Imagem de vibrador estilo massageador preto sobre calcinha vermelha de bolinhas e rendas pretas sobre toalha vermelha

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil, seu site de resenhas na internet. Para obter mais estímulo e deixar as relações sexuais muito mais intensas, um vibrador é uma ótima opção.

Ideal para usar com quem você gosta ou mesmo sozinho para a obtenção de prazer, os vibradores estão cada vez mais modernos e sofisticados, oferecendo várias opções para explorar novas fantasias.

Para ajudá-lo a escolher os melhores modelos e entender mais sobre o mundo dos vibradores e todos seus benefícios, confira essa resenha que preparamos especialmente para você.



Primeiro, o mais importante

  • Se você tem dúvidas quanto a segurança de qualquer tipo de brinquedo erótico, procure um médico de sua confiança.
  • Dê preferência para vibradores feitos com materiais atóxicos, assim você evita o risco de irritações, alergias e até mesmo problemas mais sérios.
  • Como os vibradores entram em contato com secreções corporais, é importante realizar a higienização correta para evitar a formação de bactérias.

Você também pode gostar:

Melhores vibradores do mercado

Os vibradores estão cada vez mais populares e atualmente é possível encontrar uma infinidade de modelos com uma porção de funcionalidades, formatos e tamanhos.

Para ajudá-lo a escolher o melhor modelo para obter momentos de prazer, confira nossa lista com alguns dos melhores produtos disponíveis no mercado.

1º – Vibrador Duplo Feminino We-vibe Pretty Love Indulgence – Lybaile

Criado especialmente para o prazer a dois pelos casais, o vibrador We-vibe Pretty Love Indulgenge da Lybaile é potente, oferecendo até 30 níveis de velocidades controlados através de um controle remoto sem fio com alcance de até 5 metros.

Para garantir máximo prazer, ele possuiu 2 motores, cada um em uma de suas extremidades. Uma delas é introduzido na vagina e ajuda estimular o ponto G, enquanto o outro estimula o clitóris.

E o melhor, ele é recarregável e não faz uso de baterias. Utilizando um cabo USB e carregando por 40 minutos, você tem até 80 minutos de prazer garantido.

2º – Vibrador Personal Toque Aveludado – Gtoys

O vibrador Personal Toque Aveludado da Gtoys é produzido em um silicone ABS muito mais macio e resistente, mais delicado ao toque, oferecendo muito mais prazer com um controle de múltiplas velocidades.

Medindo 13 cm de comprimento por 2,5 cm de diâmetro, ele funciona com uma pilha AA não inclusa. Para controlar a velocidade, basta girar a base do produto para controlar a intensidade desejada.

3º – Prótese com Vibrador e Ventosa – Soulsex

Perfeito para homens e mulheres que procuram por uma opção mais realística, a prótese peniana da Soulsex possui um vibrador com controle com fio e detalhes anatômicos detalhistas, como glande e relevos das veias. A base ainda possui cerdas especiais para potencializarem o prazer.

Ele possuiu 17 cm de comprimento por 3,5 cm de espessura e funciona com 2 pilhas AA não inclusas, oferecendo diferentes níveis de vibração. A base ainda possuiu uma ventosa para que ele possa ser fixado em superfícies planas.

4º – Vibrador Power Bullet Clássico – Gtoys

Pequeno e discreto, o vibrador Power Bullet Clássico da Gtoys possuiu um design único com pontas arredondadas que permitem o usuário explorar uma gostosa massagem pelo corpo todo.

Possuindo 5,5 cm de comprimento por 1,5 cm de diâmetro, ele funciona com 3 baterias LR44 já inclusas. O acionamento é muito simples, realizado através de um botão na base do vibrador.

Guia de Compra

Se antes era considerado um tabu, hoje a masturbação é aconselhada por especialistas, pois ajuda homens e mulheres a conhecerem melhor seus corpos e no amadurecimento sexual.

Os vibradores são uma ótima opção, tanto para a masturbação quanto para explorar novas fantasias e obter mais prazer durante as relações sexuais. Para que você descubra mais sobre eles, acompanhe nosso Guia de Compra.

Imagem da mão de uma mulher na cama segurando um vibrador

Não há nenhum motivo para vergonha. Os vibradores são ótimos para ajudar na masturbação. (Fonte: serezniy / 123RF)

O que é um vibrador?

Um vibrador é um tipo de brinquedo sexual que possuiu motores alimentados por pilhas e baterias descartáveis ou recarregáveis que produzem estímulos sexuais através da vibração.

Os primeiros modelos portáteis surgiram em 1900 com baterias, mas eram mais restritos ao uso medicinal.

Foi apenas a partir da década de 20 que eles começaram a se popularizar como artigos recreativos que prometiam aumentar o vigor, a beleza e a saúde.

Desde então, os vibradores continuam evoluindo, oferecendo várias funcionalidades adicionais e sendo produzidos em materiais mais agradáveis ao toque e obtendo formatos mais realísticos ou específicos para explorar diferentes estímulos e fantasias sexuais.

foco

Você sabia que os primeiros vibradores surgiram 1869, funcionavam a vapor e eram utilizados para cuidar de casos de histeria?

Quais as vantagens e desvantagens de um vibrador?

É inegável que os vibradores oferecem uma porção de benefícios, como oferecer a possibilidade de explorar novas fantasias, mesmo a sós, para ajudar na masturbação.

Imagem de vibrador roxo com estimulante de ponto G e clítoris

Os diferentes formatos permitem diferentes fontes de prazer. (Fonte: stux / Pixabay)

Seus diferentes formatos e tamanhos podem estimular pontos específicos que potencializam ainda mais o prazer.

No entanto, nem tudo são flores. Os vibradores exigem cuidados especiais quando se trata da higienização, para evitar odores desagradáveis e proliferação de bactérias danosas a nossa saúde.

Além disso, é preciso trocar as pilhas e baterias com certa regularidade. E com tantas funcionalidades, pode ser preciso diferentes modelos para a obtenção de estímulos específicos. Para mais detalhes, veja a tabela abaixo.

Vantagens
  • Eles podem ser usados a sós para ajudar na masturbação
  • Oferece a possibilidade de explorar novas fantasias
  • Diferentes formatos estimulam pontos específicos que potencializam o prazer
Desvantagens
  • É preciso tomar um cuidado especial com a higienização do produto
  • É preciso trocar as pilhas ou baterias regularmente
  • Pode ser preciso diferentes modelos para estímulos específicos

Quais são os diferentes tipos de vibradores?

Dentre os vários modelos disponíveis no mercado, alguns se destacam por suas características únicas. Os vibradores vaginais simulam o formato de um pênis, oferecem estímulo interno e do clitóris e o preço varia de acordo com suas funcionalidades.

Os vibradores anais possuem formato de bolinhas que garantem mais segurança durante o uso, massageiam a próstata e podem ser encontrados em uma faixa de preço intermediário.

Mais baratos, os anéis com vibradores são pequenos e práticos, seu formato permite que sejam uados no pênis, com os dedos, na língua e até com outros vibradores. Eles são perfeitos para massagear o clitóris.

Por preços muito acessíveis, também é possível encontrar vibradores em formato de bullets, com bordas arredondadas e que podem ser usados para massagear o corpo todo. Confira a tabela comparativa abaixo.

Vibrador vaginal Vibrador anal Anel com vibrador Bullets
Formato Simula o formato de um pênis O formato de bolinhas garante mais segurança São pequenos vibradores ligados a um anel Possuem formas arredondadas
Tipo de estímulo Oferecem estimulo vaginal e do clitóris Massageiam o ânus e a próstata Ideias para massagens no clitóris Ideais para massagem no clitóris Podem ser usados para estimular o corpo todo
Preço O preço varia de acordo com suas funcionalidades Estão em uma faixa intermediária de preço São os modelos mais baratos do mercado Podem ser encontrados por preços bastante acessíveis

Como higienizar e guardar os vibradores?

Como os vibradores entram em contato com secreções corporais durante sua utilização, é muito importante realizar uma higienização correta para evitar a formação de odores e a proliferação de bactérias que podem ser nocivas a nossa saúde.

Para limpá-lo de forma correta, verifique as especificações do fabricante para obter detalhes de cada modelo. No geral, o ideal é lavá-los logo após o uso com água morna e utilizando um sabão neutro.

Imagem de vibrador roxo e branco em formato de gotas para estimulo vaginal ou anal

Os vibradores podem ser usados para obter vários tipos de estímulos, vaginais ou anais. (Fonte: aixklusiv / Pixabay)

Evite usar tecidos ou papel que deixam resíduos, assim como produtos abrasivos que podem danificar a vibrador. Lembre-se sempre de retirar as baterias, mesmo nos modelos à prova d’água.

Depois de limpos, deixe-os secar a sombra e guarde-os em um compartimento especial designado para seus brinquedos sexuais que seja arejado e protegido contra a luz para que ele dure por mais tempo.

Quanto custa um bom vibrador?

O preço dos vibradores pode variar muito de acordo com seu material, potência e funcionalidades. Os modelos mais tradicionais de vibradores vaginais e anais podem ser encontrados em uma faixa de R$ 15 a R$ 300.

Os bullets e anéis com vibrados são menores e mais baratos, podendo ser encontrados numa faixa de R$ 5 a R$ 100. No entanto, é possível encontrar modelos que chegam a custar até mais que R$ 500.

Todos os modelos exibidos nessa resenha podem ser encontrados em uma faixa de preço que varia de R$ 20 a R$ 370.

Onde comprar um vibrador?

Você pode encontrar os vibradores em lojas especializadas em artigos eróticos, como os sex shops e até mesmo em algumas lojas de lingerie que possuem alguns artigos adultos a disposição.

Cada vez mais populares, alguns modelos podem ser encontrados mesmo em grandes distribuidores, como a Amazon, Submarino ou o Mercado Livre.

E já que falamos da internet, para pessoas que tem mais vergonha ou apenas não possuem acesso a um sex shop em suas cidades, o comércio online de produtos adultos é enorme.

Para pesquisar com mais atenção aos detalhes e receber o produto em casa com total discrição e segurança, cada vez mais pessoas optam por fazer a compra de vibradores dessa forma.

Todos os modelos exibidos nessa resenha, por exemplo, podem ser encontrados na Amazon, que está cada vez mais presente no Brasil.

Critérios de Compra: O que considerar antes de comprar um vibrador

Os vibradores estão cada vez mais populares e se utilizam de materiais cada vez mais modernos para potencializar os momentos de prazer, seja a sós ou acompanhado.

Mas, com tantas opções, é natural se sentir um pouco perdido ao escolher qual o melhor modelo.

Pensando nisso, separamos para você alguns critérios importantes que devem ser considerados antes que a compra seja realizada.

  • Material
  • Tamanho
  • Espessura
  • Velocidades
  • Fonte de alimentação
  • Funcionalidades adicionais

Verifique com atenção cada um dos tópicos abaixo para saber tudo o que é preciso sobre os vibradores e como obter o máximo de prazer com uma ajudinha da tecnologia.

Material

Os vibradores podem ser confeccionados em diferentes materiais. Modelos mais simples são feitos de plástico e látex, mas o silicone tem sido cada vez mais utilizado por produzir características atóxicas e simular uma infinidade de texturas.

E se você procurar por uma opção ainda mais realística, hoje é possível encontrar vibradores produzidos com CyberSkin, um tipo de material que mais se aproxima da sensação de pele humana, sendo mais macio e suave durante a utilização.

Por se tratarem de objetos que entram em contato direto com as genitálias e com secreções, é extremamente importante escolher o material certo para evitar alergias ou irritações.

E lembre-se, se você tem um histórico ou preocupações, consulte-se sempre com um médico de sua confiança para que ele possa te indicar qual o melhor tipo de vibrador.

Tamanho

O tamanho dos vibradores pode variar bastante de um modelo para o outro. Os bullets e vibradores com anéis por exemplo, que são designados para estimulo do clitóris, costumam ser pequenos, facilitando a massagem intima.

No caso dos vibradores vaginais e anais, é comum que eles variem entre 10 e 17 cm, mas é possível encontrar modelos maiores, especialmente nos modelos de próteses penianas.

Não há regras quanto ao tamanho do vibrador, desde que você consiga usá-lo com segurança sem causar irritações, incômodos ou ferimentos. Para testar o tamanho ideal, você pode começar com vibradores menores e aumentar o tamanho gradativamente.

Espessura

Tamanho e espessura fazem sim diferença quando se trata dos vibradores. Quanto maior o diâmetro, maio será o estimulo nas paredes internas da vagina ou do ânus.

A maioria dos modelos possuem espessuras que variam de 2 a 5 cm de diâmetro, mas é possível encontrar modelos mias volumosos disponíveis no mercado, especialmente nas próteses penianas.

A espessura também pode variar ao longo do corpo do vibrador. É muito comum encontrar modelos que possuem a ponta mais fina e que aumentam de diâmetro conforme se aproximam da base, para aumentar o prazer sem que haja o risco de ferimentos.

Velocidades

Embora alguns modelos ofereçam apenas uma velocidade, é cada vez mais comum encontrar modelos que oferecem vários níveis de intensidade e até diferentes ritmos de pulsação.

A forma de ajustar a velocidade depende de cada modelo. Em alguns, você obtém a mudança através de cliques em um botão, em outros, ela é regulada rotacionando a base do produto.

É possível encontrar até mesmo modelos com controles com fios ou remotos, permitindo que você possa fazer o controle da velocidade mesmo à distância, permitindo que você explore diferentes fantasias e intensidades de prazer.

Imagem de vibrador com formato peniano e controle remoto

É possível escolher a velocidade em alguns modelos de vibrador. (Fonte: Nelly Sabitova / 123RF)

Fonte de alimentação

Os vibradores possuem motores responsáveis pela vibração, e esses motores precisam de uma fonte de alimentação. Os modelos mais tradicionais funcionam com pilhas ou baterias que precisam ser trocadas regularmente.

É importante notar que nos modelos que oferecem múltiplas velocidades e diferentes ritmos de vibração, quanto mais intensa ela for, mais será exigido do motor e mais rápido será o consumo das baterias.

Com o avanço das tecnologias de baterias, muitos modelos estão começando a usar modelos recarregáveis utilizando cabos USB que podem ser ligadas a dispositivos móveis ou diretamente na rede elétrica com o auxílio de um adaptador.

Funcionalidades adicionais

Atualmente, os vibradores não se limitam a oferecer prazer apenas através de seus motores. Muitos modelos possuem formatos especiais e diferentes tamanhos, mas também são produzidos texturas especiais, cerdas e saliências que ajudam a estimular zonas específicas, como o ponto G ou a próstata.

Muitos possuem controles remotos sem fio que ajudam a explorar novas fantasias, e alguns modelos podem ser até mesmo ligados ao seu celular para produzir vibrações de acordo com batidas de músicas.

Também é cada vez mais comum encontrar modelos que são a prova d’água, permitindo não só uma maior facilidade durante a higienização, mas principalmente que você possa obter prazer durante um banho relaxante.

Então, quando estiver escolhendo um vibrador, pense além de suas funções básicas, pois você pode encontrar modelos que vão oferecer muito mais prazer em um único produto. Quando se trata de satisfação, o céu é o limite.

(Fonte da imagem destacada: RJA1988 / Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Redatora e psicóloga, é uma entusiasta de gadgets, jogos e utilidades. Adora escrever e experimentar inovações que podem tornar a vida mais prática.