Imagem de uma mulher tomando uma cápsula de vitamina E.
Ultima atualização: 17 de julho de 2019

Como escolhemos

12Produtos analisados

24Horas investidas

9Estudos avaliados

84Comentários coletados

Seja muito bem-vindo ao ReviewBox Brasil. Hoje vamos falar sobre a vitamina E, uma substância muito importante na limpeza e manutenção do organismo.

Entre os benefícios da vitamina E, podemos destacar o efeito antioxidante que previne os danos causados pelos radicais livres, afasta doenças cardiovasculares e neurodegenerativas e retarda o envelhecimento.

Esses são apenas alguns dos vários motivos para incluir a vitamina E em sua alimentação e através de uma suplementação. Se você quer conhecer tudo sobre esse poderoso antioxidante, continue a leitura.




Primeiro, o mais importante

  • Pessoas de diferentes idades podem aproveitar os benefícios trazidos pela suplementação de vitamina E. Mas para isso é fundamental ingerir a quantidade ideal de produto de acordo com a faixa etária e condição de saúde.
  • O suplemento de vitamina E é vendido em cápsulas convencionais ou líquidas (softgel) e a dosagem varia de 10 (15 UI) a 400 mg. Esse suplemento pode ser de fonte natural ou sintética.
  • A vitamina E também é muito boa para as mulheres, pois ajuda a controlar o peso, deixar a pele e o cabelo mais bonitos, regular o ciclo menstrual e diminuir os sintomas da TPM.

Você também pode gostar:

Melhores suplementos de Vitamina E: Nossas recomendações

Com a correria do dia a dia, nem sempre é possível consumir todos os nutrientes que o corpo necessita. Para compensar essa deficiência, você pode incluir os suplementos vitamínicos em sua rotina.

Você encontra uma infinidade de suplementos nas prateleiras de farmácias e lojas de produtos naturais. Para ajudá-lo a escolher um bom suplemento de vitamina E, selecionamos algumas sugestões de compra.

Nosso suplemento de Vitamina E preferido

O suplemento de vitamina E da NewNutrition é ideal para a manutenção da saúde e da estética. Cada dose fornece 10 mg (15 UI) de vitamina E na forma DL Alfa-Tocoferol (sintética).

Cada frasco vem com 60 cápsulas líquidas (softgel) e a dose diária recomendada é de uma cápsula junto a uma das principais refeições.

Suplemento com ação antioxidante

A vitamina E da Fitoactive é um suplemento vitamínico com ação antioxidante, que protege as células da ação nociva dos radicais livres, previne o envelhecimento celular e a formação de placas de gorduras nos vasos sanguíneos.

Cada dose (1 cápsula) fornece 400 UI de vitamina E do tipo alfa-tocoferol. O frasco vem com 60 cápsulas, o suficiente para dois meses de tratamento.

Vitamina E em frasco com 250 cápsulas

A vitamina E da Now Foods fornece 400 UI de vitamina E em um mix de D-Alfa tocoferol: d-beta, d-delta e d-gama. A dose diária recomendada é de apenas uma cápsula durante uma de suas refeições.

Cada frasco vem com 250 cápsulas de vitamina E em cápsulas líquidas, fácil de engolir e de rápida absorção.

Suplemento de Vitamina E de fontes naturais

A vitamina E da Sundown Naturals fornece 400 UI de vitamina E por cápsula, sendo que a recomendação de uso é de uma cápsula, duas vezes por dia, preferencialmente durante ou após as refeições.

O suplemento é produzido a partir de fontes naturais, livre de transgênicos, sem adição de açúcares, glúten ou lactose (pode ser consumida por celíacos ou pessoas com intolerância à lactose).

Um excelente suplemento sintético

O suplemento da Vit Gold fornece 10 mg (15 UI) de vitamina E do tipo DL-Alfa Tocoferol (sintético) por dose. Entre os benefícios estão melhora da saúde cardiovascular, ação antioxidante e prevenção do envelhecimento precoce.

O produto é importado dos Estados Unidos. Cada frasco contém 120 cápsulas, suficiente para 60 dias de tratamento.

Guia de Compra

A vitamina E faz parte do grupo de 13 vitaminas essenciais para o funcionamento do organismo. O diferencial desta vitamina é a ação antioxidante, que protege o corpo contra diversas doenças e ainda retarda o envelhecimento.

Mas os benefícios vão além e incluem fortalecimento do sistema imunológico, cardiovascular, controle dos hormônios, benefícios para a pele o cabelo e muito mais. Se você quer conhecer mais sobre a vitamina E, leia este guia de compra.

Imagem de uma mulher com os braços para o alto.

A vitamina E é fundamental para o bom funcionamento do organismo. (Fonte: Christopher Campbell / Unsplash)

O que é vitamina E?

A vitamina E é um antioxidante natural que ajuda a proteger as suas células saudáveis contra a ação dos radicais livres. Essa vitamina se divide em oito compostos e o mais ativo no organismo é o alfa-tocoferol.

A vitamina E é lipossolúvel, ou seja, solúvel em gordura. Essa substância é absorvida pelo trato gastrointestinal, armazenada nos tecidos adiposos e usada conforme necessário. A vitamina E possui metabolismo hepático e é eliminada pelas vias biliar e renal.

Quais são as fontes naturais de vitamina E?

A substância é encontrada em alguns alimentos vegetais (espinafre e aspargo), oleaginosas (nozes, avelã, castanha e amêndoa), grãos, peixes oleosos (salmão e sardinha) e óleos vegetais (soja, milho, cártamo, girassol, amendoim e palma).

Outros elementos que fornecem vitamina E são: semente de girassol, abacate e germe de trigo.


Vale a pena comprar um suplemento de vitamina E?

Mesmo com uma alimentação balanceada, nem sempre é possível consumir a porção diária recomendada de todas as vitaminas. Nesse caso, vale a pena incluir uma suplementação.

A vitamina E é encontrada em cápsulas. É importante comprar um suplemento com vitamina E em sua forma natural e não sintética (é menos eficaz). Também é fundamental comprar um suplemento com dosagem adequada de vitamina E.

A vitamina E retarda o envelhecimento?

Os radicais livres são moléculas que se formam naturalmente no corpo e podem causar danos severos quando oxidam, pois, danificam as células saudáveis, causando doenças.

A vitamina E tem propriedades antioxidantes que ajudam a reduzir os danos causados pelos radicais livres, diminuir o envelhecimento das células (e da pele) e combater inflamações e doenças.

Outro benefício é o fortalecimento do sistema imunológico. Esses efeitos são proporcionados pelos isômeros alfa-tocotrienol, gama-tocotrienol e delta-tocotrienol.

A vitamina E também protege as gorduras do corpo contra a oxidação, importante para a defesa da membrana plástica (reveste o exterior das células), que auxilia no bom funcionamento das funções celulares.

Quais são os benefícios relacionados à saúde cardiovascular?

A vitamina E traz muitos benefícios para a saúde cardiovascular. Entre suas funções está formação dos glóbulos vermelhos, dilatação dos vasos sanguíneos e a prevenção de coágulos no sistema circulatório.

A vitamina também ajuda a prevenir e tratar doenças no coração e vasos sanguíneos, tais como angina (dor no peito) e aumento da pressão arterial. Outro benefício é inibir a progressão da aterosclerose, que causa do espessamento e endurecimento das artérias.

A vitamina E atua no controle do colesterol?

O colesterol é produzido naturalmente pelo fígado. Quando está em níveis equilibrados é saudável e contribui para o bom funcionamento das células, nervos e hormônios. Mas quando o colesterol oxida, ele se torna perigoso para a saúde.

Entretanto, se você estiver com bons níveis de vitamina E, a oxidação do colesterol não irá acontecer, pois os isômeros tocotrienóis ajudam a reduzir a atividade da enzima que controla a produção e síntese de colesterol.

Quais são os benefícios estéticos da vitamina E?

Por causa das propriedades antioxidantes, a vitamina E atua como um nutriente antienvelhecimento no organismo, mantendo a pele saudável e com aparência jovem por mais tempo.

Entre os benefícios estão aumento da hidratação, elasticidade e proteção contra os raios ultravioletas. A vitamina E também estimula a produção de colágeno.

Imagem de uma mulher recebendo cuidados no rosto.

A vitamina E afasta os efeitos indesejados do envelhecimento. (Fonte: Antonika Chanel / Unsplash)

A vitamina E auxilia no processo de regeneração celular e consequente cicatrização da pele, suavizando os sinais de rugas, acne e eczema. A substância também combate a inflamação causada pela exposição solar.

Essa substância também traz benefícios para o couro cabeludo e fios através da ativação da microcirculação sanguínea, que estimula a nutrição e deixa o cabelo com aparência saudável do comprimento às pontas.

Outros benefícios comprovados são:

  • Estimula o crescimento dos cabelos através do fortalecimento dos folículos;
  • Aumenta a absorção de nutrientes, pois ativa a circulação sanguínea no couro cabeludo;
  • Equilibra o pH dos fios;
  • Reduz a queda de cabelo e a caspa, pois controla a produção de oleosidade;
  • Evita a quebra dos fios, pois a ação antioxidante mantém os folículos livres de danos;
  • Ajuda a recuperar os fios danificados através da hidratação e nutrição da raiz às pontas;
  • Trata as pontas duplas.

É verdade que a vitamina E ajuda a regular os hormônios?

A vitamina E tem um papel muito importante no equilíbrio do sistema endocrinológico, pois a substância regula a produção de hormônios, evitando ganho de peso, alterações na pele, ansiedade e fadiga.

Com os hormônios equilibrados será mais fácil manter um peso saudável, um ciclo menstrual regulado e sentir mais energia e disposição para as atividades do dia a dia e exercícios físicos.

Durante o período menstrual, o consumo de vitamina E reduz a ansiedade e controla as emoções. A substância também pode diminuir a intensidade e duração das cólicas e reduzir a perda de sangue.

Imagem de uma mulher com cólica.

A vitamina E vai ajudar a reduzir a intensidade e a duração de suas cólicas menstruais. (Fonte: rawpixel.com / Pexels)

A vitamina E também traz benefícios para mulheres que sofrem de displasia mamária, caracterizada por inchaço e dores nas mamas alguns dias antes do início do ciclo menstrual.

Estou grávida, posso tomar suplemento de vitamina E?

A vitamina E é essencial antes, durante e depois da gravidez. A substância atua nos estágios iniciais de desenvolvimento neurológico e cerebral do bebê e é importante no desenvolvimento fetal.

Durante a gravidez, há pouca transferência de vitamina E para o bebê através da placenta. Somente com a amamentação é que a criança vai receber a dose necessária da substância.

A vitamina E traz benefícios para quem treina?

A vitamina E traz muitos benefícios para quem pratica atividades físicas:

  • Aumenta a energia e disposição para realizar os exercícios;
  • Aumenta a força muscular;
  • Ativa a circulação sanguínea (ajuda a nutrir as células);
  • Reduz o nível de estresse oxidativo nos músculos após os exercícios físicos.

Com todos esses benefícios, a vitamina E também contribui para o ganho de massa muscular, pois os músculos se recuperam mais rápido após o esforço. A vitamina também auxilia na absorção de cálcio e potássio, minerais essenciais para a manutenção dos tecidos ósseo e muscular.

Imagem de uma mulher alongando.

A vitamina E também é benéfica para pessoas que praticam atividades físicas. (Fonte: Gesina Kunkel / Unsplash)

Quais são os demais benefícios da vitamina E?

Saúde dos olhos: Quando associada à ingestão adequada de vitamina C, betacaroteno e zinco, a vitamina E também traz alguns benefícios para a saúde oftalmológica.

A principal vantagem é a prevenção do risco de degeneração macular relacionada ao avanço da idade. Se associada à vitamina A, os benefícios incluem melhorar a visão de pessoas submetidas a cirurgia ocular a laser.

Retarda o desenvolvimento de Alzheimer: As propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias da vitamina E ajudam a retardar o desenvolvimento de Alzheimer. Os benefícios incluem afastar o declínio funcional e a perda de memória.

Também pode atrasar a perda de independência e postergar a necessidade de um cuidador ou de assistência de algum membro da família. Quando associada à vitamina C também diminui o risco de desenvolvimento de demência.

Vantagens
  • Suplementos extraídos de fontes naturais são totalmente absorvidos pelo organismo
  • Suplementos extraídos de fontes naturais são 100% eficazes
  • Concentração varia entre 10 e 400 mg
  • A vitamina E auxilia na absorção de outros nutrientes
  • Custo acessível
Desvantagens
  • Os suplementos extraídos de fontes sintéticas são menos eficazes
  • Disponível apenas em cápsulas (algumas pessoas têm dificuldade de engolir)

Qual é a dose diária recomendada de vitamina E?

A dose diária recomendada de vitamina E varia de acordo com a faixa etária:

  • Bebês de até seis meses: 4 mg por dia
  • Bebês de sete meses a um ano: 5 mg
  • Crianças de até três anos: 6 mg
  • Crianças de quatro a oito anos: 7 mg
  • Crianças de nove a 13 anos: 11 mg

Para adolescentes a partir dos 14 anos de idade a dose aumenta para 15 mg (ou 22 UI) por dia. Um adulto saudável deve consumir de 10 a 30 mg da substância todos os dias. Grávidas e lactantes precisam de uma dose maior, algo em torno de 19 mg.

Nunca ultrapasse a dose de 1.000 mg por dia (essa dosagem só é recomendada para alguns tratamentos específicos, mas deve ser prescrita por um médico após a realização de exames de sangue).

Em excesso, a vitamina E pode causar alterações na coagulação sanguínea, distúrbios gastrointestinais e dores de cabeça.

foco

Você sabia que o ideal é que você consuma a vitamina E todos os dias no mesmo horário? E de preferência sempre junto às principais refeições com alguma fonte de gordura boa (para melhor a absorção da vitamina).

Quem deve fazer uso do suplemento de vitamina E?

Especialistas apontam para a deficiência de vitamina E na alimentação da maioria pessoas. Isso não ocorre apenas por uma dieta pobre em nutrientes, mas também por outras causas como dificuldade na absorção de nutrientes.

Pessoas com dieta pobre em gorduras ou quem tem dificuldade em absorvê-las também pode apresentar deficiência de vitamina E, pois a gordura é necessária para a absorção da vitamina.

Quem passou por cirurgia de bypass gástrico (que diminui o estômago com a finalidade de induzir o emagrecimento), portadores de fibrose cística, de doença hepática, insuficiência pancreática e quem tem doença de Crohn também apresenta deficiência de vitamina E.

Imagem de uma mulher sentada ao lado de uma mesa de centro com um frasco de vitamina E.

A vitamina E deve ser consumida de uma a duas vezes por dia. (Fonte: Daily Nouri / Unsplash)

Quais são os sintomas de deficiência de vitamina E?

A deficiência de vitamina E pode causar diferentes sintomas: falta de coordenação motora, visão duplicada, redução de reflexos, perda do sentido de posição, fraqueza muscular, dores de cabeça e até dificuldade de fala.

O efeito anticoagulante da vitamina E também pode fazer falta no organismo, e coágulos podem se formar no sistema circulatório, aumentando o risco de trombose.

Sem a ação antioxidante, a proteção das gorduras deixa de existir o que aumenta o risco de as células sofrerem danos, principalmente as células nervosas, cuja bainha de mielina se enfraquece.

O sistema imunológico também fica mais frágil. Há a queda na produção de glóbulos vermelhos, que pode provocar a anemia. A deficiência prolongada também pode provocar dificuldade de absorção de cálcio e potássio, prejudicando os músculos e ossos.

A falta de vitamina E também pode causar outros males como ressecamento da pele, queda de cabelos, aumento no colesterol LDL, insônia, cansaço excessivo, dificuldade de engravidar, entre outros problemas.

Vitamina E engorda?

Uma das maiores preocupações das pessoas que iniciam o tratamento com um suplemento vitamínico é saber se aquela vitamina engorda. Já podemos adiantar que a vitamina E, quando consumida na dose diária recomendada, não provoca ganho de peso.

Quais interações devo evitar?

Quando estiver tomando um suplemento de vitamina E evite o uso de antiácidos com hidróxido de alumínio na fórmula e inibidores de absorção de colesterol (fitoesteróis, colestiramina e ezetimiba), pois essas substâncias diminuem a absorção de vitamina E.

Doses elevadas de vitamina E podem reduzir a absorção da vitamina K2 e A (o contrário também é válido, ou seja, altas doses de vitamina A inibem a absorção de vitamina E).

foco

Você sabia que combinar o uso de vitamina E com vitamina C é uma excelente ideia? Essas substâncias possuem propriedades antioxidantes e quando usadas juntos potencializam esses efeitos.

Quanto custa?

Os preços dos suplementos de vitamina E variam de R$ 30 a R$ 50, depende da marca, quantidade de cápsulas e dosagem. Por esse preço, a quantidade de cápsulas varia entre 30, 60 ou 120 unidades.

Onde comprar?

O suplemento de vitamina E é encontrado em farmácias como Droga Raia, Drogasil, Onofre, farmácias de manipulação, lojas de suplementos esportivos como Magnata, King e Now e lojas de produtos naturais como Mundo Verde.

Se preferir, dá para comprar pela internet, tanto em sites específicos como Natue e Netshoes, quanto em lojas de departamento como Amazon e Mercado Livre.

Critérios de compra: Fatores para comparar os tipos de suplementos de vitamina E

Embora as fontes naturais de vitamina E sejam abundantes, a suplementação pode ser benéfica para muitas pessoas. Mas, a escolha do suplemento de vitamina E deve ser feita com certo cuidado, observe e analise as seguintes características:

  • Fonte
  • Concentração
  • Cápsulas
  • Alérgenos

Vamos explicar cada um dos critérios ao longo desta seção.

Fonte

Quando for escolher um suplemento de vitamina E assegure-se que o suplemento contenha a vitamina em sua forma natural.

O suplemento de fonte natural é mais eficaz, pois é 100% absorvido pelo organismo, enquanto o suplemento de origem sintética não é absorvido completamente pelo organismo e por isso perde cerca de 50% da eficácia.

Uma dica para saber se o suplemento é de origem natural ou sintética é a indicação na embalagem. Os suplementos T-Alfa tocoferol ou T-Alfa tocoferil são de origem natural, enquanto DL-Alfa tocoferol e DL-Alfa tocoferil são de origem sintética.

Suplemento Natural Suplemento Sintético
Eficácia Mais eficaz Menos eficaz
Absorção 100% 50%

Concentração

Assim como qualquer outro suplemento vitamínico, a vitamina E em cápsulas é vendida em diferentes concentrações, que podem variar de 10 a 800 mg por dose (em uma ou duas cápsulas).

Vale lembrar que a dose recomendada para um adulto saudável varia de 10 a 30 mg. Dosagens superiores só devem ser consumidas por quem está fazendo algum tratamento e devem ser prescritas por um médico.

Cápsulas

O suplemento de vitamina E pode ser vendido em cápsulas convencionais ou softgel (cápsulas líquidas). Essa segunda opção é mais interessante, pois além de ser mais fácil de engolir, a absorção do suplemento é feita rapidamente.

Imagem de cápsulas softgel.

A cápsula softgel dissolve mais rapidamente do que a cápsula comum. (Fonte: Heung Soon / Pixabay)

A quantidade de cápsulas pode variar entre 30, 60, 120 ou até 250 unidades por frasco. Dica: leve em consideração a quantidade de cápsulas por porção, que pode ser uma ou duas unidades por dia.

Alérgenos

A composição da vitamina E pode variar muito, por isso, quem tem restrição alimentar ou alergia deve analisar bem os compostos. Alguns suplementos podem - ou não - conter glúten ou lactose. Fique de olho na descrição.

Além disso, se você é vegano ou vegetariano, é sempre importante verificar se o produto é compatível com essas restrições.

(Fonte da imagem destacada: Puhha / 123RF)

Por que você pode confiar em mim?

Apaixonada por ler e escrever, empenha-se em produzir conteúdo relevante sobre áreas pelas quais tem muito interesse, como tecnologia, qualidade de vida, beleza e lazer.