Imagem mostra uma mulher dormindo, deitada de lado numa cama com muitas camadas de roupa de cama e travesseiros.
Ultima atualização: 31 de outubro de 2019

Como escolhemos

10Produtos analisados

18Horas investidas

6Estudos avaliados

73Comentários coletados

Olá, seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! No texto de hoje, falaremos tudo sobre o travesseiro cervical, o travesseiro para quem busca não só uma melhor qualidade de sono, mas também uma melhor qualidade de vida.

Com um design avançado, o travesseiro cervical tem a ergonomia perfeita para oferecer um enorme conforto e guiar a postura mais adequada do seu corpo durante o sono, independente de como ele seja. E para você encontrar o modelo ideal para o seu sono, trouxemos este Guia com as informações mais úteis, as melhores dicas de compra e, claro, os melhores do mercado.




Primeiro, o mais importante

  • Pelo seu nível de especificidade e tecnicidade, o travesseiro cervical é considerado um produto ortopédico.
  • Ainda assim, como todo travesseiro, pode ter diferentes materiais de preenchimento, como látex, espuma, espuma viscoelástica (também conhecido como “travesseiro da Nasa”, penas, molas, entre outros.
  • O travesseiro cervical é indicado por ortopedistas para quem dorme numa posição lateral, ou “de lado”.

Você também pode gostar:

Os melhores travesseiros cervicais: Nossas recomendações

Montamos uma lista exclusiva, que você verá logo abaixo, contendo os melhores modelos de travesseiros cervicais. Os itens presentes foram avaliados a partir da combinação de seus materiais, tecnologias, conforto e custo-benefício.

O melhor custo-benefício

O travesseiro cervical da Fibrasca é um dos mais populares do mercado, com ótimos benefícios, a começar pelo seu design com espumas perfiladas em forma de canais, que garantem, além de um ótimo encaixe anatômico, um travesseiro sempre ventilado e completamente à prova de ácaros. Prático, tem revestimento em 100% malha de algodão de fácil higienização e podendo ser inteiramente lavado em máquina.

O mais confortável

Com toda a qualidade da Duoflex, este modelo tem uma poderosa combinação entre a ergonomia do travesseiro cervical e o conforto do preenchimento em espuma viscoelástica, a “espuma Nasa”. Contando com tecnologia que acompanha a temperatura corporal e substâncias antiácaros, fungos e bactérias, tem também uma capa em plush com 85% algodão e a praticidade da abertura em zíper.

O mais tecnológico

A Duoflex mostra neste modelo porque é uma das líderes do mercado de travesseiros. Além do formato anatômico do travesseiro cervical, o modelo tem a tecnologia exclusiva Spring Case, com mini-molas em seu interior, que garantem não só conforto, como durabilidade. Entre a capa percal de 200 fios 100% algodão e as molas, uma espuma macia espuma de poliuretano de alta ventilação e elasticidade controlada.

Guia de Compra

A importância do sono para o nosso descanso e para nossas atividades cognitivas é bastante disseminado. O que não é muito conhecida é sua influência na nossa postura corporal e nosso bem-estar.

O travesseiro cervical não só traz essas questões à tona como oferece uma solução prática e muito confortável para elas. No Guia de Compra a seguir, veremos como isso acontece, e de que maneira para cada tipo de sono, inclusive o seu.

Imagem mostra uma mulher dormindo numa posição lateral e sorrindo.

Descanso, atividade cognitiva, postura e bem-estar: o sono é importantíssimo, e o travesseiro cervical o trata exatamente dessa maneira. (Fonte: bruce mars/ Pexels.com)

O que é o travesseiro cervical?

O travesseiro cervical é um modelo diferenciado de travesseiro, por ter um foco na ortopedia, isto é, no correto posicionamento da cabeça, do corpo, e, como o nome denuncia, da cervical - a região da coluna vertebral que forma o pescoço - durante o sono.

Para tal, é um travesseiro com um formato bastante específico com duas ondulações, que, simplificadamente falando, parece com as costas de um camelo.

Com esse design, é possível alinhar a cabeça com o tronco, ajeitar a postura e impedir o excesso de peso sobre a cervical, que ocorre numa má posição durante o sono.

O vídeo a seguir mostra um pouco do funcionamento do travesseiro cervical:

Como usar o travesseiro cervical?

O uso ideal do travesseiro cervical acontece quando ele suporta todo o peso da cabeça, e livrando a cervical desse “fardo”. Para tal, é preciso que o modelo preencha todo o espaço da altura entre os ombros e a cabeça, quando deitado de lado, ou entre as costas e o pescoço, quando deitado de barriga para cima.

Assim, levando em conta o formato ondulado do travesseiro cervical, deve-se deitar a cabeça exatamente no vão entre as duas ondas, isto é, na parte rebaixada, para que o travesseiro naturalmente preencha o espaço que falamos acima.

foco

Você sabia? A ortopedia recomenda que a melhor posição para dormir é a lateral, ou “de lado”, independente do travesseiro.

Quais os benefícios do travesseiro cervical?

Por ser um produto com foco na ortopedia e ergonomia, o travesseiro cervical tem uma série de benefícios para o nosso bem-estar, ainda que seja um tanto imperativo à maneira que se deve dormir.

O primeiro benefício é a melhoria na qualidade de sono, por garantir um enorme conforto na cama, com a correta posição do corpo durante a noite. Um bom sono quer dizer um melhor humor, uma mente mais afiada, entre outros “benefícios colaterais”.

Imagem mostra uma mulher dormindo numa posição lateral e sorrindo.

O travesseiro cervical garante um maior conforto, que por sua vez, garante melhor qualidade de sono. (Fonte: Gregory Pappas/ Unsplash.com)

Outro benefício é que, com a postura correta que proporciona, o travesseiro cervical impede diversas dores, tanto durante o sono, quanto - e principalmente - ao acordar, incluindo dores nas costas e até dores de cabeça.

Essa mesma postura correta faz também com que haja uma livre circulação de sangue que flui a partir da cabeça, o que ocasiona inúmeros benefícios relacionado ao bem-estar geral do corpo.

Vantagens
  • Qualidade de sono
  • Impede/Diminui dores
  • Melhora a circulação sanguínea
Desvantagens
  • Pede uma posição Maior preço entre outros travesseiros

Quais as tecnologias do travesseiro cervical?

Para além da ergonomia avançada, o travesseiro cervical tem modelos que combinam outras tecnologias, de amortecimento, de preenchimento, ou até outras questões mais avançadas. Destacamos as de maior sucesso.

Uma delas é são os travesseiros com “colmeias” de molas, um pequeno grupo de molas dentro do preenchimento, que aumentam a densidade do modelo, mas que não chegam a tocar a cabeça do usuário.

Os travesseiros com infravermelho emitem ondas eletromagnéticas que acumulam benefícios.

Outra tecnologia de destaque é o do infravermelho, que são modelos com pastilhas em seu interior que emitem ondas eletromagnéticas com a mesma frequência de raio solares, que acumulam benefícios às articulações, musculatura, entre outras partes do corpo.

Quanto custa e onde comprar um travesseiro cervical?

Por conta de sua especificidade, a maioria dos modelos de travesseiro cervical têm um valor um pouco acima da média dos travesseiros comuns, numa faixa de preço entre R$ 50 e R$ 300, sendo os mais caros os que acumulam tecnologias, da capa ao preenchimento.Você pode encontrar modelos de travesseiro cervical tanto em grandes lojas de colchões(https://www.reviewbox.com.br/colchao-barato/) e afins, mas também em lojas de departamento de itens para a casa, como a Pernambucanas, por exemplo, além de lojas de marcas especializadas, como a Ortobom.

Porém, para maior variedade de modelos e preços, fora o conforto de comprar direto da sua casa, as melhores indicações são os sites da Amazon e do Mercado Livre, lojas online completas e de tradição.

Critérios de Compra: Escolhendo seu travesseiro cervical

Vamos agora à mais uma lista, desta vez de critérios de compra, que são dicas para a hora da escolha do seu modelo, baseadas em características do travesseiro cervical e deu seu uso.

  • Material preenchimento
  • Posição de sono
  • Altura
  • Densidade

Fique tranquilo, que falaremos de cada um destes itens, para a que a sua escolha e a sua compra, portanto, sejam as melhores possíveis.

Material de preenchimento

Se você estiver sem norte quanto à grande diversidade de modelos e marcas de travesseiros cervicais, um primeiro ponto para se notar é o material que preenche o travesseiro. Não há um material ideal, apenas um que te agrade mais.

Há modelos com espumas de poliuretano, modelos com espuma viscoelástica, a da “Nasa”, que se molda à pressão aplicada, espumas aeradas, enfim, uma infinidade de materiais a seu gosto.

Imagem mostra dois travesseiros recentemente usados, com amassos, sobre uma cama bagunçada.

O material do preenchimento deve, antes de tudo, te agradar. (Fonte: Morgan Lane/ Unsplash.com)

Posição de sono

Ter em mente a posição na qual você costuma dormir é essencial para escolher o modelo de travesseiro cervical mais adequado. Se você, por exemplo, dorme de bruços, pouco irá adiantar esse tipo de travesseiro.

A principal diferença, na verdade, é entre a posição lateral e a dorsal, que é a de barriga para cima. Para a lateral, a ondulação dupla do tipo “costas de camelo” é a indicada, enquanto a dorsal precisa de uma parte rebaixada que vá de uma das bordas até o centro do modelo.

Altura

Um ponto que pode gerar dúvidas na hora da compra é na altura do travesseiro. Por maior ou menor que o modelo possa parecer, a medida que importa é a da primeira onda, a que deve preencher a altura entre os ombros e a cabeça, para quem dorme na posição lateral.

O ideal, portanto, é que a altura do travesseiro seja proporcional à largura de seus ombros, que, quando você deitado de lado, passa a ser altura.

Imagem mostra um rapaz dormindo num travesseiro comum, deitado de lado apoiando os braços entre sua cabeça e o travesseiro.

O travesseiro cervical deve ter a altura certa, para que você não a tenha que compensar com os seus braços... (Fonte: John-Mark Smith/ Unsplash.com)

Densidade

A densidade do travesseiro cervical é outro ponto importantíssimo para se notar na sua busca o modelo mais adequado. Em termos simples, a densidade de um travesseiro é o quanto ele afunda quando você apoia a cabeça.

O ideal é que você experimente os modelos e possa concluir empiricamente a melhor densidade, que objetivamente seria a que não atrapalhe o preenchimento do espaço ombro-cabeça. Ainda assim, numericamente ela deve estar entre 29 e 34.

(Fonte da imagem destacada: Kinga Cichewicz/ Unsplash.com)

Por que você pode confiar em mim?

Lucas Ayres Jornalista
Fanático por esportes e apaixonado por música, vive antenado às novas tecnologias e tendências da moda masculina. Escreve sobre os produtos que orbitam nesses assuntos, e outros que deixam a casa e o dia a dia mais fácil, prático e, além de tudo, saudável.