Trinchas de diversos tamanho dispostas sobre fundo de tecido em tons de verde.
Ultima atualização: 12 de abril de 2020

Como escolhemos

11Produtos analisados

20Horas investidas

6Estudos avaliados

71Comentários coletados

Olá! Seja muito bem-vindo ao ReviewBox Brasil. Se você precisa de ajuda para escolher a trincha ideal para seus artesanatos ou aquele projeto DIY (Do it Yourself) – o famoso “faça você mesmo” -, esse artigo é para você!

Extremamente versátil, a trincha vem em diversos tamanhos, sendo a ferramenta ideal para pinturas, aplicação de verniz, resinas e realização de técnicas mais sofisticadas como pátina e patchwork.

Graças ao seu design chato e firme, proporciona a precisão e delicadeza no acabamento que o seu projeto precisa.

Acompanhe até o final deste Review e confira as melhores opções de trincha disponíveis no mercado, além das características para as quais você deve atentar para fazer a melhor escolha para suas necessidades.




Primeiro, o mais importante

  • Uma boa trincha não precisa apenas ser de qualidade, mas adequada ao tipo de atividade a que se destina. Cada tamanho e formato se adequa melhor a um tipo de material e atividade, que poderá ser mais ou menos adequado a seus propósitos.
  • Características como tamanho, formato, material, tipo de cerdas e qualidade deverão ser analisadas para a definição da trincha ideal.
  • Os preços das trinchas variam segundo a marca, tamanho e modelo. Versões simples podem ser encontradas a partir de R$ 3, sendo que mais sofisticadas podem custar mais de R$ 50.

Você também pode gostar:

Ranking: As 4 melhores trinchas

Buscando pelas melhores trinchas para seus projetos? Para te ajudar na escolha correta e rechear sua caixa de ferramentas com os melhores produtos disponíveis, selecionamos as melhores. Confira nossa lista com as top 4 do mercado:

1º - Trincha para Pintura Plumatek 3" - Pincéis Atlas

Com cerdas sintéticas em monofilamento maciço no formato de estrela, tem as pontas afinadas quimicamente. É a trincha ideal para pintura de recortes e acabamentos. Esse modelo mede 3 polegadas.

2º - Trincha Media Sintética Branca 3” - Tigre

Essa trincha média de filamento branco tem rendimento standard. Indicada para uso com qualquer tipo de tinta. Multiuso, pode ser usada em qualquer tipo de acabamento. Cor do cabo branco, material plástico e trincha de espessura média com 3 polegadas.

3º - Trincha para pintura angular 2" – Atlas

Com cabo extralongo em madeira de design angulado, essa trincha ideal para áreas de difícil acesso, quinas, cantos e rodapés. Possui cerdas claras e macias, para melhor acabamento e pintura sem riscos e marcas. Essa trincha mede 2 polegadas.

4º - Trincha Para Pintura – Western

Ideal para madeira, é macia e proporciona melhor acabamento, sem deixar riscos na pintura. O cabo em madeira e haste em aço carbono garantem a durabilidade e resistência do produto. Essa trincha mede 23 por 7,6 cm.

Guia de Compra

Uma boa trincha pode ser a diferença entre um projeto de acabamento perfeito e um mal-acabado. Capaz de fazer tanto aplicação pesada quanto dar retoques e acabamentos delicados, a trincha adequada é grande aliada no sucesso de pinturas e artesanatos.

Confira agora o nosso Guia de compras, seção onde iremos te apresentar as informações mais relevantes para a escolha de uma trincha, e as características para as quais você deve atentar para escolher a que melhor atenda seus objetivos de uso.

Pintor faz pintura de recorte amarelo em moldura de gesso na parede com auxílio de trincha.

Tamanho da trincha deve ser proporcional à área da superfície que será trabalhada para melhores resultados. (Fonte: Jp26jp / Pixabay)

O que é trincha?

A trincha é um tipo de pincel, com cerdas dispostas em formato chato e alongado, com cabo também achatado. É ideal para trabalhos como finalização de pinturas em paredes, pois seu formato garante melhor acabamento e cobertura sem marcas ou ranhuras.

Também muito utilizada na aplicação de verniz ou resina em madeiras e metais, a trincha é versátil, podendo ter diversos outros usos.

Pode vir em diversos tamanhos, sendo os formatos pequenos ideais para pintar áreas menores ou realizar trabalhos mais delicados, e os maiores para coberturas de áreas grandes ou aplicação mais pesada de tintas e produtos.

Quais as vantagens da trincha?

A maior vantagem das trinchas é a sua versatilidade. Com um único modelo e tamanho você poderá ser capaz de aplicar e trabalhar diferentes tipos de tintas, vernizes, resinas, seladoras, bases e demais produtos além de trabalhar uma grande variedade de superfícies.

Graças à suavidade de suas cerdas, a trincha é capaz de proporcionar coberturas mais lisas e melhores acabamentos na aplicação de produtos em diferentes superfícies.

Além disso, por proporcionar aplicação mais precisa, cria camadas mais uniformes, economizando produto e tempo para a aplicação.

No entanto, trinchas muito grandes podem ser difíceis de manusear por pessoas pouco treinadas. Além disso, o trabalho pode não render muito, devido a pequena área que o produto é capaz de abranger simultaneamente.

Vantagens
  • Versatilidade
  • Proporciona bom acabamento
  • Menor gasto de produto
Desvantagens
  • Modelos grandes são difíceis de manusear
  • Baixo rendimento para trabalho em grandes áreas

Como conservar sua trincha?

A trincha pode ter grande durabilidade, se receber os cuidados adequados após o uso. Veja algumas dicas:

  • Nunca deixe produtos como tintas, colas, verniz e resinas secarem no produto. Após o uso, remova o excesso de produto. No caso de tintas plásticas, basta usar água. Para outros tipos de materiais, utilize o solvente correspondente.
  • Se necessário, pode-se utilizar uma espátula para remover o grosso dos resíduos e facilitar a lavagem.
  • Após a retirada completa dos resquícios de produto, faça um último enxágue das cerdas com água morna e sabão neutro.
  • Não force a retirada de produtos secos sem uso de água ou solvente, pois o processo poderá danificar as cerdas.
  • Se durante o uso sua trincha começar a soltar pelos e fiapos, é porque chegou o momento de aposentá-la.

Como armazenar sua trincha?

A armazenagem também merece atenção. Se você for fazer somente uma pausa nas atividades envolvendo sua trincha, é possível deixá-la de um dia para o outro com as cerdas embebidas em água em um recipiente. Evite embeber o cabo, pois a umidade pode danificar o material à longo prazo.

Para armazenagem definitiva, após higienização e secagem, guarde sua trincha na posição suspensa ou deitada, para evitar amassamento, quebra e danos em geral às cerdas.

Se possível, evite o contato direto das cerdas com superfícies, envolvendo-as em jornal, papel manteiga ou de seda.

Trinchas com cabo verde posicionadas sobre superfície branca.

Os devidos cuidados prolongam a vida útil da sua trincha. (Fonte: thekurupi / Pixabay)

Quanto custa?

Os preços das trinchas podem variar muito de acordo com o tamanho, marca, material, modelo do produto e tipo de cerda.

Trinchas de cerdas naturais tendem a ser mais caras que as de cerdas sintéticas. Os valores praticados podem ser entre R$ 3 e mais de R$ 50.

Onde comprar?

Você pode comprar sua trincha em lojas físicas especializadas em materiais de construção ou artigos de papelaria, como a Leroy Merlin ou Kalunga, por exemplo.

Caso você prefira comprar online, sites como Amazon e Americanas também oferecem muitas opções de produtos.

Critérios de compra: Fatores para comparar os diferentes modelos de trincha

Comparar produtos pode ser uma tarefa um pouco complicada quando se tem pouco conhecimento sobre eles e suas características. Para te ajudar nesta tarefa, iremos listar alguns pontos que você poderá analisar para tomar a decisão de compra de sua trincha. São eles:

  • Tamanho
  • Formato
  • Cerdas
  • Cabo e virola

Confira agora cada fator em detalhes.

Tamanho

O tamanho da trincha é outra característica determinante para o sucesso do seu projeto. As medidas das trinchas são feitas em polegadas, e geralmente variam entre ½ polegada até 6 polegadas.

Algumas marcas, no entanto, fabricam produtos com medidas diferenciadas, maiores ou menores que o padrão.

Deve-se escolher o tamanho da trincha proporcionalmente à área a ser trabalhada. Ou seja, paredes e grandes superfícies casam com trinchas grandes, enquanto pequenos cantos ou objetos de proporção reduzida pedem trinchas menores para um resultado mais delicado e um acabamento sem defeitos.

Imagem de vários pincéis juntos.

Você deve escolher uma trincha com tamanho de acordo com o trabalho a ser realizado. (Fonte: 5598375 / Pixabay)

Formato

O formato da trincha e de suas cerdas também deve ser definido de acordo com o uso pretendido. Existem trinchas com cerdas em formatos retos e angulares.

Os modelos retos são indicados para uso convencional, em superfícies planas e sem muitos detalhes.

Modelos angulares são ideais para trabalhar áreas de difícil acesso, como quinas e cantos, detalhes em janelas, esquadrias e bordas, proporcionando melhor alcance e cobertura a pequenos relevos e detalhes das superfícies.

Cerdas

O tipo de cerdas de sua trincha é extremamente importante para alcançar o resultado esperado. Para escolher corretamente qual tipo de cerda ideal para o seu produto você precisa saber o tipo de tinta, resina, verniz ou material diverso que será aplicado, bem como o tipo de superfície. As indicações são:

  • Cerdas sintéticas: Ideal para tintas esmalte, óleo e verniz e aplicações em alvenaria, metais e madeiras.
  • Cerdas naturais escuras: Ideal para tintas esmalte, óleo e verniz de base aquosa ou solúvel e para aplicações em metais e madeiras.
  • Cerdas brancas: Ideal para aplicação de vernizes ou esmalte em superfícies de madeira. São macias, não riscam e proporcionam melhor acabamento.
  • Cerdas naturais Gris: Também conhecidas como cerdas grisalhas, tem uso indicado apenas para tintas esmalte, Latex, acrílica ou PVA de base aquosa ou solúvel. Ideal para realização de detalhes, acabamentos ou cobertura de superfícies.

As cerdas naturais podem ser feitas de pelos de porco, javali, cavalo ou outro tipo de pelagem macia. Os pelos de porco e javali são os mais apreciados para essa finalidade, graças a seu formato cônico. Já as cerdas sintéticas geralmente são feitas de variações de nylon ou PU.

Quanto mais macias forem as cerdas de sua trincha melhor será o acabamento proporcionado por ela. Cerdas duras demais tendem a deixar ranhuras e prejudicar a qualidade final do serviço.

Cabo e virola

A qualidade e o tipo de material usado na fabricação dos cabos e virolas da trincha também têm impacto direto na durabilidade do produto.

As virolas de trinchas geralmente são feitas em variantes de aço ou metal. Virolas fracas ou de má qualidade, por exemplo, podem enferrujar ou ocasionar queda das cerdas, inutilizando o produto.

Sobre fundo branco, moça usa trincha de cerdas escuras sobre peça de madeira clara.

Tipo de tinta e superfície são determinantes para a escolha da trincha adequada. (Fonte: Rawpixel.com / Pexels)

Os cabos também devem ser resistentes. Geralmente são feitos em madeira pintada, revestida ou tratada. Existem ainda modelos com cabo em plástico rígido que, em geral, são considerados de qualidade inferior.

Além de resistente, é fundamental que o cabo da trincha seja anatômico, proporcionando estabilidade e conforto para a realização das tarefas.

(Fonte da imagem destacada: InternalEye / Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Paula Diniz Jornalista
Brasiliense, é redatora, social media e inventora de moda nas horas vagas. Apaixonada por projetos DIY de moda e artesanato, é leitora voraz, fã de séries, atividades ao ar livre e jogos de tabuleiro. Expert em compras online, não fica de fora dos lançamentos e tendências de decoração, cuidados estéticos e com a casa.