Mãe trocando fralda de bebê sobre trocador.
Ultima atualização: 27 de outubro de 2020

Como escolhemos

11Produtos analisados

20Horas investidas

5Estudos avaliados

70Comentários coletados

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Hoje vamos falar de um item essencial do enxoval do seu bebê: o trocador. Suporte adequado para que papais e mamães possam trocar fraldas e roupas de seus filhos, o trocador é um acessório que evoluiu ao longo dos tempos para garantir mais conforto aos adultos e segurança às crianças.

Em meio a tantas opções, vamos mostrar neste artigo o que você deve levar em conta antes de comprar o trocador ideal.




O mais importante

  • O trocador é um suporte acolchoado ideal para que você realize a troca de fraldas dos seus filhos.
  • Hoje em dia, é possível encontrar modelos de formatos, tecidos e funcionalidades variadas.
  • Vamos mostrar para você quais são as características que diferenciam um modelo de outro e como escolher o trocador mais adequado para o seu bebê.

Você também pode gostar:

Trocador: nossa recomendação dos melhores produtos

O trocador precisa ser funcional para os adultos e seguro para o bebê. Sabendo disso, os fabricantes investem cada vez mais em inovações. Por isso, nós vamos apresentar para você os melhores modelos de trocador disponíveis atualmente no mercado.

Outras Recomendações

Modelo de fácil lavagem

Nesse momento, o produto selecionado não está disponível no fornecedor. Por isso, o substituímos por outro com características similares. Para relatar um problema.

Das Problem mit diesem Produkt wurde gemeldet. Danke!

O Bailarina, da Batistela Baby, é um trocador anatômico que possui laterais mais altas para acomodar o bebê. Esse modelo tem 68cm de comprimento, 48cm de largura e 8cm de altura. Além disso, esse trocador de fraldas possui capa externa plastificada e zíper para retirada do enchimento facilitando a lavagem.

Melhor opção para berços e cômodas

O trocador da Lymdecor é feito com estrutura em MDP, com acabamento em corino, almofadado e com cantos arredondados. Esse modelo tem 82cm de comprimento, 51cm de largura e 14cm de altura. Esse trocador é recomendado para ser encaixado nas grades do berço ou em cima da cômoda, e possui as laterais mais altas para maior proteção.

Ótima opção portátil

Nesse momento, o produto selecionado não está disponível no fornecedor. Por isso, o substituímos por outro com características similares. Para relatar um problema.

Das Problem mit diesem Produkt wurde gemeldet. Danke!


Letzte Preis-Updates: Amazon.de (05.12.21, 22:59 Uhr), Sonstige Shops (07.12.21, 17:14 Uhr)

O trocador da SkipHop é portátil e se fecha em formato de uma pequena bolsa, ideal para os passeios. Esse modelo, quando fechado, tem 30cm de comprimento, 20cm de largura e 5,5cm de profundidade. Além disso, possui dois bolsos: um para guardar itens pessoais (que pode ser removido e separado do trocador) e outro para guardar até quatro fraldas.

O modelo mais seguro

Nesse momento, o produto selecionado não está disponível no fornecedor. Por isso, o substituímos por outro com características similares. Para relatar um problema.

Das Problem mit diesem Produkt wurde gemeldet. Danke!

O Casa Roque Americano é um trocador que possui duas abas laterais bem firmes que impedem o bebê de rolar para os lados. Preenchido com espuma antialérgica, tem 70cm de comprimento, 45 de largura e 12 cm de altura. Além disso, esse trocador vem acompanhado de duas capas protetoras removíveis: uma de tecido e outra plastificada e impermeável.

Guia de compra: O que você precisa saber sobre o trocador

Comprar o trocador de fraldas com base apenas na cor e na estampa pode não ser uma boa ideia. É preciso escolher bem o formato e o material de fabricação, entre outros fatores, para garantir a segurança do bebê.

Por isso, criamos este Guia de Compra com todas as informações sobre o trocador para que você tome a melhor decisão ao escolher o seu.

Mãe trocando a fralda do bebê no trocador.

O trocador é uma peça importante do enxoval do bebê.
(Fonte: famveldman / 123rf)

O que é um trocador?

O trocador é um dos acessórios fundamentais do enxoval do bebê.

É formado por um mini colchonete retangular, preenchido com espuma e revestido com tecido plastificado ou impermeabilizante.

O trocador permite acomodar o bebê de forma segura e confortável para que papais e mamães possam realizar as trocas de fraldas de forma mais prática e higienizada.

Afinal, você irá trocar a fralda do seu filho, em média, de 8 a 10 vezes por dia, apenas no primeiro mês de vida.

Ter um local de apropriado de fácil limpeza como o trocador é, portanto, fundamental.

E, com a evolução dos tipos de trocadores, hoje em dia os modelos mais modernos ajudam inclusive a estabilizar e proteger o bebê contra quedas.

Bebê no trocador.

O trocador ajuda pais e mães na hora de trocar a fralda.
(Fonte: heymattallen / Pixabay)

Como você deve saber, a troca de fraldas não é sempre um momento rápido e tranquilo.

Manter a criança estável para que os adultos possam realizar a limpeza do bebê e colocar uma nova fralda muitas vezes é um desafio.

O trocador moderno ajuda você nessa missão, já que o acessório conta com as laterais elevadas.

Além disso, o trocador também tem outras funções. É nele que, em geral, você irá trocar a roupa do bebê, principalmente nos primeiros meses de vida.

Onde o trocador deve ficar?

Tradicionalmente, mamães e papais decoram o quartinho do bebê com cama, armário e cômoda. E, em geral, é sobre a cômoda que o trocador é colocado.

Essa não é uma regra, mas a cômoda é de fato um bom exemplo já que o trocador deve ficar em uma superfície firme, estável e com altura que facilite a sua postura.

Além disso, com a cômoda você garante espaço para acomodar também os itens que vai utilizar no bebê, como fraldas, kit higiene e roupas.

Mas se você não tem e nem pretende adquirir uma cômoda, não se preocupe. Em geral, a cômoda é mais utilizada apenas nos primeiros anos de vida.

Quando começa a crescer, a dificuldade em mantê-lo estável durante as trocas é maior e, por isso, colocar o trocador na cama e no chão pode ser mais seguro.

Mas até esse momento não chegar, uma bancada, penteadeira ou outra base firme e plana, pode servir como cantinho de troca. O importante é nunca deixar o bebê sozinho no trocador e ter todos os itens necessários para a troca ao alcance das mãos.

Como tornar o momento de trocar a fralda mais simples?

Apesar da correria e dos imprevistos, o momento de trocar a fralda, higienizar e limpar o bebê e até mesmo mudar de roupinha pode e deve ser um momento de conexão entre papais, mamães e o bebê.

Sabemos que nem sempre isso é possível, mas principalmente nos primeiros meses de vida pequenos gestos podem trazer um grande prazer para você e o neném.

Para ajudar você nesse processo, reunimos algumas dicas dos especialistas para você adotar na hora de trocar a fralda:

  • Dê um brinquedo para que ele fique entretido;
  • Tenha em mãos tudo que for necessário para trocar a fralda;
  • Mantenha a calma se o bebê estiver agitado;
  • Aproveite esse momento para conversar com o bebê.

Quais as vantagens do trocador?

Como vimos, são muitas as vantagens do trocador. Esta é uma peça que dá conforto e segurança para o bebê para que você possa trocar a fralda, limpá-lo e mudar a roupinha.

O trocador é leve e prático de ser limpado.

Além disso, o trocador é leve e prático de ser limpado. Isso se deve por conta do material de fabricação impermeabilizante ou das capas plastificadas.

Hoje em dia, ainda é possível encontrar vários modelos de trocador, inclusive o portátil que você pode levar nos passeios facilitando a troca de fralda fora de casa.

Sem contar que o trocador faz parte do enxoval do bebê e, como tal, ajudar a compor a decoração do quarto infantil, com cores e estampas para todos os gostos.

Bebê no trocador.

O trocador é um acessório prático, versátil e funcional.
(Fonte: kazuend / Unsplash)

Mas, mesmo com todas essas vantagens, o trocador também tem alguns pontos negativos.

A principal delas é que nem sempre os trocadores à venda no mercado são seguros e duráveis.

Se a espuma não for de qualidade ela pode deformar com o peso da criança e se tornar incômoda. Além disso, os modelos mais modernos podem sair bem caro.

A seguir, você confere as principais vantagens e desvantagens do trocador:

Vantagens
  • Funcional e prático
  • Seguro e confortável
  • Fácil de limpar
  • Existem versões portáteis
  • Complementa a decoração do quarto
Desvantagens
  • Qualidade duvidosa de alguns modelos
  • Os de melhor qualidade são muito caros

Quanto custa um trocador?

O preço do trocador varia bastante em função do formato, tamanho e material de fabricação. Em geral, você vai encontrar essa peça custando entre R$ 20 e R$ 300.

Vale lembrar que, nesse caso, vale o investimento de um trocador mais caro já que ele será usado por um bom tempo.

Onde comprar um trocador?

Você vai encontrar o trocador de fraldas à venda em lojas de departamento e hipermercados como Lojas Americanas e Extra.

Mas nós recomendamos que você realize a sua compra em lojas online como a Amazon Brasil.

Dessa forma, você adquire o trocador do conforto da sua casa e com mais opções de modelos e preços com descontos.

Critérios de Compra

Como vimos, é preciso que você leve em conta a segurança, o conforto e a durabilidade do trocador antes de comprar o ideal para o seu bebê.

Como existem muito modelos diferentes no mercado, é fundamental que você entenda o que diferencia um do outro para tomar a melhor decisão.

Por isso, selecionamos para você os principais fatores que devem ser observados antes de comprar o trocador:

  • Funcionalidade
  • Tamanho
  • Material
  • Extras

A seguir, vamos explicar cada um desses fatores para que você tome a melhor decisão e invista no melhor trocador.

Funcionalidade

O primeiro ponto que você deve considerar é a funcionalidade do trocador. E isso vai depender de como e onde você vai usá-lo.

Dessa forma, podemos classificar o trocador em: tradicional, de suporte e portátil.

  • Trocador tradicional

É aquele de espuma que você pode usar em vários lugares, seja em cima da cômoda, de uma mesa, aparador, na cama ou no chão. Esse modelo é prático e fácil de transportar e limpar.

Você pode optar por dois tipos de trocadores diferentes: o simples, que é reto e plano; e o côncavo, que possui as laterais mais altas.

Se possível, opte pelo que possui laterais elevadas já que elas servem de proteção para o bebê, para que ele não role do trocador, além de ajudar a estabilizá-lo, facilitando o seu trabalho.

Trocador.

O trocador com laterais elevadas é mais seguro para o neném.
(Fonte: Divulgação / Amazon)
  • Trocador de suporte

É um modelo feito em base de madeira que é projetado para ser encaixado nas grades do berço e, às vezes, na cômoda.

Esse modelo é menos flexível e mais pesado por isso não é a melhor opção se você quer trocar a fralda do bebê em diferentes locais. Por outro lado, esse trocador é mais elegante e duradouro.

  • Trocador portátil

Essa é uma ótima opção para passeios e viagens. Fino, pequeno e dobrável, esse modelo é prático, versátil e, em geral possui bolsos para transportar itens de higiene e fraldas.

Tamanho

Além da funcionalidade, observe o tamanho do trocador. Esse fator é importante especialmente se você pretende colocar a peça em uma cômoda.

Ou seja, é preciso que o trocador se acomode perfeitamente nas medidas do móvel, proporcionando estabilidade e segurança para a criança.

Em geral, um trocador de tamanho padrão tem um comprimento que varia entre 68cm e 83cm; e largura que vai de 45cm a 50cm.

Quanto mais comprido e mais largo mais seguro e confortável será o trocador. Além disso, analise a espessura da espuma e a altura das laterais que podem variar de 5,5cm a 14cm.

Se o trocador tiver laterais de proteção, quanto maiores elas forem melhor para a segurança da criança.

Material

O material de fabricação é outro ponto importante. O ideal é que o trocador seja revestido externa e internamente por um tecido resistente.

Você sabia que o revestimento externo também deve ser impermeável ou coberto por uma capa plástica para facilitar a limpeza?

Já espuma de enchimento deve ser atóxica e não deve ser nem muito mole nem muito dura. Dessa forma, a espuma não deformará com o tempo, causando incômodo ao bebê.

Extras

Vale observar também que, apesar de você poder comprar o trocador individualmente, não raro você encontrará essa peça acompanhada de outros produtos.

O trocador pode vir incluído, por exemplo, no kit berço e na bolsa maternidade. Em alguns casos, a peça acompanha, inclusive, a cômoda ou a banheira portátil.

(Fonte da imagem destacada: Wavebreak Media Ltd / 123rf)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas