Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil. Hoje vamos falar sobre varal, a maneira mais barata e ecológica de secar roupas.Existem vários tipos e modelos: varal de chão, teto, parede, retrátil, sanfonado, entre outros, que podem ser feitos de diversos tipos de materiais.

Mas diante de tantas opções, será que você sabe qual modelo é ideal para as suas necessidades?

Preparamos um manual completo com os melhores modelos, vantagens e desvantagens do produto, preços e onde comprar, para você não ficar com nenhuma dúvida na hora de escolher um varal para a sua casa.

Primeiro, o mais importante

  • Existem vários tipos de varal, são ideais para diferentes contextos, principalmente em relação ao espaço disponível em sua casa. Seja qual for o tipo escolhido, preste atenção no peso que ele aguenta. Na descrição do produto são informados o limite total e a capacidade de cada vareta.
  • Os varais podem ser feitos de ferro, alumínio, plástico ou aço inoxidável, sendo essa última opção a mais recomendada, pois é resistente e não enferruja, o que aumenta a durabilidade do produto.
  • Critérios como tamanho, material de fabricação, carga máxima suportada e design são determinantes no preço de um varal. Mas há modelos para todos os bolsos, que custam desde R$ 30 até R$ 1.700.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 5 melhores modelos de varal

Suas roupas estão lavadas, mas você não tem onde secá-las? Não se preocupe! Listamos abaixo cinco dos melhores modelos de varal do mercado para que você escolha aquele que mais se adeque às suas necessidades.

1º – Varal Retrátil Crippa

O varal retrátil móvel da Crippa pode ser instalado em qualquer lugar da sua casa, lavanderia, área de serviço, quintal e até no banheiro. Possui 5 varetas leves e removíveis, feitas de alumínio, que não enferrujam quando expostas ao sol, garantindo alta durabilidade ao produto.

Esse modelo vem com dois suportes para instalação, então é possível instalar ele em dois lugares diferentes, dessa forma fica mais fácil levar o varal para onde estiver mais sol e vento.

2º – Varal Parede Rotary Brabantia

O varal de parede Rotary da Brabantia é um produto importado, prático, compacto, funcional e fácil de armar. Tem capacidade para estender as roupas lavadas por uma máquina cheia por conta dos 24 metros em cabo que possui e é ideal para peças maiores.

Os materiais, de altíssima qualidade, resistem ao calor do sol, vento e à corrosão causada pela água de chuva. Para instalar esse varal é simples, ele já vem pronto para usar, basta armar a peça e regular a altura, no tamanho ideal para facilitar o seu trabalho. As medidas são 1,82 x 1.84m, ocupa área de 3,3m².

3º – Varal De Roupas 3 Andares Fred Store

O varal de roupas 3 andares da Fred Store tem design inovador, prático e funcional, feito com aço inoxidável, material de alta qualidade e durabilidade. Oferece maior comodidade e satisfação.

Vem com 6 prateleiras retráteis com regulagem de altura em quatro posições. Cada prateleira suporta até 20 quilos divididos em 4 varetas de aço inox de 80 centímetros cada. No total, esse varal tem o espaço útil de 19 metros, o equivalente a 4 varais de chão.

É possível locomover esse varal, pois ele possui 4 rodinhas nos pés, que garantem um giro de 360º. Mede 1.60 metro de altura e tem 64 centímetros de largura. Conta ainda com suporte para calçados e 2 abas laterais que permitem pendurar no mínimo 10 cabides, ideal para colocar roupas delicadas.

4º – Varal de Parede Seca Fácil Trevisan

O varal de parede Seca Fácil da Trevisan não ocupa espaço algum em sua casa quando não estiver em uso. Isso porque a caixa dele é fixada na parede e só quando você for utilizar é que você verá os cabos. É prático e seguro, pois elimina o risco de possíveis acidentes.

Para usá-lo basta puxar o cabo extensível da base e fixar no gancho localizado na parede oposta. O cabo tem comprimento de até 30 metros e é bastante resistente, suporta o peso de peças pesadas como edredons, cobertores e tapetes.

5º – Varal Prático Teto e Parede – Secalux

O varal de teto e parede da Secalux é um modelo muito versátil já que, como diz o nome, pode ser usado tanto no teto, em suspensão, quanto na parede. Tem 1.47 metros de comprimento e 56 centímetros de largura, possui seis varetas grossas e resistentes com extensão equivalente a 8,4 metros de varal convencional (feito de corda).

Toda a peça é pintada com tinta branca híbrida de epóxi com poliéster, que garantem alta resistência e durabilidade. O produto tem ajuste de altura regulável, as varetas são movidas individualmente e suportam até 12 quilos de roupas.

Guia de Compra

Nada melhor do que um dia de sol para secar as roupas que acabaram de sair da máquina de lavar. Mas nem todo mundo tem espaço para ter em casal um varal gigantesco, que poderia receber centenas de peças, não é?

Se a falta de espaço é um problema para você, continue lendo esse Guia de Compra e conheça todos os tipos de varal. Com certeza um deles será útil para você.

senhora pendurando lençois no varal

Nem todo mundo tem tanto espaço assim para ter um varal gigante em casa. (Fonte: anaterate / Pixabay)

O que é um varal?

O varal é um objeto fundamental em qualquer casa, por isso tem formas e tamanhos variáveis. Os modelos são projetados para poder atender desde às necessidades dos consumidores que moram em apartamentos –  geralmente pequenos e sem área de serviço ou lavanderia – até casas com espaçosos jardins.

Há modelos com tamanhos e formas ideais para cada situação, por isso é preciso avaliar o espaço em que vai ser instalado o varal, o clima da sua região e também a demanda que o varal vai precisar atender.

Imagem mostra varal ao ar livre com roupas penduradas e céu azul.

Hoje em dia não é mais preciso fazer aqueles varais improvisados. (Fonte: zuckerschnecke / Pixabay)

Os modelos variam entre opções de teto, parede, retrátil, chão, porta, entre outros. Além da infinidade de modelos, há também diversas alternativas quanto ao material da peça: de plástico, metal, alumínio e aço inox.

Os tamanhos variam de 80 centímetros a 1,5 metro de comprimento, e opções de seis a oito varetas, que podem ou não ser removidas. Cada vareta consegue suportar determinado peso em kg, mas não se preocupe que os modelos são bem resistentes. Tem modelo de varal retrátil que suporta o peso de tapetes, edredons e cobertores.

Muitas pessoas, por falta de informação, acham que precisam comprar uma secadora de roupas, mas essa alternativa não é vantajosa a longo prazo, já que, além do aparelho ser bem caro, o consumo de energia é muito alto, o que vai deixar sua conta de luz mais cara.

Quais as vantagens e desvantagens do varal?

Entre as vantagens do varal podemos destacar a sua variedade de formatos. Assim, como dissemos eles podem ser adaptados para qualquer situação espaço.

Outra grande vantagem é que geralmente é muito fácil instalar ou remover – e muitas vezes nem precisa de instalação, basta abrir e fechar quando quiser utilizar.

Mas como todo produto, o varal também tem suas desvantagens. E podemos dizer que alguns podem ser leve demais e derrubados com a ação de ventos fortes.

Algumas vezes o espaço entre as varetas pode ser pequeno demais, e isso atrapalha tanto para pendurar quando a passagem de ar entre as peças. E para finalizar, quando cheio, o varal pode ficar muito pesado. As peças molhada pesam mais e fica difícil mudar o varal de lugar.

Preparamos uma tabela com as principais vantagens e desvantagens do varal:

Vantagens
  • Variedade de formatos, tamanhos e materiais de fabricação
  • Há modelos ideais para casas e apartamentos menores
  • Podem ser instalados e desmontados com facilidade
  • Preços mais baixos
Desvantagens
  • Modelos leves podem ser derrubados com o vento
  • Espaço entre as varetas é pequeno
  • Quando há muitas peças penduradas, o varal fica pesado

Qual a diferença entre o varal de chão e teto?

Várias características mudam de um modelo de varal para o outro, como material de fabricação, tamanho, capacidade e o formato.

Os dois mais comuns do mercado são os de chão e de teto. Como cada modelo tem suas peculiaridades e são ideais para determinados ambientes, vamos explicar brevemente as principais características de cada um.

Varal de teto

O varal de teto fica suspenso no ar e é controlado por cordinhas que o fazem subir e descer para facilitar na hora de colocar as roupas sem desconforto. Isso possibilita pendurar peças maiores como cobertores, lençóis e toalhas, pois esse modelo de varal pode ser levantado bem alto.

Entretanto, para erguer e abaixar esse varal, você vai precisar fazer força, principalmente se ele estiver muito cheio. Eventualmente, quando o varal estiver muito pesado as cordas de suspensão podem acabar se rompendo.

Outra informação importante, é que o varal de teto só pode ser instalado em lajes de alvenaria, nunca em forros de gesso, a não ser que sejam reforçados.

Varal de chão

O varal de chão é um modelo prático para ser movido de lugar, principalmente por ser pequeno e dobrável, dessa forma você pode colocá-lo no lugar que estiver batendo mais sol e vento.

O fato dele ser leve, não significa que não aguente muito peso, pelo contrário, esse tipo de varal é conhecido por suportar altas cargas. Mas o varal de chão ocupa espaço na sua casa, então é preciso pensar em algum lugar de menor circulação para estender as roupas molhadas.

A única limitação é que por ficar perto do chão, não vai dar para estender peças muito compridas como cobertores, lençóis, toalhas de mesa e vestidos longos.

Preparamos uma tabela comparativa com os dois modelos de varal mais usados, o de teto e o de chão, confira:

Varal de chão Varal de teto
Mobilidade Pode ser movido de lugar Modelo fixo, só a altura é regulável
Tamanho das peças Não é recomendado para peças compridas pois esse varal fica próximo do chão Você pode pendurar peças de diferentes tamanhos, pois a altura do varal é regulável
Ponto negativo Quando está cheio de peças fica pesado e difícil de mover O acionamento é por cordinhas que sobem e descem o varal, é preciso força para fazer esse movimento

Quais os outros tipos de varal existentes?

Além dos varias mais tradicionais como de chão e de teto, existem ainda outros modelos que podem ser ideais para sua realidade. Entre eles destacamos o giratório, sanfonado, dobrável, retrátil, de porta, à manivela e removível.

São muitos, não é mesmo?! Algumas pessoas inclusive possuem até mesmo mais de uma opção em casa. Confira abaixo as características de cada modelo:

Varal giratório

O varal giratório é um dos maiores modelos, tem cerca de dois metros de altura somadas a mesma proporção em diâmetro. Apesar de ser móvel, ele também pode ser chumbado no chão. Esse modelo não pode ser instalado em lugares onde batam muito vento (a não ser que seja chumbado), pois pode cair.

Imagem mostra um varal giratório, com roupas de cama penduradas.

O varal giratório é ideal para espaços mais amplos, pois são maiores do que outros modelos. (Fonte: Stux / Pixabay)

Varal sanfonado

O varal sanfonado tem como principal facilidade o fato de poder ser fechado quando não está sendo usado, por conta do seu design em formato de sanfona. Geralmente esse modelo é feito de alumínio e tem em média seis varetas, é muito resistente e fica discreto quando está encolhido. A única desvantagem é que o sistema de abertura não é muito prático.

Varal dobrável

O varal dobrável é resistente, prático de montar e fácil de guardar, pois após usá-lo basta abaixar a parte em que ficam as varetas e recostá-lo na parede, economizando espaço da sua lavanderia. Quando for instalar, reserve um lugar na casa para ele ficar aberto sem atrapalhar a passagem das pessoas e não coloque nada que obstrua sua abertura.

Varal retrátil

O varal retrátil é um dos modelos mais práticos. Os fios (os modelos podem ter um ou mais fios de varal) ficam dentro de uma caixinha de plástico que é instalada na parede.

Na parede oposta são fixados os ganchos para prender os fios do varal. Quando for usar basta puxar o fio, encaixá-lo no gancho e pendurar as roupas.

O mecanismo de roldanas permite que o comprimento do varal seja regulado ao tamanho desejado. As cordas são travadas e têm a tensão necessária para suportarem o peso das roupas, mas não exagere, roupas demasiadamente pesadas podem lacear o fio com o tempo ou até fazê-lo estourar.

Varal de porta

O varal de porta é um dos modelos menos usados, isso porque são menores e aguentam pouco peso. É uma alternativa para lugares muito pequenos, em que falta espaço para opções de varais maiores ou para quem tem pouca roupa para pendurar.

Varal à manivela

O modelo de varal à manivela reduz o esforço manual de subir e abaixar as grades do varal a uma proporção de 60%. Há possibilidade de acionar manualmente, girando a manivela, ou de maneira eletrônica, que dependem da instalação elétrica disponível no ambiente. Veja um varal de teto movido à manivela manual em ação:

Varal removível

Por fim, o varal removível é um modelo que pode ser instalado na parede ou muro e conta com dois suportes para cordas de polietileno. É recomendado para espaços maiores como lajes e quintais pois a distância mínima entre os fios do varal deve ser de 4 metros. O encaixe deve ser instalado em ambos os lados, mas as cordas podem ser removidas.

Também dá para fazer seu varal sob medida, ele pode ser de qualquer tamanho e formato, e pode ser feito na proporção exata do ambiente que será instalado. Geralmente, modelos feitos sob medida costumam custar mais caro.

Quanto custa?

Características como tamanho, material de fabricação, carga máxima suportada e design interferem no preço do varal. Diferentes modelos custam desde R$ 30 (equipamentos mais simples, feitos de plástico) até R$ 1.800 (modelos mais sofisticados).

Como vimos acima, existem opções para todas as necessidades, assim como para todos os bolsos.

Onde comprar?

Você pode comprar seu varal em lojas de móveis e eletrodomésticos como Tok&Stock, Magazine Luiza e Casas Bahia. Ou, ainda, no conforto de sua casa pela internet.

Amazon, Americanas e Submarino são ótimas opções. Na Amazon é possível encontrar os melhores modelos de diversas marcas, comparar preços e ler as avaliações de outros consumidores.

Comprando online você recebe o produto na porta de casa e geralmente encontra as ofertas mais atrativas.

Critérios de Compra: Fatores para comparar os diferentes modelos de Varal

Agora que você já conhece todos os tipos de varal existentes, é hora de decidir qual será melhor para você. Para isso, é preciso levar em conta os seguintes fatores:

  • Capacidade
  • Formato do varal
  • Varetas
  • Material de fabricação

Vamos detalhar cada um deles para que você possa fazer a melhor escola.

Capacidade

O primeiro ponto que você deve analisar é a capacidade do varal. É preciso levar em consideração a demanda de uso do equipamento e o espaço onde ele será instalado antes de decidir qual modelo escolher.

Você mora sozinho ou possui uma grande família? Com que frequência lava roupa?

Respondendo essas perguntas você consegue ter uma direção da capacidade que seu varal precisa ter. É claro que você vai precisar achar um equilíbrio entre a sua necessidade e o espaço que você possui para ele.

Formato do varal

Conforme explicamos nos tópicos anteriores, cada formato de varal atende a determinadas necessidades. Se o espaço for muito pequeno e o uso menos frequente sugerimos os modelos retrátil, de porta ou sanfonados.

Se a demanda de uso for maior e você tiver uma área de serviço de tamanho regular escolha modelos de parede, teto ou dobrável.

Para espaços grandes como lajes, varandas ou quintais você pode optar por um varal giratório, de chão ou removível.

Imagem mostra varal em close com apenas grampos pendurados.

Para espaços pequenos, os modelos sanfonados são os mais indicados. (Fonte: Big_Heart / Pixabay)

Varetas

Quando for escolher seu varal, preste atenção na espessura das varetas. Elas não podem nem ser tão finas, que não consigam oferecer sustentação às peças, nem muito espessas, pois o pregador precisa atravessá-las para prender a roupa.

Além disso, as varetas precisam ser espaçadas, pois o ar tem que circular entre as peças para secá-las. Confira também quantos kg as varetas podem suportar.

Material de fabricação

Os varais podem ser fabricados em diversos tipos de materiais como plástico, metal, alumínio ou aço inox. Os modelos de plástico são mais baratos, mas nem por isso são de qualidade inferior, apenas atendem uma demanda menor de uso.

Os de alumínio são um pouco mais resistentes, mas se for escolher um modelo nesse material opte pelos que tenham pintura eletrostática, que protege o material da corrosão. Os modelos de aço inox são os mais resistentes e duráveis.

(Fonte da imagem destacada: AlchemillaMollis/ Pixabay)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
37 Voto(s), Média: 5,00 de 5
Loading...