Trackball.
Ultima atualização: 25 de junho de 2021

Como escolhemos

16Produtos analisados

16Horas investidas

4Estudos avaliados

88Comentários coletados

Quem trabalha usando computador durante todo o dia sabe que o punho, por vezes, fica dolorido devido à repetição de movimentos. Isso é reduzido com o uso de um mouse ergonômico, como o trackball. Mas como esse acessório ainda não é tão conhecido por aqui, vamos ajudá-lo a investir no melhor modelo.

Para isso, vamos mostrar as configurações e características desse periférico e explicar a diferença entre o trackball e o mouse convencional.




Primeiro, o mais importante

  • A principal diferença do trackball para um mouse tradicional é a presença de uma bola que é utilizada para mover o cursor.
  • O trackball é mais ergonômico, demanda menos espaço e pode ser usado como se fosse um controle.
  • Os modelos disponíveis se diferenciam por conta do design, da quantidade de botões extras e da presença ou não de apoio para pulso.

Melhores trackballs: nossas recomendações

Nós fizemos uma seleção com os melhores modelos disponíveis no mercado braisleiro e internacional. Confira:

Guia de compra: tudo sobre o trackball

O trackball ainda é um acessório novo entre o público brasileiro. Mais utilizado pelos gamers, porém, esse periférico pode ser útil para muita gente. No Guia de Compra que começa agora você descobre isso e muito mais.

Mão sobre um trackball e teclado ao lado.

O trackball é mais preciso e confortável de usar. (Fonte: Infilmity: 4461478911 / Flickr.com)

Trackball: O que é e para que serve?

O trackball é um tipo de mouse que possui uma bola no seu topo. Com isso, ao invés de mover o dispositivo inteiro para acionar o curso na tela do computador ou notebook, basta rolar a bola móvel.

Por conta disso, um trackball tem como função aumentar o controle do usuário sobre os comandos no computador, além de permitir um conforto maior de realizar esses comandos.

Além disso, como veremos ainda neste artigo, hoje já existe uma combinação entre o mouse tradicional e o trackball.

Qual a diferença entre o trackball e mouse tradicional?

Como acabamos de ver, a principal diferença entre o trackball e o mouse está na sua estrutura. A bola móvel, com a qual podemos acionar e movimentar o cursor na tela do computador, é o que garante as vantagens do trackball.

Por isso, o trackball acaba demandando uma área menor de apoio na superfície do que o mouse. Afinal, com o mouse convencional é preciso movimentá-lo sobre a mesa para direcionar o cursor.

O trackball, por sua vez, fica parado já que apenas a bola em sua parte superior é movimentada. Outra vantagem do trackball em comparação ao mouse é que para controlá-lo precisamos apenas usar a ponta dos dedos, o que ajuda na precisão.

Mouse tradicional, celular, teclado e lápis sobre mesa.

O mouse convencional precisa de mais espaço sobre a mesa para ser movimentado. (Fonte: Sebastian Bednarek/ Unsplash)

Mas, mais do que isso, o trackball se destaca por ter uma ergonomia aprimorada, já que sua forma de funcionamento garante uma menor pressão no pulso.

Com isso, diminui as chances do usuário desenvolver problemas de lesão por esforço repetitivo (LER). E isso é especialmente importante para quem trabalha por longas horas utilizando o mouse ou jogando videogame.

Por outro lado, é comum que, no início, os usuários do trackball sintam alguma dificuldade em usá-lo.

A seguir, você confere um resumo das principais diferenças entre o mouse convencional e o trackball:

Trackball Mouse convencional
Estrutura Possui bola que aciona o cursor É preciso mover o mouse para acionar o cursor
Funcionalidade Precisa de pouco espaço Precisa de mais espaço para movimentar
Ergonomia Maior Menor
Comandos Mais exatos Menos exatos

Qual a diferença entre o trackball e o trackpad?

Outra dúvida que pode surgir quando você for comprar o trackball é com relação ao trackpad. No entanto, são dois dispositivos diferentes.

O trackpad é um trackball do tipo touchpad, igual ao mouse que vem embutido no notebook. Além disso, os trackpads são exclusivos dos dispositivos Apple.

Critérios de compra: O que considerar ao comparar os tipos de trackball

Pronto, agora você já sabe as vantagens do trackball. Com isso, é hora de partir para a escolha do modelo ideal. Para isso, você vai precisar avaliar o seguinte:

Modelo

O modelo mais comum de trackball é o que possui a bola de comando no centro do dispositivo.

No entanto, hoje já existem opções com a bola na lateral. Neste caso, o periférico é uma combinação entre o mouse tradicional e o trackball.

Vários trackballs portáteis coloridos.

O trackball portátil lembra um controle de realidade virtual. (Fonte: Divulgação figatia/ Amazon.com.br)

Esse modelo conta com os dois botões para clique e um scroll central, além da esfera para comando lateral.

Além desses dois modelos, você também poderá comprar o trackball portátil, que pode ser segurado na mão e é semelhante a um controle de realidade virtual do XBox.

Wireless

Leve em conta também que você vai encontrar dois tipos de trackball no que se refere ao modo de funcionamento: com ou sem fio.

O trackball portátil é o que conta com a tecnologia wireless. Essa é uma opção prática e versátil tanto para quem viaja muito a trabalho quanto para quem realiza reuniões externas, além dos jogadores de videogame.

Você também vai encontrar modelos com os dois tipos de funcionamento. Nesse caso, o trackball pode funcionar via Bluetooth ou com o cabo USB.

Ambidestro

Diferentemente do mouse tradicional, o trackball tem um design ambidestro, podendo ser usado tanto com a mão esquerda quanto com a mão direita.

O trackball tem um design ambidestro.

No entanto, antes de comprar o seu trackball, é preciso verificar essa informação já que também existem modelos específicos para canhotos e o mouse com trackball, que pode ser para destros.

Nesse caso, a principal diferença, no entanto, é em relação aos botões de comando e a localização lateral da esfera.

Extras

Outro ponto que você deve considerar na hora de comprar o seu trackball é que, dependendo do modelo, o acessório pode contar com características extras que serão bastante funcionais no dia a dia.

Um exemplo é o mouse que tem a função tradicional combinada ao trackball, que conta com uma elevação lateral. Esse recurso permite que você possa ajustar a altura da posição do seu pulso, entre 0° e 20°.

Isso permite que você posicione o pulso mais alto ou mais baixo, inclinado ou não, o que aumenta ainda mais o conforto e a ergonomia durante o uso do acessório.

Outro recurso que você pode encontrar é o de apoio para pulso. Alguns trackballs já vêm com esse apoio acoplado ao dispositivo. Com isso, você pode descansar o pulso sobre ele ao usar o trackball.

Resumo

O trackball é um tipo de mouse. Mas o seu destaque é que ele possui uma bola com a qual você movimenta o cursor na tela do computador. Por isso, ele precisa de menos espaço sobre a mesa e ainda é mais ergonômico.

Sendo assim, o trackball é a melhor opção para quem passa longas horas em frente ao computador. Para investir no melhor modelo, vale considerar o design, modo de funcionamento e os recursos extras.

(Fonte da imagem destacada: eugenesergeev/123rf)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas