magem mostra um pequeno torrador caseiro de café vintage, feito em ferro fundido e vidro
Ultima atualização: 27 de janeiro de 2020

Como escolhemos

13Produtos analisados

19Horas investidas

6Estudos avaliados

60Comentários coletados

Olá, seja muito bem-vindo ao ReviewBox Brasil! No texto de hoje falaremos sobre a solução para os amantes de café que querem fazer aquele cafezinho raiz, a partir de grãos torrados artesanalmente: o torrador de café.

Muito popular nos tempos do Brasil Colônia até meados do século passado, os torradores de café de pequeno porte, que remetem à vida no campo, à casa de vó, foram aos poucos sumindo das rotinas brasileiras.

Mas, com o atual movimento da valorização dos cafés especiais e popularização dos cafés gourmets, os torradores de café estão voltando à moda, e se tornando objeto de desejo de muitos apreciadores da bebida.

Neste Review daremos dicas sobre como escolher o torrador de café ideal para você, bem como apresentaremos as melhores opções do mercado e o que considerar para eleger o tipo e modelo de torrador perfeito para as suas necessidades.




Primeiro, o mais importante

  • Para escolher um torrador de café, alguns aspectos precisam ser levados em consideração. Por ser um produto destinado a preparo de itens de gênero alimentício, é importante que ele seja escolhido com base na qualidade e eficiência. Leve em consideração as indicações de uso de cada modelo, bem como tamanho e design adequado para as suas necessidades.
  • Algumas das variáveis que devem ser avaliadas para a melhor escolha no momento da compra são: tipo, material, modelo e capacidade, dentre outras características do produto.
  • Mais difíceis de serem encontrados em lojas físicas, os torradores de café podem ser comprados online por cerca de R$ 50 nas versões manuais caseiras, chegando a milhares de reais para versões elétricas semi-industriais ou industriais.

Melhores torradores de café: Nossos favoritos

Basicamente uns recipientes de metal que, com movimentos circulares sobre uma fonte de calor promove a torra do grão de café, os torradores atualmente contam com versões mais modernas.

Mas, elas garantem o mesmo efeito dos modelos antigos, espalhando o aroma marcante do café fresco pelo ambiente e proporcionado um grão de café diferenciado. Conheça agora os 4 melhores modelos de torrador de café do mercado.

Torrador De Café Manual 4 Litros

Prático, portátil e de fácil transporte, esse torrador é confeccionado com acabamento superior em chapa de aço pintado.

É ideal para a torra do café manualmente em fogão a lenha ou convencional, seja na fazenda, sítio ou em casa. Com capacidade para 4 litros, tem 68 cm de comprimento, 27 cm de largura e 24,5 cm de altura. Também está disponível nas versões com capacidade para 2 e 6 litros.

Torrador De Café Manual 6 Litros

De qualidade e acabamento superior, o produto é feito em chapa de aço pintado. Medindo 59 cm de comprimento, 28 cm de largura e 26,5 cm de altura, o produto também está disponível nas versões com capacidade de 8 e 12 litros.

De material reforçado, tem capacidade para 6 Litros, realizando a torrefação de forma prática em fogão a lenha ou fogão convencional.

Guia de Compra

Se você é um verdadeiro apreciador de café, deve buscar cada vez mais formas de tomar um café fresco e altamente saboroso. O torrador de café é um produto que todo coffee lover deve conhecer.

Quer aprender mais sobre eles? Vamos trazer todas as informações ao longo desse Guia de Compra completo. Siga lendo com a gente!

homem cheirando café que saiu do torrador de café industrial

O torrador de café pode ser doméstico ou industrial. (Fonte: mavoimage / 123RF)

O que é o torrador de café quais suas vantagens?

O grão de café in natura em nada lembra nos quesitos sabor e aroma o grão processado que dá origem à bebida tão apreciada em diversas partes do mundo.

É o processo de torra que faz com que o grão passe por transformações até chegar ao tom, cheiro, formato e textura que encanta aos milhões de apaixonados por café.

Durante o processo de torra o grão é aquecido a 180º - 240º graus, perdendo umidade e, a exemplo do que ocorre com a pipoca, produzindo estalos que tornam os grãos maiores e mais leves.

Nesta etapa os amidos do café se transformam em açúcares, e o grão também muda de cor, podendo se tornar escuro médio ou claro de acordo com o tempo de torra.

Imagem mostra grãos de café torrados

Tempo de torra é determinante para o aroma e sabor finais do café. (Fonte: Negativespaca.co/ Pexels).

Um bom processo de torra exige cuidado, pois é determinante para o sabor e o aroma finais alcançados pelos grãos. Erros na fase da torrefação podem arruinar até os grãos mais especiais. Quanto mais torrado e escuro o grão, mais amargo o café fica.

Geralmente, 7 minutos de torra são suficientes para o café claro. O café torrado por nove a 11 minutos é de cor média, mais encorpado e agreste.

Já 15 minutos é tempo suficiente para a obtenção de um grão mais escuro, que fará um café mais forte e saboroso. Mas, o tempo de torra ideal pode variar de acordo com a origem e qualidade do grão.

Assista ao vídeo sobre como o processo de torra influencia no resultado final do café:

A maior vantagem do torrador de café é que, conhecendo bem o processo, e com grãos de qualidade e procedência, você poderá produzir cafés de qualidade superior e de acordo com o que mais agrada seu paladar, tendo pleno controle sobre todo o processo de produção e dos períodos exatos em que o grão se encontra com o máximo de frescor sabor e aroma para consumo.

O torrador convencional conta com mecanismos para que os grãos estejam em constante movimento evitando que grudem uns nos outros ou queimem desigualmente. O mecanismo pode ser acionado por manivelas ou ser automatizado. O processo, além de torrar, também seca os grãos.

Vantagens
  • Café pode ser torrado de acordo com seu paladar
  • Existem versões elétricas mais práticas e silenciosas
  • Possibilidade de criações inéditas e personalizadas
Desvantagens
  • Processo pode ser complicado para iniciantes
  • Versões manuais são barulhentas e processo pode ser cansativo
  • Produto pode ser volumoso e exigir estrutura para uso

Torrador de café elétrico ou manual?

Como já mencionamos anteriormente, a torra do café envolve a necessidade de um conhecimento prévio do processo para que se obtenham bons resultados. Antes de adquirir seu torrador, certifique-se de que o tipo e grau de técnica demandados para utilização do produto sejam compatíveis com a sua.

Verifique as possibilidades de uso do modelo escolhido e se ele atenderá plenamente aos seus objetivos. Alguns modelos são capazes de resfriar e realizar outras etapas do processo.

Confira com atenção as especificações do fabricante para conhecer todo o potencial do modelo escolhido.

Como não existe um leque muito grande de torradores de porte doméstico, é bem fácil encontrar vídeos na internet com os modelos em uso.

Pesquise sobre o modelo escolhido e tente verificar se a forma de utilização, o tempo de torra, o som emitido, os níveis de calor externo e de fumaça gerados correspondem às suas expectativas.

Alguns modelos manuais podem ser demorados e cansativos, uma vez que a manivela precisa ser girada sem interrupções durante todo o processo de torra. Além disso, podem emitir um som agudo, considerado desagradável por muitas pessoas. Se este for o seu caso, considere um modelo elétrico.

Torradeira elétrica Torradeira manual
Fumaça Não gera fumaça Pode gerar fumaça
Funcionamento Mais prática, dispensa manipulação do usuário Manivela precisa ser girada sem interrupções durante todo o processo
Distribuição de calor Calor é distribuído por igua gerando torra uniforme Distribuição do calor pode variar de acordo com a fonte e experiência do usuário

Quanto custa?

O preço dos torradores de café vai flutuar muito de acordo com o tipo do produto, material e capacidade.

Você pode adquirir um torrador de café manual caseiro por cerca de R$ 50. Já as versões elétricas são um pouco mais salgadas, podendo ser encontradas a partir de R$ 400 nas versões caseiras, chegando a milhares de reais para versões semi-industriais ou industriais.

Onde comprar?

Os torradores de café não são, na atualidade, um produto muito popular. Por isso, encontrá-lo a venda em lojas físicas pode ser um desafio.

Sua oferta no comércio de rua é mais comum em cidades de interior, especialmente em áreas rurais, onde ele pode vir a ser encontrado em pequenas lojas de utilidades ou feiras.

Apesar de terem se tornado um artigo raro, os torradores caseiros estão disponíveis nas principais plataformas de vendas online de grande porte, como Amazon, Mercado Livre, Shoptime e Americanas.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de torrador de café

Alguns fatores são fundamentais para que você saiba reconhecer o torrador de café ideal para suas necessidades e expectativas. São eles:

Tipo

Os torradores de café podem ser do tipos elétrico ou manual. Os manuais, geralmente, são compostos de um tambor esférico ou cilíndrico ligado a uma manivela. Devem ser usados acoplados a uma fonte de calor como fogão a lenha, chama de fogão industrial ou convencional.

No modelo manual a manivela precisa ser girada ininterruptamente durante todo o processo, que pode levar de 7 a 20 minutos, dependendo da capacidade do produto, da potência da chama utilizada e da quantidade de grãos que está sendo torrada.

Já os modelos elétricos são mais práticos. Os mecanismos podem ser diferenciados de acordo com o modelo e o fabricante. Mas, em geral, não precisam de ação constante do usuário, que fica responsável apenas por monitorar o tempo de torra e a temperatura.

View this post on Instagram

Quero um desses! #torradordecafe #cafeexpresso

A post shared by Cafe5graos (@cafe5graos) on

Material

Geralmente fabricado em aço, o torrador de café pode conter componentes em aço, ferro fundido, madeira ou borracha.

Atente para o tipo e a qualidade dos materiais utilizados na fabricação do seu torrador de café, pois eles interferem diretamente na qualidade, desempenho e durabilidade do produto.

Capacidade

A capacidade dos torradores de café costuma vir especificada nas unidades de litros ou quilos. Sempre escolha o torrador de acordo com sua real necessidade, e respeite a capacidade no momento do uso.

Usar um torrador com capacidade abaixo ou acima da sua especificação pode prejudicar o processo de torra e o nível de torrefação.

Caso precise torrar uma quantidade maior do que a suportada pelo produto, lembre-se que o processo de torra costuma ser rápido, levando de 7 a 40 minutos, dependendo da quantidade, do método e do modelo do torrador utilizado.

A torra se torna mais rápida a partir da primeira leva, com o produto aquecido. Por isso, o processo pode ser realizado várias vezes seguidas até que se obtenha o processamento da quantidade desejada.

Design

Um detalhe que pode ser muito importante. O tipo de torrador de café já pré-determina o design do produto. Porém, você pode escolher o estilo, formato e cor que mais lhe agrada.

Quem gosta de comprar equipamentos relacionados ao café, gosta também de deixar exposto e usá-los como objeto de decoração enquanto não estão em uso, por isso vale a pena considerar o design como importante critério para usa compra.

(Fonte da imagem destacada: Waneshih/ Pixabay)

Por que você pode confiar em nós?

Paola Vieira Personal Cook
Ir à casa das pessoas e preparar um jantar especial é algo que Paola ama - e sabe muito bem - fazer. Formada em gastronomia, ela ganha a vida preparando menus especiais para ocasiões mais especiais ainda. E não pense que ela tem qualquer tipo de "preconceito gastronômico". Paola sabe cozinhar de tudo, e uma de suas especialidades é um bom churrasco.
Paula Diniz Jornalista
Brasiliense, é redatora, social media e inventora de moda nas horas vagas. Apaixonada por projetos DIY de moda e artesanato, é leitora voraz, fã de séries, atividades ao ar livre e jogos de tabuleiro. Expert em compras online, não fica de fora dos lançamentos e tendências de decoração, cuidados estéticos e com a casa.