Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Hoje vamos falar sobre os modelos de tripé para câmera mais bem avaliados disponíveis no mercado atualmente. Todo fotógrafo sabe da importância de um bom tripé para a qualidade das fotos.

Ao tirar fotos noturnas, por exemplo, a câmera precisa de bastante tempo parada até que receba luz suficiente pela abertura do obturador. Na ReviewBox Brasil, vamos falar sobre os tipos de tripé mais populares e proporcionar um guia completo de compra para você.

Afinal, investir em equipamentos de fotografia é fundamental para garantir boas lembranças e um bom portfólio, caso você seja um profissional da área.

Primeiro, o mais importante

  • Antes de comprar um tripé para câmera, você deve avaliar aonde vai usá-lo. Se for utilizá-lo em um estúdio, por exemplo, talvez um equipamento de borracha seja a melhor opção, para não riscar o chão.
  • Analisar características como altura, largura, peso, além do tipo de cabeça que ele possui, é muito importante. A largura, por exemplo, é fundamental para a estabilidade da fotografia.
  • Os preços dos tripés apresentados abaixo variam de R$19,80 a R$990, e, portanto, há opções para todos os bolsos.

Ranking: Os 5 melhores tripés para câmera

O tripé  para câmera é o acessório que dá estabilidade para suas fotografias. Seja você um profissional, ou apenas uma amante desse universo, esse utensílio pode ajudar a garantir os melhores cliques. Confira abaixo o ranking que preparamos para você:

1° – Tripé para câmera – Manfrotto

[amazon box=”B013SJZVIU” description_items=”0″]

Este produto vendido na Amazon faz parte de um conjunto de tripé, cabeça e estojo, e é ideal para fotógrafos profissionais.

Ele possui uma altura mínima de 30cm, e altura máxima de 1,60m, e pode aguentar um peso de até 5kg.

2° – Tripé de mesa – Aluminium

[amazon box=”B078X28J19″ description_items=”0″]

Este tripé é produzido em alumínio, e alcança uma altura máxima de 41cm, sendo ideal para quem deseja um equipamento prático para o dia a dia.

Esse modelo de tripé para câmera suporta até 1,5kg, e deve ser utilizado em cima de mesas. Os pés de borracha proporcionam a estabilidade necessária para que você consiga excelentes fotos.

3° – Tripé para câmera e smartphone

[amazon box=”B07BC6BVYZ” description_items=”0″]

Este tripé pode ser utilizado tanto para fazer fotografias com câmeras, quanto para acoplar celulares, e é capaz de suportar um peso de até 2kg.

Ele possui uma altura mínima de 42,5cm e máxima de 1,24 m, e é ideal para fotógrafos amadores exigentes, que desejam conseguir ângulos precisos em suas fotos.

4° – Tripé Flexível – Gorillapod

[amazon box=”B07C5XQCC4″ description_items=”0″]

Uma das inovações no mundo dos tripés, o Gorillapod pode se adaptar a qualquer lugar, pois possui uma estrutura articulada que permite que ele se “agarre” em diversas locais.

Ele é leve, compacto e flexível, e ideal para levar em viagens. Este tripé é compatível com câmeras Hero da Go Pro, além de outras máquinas fotográficas de ação, que são mais leves.

5° – Mini Tripé – Manfrotto

[amazon box=”B00D76RNLS” description_items=”0″]

Este tripé é ideal para pessoas que possuem câmeras compactas, e que gostariam de ter um tripé portátil e eficiente.

O design do produto também costuma agradar muito aos consumidores, pois ele possui fabricação italiana. Além disso, ele garante estabilidade, suportando o peso máximo de 1kg.

Guia de Compra

Seja você um fotógrafo profissional ou apenas um apaixonado por fotografia, que gosta de sair por aí com sua câmera registros momentos especiais, ter um tripé adequado às suas necessidades pode ajudar muito para fazer fotos incríveis.

Neste Guia de Compra, vamos falar sobre as principais diferenças entre os tipos de tripé e sobre o que você precisa levar em conta na hora de escolher o seu. Continue lendo!

silhueta de mulher fotografando com câmera profissional e tripé

Quanto maior a câmera, maior a importância de um bom tripé. (Fonte: 12019 / Pixabay)

O que é um tripé para câmera e quais as suas vantagens?

Os tripés são equipamentos que permitem que as câmeras tenham a estabilidade necessária para tirar fotos em determinadas situações.

Fotografias noturnas, por exemplo, precisam que o obturador fique aberto por mais tempo, para que mais luz passe por ele.

Uma das principais vantagens de um tripé é que, deixando a câmera por um longo tempo nele com o obturador aberto, você poderá criar lindos efeitos nas fotos.

Como, por exemplo, este, da imagem abaixo:

Imagem que mostra uma fotografia com efeito de longa exposição.

Foto com longa exposição. (Fonte: jonbonsilver / Pixabay)

Como diria o criador da marca Kodak, George Eastman: “A luz faz a fotografia. Abrace a luz. Admire ela. Ame-a. Mas acima de tudo conheça a luz. Conheça ela e você saberá qual é a chave da fotografia.”

Outro benefício proporcionado por um tripé é que suas fotos não sairão tremidas. Afinal, sem ele, é impossível não tremer ao deixar a velocidade do obturador mais baixa, já que é necessário ficar segurando o equipamento por um longo tempo na mesma posição.

Os tripés também são excelentes para fotografias de ambientes, pois eles geram mais harmonia e proporcionam uma sensação de organização do espaço.

O ideal é montá-lo de forma que fique com a metade da altura do local em que deseja fotografar.

Uma das desvantagens de um tripé para câmera é que ele significa mais peso para carregar. As câmeras normalmente já são volumosas, e os tripés podem representar um incômodo para quem gosta de praticidade.

Outro fator de preocupação é que eles ocupam espaço na bolsa. Além do peso, isso também pode incomodar pessoas que não são da área da fotografia.

Por fim, outra desvantagem dos tripés para câmera é que muitos deles levam tempo até serem montados. Isso significa que muitos momentos podem ser perdidos, e “timing” é fundamental para obter boas fotos.

Vantagens
  • Lindos efeitos nas fotos
  • Estabilidade
  • Ótimo para ambientes internos
Desvantagens
  • Peso
  • Ocupam espaço
  • Tempo para montar

Tripés para fotografar em casa, em estúdio ou ao ar livre?

Existem alguns detalhes nos quais você precisa prestar atenção antes de adquirir um tripé para câmera.

Por exemplo, o local em que você irá usar o equipamento. O lugar vai determinar o tipo de tripé que você precisa.

Espigões metálicos são colocados nos pés do tripé para proporcionar mais estabilidade em situações de solos instáveis. Eles penetram no terreno, proporcionando proteção contra ventos, ondas, dentre outras coisas.

Já o tripé com apoio plano de borracha é indicado para uso interno, principalmente por não riscar o chão dos ambientes.

O tripé para câmera com apoio redondo de borracha gera muita estabilidade e pode ser utilizado em tipos de solos variados. Por ser o mais versátil, muitas pessoas acabam optando por ele.

Explicamos melhor abaixo:

Espigão metálico Apoio Plano de Borracha Apoio Redondo de Borracha
Uso   Ao ar livre Interno Variado
Destaque Solos instáveis como terra, areia e rocha Não risca o chão Gera muita estabilidade

Quanto custa?

Os profissionais da fotografia não se importam em pagar mais caro pelos produtos, pois os tripés são materiais de trabalho. Alguns inclusive consideram a relação com o tripé como um “casamento”, pois devem ter afinidade com ele.

Para esta categoria, o equipamento pode acabar custando entre R$200 e R$1.000, dependendo do material utilizado.

Para quem não é profissional da área, é possível pagar entre R$20 e R$200, existem diversas opções para todos os gostos e bolsos.

Onde comprar?

Você deverá encontrar tripés de qualidade em lojas especializadas em equipamentos fotográficos. Ir em uma loja física também proporciona testar o produto, já que a relação de um fotógrafo com um tripé é uma questão bastante pessoal.

Na Internet existem diversas opções de lojas que vendem estes itens, como Amazon, Lojas Americanas, Mercado Livre, Fnac, Olx, dentre outras.

A vantagem de comprar online é que você encontra mais variedades e não precisa bater perna para achar aquele modelo que tanto queria. Geralmente os preços são mais atrativos e você ainda recebe o produto na porta de casa.

Imagem mostra uma câmera montada em um tripé fotografando uma paisagem.

Existem diversas opções de locais para comprar um tripé, especialmente na Internet. (Fonte: Free-Photos / Pixabay)

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de tripé para câmera

Você já entendeu a importância desse equipamento e já conhece todos os detalhes, como preço e os melhores do mercado. Mas, antes de adquirir um tripé para câmera, existem alguns detalhes que devem ser analisados, como os seguintes:

  • Largura
  • Peso
  • Cabeça
  • Altura

Abaixo, vamos explicar cada um desses critérios detalhadamente para que você possa fazer a melhor escolha.

Largura

A largura é uma das características a se considerar ao optar por um tripé para câmera, pois quanto mais largas forem as pernas dele, maior será a estabilidade oferecida.

Antes de adquirir o equipamento, verifique o tamanho da sua câmera, e se ela não vai desestabilizar o tripé de acordo com a largura que ele oferece.

Você pode encontrar esses dados na descrição dos produtos. É importante observar o fator para que seu tripé desempenhe bem sua função principal: oferecer estabilidade para seus cliques.

Peso

Neste caso, existem dois fatores a se considerar para escolher um tripé, que são:

  • O peso do próprio tripé;
  • O peso que ele suporta.

O peso do próprio tripé deve ser avaliado antes da compra, principalmente por pessoas que não sejam profissionais da área e que não estejam acostumadas a carregar itens volumosos.

Muitas vezes a câmera em si já representa um grande inconveniente, pois muitas delas são grandes e pesadas. Nestes casos, ter que carregar um tripé significa multiplicar o peso dos equipamentos, o que deve ser pensado antes da compra.

O peso que o tripé suporta também deve ser colocado em questão no momento da aquisição do equipamento. Se possível, o melhor a fazer é testá-lo juntamente com a sua câmera, para ver se ele não acabe cedendo às “leis da gravidade”.

Se for comprar pela Internet, os sites normalmente mencionam o peso que os equipamentos suportam.

Cabeça

A cabeça do tripé para câmera é uma das características que os fotógrafos mais priorizam no momento de adquirir equipamento. Muitos profissionais, inclusive, compram a cabeça e as pernas separadas, e montam o tripé de forma customizada.

Os tipos de cabeça de tripé existentes são os seguintes:

  • Ball head: Ela pode se mover 360 graus e consegue se estabilizar em uma ampla variedade de posições;
  • Pan/Tilt head: O controle dela pode ser feito com apenas uma das mãos e ela é útil para quem deseja trabalhar rapidamente;
  • Gimbal head: Proporciona maior equilíbrio para a câmera e possui fácil manuseio;
  • Cabeça hidráulica ou Fluid head: Proporciona movimento suave e estável e é ótima para gravação de vídeos;
  • Video Heads: Normalmente combinam características das cabeças hidráulicas e Tilt head e o movimento pode ser controlado com bastante precisão;
  • Camera Rotator: Eles mantêm o peso da câmera equilibrado no centro do tripé e possuem plataformas que alternam a orientação vertical e horizontal;
  • Motorized tripod heads: Possuem um motor alimentado por bateria, e buscam oferecer mais praticidade através da automatização;
  • Pistol grip: Permitem que fotógrafo seja rápido e eficiente, e a amplitude do movimento é semelhante a Ball head.

Altura do tripé

Outra característica importante do tripé para câmera é sua altura, pois normalmente, os profissionais acabam optando por modelos que tenham mais do que 1,50m de altura.

Equipamentos que estejam 10cm abaixo da altura do olho são considerados do tamanho ideal, mas este aspecto costuma ser bastante pessoal.

Há pessoas que buscam por um tripé pequeno e mais fácil de carregar. Isso, portanto, fica a critério de cada um.

Fique atento também a altura da câmera, que deverá ser adicionada aos cálculos para que você obtenha um equipamento com o tamanho ideal.

(Fonte da imagem destacada: Pexels / Pixabay)

Avalie este artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
42 Voto(s), Média: 4,02 de 5
Loading...

Publicado por REVIEWBOX