Imagem mostra um menino usando uma vara telescópica para pescar.
Ultima atualização: 15 de fevereiro de 2020

Como escolhemos

Products

12Produtos analisados
Hours

21Horas investidas
Studies

5Estudos avaliados
Comments

71Comentários coletados

Bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Seja você um pescador iniciante ou experiente, é fundamental ter o equipamento ideal para cada tipo de pescaria. Por isso, hoje vamos falar sobre a vara de pesca telescópica, que pode te ajudar a ter sucesso em determinados locais ou com certas espécies de peixes!

A vara telescópica é normalmente mais leve que demais modelos e muitas vezes não utiliza molinete ou carretilha, exigindo que a linha seja presa de outras maneiras. Nesse artigo, vamos falar mais sobre esse equipamento, debater suas vantagens e desvantagens e explicar quando ele é a escolha ideal!




Primeiro, o mais importante

  • Mais leves e fáceis de transportar, as varas telescópicas são uma excelente opção tanto para pescadores iniciantes, como para os mais experientes.
  • Uma boa vara telescópica pode ser o melhor equipamento para pesca de barranco ou marítima.
  • Há várias opções de materiais para varas telescópicas. Fibra de carbono e fibra de vidro são as mais comuns e têm características opostas entre si.

Você também pode gostar:

As melhores varas de pesca telescópicas: Nossa opinião

Com uma simples busca, você encontrará muitas varas telescópicas à venda. Mas será que elas têm a qualidade necessária? E será que atendem o que você precisa para sua pescaria? Não se preocupe: Para te ajudar, selecionamos os melhores modelos disponíveis no mercado!

Uma vara de pesca telescópica longa e leve

Para pesca de barranco, é importante que a vara seja longa e leve. A CMIK segue perfeitamente a fórmula com esse modelo de 5,40 metros de comprimento e toda fabricada em carbono, o que confere a ele leveza e resistência. O equipamento percorre uma longa distância sem gerar desconforto para o pescador.

O melhor custo-benefício

A Marine Sports é uma das marcas mais respeitadas quando o assunto é pesca. Isso acontece justamente por causa de modelos como o 4509, que tem 4,50 metros de comprimento e é todo fabricado em bambu. São nove gomos e ação considerada leve. Vara com ótimo valor para a sua qualidade e alta resistência.

A vara de pesca telescópica com melhor acabamento

O acabamento é o maior destaque da vara Sensitive da Maruri. Composta 99% por carbono, ela é extremamente bonita e resistente. Acompanha uma capa de revestimento, que a protegerá por muito tempo. Trata-se de um equipamento com 3,60 metros de comprimento, 7 gomos e 63 gramas de peso.

Guia de compra

Escolher a melhor vara para cada pescaria pode ser complicado. Sabendo disso, preparamos em nosso guia de compra uma série de explicações completas sobre a vara telescópica!

Fique conosco para conhecer tudo o que esse excepcional equipamento de pesca pode te oferecer!

Imagem mostra uma mulher segurando uma truta recém-pescada.

A vara telescópica é ideal para peixes pequenos. (Fonte: skeeze/ Pixabay.com)

O que é uma vara de pesca telescópica?

A maior parte das varas contemporâneas funciona através de um molinete ou carretilha. Esses dispositivos são responsáveis pelo controle da linha, integrante muito importante do mecanismo que faz com que a pesca funcione.

Uma vara telescópica, por sua vez, é mais comprida e na maioria das vezes não oferece suporte para molinete ou carretilha (a exceção é nos modelos com passadores). A linha deve ser presa a ela de outras formas (nós na ponta, por exemplo). É um equipamento que se assemelha mais com o jeito antigo de se pescar.

Apesar de parecer arcaica à primeira vista, a vara telescópica ainda é muito útil hoje em dia. Um de seus diferenciais é a separação em gomos, que faz com que ela seja facilmente dobrável e fácil para transportar. Ela é a melhor opção para certos tipos de pescaria e de peixes.

foco

Você sabia que as varas de pesca passaram por uma grande evolução durante a Guerra Civil Inglesa, no Século XVII? O interesse pelo equipamento cresceu muito na época e alguns dos primeiros tratados pensando em como aprimorá-lo foram publicados logo em seguida.

Quais as vantagens de uma vara de pesca telescópica?

A principal vantagem de uma vara telescópica é a facilidade de transporte. Ela cabe dentro de um carro com tranquilidade, ao contrário de outros tipos que são menos maleáveis e dificilmente podem ser levadas de um lugar a outro sem um grande suporte.

Assim, é mais cômodo ter uma vara telescópica se você não possui um lugar específico para deixar o seu equipamento, como um barco ou espaço reservado em uma marina.

O ato de pescar com uma vara telescópica é mais fácil, uma vez que não é preciso operar a linha pelo molinete ou carretilha. Para iniciantes, pode ser a escolha ideal.

Mas o mais importante é citar que a vara telescópica é recomendada para tipos específicos de pescaria. Ela é muito boa para barranco e bastante eficiente no mar, mas não funciona tão bem em atividades embarcadas em rio.

Toda vara de pesca pode ser útil dependendo da pescaria a ser feita. Por isso, é preciso sempre saber qual é a sua necessidade antes de escolher o modelo!

Confira na tabela abaixo vantagens e desvantagens de uma vara telescópica:

Vantagens
  • Mais fácil de transportar
  • Leve e fácil de usar na pescaria em si
  • Ideal para determinados tipos de pescaria
  • Perfeita para peixes pequenos
Desvantagens
  • Iniciantes podem ter dificuldades com atividades pré-pesca, como na hora de amarrar a linha
  • Não é indicada para determinados tipos de pescaria

Para quais tipos de pescaria a vara telescópica é indicada?

Depois de tanto repetirmos que cada vara é indicada para determinados tipos de pescaria, é hora de respondermos: Então, em quais situações a telescópica é a mais indicada?

As varas telescópicas são perfeitas para a pesca de barranco.

Devido ao seu tamanho avantajado e sua leveza, ela é perfeita para pesca de barranco (quando se fica em um ponto bem mais alto que a água). É comum encontrar essa modalidade em pesqueiros ou certos pontos de rios.

No mar, também é comum o uso de varas telescópicas. Elas são boas por conseguirem ultrapassar o ponto de arrebatação das ondas e serem finas o bastante para garantirem a flexibilidade do arremesso. Funcionam muito bem em plataformas de pesca marítimas.

Peixes pequenos e delicados são os que mais pedem o uso de vara telescópica. Espécies como lambaris, tilápias e tainhas podem ser pescadas com maior facilidade quando esse equipamento é usado.

Por outro lado, evite a vara telescópica para pesca embarcada em rios.

Quais os melhores materiais para uma vara de pesca telescópica?

Para que a sua vara resista por muito tempo e facilite o seu trabalho durante a pescaria, ela precisa ser feita com um material de muita qualidade.

Quando falamos em modelos de varas telescópicas, a escolha é feita entre fibra de carbono, fibra de vidro, composite e bambu. Cada um desses materiais tem as suas vantagens.

A fibra de carbono é muito leve, o que é ótimo para determinados tipos de pescaria, porém, também é frágil. Ela é indicada para peixes pequenos, como lambaris. O contrário acontece com a fibra de vidro, pesada, mas muito durável.

“Composite” é como é chamada a mistura das fibras de carbono e de vidro. Varas desse tipo têm pelo menos 20% de cada um dos dois materiais. O ideal seria conseguir um balanceamento igualitário, aproveitando o que há de melhor em ambas as opções.

Mais rústico, o bambu tem um estilo muito próprio e que permite lançamentos diferenciados. Requer mais habilidade com a vara, mas pode proporcionar uma experiência única.

Veja na tabela abaixo a comparação entre os quatro materiais:

Fibra de carbono Fibra de vidro Composite Bambu
Vantagens Leve, muito boa para peixes pequenos Bastante resistente e durável, manuseio seguro Pode unir as vantagens das fibras de vidro e carbono Permite arremessos diferenciados, é mais rústica e estilosa
Desvantagens Quebra com facilidade Mais pesada e difícil de usar Preço mais alto, mais difícil de ser encontrada Exige experiência e controle por parte do pescador
Recomendada para Pescarias voltadas para espécies pequenas e delicadas Peixes de médio porte e pescadores mais frequentes Pescadores experientes e dispostos a gastar mais Pescadores experientes e que buscam novos desafios

Vara de pesca telescópica com gomo longo ou gomo curto?

Nós mencionamos a facilidade de transporte como uma das grandes vantagens das varas telescópicas. Isso se relaciona com o fato delas serem divididas em gomos dobráveis, que podem ser longos ou curtos.

Varas telescópicas de gomo longo são mais difíceis de serem dobradas e não oferecem tanta facilidade de transporte. Porém, a ponteira também é de tamanho mais avantajado, o que facilita a pescaria de peixes maiores.

Se o transporte é a sua principal preocupação, opte pelo gomo curto. Dessa forma, a vara pode ficar muito reduzida. Melhor ainda se a prioridade for a pesca de peixes pequenos!

Quanto custa e onde comprar uma vara de pesca telescópica?

Pode existir uma enorme variação no preço de varas telescópicas. Comprimento, material e acabamento estão entre os fatores responsáveis por isso. Encontramos modelos entre R$ 15 e R$ 450. Não necessariamente há o mesmo abismo em qualidade.

Para comprar uma vara telescópica, você pode ir a uma loja especializada em pesca, camping ou artigos esportivos. A aquisição pela internet, especialmente pela Amazon brasileira, também é ótima ideia. Confira também Amazon internacional e Mercado Livre.

Critérios de compra: Fatores para a escolha de uma vara de pesca telescópica

A sua preferência é por uma vara telescópica e você já está pronto para efetuar a aquisição? Então aguarde mais um pouco: Vamos te ajudar com a discussão de quatro importantes quesitos técnicos! São eles:

Abaixo, a análise detalhada de cada um!

Comprimento

Varas de pesca telescópicas podem ser bastante compridas. A maior parte dos modelos mede aproximadamente entre 2,60 e 6 metros. Claro que as funções também variam bastante.

Barrancos profundos pedem varas menores, que cheguem a no máximo 3 metros.

Para barrancos profundos, o ideal é usar as varas que ficam entre 2,60 e 3 metros. Isso porque o peixe tende a ficar mais próximo à margem. No caso de barrancos rasos, modelos entre 3,60 e 6 metros são perfeitos, uma vez que as espécies evitam chegar mais perto da superfície.

Varas mais longas são recomendadas também para a pesca marítima. Nesse caso, elas precisam ultrapassar a barreira de arrebatamento das ondas.

Flexibilidade

A flexibilidade em varas telescópicas se relaciona com o momento do arremesso. Quando mais flexível, mais lento o modelo é. Isso porque o tempo de reação para o comando do pescador chegar até a ponta também será maior.

Você deve fazer a opção por uma vara mais flexível ou não de acordo com o tipo de peixe que irá pescar. Caso a espécie tenha costume de “brigar” bastante, é ideal ter mais flexibilidade e menos velocidade. Por outro lado, opte por rigidez e rapidez se não há muita resistência.

Imagem mostra um menino pescando em uma plataforma.

É recomendado o uso da vara telescópica para iniciantes. (Fonte: langll/ Pixabay.com)

Peso suportado

Que tipo de peixe você pretende pescar? A vara telescópica costuma ser usada principalmente em espécies mais leves e menores, porém, você pode se arriscar eventualmente em busca de alguma de maior porte. Só não se esqueça de ter o equipamento ideal.

É preciso conhecer o peso máximo suportado pela vara e levar em conta não apenas o tipo de peixe que será pescado, mas também a isca a ser empregada.

Itens extras

Uma pescaria exige uma longa lista de equipamentos. A vara é o mais importante, mas não há nada que possa ser feito apenas com ela. Além disso, é preciso que tudo seja muito bem cuidado.

Opte por modelos de vara que tenham muitos itens extras, tanto para o cuidado (capas de proteção, maletas para transporte e afins), como para auxiliar na pescaria (iscas, linha, anzóis). Assim, o custo-benefício será muito superior e você estará imediatamente pronto para a aventura!

(Fonte da imagem destacada: Sasin Tipchai/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em nós?

Pedro d'Ávila Músico e Viajante Incansável
Os cinco anos vagando pela Europa e tocando de metrô em metrô e deram a Pedro uma experiência de vida incrível, só comparada a seus anos e anos acampando pelo Brasil e pela América do Sul. Hoje, estabelecido em Dublin, ele segue conhecendo novos lugares e comparilhando o conhecimento adquirido com as experiências de vida.
Carlos Massari Jornalista
Jornalista especializado em esportes e podcaster. Apaixonado por cinema, literatura e artes em geral. Curioso nato, pesquisa e escreve sobre diversas áreas, principalmente tecnologia, ferramentas, artigos esportivos e objetos que tornam a vida e o cotidiano mais fáceis.