

  • Nm: Newton Metro
  • Kgf. m: Quilograma-força Metro
  • Lbf. In: Libra- força Polegada

O medidor que fica na base da ferramenta apresenta as unidades de medida. Para saber quais os valores máximos de torque, você pode utilizar as tabelas desenvolvidas pelos fabricantes.

Após descobrir quais valores devem ser adotados, monte o torquímetro com o extensor e a chave de encaixe. A cada giro do torquímetro, uma pressão é inserida ou retirada.

Neste vídeo do canal TOOLSWORLD, você consegue ver como é o funcionamento desta ferramenta.

Qual a diferença entre torquímetro de estalo, vareta ou digital?

Quando você for comprar um torquímetro, vai se deparar com três tipos diferentes: estalo, vareta e digital. Confira as características de cada um deles:

Torquímetro de estalo

Nesta versão, você pode definir o torque desejado por meio de um botão, que faz esse ajuste automaticamente.

Quando é aplicada força nessa ferramenta, um sistema interno acumula pressão em uma mola de forma mecânica. Assim que o ponto programado é atingido, um estalo informa que o torque foi alcançado.

Torquímetro de estalo com fundo branco.

Torquímetro de estalo é um dos modelos mais utilizados. (Fonte: Amazon)

Torquímetro de vareta

Neste tipo de torquímetro, você acompanha o aumento gradativo do torque em uma régua acoplada à ferramenta. Assim que o valor desejado é atingido, o usuário deve parar de aplicar força no torquímetro.

Torquímetro de vareta com fundo branco.

Torquímetro de vareta é um dos modelos mais baratos. (Fonte: Amazon)

Torquímetro digital

Com o torquímetro digital, o torque desejado deve ser programado antes do uso. Depois de executado o movimento, você deve aguardar o sinal sonoro. Este sinal será emitido assim que o valor programado for alcançado. A partir daí o movimento deve cessar.

Torquímetro digital com fundo branco.

Torquímetro digital é o mais moderno e caro do mercado. (Fonte: Amazon)

Quanto custa?

Torquímetros custam entre R$ 40 e R$ 300. Os preços podem variar de acordo com o tipo de torquímetro. Os modelos do tipo digital, em geral, são mais caros. Já aqueles do tipo vareta são mais baratos.

No meio termo do preço estão os torquímetros de estalo. Eles apresentam o melhor custo-benefício.

Onde comprar?

Para comprar um torquímetro, você deve procurar lojas que vendam produtos da área de mecânica e automóveis. Um exemplo é o Mercado Car.

Na internet, também existem muitas opções disponíveis. Diversos tipos e modelos podem ser encontrados em lojas varejistas como Amazon, Submarino e Shoptime.

Destacamos que comprando online você geralmente encontra as melhores ofertas e ainda nem precisa sair de casa.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de torquímetro

Na hora de comprar, analise todos os detalhes. Fazendo isso, o seu dinheiro será bem utilizado e você não vai se arrepender. Então, quando você for escolher qual torquímetro vai levar para casa, leve em conta os seguintes pontos:

  • Torque
  • Material de fabricação e conforto
  • Polegadas
  • Tipo ideal

Abaixo você vai entender a importância de analisar cada um desses critérios. Siga lendo até o fim, estamos perto de receber todas as informações para que você possa finalizar sua compra.

Torque

Antes de comprar, avalie qual será o uso dado ao torquímetro e verifique se o modelo escolhido alcança o torque que será necessário para sua atividade.

Os principais modelos têm torque variando entre 40 e 210 NM. Devido a essa grande variação, definir sua necessidade é essencial para não comprar o modelo errado.

Oficinas usam torquímetro com torque máximo. Se o uso for doméstico, um torquímetro intermediário pode ser suficiente.

Torquímetro de estalo com fundo branco.

O torque é uma medida importante de ser analisada antes da compra. (Fonte: Amazon)

Material de fabricação e conforto

Um ponto que deve ser observado é a qualidade do material de fabricação. Se o produto tiver sido feito com material durável, a vida útil da ferramenta será maior.

Lembre-se que esse é um equipamento em que será necessário aplicar força. Dessa forma, o torquímetro deve ser resistente.

Além disso, é importante que haja conforto para manuseá-lo. Verifique se o cabo é anatômico. Um revestimento emborrachado pode garantir conforto extra na hora de usar a ferramenta.

Polegadas

Outra observação importante é analisar a polegada do torquímetro. O encaixe é a peça fundamental dessa ferramenta.

É comum encontrar torquímetros de 1 / 2 e 3 / 8 polegadas, mas essas medidas podem variar. Alguns modelos podem ter mais tipos de encaixe, uma vantagem considerável. Certifique-se de escolher o modelo certo para sua necessidade.

Torquímetro de estalo com diferentes tipos de encaixe ao redor.

Observe a polegada e outras características técnicas antes de comprar seu torquímetro.
(Fonte: Audrius Merfeldas / 123RF)

Tipo ideal

Esse certamente é o critério mais importante que deve ser levado em consideração. Defina qual o é o tipo de torquímetro ideal para sua necessidade. Como já falamos, existem três tipos: de estalo, vareta e digital.

O digital é mais caro, mas tem vantagens importantes, como o ajuste eletrônico de torque. Essa característica pode fazer com que você economize tempo e é adequada principalmente para quem não tem tanta experiência.

O torquímetro de vareta é o mais barato. Todo o sistema depende da observação de quem está utilizando o aparelho. Quem tem mais experiência pode se dar melhor com esse tipo.

Já o torquímetro de estalo tem um preço intermediário. Como o nome diz, um estalo informa que o torque desejado foi alcançado. Tanto usuários mais experientes quanto os menos acostumados podem ver vantagens neste modelo.

(Fonte da imagem destacada: Paweł Gaca / 123RF)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
22 Voto(s), Média: 5,00 de 5
Loading...