Ultima atualização: 13 de agosto de 2021

Como escolhemos

15Produtos analisados

28Horas investidas

7Estudos avaliados

74Comentários coletados

Bem-vindo e obrigado por escolher a ReviewBox! O universo da música é vasto, e o mercado de instrumentos musicais tem muito a oferecer. Um dos instrumentos com maior variedade é o violão acústico.

Aqui nós lhe dizemos tudo o que você precisa saber para adquirir um desses violões versáteis. Os violões acústicos são instrumentos derivados dos violões, e se caracterizam por seu uso difundido. Tão difundidos que são um instrumento comum na maioria dos países ao redor do mundo. Na verdade, sua versatilidade e popularidade é frequentemente comparada à do piano, outro instrumento quase universal.

Devido à sua ampla utilização, várias especificações foram desenvolvidas para este instrumento. Aspectos como o número de trastes, a forma e o material são alguns dos aspectos que variam de modelo para modelo. Esta diversidade resultou numa variedade de guitarras que são ideais para produzir diferentes efeitos.




O mais importante

  • Os violões acústicos são contados como um dos instrumentos mais populares do mundo. Na verdade, ele é usado em associação com sensações melancólicas devido ao seu som artesanal que contrasta com os sons estridentes modernos. É um instrumento complexo que mudou muito em sua história e do qual existem muitas variedades.
  • O material e a forma são aspectos que afetam diretamente a qualidade do som que o violão produz. Portanto, estes são dois dos aspectos a serem observados em detalhes na escolha de um violão acústico. Nós lhe diremos mais sobre isso mais tarde.
  • Alguns violões acústicos têm uma saída para se conectar a um amplificador elétrico. Assim você pode projetar o som através de alto-falantes. Estes tipos de guitarras são chamados de guitarras eletro-acústicas, e embora não ofereçam o som que as guitarras acústicas oferecem, elas oferecem a possibilidade de amplificar ainda mais o som.

Violão acústico: nossa recomendação dos melhores produtos

Guia de compra: o que você precisa saber sobre violão acústico

Antes de escolher um violão acústico você deve entender seu mecanismo. Sabendo disso, você também pode descobrir quais características você precisa para obter o violão acústico ideal. Nós também discutimos dois aspectos essenciais de sua decisão: o orçamento que você precisa e onde o produto está disponível.

O material, forma e tamanho do violão são todos os aspectos que afetam o perfil do instrumento. Então tome essas decisões de acordo com a música que você quer criar.
(Foto: Dean Drobot/ 123rf.com)

O que é um violão acústico?

Os violões acústicos são instrumentos musicais de cordas harmônicas. Ou seja, instrumentos que criam sons melódicos e funcionam através de cordas vibratórias. Os violões acústicos têm uma mesa de som, onde a vibração das cordas é amplificada.

A teoria é simples, mas eles são um instrumento complexo. Eles são instrumentos com 6 cordas, cuja vibração é responsável pelo som que eles produzem. Muitos consideram que chamá-lo de violão acústico é uma redundância, pois é, por natureza, um instrumento acústico. Além disso, este tipo de violão foi a base para desenvolvimentos posteriores como o violão elétrico.

Quais são as vantagens de um violão acústico?

Assim como os violões espanhóis, o violão acústico amplifica o som através da vibração da placa de som, o tipo de madeira é de grande influência. Abeto, pau-rosa e cipreste são alguns dos bosques freqüentemente utilizados para estes violões.

Principalmente porque eles conduzem as vibrações de forma muito eficaz. Há dois aspectos que caracterizam os violões acústicos: sua popularidade e a grande variedade de tipos.

É um dos instrumentos mais clássicos, mesmo um grande número de músicos estão preocupados em dominá-lo. Isto se deve à sua versatilidade, pois a quantidade de sons que pode produzir é bastante grande, o que dá muitas opções para o músico.

Vantagens
  • É um instrumento muito versátil que permite tocar ritmos diferentes
  • O som que produzem é universal
  • Quando você o escuta, é fácil de relacionar
  • A técnica é relativamente fácil de aprender
Desvantagens
  • Mesmo que você saiba tocá-lo, pode levar muitos anos até que você o domine
  • Eles devem ser manuseados com cuidado
  • Eles exigem manutenção para manter um som de qualidade

Como surgiu o violão acústico?

A origem dos violões acústicos não está definida, pois é o resultado de transformações que ocorreram ao longo dos séculos e não foram meticulosamente gravadas. Na verdade, tais foram as variações em quantidade que podem ter existido versões de violões que são desconhecidas.

Após evidências arqueológicas da antiguidade, pode-se concluir que tem havido instrumentos semelhantes a violões em muitas culturas. E de fato, hoje existem vários instrumentos de cordas que estão relacionados ao violão de muitas maneiras, como o cavaquinho, o cuatro, o violão e afins.

No entanto, existem duas teorias amplamente aceitas sobre a origem do violão acústico. Alguns defendem que a origem do instrumento é Greco-Latina e que ele se espalhou com o Império Romano. Outros afirmam que uma versão do alaúde - outro instrumento de cordas - foi introduzida pelos árabes na Espanha na Idade Média, e evoluiu lá.

A guitarra acústica contemporânea é o resultado do design de C. F. Martin e Orville Gibson. No século XIX estes luthiers americanos desenvolveram projetos que mais tarde foram traduzidos em violões acústicos.

Violões acústicos com cordas de metal ou nylon - o que você deve procurar?

Há várias coisas a considerar ao escolher o violão acústico ideal. Mas uma das primeiras decisões que você tem que tomar é se você quer cordas de metal ou de nylon. Este é um aspecto extremamente importante porque muda significativamente o som que a guitarra produz.

As cordas de metal são geralmente fios finos e bem enrolados, enquanto as cordas de nylon são feitas de nylon e são mais macias. Para escolher as cordas certas, você deve ser guiado pelo tipo de música que você quer criar, já que ambos os materiais produzem sons bem diferentes.

Cordas metálicas Cordas de nylon
Gerar um som metálico Produzir um som mais suave
Ter tensão mais alta Tensão mais baixa quando montado
Dar a sensação de soar mais potente Magoar menos os dedos menos dor nos dedos
Muitas vezes usado com uma palhinha Usado para criar música mais subjugada
Ideal para o rock e gêneros similares Popular para música romântica

Além do tipo de cordas você deve considerar outros aspectos que definem o perfil do violão acústico. O tipo de madeira, o fabricante e o número de trastes são alguns dos critérios que você deve ter em conta.

Nós entraremos nestes mais detalhes abaixo.

Critérios de compra

Quando você se prepara para comprar um instrumento musical, o número de modelos no mercado pode ser esmagador. O violão acústico não é exceção, pois há muitos aspectos a serem observados a fim de se tomar a melhor decisão. Mas não se preocupe, aqui estão os critérios que você deve considerar antes de tomar sua decisão final:

Material

O material é um dos aspectos mais relevantes quando se trata de violões acústicos. Como os violões acústicos funcionam amplificando as vibrações na placa de som, é importante que a placa de som seja feita de madeira resistente que seja capaz de captar as vibrações com precisão.

Se o material não for adequado, então o som também não será. Para violões acústicos, madeiras duras como ébano ou tramazeira são usadas para a mesa de som. Para modelos mais simples, no entanto, são utilizadas madeiras ligeiramente mais macias, como nogueira ou mogno.

Esta peça deve ser sólida, para alcançar uma vibração e ressonância limpas. Mogno em particular oferece um som rico nos tons médios e baixos com muito corpo. Maple dá um som brilhante, e é por isso que ele é comumente usado em pescoços de guitarra.

As cinzas dão um som mais alto e agressivo, que se encaixa bem com gêneros estridentes, mas é barulhento na música suave. Rosewood, ácer ou amieiro também são usados como material de guitarra. As especificidades do material do seu violão devem ser escolhidas de acordo com o gênero de música que você deseja acompanhar e tocar.

Forma e tamanho

Este aspecto é tão importante no perfil do violão que os violões acústicos são classificados de acordo com sua forma e tamanho. A forma da mesa de som muda a magnitude e a natureza do som, e o tamanho pode ajudar ou prejudicar o jogador, dependendo de suas circunstâncias.

Os diferentes tipos de violões acústicos de acordo com sua forma e tamanho não surgiram simultaneamente. Eles surgiram em diferentes momentos da história, criados por luthiers que procuravam experimentar as possibilidades oferecidas por este instrumento. Destacam-se a sala de violão acústico, o concerto, o auditório, o Dreadnought e o Jumbo

  • O violão acústico Parlour é pequeno e esbelto, com um corpo semelhante a um violão clássico, mas com o pescoço e o corpo reunidos no 12º traste. Ele produz sons suaves e doces, o que o tornou popular para a música romântica. Tem 46cm de comprimento e a mesa de som tem 10cm de profundidade.
  • O violão do show também é pequeno, então ele produz sons brilhantes e agudos. Foi criado em meados do século 20 e rapidamente ganhou popularidade. Tem 45cm de comprimento e 11cm de profundidade na mesa de som. Ela deriva do violão do grande concerto, que foi desenvolvido no final do século XIX e é adequado para crianças por causa de seu tamanho.
  • O violão do Auditório, por outro lado, é bastante grande, 45cm de comprimento e 10cm de profundidade na mesa de som. Tem uma abundância de tons baixos e é capaz de amplificar o som consideravelmente. Ele foi projetado para ser usado para apresentações em frente de grandes públicos. Foi criado na década de 1920 do século passado.
  • O violão Dreadnought é hoje considerado um dos modelos clássicos de violões acústicos. Foi desenvolvido no início do século passado, e desde a sua criação eles têm sido muito populares. Eles são bastante grandes, com 51cm de comprimento e 10cm de profundidade. Isto dá um volume poderoso e riqueza nos sons graves.
  • E finalmente, a guitarra jumbo é a maior de todas, com 51cm de comprimento, 28cm na curva superior do corpo e 41cm na curva inferior. Este tamanho enorme oferece muitos tons de baixo que são suportados por uma amplificação considerável. É conhecido como o violão Cowboy.

Os violões acústicos são considerados instrumentos clássicos, provavelmente usados por um grande número de músicos da indústria.
(Foto: mihtiander/ 123rf.com)

Electroacoustic

Muitos violões acústicos modernos oferecem uma saída de áudio que é conectada à mesa de som do instrumento. Esta saída destina-se a ser conectada a um amplificador elétrico, a fim de projetar o som emitido com o violão em um volume muito maior do que o próprio violão pode projetar.

Os violões que oferecem esta função são chamados de eletro-acústicos, pois eles têm a possibilidade de ampliar seu som com um amplificador elétrico enquanto permanecem acústicos. Este aspecto não determina a qualidade do violão, mas diversifica seu perfil.

Os músicos que utilizam violões acústicos geralmente escolhem um modelo com esta função, pois amplia o campo de possibilidades. A desvantagem é que um violão eletro-acústico é mais caro do que um violão acústico normal. Mas a diferença de preço é um investimento que vale a pena.

Fabricante

Instrumentos musicais em geral são complexos de se fabricar, e violões acústicos não são exceção. O trabalho descuidado ou mal feito afeta muito a performance do violão, por isso é importante verificar se o fabricante tem reputação de criar produtos da mais alta qualidade.

Quando se trata de violões, a marca Fender geralmente tem uma grande vantagem. Mas há outros fabricantes que também têm uma grande reputação, como Yamaha, Gibson e Ibanez.

(Foto em destaque: Pixabay/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas