Imagem de um suplemento de vitamina C efervescente
Ultima atualização: 28 de junho de 2019

Como escolhemos

12Produtos analisados

24Horas investidas

7Estudos avaliados

85Comentários coletados

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil. Hoje vamos falar sobre a vitamina C, uma substância que faz parte do grupo de vitaminas essenciais para o bom funcionamento do organismo.

Entre os benefícios, podemos destacar o aumento da imunidade, proteção contra doenças cardiovasculares, fortalecimento dos vasos sanguíneos, controle dos níveis de colesterol, ação antienvelhecimento e muito mais.

Neste artigo, vamos lhe dar bons motivos para aderir a uma suplementação de vitamina C, além de algumas dicas e combinações necessárias para aproveitar ao máximo os benefícios dessa substância. Boa leitura!




Primeiro, o mais importante

  • O suplemento de vitamina C pode ter três diferentes dosagens: 45 mg, 500 mg e 1.000 mg, sendo as duas últimas indicadas para pessoas que estão com deficiência dessa substância no organismo.
  • A vitamina C atua no fortalecimento do sistema imunológico, auxiliando na prevenção de gripes e resfriados. A substância também ajuda quem já está doente, através da redução dos sintomas e duração do quadro.
  • O suplemento de vitamina C é encontrado em cápsulas, comprimidos, tabletes mastigáveis, pastilhas efervescentes e balas de gelatina.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 7 melhores suplementos de vitamina C

Selecionamos os sete melhores suplementos de vitamina C nesta lista. Você encontra produtos para todos os gostos, de origem nacional e importada e com preços para todos os bolsos. Confira!

Vitamina C mastigável NewNutrition

A vitamina C da NewNutrition oferece 45 mg de ácido ascórbico por porção, o suficiente para uma pessoa saudável manter os níveis adequados da vitamina no organismo.

Esse suplemento é em tabletes mastigáveis com sabor laranja e acerola. Você deve consumir um tablete junto ao café da manhã ou jantar, todos os dias. O pote vem com 120 unidades.

Vitamina C Vitavale

A vitamina C da Vitavale é um suplemento mastigável, com sabor laranja, que oferece 100% das necessidades diárias de vitamina C em apenas um tablete (45 mg por dose).

A pastilha não contém açúcar, glúten ou lactose. Cada frasco contém 72 unidades. O produto é importado dos Estados Unidos.

Vitamina C em gelatina Flopi

O suplemento de vitamina C da Flopi é destinada ao público infantil, pois tem textura de bala de gelatina e sabor de laranja (com corantes e aromas naturais, sem adição de açúcar).

Além de estimular o consumo, o suplemento oferece a dose diária recomendada para as crianças de uma a oito anos de idade, ou seja, 30 mg por porção (em apenas uma unidade da bala).

Ascorvit-C vitamina C e zinco Maxinutri

O Ascorvit-C da Maxinutri é um suplemento vitamínico e mineral, que fornece as doses diárias recomendadas de vitamina C (1.000 mg) e zinco (7mg) em apenas uma cápsula.

O suplemento não contém glúten, nem lactose. Esse produto é recomendado apenas para adultos. Cada pote possui 60 cápsulas/doses.

Guia de Compra

Desde a infância você deve ter ouvido falar sobre os benefícios da vitamina C, principalmente em relação ao fortalecimento do sistema imunológico e prevenção de gripes e resfriados.

O que algumas pessoas não sabem é que a vitamina C tem muitos outros benefícios, principalmente quando consumido na dose correta e associado a outras vitaminas e minerais. Quer saber mais? Leia este Guia de Compra.

Imagem de uma mulher tomando vitamina C efervescente

A vitamina C traz benefícios para a saúde de pessoas de todas as idades. (Fonte: akz/123RF)

O que é a vitamina C?

A vitamina C, também conhecida como ácido ascórbico, é uma substância hidrossolúvel (solúvel em água). Faz parte do grupo de 13 vitaminas essenciais para o funcionamento do organismo humano.

Os seres humanos são incapazes de sintetizar a vitamina C endogenamente (criada pelo próprio organismo), por isso é essencial consumir alimentos fontes dessa vitamina e incluir um suplemento dietético em sua rotina.

A vitamina C tem ação antioxidante, ou seja, protege o corpo contra o excesso de radicais livres, que podem causar doenças. Também é importante na construção de moléculas, células, proteínas e tecidos e na absorção de outros nutrientes, como o ferro e o colágeno.

imagem de uma mulher com uma rodela de laranja em frente ao rosto

Legenda: A vitamina C tem papel importante no funcionamento do organismo. (Fonte: whitesession/Pixabay)

É necessário tomar suplemento de vitamina C?

Mesmo com uma alimentação balanceada, nem sempre é possível obter a quantidade de vitamina C necessária para usufruir de todos os benefícios proporcionados pela substância.

O ideal é que você faça uma suplementação de vitamina C em dose que varia de acordo com o gênero, faixa etária e condições de saúde. Os suplementos com 500 ou 1.000 mg são recomendados apenas para pessoas com deficiência dessa vitamina.

A suplementação é ainda mais importante para pessoas em tratamento de câncer, anorexia, insuficiência renal, que receberam transplante de fígado, alcoólatras, fumantes e quem faz uso de medicamentos como corticoides, aspirina e anticoncepcionais.

O mais interessante é que você encontra o suplemento de vitamina C em diversas apresentações: cápsulas, comprimidos, tabletes mastigáveis, pastilhas efervescentes, pó e balas de gelatina.

Imagem de um copo de suco de laranja

A vitamina C deve ser consumida através da alimentação e suplementação. (Fonte: AlbanyColley / Pixabay)

Qual é a dose diária recomendada de vitamina C?

A dose diária recomendada de vitamina C varia de acordo com o gênero, idade, momento da vida e se você está saudável ou doente. Para a maioria das pessoas em fase adulta, uma dose de 45 mg já afasta o escorbuto e de até 100 mg já traz benefícios.

Em mulheres grávidas ou lactantes, essa dose deve ser maior. Para atletas, quanto maior for a intensidade do treino, maior deve ser a quantidade de vitamina C, pois após exercícios aeróbicos intensos, a demanda por nutrientes aumenta consideravelmente.

Só para você ter uma base de comparação, confira quais são as doses de vitamina C recomendadas de acordo com a idade:

Idade Dose diária
7 a 12 meses 50 mg
1 a 3 anos 15 mg
4 a 8 anos 25 mg
9 a 13 anos 45 mg
Mulheres de 14 a 18 anos 65 mg
Homens de 14 a 18 anos 75 mg
Mulheres a partir de 19 anos 75 mg
Homens a partir de 19 anos 90 mg
Mulheres grávidas de 80 a 85 mg
Lactantes de 115 a 120 mg

Muitas pessoas questionam se o excesso de vitamina C faz mal. A verdade é que por se tratar de uma vitamina hidrossolúvel, se for ingerida além da dose recomendada, o excesso será eliminado através da urina e não irá causar mal ao organismo.

foco

Não há um horário ideal para tomar vitamina C, embora alguns fabricantes sugiram que você consuma o suplemento antes das principais refeições. O recomendado é que você ingira vitamina C ao longo do dia.

A vitamina C retarda o envelhecimento?

A vitamina C retarda o envelhecimento, pois participa da síntese de colágeno, proteína responsável pela firmeza e elasticidade da pele, mantendo-a com aparência lisa.

E embora não substitua a ação de um o protetor solar, a vitamina C também reduz os danos causados pelos raios solares ultravioletas, pois protege a pele em suas camadas mais profundas.

Os efeitos incluem diminuição de eritemas (vermelhidão), redução do surgimento de manchas, diminuição do risco de câncer de pele e do envelhecimento decorrido da exposição solar exagerada.

Outro benefício é que quando associada a outras substâncias como betacaroteno, vitamina E, cobre e zinco, a vitamina C ajuda a combater a redução da capacidade visual, comum com o avançar da idade.

A ingestão de vitamina C também está associada a uma menor probabilidade de ter a pele enrugada e/ou ressecada.

Outro efeito é a homogeneização da cor da pele, devido a ação dos melanócitos, células que guardam a melanina. Algumas pessoas também notam o clareamento da cútis, principalmente quando há o uso de produtos dermatológicos com essa substância.

Imagem de uma mulher tomando sol

Um dos efeitos da vitamina C é proteger a pele contra os efeitos nocivos dos raios solares. (Fonte: Bruce Mars/Pexels)

Qual a relação da vitamina C com o colágeno?

A vitamina C é essencial na formação de fibras colágenas em todos os tecidos do corpo humano, não apenas da pele. Isso acontece porque a vitamina C reage à prolina, um dos aminoácidos que compõe a estrutura do colágeno.

Dessa forma, a vitamina C transforma o precursor pro-colágeno em um colágeno maduro, fazendo com que ele cumpra com sua função estrutural. O colágeno não só mantém a pele firme e elástica como também auxilia no processo de cicatrização de feridas.

A vitamina C auxilia na prática de atividades físicas?

A vitamina C traz inúmeros benefícios para pessoas que praticam atividades físicas, sejam exercícios de musculação ou aeróbicos.

A prática intensa de exercícios físicos, principalmente aeróbicos, gera estresse oxidativo, resultando na formação de radicais livres. Quando o corpo não consegue equilibrar a produção e combate de tais elementos, nota-se danos às membranas celulares e lesões musculares.

Imagem de uma mulher musculosa

Se você pratica exercícios físicos regularmente, é importante inserir uma suplementação de vitamina C. (Fonte: head54 / Pixabay)

A vitamina C atua como antioxidante, minimizando o estresse oxidativo e diminuindo o risco de lesões musculares, danos às membranas celulares, ligamentos e tendões. O resultado é um corpo protegido e um melhor rendimento do atleta.

Outra vantagem da vitamina C para atletas é a inibição do cortisol, principal hormônio catabólico do corpo. A vitamina também participa do metabolismo de proteínas, auxiliando na perda de gordura e ganho de massa magra.

Com tantas funções importantes, o suplemento de vitamina C não pode ficar de fora do seu dia a dia.

Como a vitamina C auxilia em casos de gripes e resfriados?

A vitamina C fortifica o sistema imunológico, por ajudar os glóbulos brancos a funcionarem melhor, dessa forma você ficará mais protegido contra resfriados, gripes e viroses. A vitamina também defende o organismo contra infecções virais e bacterianas.

Quando você já está resfriado ou gripado, a vitamina C não vai agir como cura, mas pode evitar que o quadro evolua para uma infecção pulmonar ou pneumonia. Além disso, a vitamina C reduz a gravidade dos sintomas e o tempo e duração da doença.

Imagem de uma mulher doente

A vitamina C ajuda a evitar resfriados e gripes. (Fonte: subbotina / 123RF)

Quais outros benefícios da vitamina C para a saúde?

Além de tudo que já foi destacado, a vitamina C ainda age em outras áreas da saúde, trazendo bem-estar e mais qualidade de vida.

Impede o avanço de tumores

O consumo regular de vitamina C é fundamental na redução do crescimento de tumores cancerígenos. Isso acontece, pois, quando ingerida em altas doses, a vitamina C pode apresentar efeito de pró-oxidação, ou seja, pode gerar peróxido de hidrogênio e estimular a formação de radicais livres, que eliminam as células cancerígenas.

Combate ao estresse

A vitamina C é benéfica para pessoas cujo sistema imunológico foi enfraquecido devido ao estresse. Isso acontece, porque a vitamina C cessa a secreção de cortisol, hormônio liberado pela glândula adrenal em resposta ao estresse.

A vitamina C também melhora o humor, pois estimula a produção de triptofano, precursor da serotonina, hormônio responsável pela disposição e pela sensação de bem-estar.

Aumenta a absorção de ferro

Outro benefício da vitamina C é aumentar a absorção de ferro, prevenindo a anemia. Isso acontece devido à propriedade antioxidante da vitamina C que consegue alterar a estrutura química do ferro, aumentando a absorção do mineral pelo organismo.

Diminui os riscos de doenças oftalmológicas

O ácido ascórbico também combate os radicais livres e previne o envelhecimento celular. Mas para ter essa ação, a vitamina deve ser consumida diariamente e em conjunto com outras vitaminas e minerais:

  • 500 mg de vitamina C
  • 400 UI de vitamina E
  • 15 mg de betacaroteno
  • 80 mg de zinco
  • 2 mg de cobre

Reduz o risco de derrame cerebral

Quando você está com altos índices de vitamina C no sangue, o risco de ter um acidente vascular cerebral (AVC) diminui consideravelmente. Você terá em torno de 42% menos chances de ter um AVC do que as pessoas que não consomem a vitamina.

Ainda sobre essa questão, a vitamina C aumenta a resistência dos vasos sanguíneos e diminui bastante a chance que um deles se rompa, causando um AVC hemorrágico. Além disso, a vitamina C melhora a função cerebral, atua como protetor no pensamento e também na capacidade de memória.

Ajuda a controlar a diabetes

É comprovado cientificamente que a suplementação de 1000 mg diárias de vitamina C ajuda a reduzir a glicose no sangue de pessoas diabéticas. Esse efeito é muito benéfico, pois quando a glicemia está sob controle, o risco de complicações do diabetes diminui.

Imagem de uma mulher comendo um cupcake

A vitamina C ajuda a controlar a glicose no sangue. (Fonte: Vincezo Giove / Pexels)

Protege o sistema cardiovascular

Quando presente na corrente sanguínea, a vitamina C é capaz de auxiliar na redução do acúmulo de colesterol nas paredes das artérias, dessa forma, o risco de obstrução das artérias é menor e, consequentemente, do infarto também.

Isso acontece porque a vitamina C está envolvida na produção de corticosteróides, aldosterona e na biossíntese de L-carnitina, substâncias essenciais na integridade das paredes dos vasos sanguíneos e artérias.

A vitamina C também tem a capacidade de combater a pressão arterial elevada. E a ação antioxidante diminui o risco do desenvolvimento de doenças crônicas, inclusive as de coração.

Quais as vantagens e desvantagens da vitamina C?

Você conferiu uma lista de benefícios que fazem valer a pena a ingestão da vitamina C. Além das vantagens para a saúde, essa vitamina é barata e fácil de ser encontrada.

Você pode ingeri-la de diferentes formas, as mais comuns são tablete, pó, pastilha ou bala de goma. Essa última é mais atrativa para crianças que geralmente são mais resistentes à ingestão de suplementos.

Mas, como todo produto, elas possuem certas desvantagens que também merecem sua atenção. A vitamina C possui alta concentração de corantes e alguns suplementos possuem açúcar e aromatizantes na fórmula.

Vantagens
  • Concentração de vitamina C varia: 45, 500 ou 1.000 mg
  • Você encontra o suplemento de vitamina C em diferentes apresentações
  • As versões em tablete e bala de goma têm cheiro e sabor de frutas cítricas
  • É um suplemento barato
Desvantagens
  • Alta concentração de corantes
  • Alguns suplementos possuem açúcar, aromatizantes e corantes na fórmula

Quais são os riscos da deficiência de vitamina C?

A deficiência de vitamina C pode trazer algumas complicações para a saúde. Uma delas é o escorbuto, uma doença que causa sangramento nas gengivas, dores nas articulações, inchaço e cicatrização lenta. Em casos mais graves, os dentes podem cair.

A falta de vitamina também pode causar perda de força muscular, falta de apetite, anemia, apatia, fadiga, pele seca e enfraquecimento do sistema imunológico, que pode acarretar diversas doenças.

Outra complicação causada pela falta de vitamina C no organismo é a queda acentuada dos fios de cabelo.

Quais as diferentes formas de ingestão da vitamina C?

O suplemento de vitamina C pode ter diferentes apresentações: cápsula, comprimido, pastilha efervescente, tablete, bala mastigável e xarope. Vamos falar sobre as características de cada uma ao longo desta seção, para que você saiba escolher a melhor opção.

Imagem de uma mulher tomando um comprimido de vitamina

O comprimido de vitamina C é ideal para quem não gosta do sabor da laranja. (Fonte: JESHOOTS.com / Pexels)

  • Comprimido. É a melhor opção para quem não gosta do sabor e/ou aroma da laranja. Isso porque o suplemento em comprimido não tem cor, sabor ou cheiro. Também há versões em cápsulas.
  • Pastilhas efervescentes. Opção muito comum. Você deve dissolver uma pastilha em um copo com água em temperatura ambiente e só ingerir depois de dissolver por completo.
  • Bala de gelatina. Uma alternativa para estimular as crianças a consumir a substância. Entretanto, a concentração de vitamina é baixa (30 mg), portanto o consumo deve ser feito por crianças de até 8 anos.
  • Xarope. É uma alternativa para crianças, idosos e pessoas que têm dificuldade de engolir cápsulas.
  • Tablete. Fornece a quantidade ideal de vitamina C em apenas uma unidade e tem sabor de frutas cítricas.
  • Suplemento em pó. A dose recomendada é de 45 mg, respectivo a uma colher medidora (acompanha o produto), dissolvida em um copo com água ou outra bebida de sua preferência.
Concentração Diferencial
Cápsula/Comprimido 45, 500 ou 1.000 mg por cápsula/comprimido Não tem sabor nem odor
Pastilha Efervescente 1 g por pastilha Alta concentração de vitamina C
Bala de gelatina 30 mg por bala Ideal para crianças de até 8 anos
Tablete 45 mg por tablete Tem sabor e aroma de laranja e/ou acerola
Xarope 200 mg por ml Ideal para quem tem dificuldade de engolir cápsula/comprimido
45 mg em 10 g de pó Pode ser ingerido com água, leite ou suco

Quanto custa?

Os preços dos suplementos de vitamina C variam bastante. A versão em tabletes mastigáveis custa entre R$ 15 e R$50 (versões com 60,100 ou 120 unidades). Um pote com 30 unidades de balas de gelatina custa em torno de R$ 25.

As versões em cápsulas e comprimidos apresentam grande variação de preços, um dos fatores é a quantidade de cápsulas, que varia de 60 a 180. Você encontra suplementos a partir de R$15, alguns mais caros, entre R$ 60 e R$ 80 e outros que chegam a custar R$ 150.

A versão em pó custa em torno de R$ 75 (pote com 100 gramas). O suplemento em xarope custa cerca de R$ 12 (frasco com 20 ml).

Onde comprar?

Você encontra todos os tipos de suplementos de vitamina C em farmácias como Drogaria S.Paulo, Droga Raia, Drogasil, Onofre, Ultrafarma, entre outras. Se preferir, pode comprar o produto em lojas de suplementos como Mundo Verde e Now! Nutrição Esportiva.

Também é possível encontrar o produto com facilidade em lojas virtuais. Sugerimos que você dê uma conferida na Amazon, NewNutrition ou Americanas.

Critérios de Compra: Fatores para comparar os diferentes suplementos de vitamina C

A vitamina C é essencial, o que significa que ela não pode ser produzida pelo organismo. Por essa razão é importante incluir uma suplementação de vitamina C, principalmente porque a vitamina tem papéis importantes no funcionamento do organismo e está associada a benefícios impressionantes.

Para escolher o suplemento ideal de acordo com as suas necessidades e preferências, analise as seguintes características, que mudam de um produto para o outro:

  • Concentração
  • Apresentação
  • Outros componentes
  • Durabilidade

Vamos explicar cada um dos itens ao longo desta seção.

Concentração

Você encontra o suplemento de vitamina C em diferentes concentrações: 30 mg, 45 mg, 500 mg e 1.000 mg. O suplemento com concentração de 30 mg é em forma de balas de gelatina e indicado apenas para crianças.

No rótulo do produto há uma indicação para crianças de um a seis anos, mas você pode usar para suplementar crianças com até oito anos, pois a dose recomendada para essa faixa etária é 25 mg.

O suplemento de 45 mg é encontrado nas versões comprimidos, cápsulas e tabletes. Essa é a dose ideal para crianças de nove a 13 anos.

Segundo especialistas, 45 mg já é o suficiente para prevenir escorbuto (doença causada pela falta de vitamina C) em adultos, mas se você quer usufruir dos outros benefícios, será preciso consumir o dobro dessa dose.

Por fim, os suplementos com 500 e 1.000 mg são recomendados apenas para pessoas com deficiência nutricional de vitamina C ou em alguns casos específicos como pessoas com câncer, anorexia, fumantes, alcoólatras, entre outros.

Imagem de um suplemento de vitamina C em bala de gelatina

A vitamina C em bala de gelatina é indicada apenas para crianças. (Fonte: Divulgação: Amazon / Flopi)

Apresentação

Como já mencionamos anteriormente, o suplemento de vitamina C pode ser encontrado em diferentes apresentações, sendo as mais comuns: comprimido, cápsula e pastilha efervescente.

Para atender a todos os públicos, hoje em dia você encontra o suplemento em tablete, bala de gelatina, xarope e pó. A escolha está relacionada apenas ao gosto pessoal e não tem nenhuma relação com a eficácia do produto.

Entretanto, quando for comprar um suplemento de vitamina C, observe se o mesmo não possui corantes, aromatizantes e açúcar. Hoje em dia já é possível encontrar produtos com cor, aroma e sabor naturais e sem adição de açúcar (o produto é adoçado com stevia).

Durabilidade

Quando falamos sobre durabilidade do produto, nos referimos ao tempo de tratamento que cada frasco proporciona. Essa quantidade varia de acordo com a apresentação do produto e marca.

  • Cápsulas/comprimidos: 60 ou 120 cápsulas (Dica: observe se a dose recomendada engloba uma ou duas cápsulas).
  • Tabletes: 60, 100 ou 120 tabletes (a dose é de um tablete por porção, portanto a quantidade de tabletes é respectiva à quantidade de dias que o suplemento irá durar).
  • Bala de gelatina: 30 unidades, sendo uma bala por dia.
  • Pastilha efervescente: 10 unidades por tubo, sendo que o consumo recomendado é de 1 pastilha por dia. Geralmente é vendido em conjunto com 3 tubos.
  • Pó: tubo com 100 gramas, sendo que a dose diária recomendada é de uma colher de sopa, equivalente a 10 g do produto.
  • Xarope: 20 a 30 ml, sendo que 20 gotas (1 ml) corresponde a uma dose de 200 mg de vitamina C.

Outros componentes

Você também encontra suplementos de vitamina C enriquecidos com outras substâncias como vitamina D e Zinco. A vitamina D auxilia na absorção de cálcio e no fortalecimento dos ossos. Além disso, previne diabetes e obesidade.

O zinco complementa a ação da vitamina C no sistema imunológico, pois auxilia na formação e funcionamento das células de defesa e anticorpos. O mineral também combate os radicais livres, atua na formação do colágeno e na cicatrização de feridas.

(Fonte da imagem destacada: Pixabay / Pexels)

Por que você pode confiar em mim?

Apaixonada por ler e escrever, empenha-se em produzir conteúdo relevante sobre áreas pelas quais tem muito interesse, como tecnologia, qualidade de vida, beleza e lazer.