Imagem de uma gestante tomando suplemento vitamínico.
Ultima atualização: 15 de julho de 2020

Como escolhemos

19Produtos analisados

23Horas investidas

6Estudos avaliados

80Comentários coletados

Quem está grávida ou considerando a possibilidade de engravidar, deve manter uma alimentação saudável e introduzir a suplementação multivitamínica. A vitamina para gestante busca manter a saúde do bebê e da mamãe durante a gestação.

A mulher pode consumir um polivitamínico pré-natal, um conjunto de determinadas vitaminas e minerais ou um suplemento manipulado, depende das necessidades nutricionais e fase da gestação. Continue a leitura e saiba tudo sobre o assunto.




Primeiro, o mais importante

  • A vitamina para gestante consiste em um suplemento multivitamínico desenvolvido especialmente para garantir o desenvolvimento do bebê durante a gestação. O suplemento deve ser prescrito pelo médico durante a primeira consulta do pré-natal.
  • Não é indicado tomar nenhum suplemento vitamínico sem orientação do médico ginecologista ou obstetra, pois o excesso de nutrientes pode prejudicar o desenvolvimento do feto ou sobrecarregar o organismo da mulher.
  • Mesmo após o nascimento do bebê, a mamãe deve continuar tomando a vitamina para gestante, pois o multivitamínico atuará como uma vitamina pós-natal e fornecerá os nutrientes fundamentais para o leite que o bebê mamará.

Você também pode gostar:

As melhores vitaminas para gestantes: Nossas recomendações

Selecionamos as melhores opções de vitaminas para gestantes do momento. No entanto, recomendamos que você consulte seu médico ginecologista ou obstetra antes de incluir a suplementação em sua rotina.

O polivitamínico completo para gestantes

A parceria entre a Nestlé e o laboratório Pfizer gerou o Nestlé Materna, um suplemento multivitamínico que fornece 22 vitaminas e minerais adequados às necessidades diárias das gestantes. O comprimido conta com tecnologia exclusiva 3-Layer de liberação e absorção gradual. Cada frasco fornece 30 comprimidos.

A vitamina para gestante com nutrientes essenciais

O suplemento alimentar Gest Vitam da Ekobé fornece os nutrientes essenciais para o desenvolvimento do bebê e a saúde da mamãe. São 20 nutrientes, sendo 11 vitaminas e 9 minerais. A dose diária recomendada é de duas cápsulas e o frasco contém 60 comprimidos.

Um multivitamínico inteligente

O suplemento vitamínico Follatus da Equaliv fornece a forma ativa de ácido fólico (L-Metilfolato de Cálcio), que dispensa a metabolização, além das vitaminas B6 e B12. Esse grande aliado das gestantes é um produto vegano, livre de glúten e açúcares. O frasco contém 60 cápsulas.

Guia de Compra

Durante a gestação, as mulheres são orientadas a manter uma alimentação equilibrada e incluir um suplemento vitamínico para que o bebê receba todos os nutrientes necessários para seu desenvolvimento.

Mas quais vitaminas e minerais são necessários em cada fase da gestação? É preferível escolher um multivitamínico ou mandar manipular? As vitaminas engordam? Vamos responder a essa e outras perguntas neste Guia de Compra.

Imagem de uma mulher grávida tomando suplementos.

Os suplementos vitamínicos próprios para grávidas devem ser consumidos ao longo de toda a gestação. (Fonte: Anna Bizón/ 123RF.com)

Qual a importância das vitaminas para gestante?

A gestação e lactação são marcadas por muitas mudanças no corpo de uma mulher, uma dessas mudanças é o aumento das necessidades nutricionais – as vitaminas e minerais são compartilhadas entre a mamãe e o bebê.

Esses nutrientes são essenciais para o desenvolvimento do feto, formação da placenta, crescimento do útero e das glândulas mamarias e formação dos depósitos energéticos utilizados no parto e amamentação.

A necessidade de vitaminas, minerais e proteínas aumenta assim como a demanda energética da mulher.

Garantir a ingestão de nutrientes mesmo que a dieta ou apetite mudem.

Outro ponto positivo da vitamina para gestante é garantir a ingestão de nutrientes, mesmo que a dieta ou apetite da gestante mudem. Além disso, muitas mulheres vomitam bastante durante a gravidez, eliminando os alimentos e seus nutrientes.

Por esse motivo, durante a assistência pré-natal, o médico ginecologista ou obstetra acompanha o peso gestacional e compartilha orientações nutricionais que compreendem a gestação e a amamentação.

Lembre-se que as necessidades nutricionais variam de acordo com o peso antes da gestação, composição do ganho de peso, fase da gravidez, nível de atividade física e aumento do metabolismo basal, ou seja, devem ser avaliadas por um especialista.

Imagem de uma mulher grávida se exercitando.

As gestantes também devem realizar atividade física. (Fonte: Freestocks.org/ Pexels.com)

Mesmo as mulheres que mantém uma boa alimentação sofrem com a redução dos níveis de alguns nutrientes essenciais. Mas existem outros fatores que contribuem ainda para a introdução de vitamina para gestante. Listamos os principais abaixo:

  • Distúrbio alimentar ou desnutrição torna ainda mais importante o consumo de suplementos vitamínicos durante a gestação, pois a falta de vitaminais e minerais podem prejudicar o desenvolvimento do bebê.
  • Consumo de bebidas alcoólicas e hábito de fumar são nocivos para qualquer pessoa, especialmente as mulheres grávidas, que demandam maior necessidade de nutrientes específicos como ácido fólico e vitamina C.
  • Gravidez de gêmeos demanda um aporte ainda maior de nutrientes, portanto é fundamental incluir um multivitamínico na dieta. Não importa se são dois, três ou mais bebês.
  • Gestante em dieta vegetariana ou vegana que não realiza acompanhamento com o nutricionista pode deixar de ingerir alguns nutrientes em quantidade suficiente para suprir as necessidades do bebê e as próprias.
  • Intolerância alimentar ou alergia a determinados alimentos também podem causar deficiência de certas vitaminas e minerais e dificultar o desenvolvimento fetal.

Outros fatores que contribuem para a necessidade de incluir um suplemento vitamínico na dieta são doenças crônicas, problemas sanguíneos e pós-cirurgias bariátricas.

Quais vitaminas ingerir em cada fase da gestação?

Você sabia que cada fase da gestação exige o consumo de determinados nutrientes? Então saiba o que ingerir no primeiro, segundo e terceiro trimestres da sua gravidez:

Primeiro trimestre

Nos primeiros três meses de gravidez, a gestante deve introduzir a suplementação de ácido fólico. Inclusive, a maioria dos nutricionista considera importante a suplementação desse nutriente pelo menos três meses antes da concepção.

Esse nutriente previne deformação do tubo neural do feto, ou seja, a estrutura que dará origem ao cérebro e a medula espinhal – essa é a razão da tremenda
importância do suplemento.

Imagem de uma grávida.

Consuma ácido fólico durante o primeiro trimestre da gravidez. (Fonte: Negative Space/ Pexels.com)

Segundo trimestre

Requer a suplementação de vitamina C, pois o nutriente atua na formação de colágeno, proteína que compõem os vasos sanguíneos, ossos, cartilagens e pele. A vitamina também aumenta a absorção de ferro e fortalece o sistema imunológico.

Outro nutriente importante é o magnésio que atua na formação e crescimento dos tecidos corporais. Já a vitamina B6 atua no crescimento e ganho de peso do feto, além de reduzir os riscos de desenvolvimento de depressão pós-parto.

A partir da vigésima semana da gestação, a suplementação de ferro deve ser incluída, pois esse mineral é responsável pela produção de hemoglobina, uma proteína que atua no transporte de oxigênio pelo sangue. Também previne anemia no bebê e na mamãe.

Terceiro trimestre

Na última etapa da gravidez, é muito importante suplementar cálcio, pois quando esse mineral está em falta, há a formação de cáries, enfraquecimento das unhas e cãibras musculares. Além disso, o cálcio auxilia na produção de leite materno.

Esse mineral também ajuda no processo de coagulação do sangue, na manutenção da pressão sanguínea, controle dos batimentos cardíacos e contrações musculares.

Imagem de uma mulher grávida.

Na reta final da gravidez, é importante suplementar cálcio. (Fonte: Ryan Franco/ Unsplash.com)

Vitamina para gestante engorda?

Uma preocupação bastante comum entre as mulheres grávidas é se a vitamina para gestante provoca ganho de peso. A resposta é que mesmo que essas vitaminas e minerais complementem a dieta, geralmente não provocam aumento de peso.

Mas fique ciente que o aumento de peso é esperado durante a gravidez, portanto, não deixe de tomar seu complexo multivitamínico por esse motivo. Para evitar o aumento descontrolado de peso é importante consultar um nutricionista e solicitar que o profissional monte uma dieta adequada para gestantes.

Imagem de uma gestante.

É comum engordar durante a gravidez. (Fonte: Daniel Reche/ Pexels.com)

Por quanto tempo devo tomar vitamina para gestante?

Recomendamos que você tome sua vitamina para gestante durante os nove meses de gravidez. Inclusive, seu médico pode sugerir que você continue a tomá-las após o nascimento do bebê, principalmente durante o período de amamentação, pois esses nutrientes vão para o leite materno.

Há algum risco de tomar vitamina para gestante sem orientação médica?

A suplementação pré-natal ou pós-natal deve ser feita com indicação de médico obstetra ou nutricionista, que solicitará exames de sangue que indicarão quais nutrientes devem ou não ser suplementados e em qual dosagem.

Vale lembrar que o consumo em excesso de alguns nutrientes pode ser bastante perigoso para o bebê e para a mamãe.

Por exemplo, a vitamina C em excesso pode aumentar o risco de cálculos renais. Em falta, essa mesma vitamina aumenta as chances de o bebê desenvolver malformações.

Até o ácido fólico pode trazer riscos para o bebê quando consumido em excesso. Um dos maiores riscos é o desenvolvimento do autismo, doença que pode ser causada pelo estímulo excessivo do sistema neurológico do bebê.

Esses são apenas alguns exemplos para ilustrar a necessidade de acompanhamento médico. Não podemos deixar de mencionar que, em alguns casos, a gestante não precisa tomar qualquer tipo de suplementação.

Francesco BrancaDiretor do Departamento de Nutrição para saúde e desenvolvimento da OMS

"O aconselhamento sobre alimentação saudável, nutrição ideal e quais vitaminas ou minerais as mulheres devem tomar durante a gestação podem ajudá-las muito e ajudar também o desenvolvimento dos bebês, para que se mantenham saudáveis durante a gravidez e além"

Critérios de compra: Encontre a melhor vitamina para gestante

Nas quarenta semanas do período gestacional e nos primeiros meses de vida do bebê, é fundamental evitar a carência nutricional, pois a falta de vitaminas e minerais podem atrapalhar o desenvolvimento do feto, comprometer a saúde da gestante e influenciar na qualidade do leite materno.

Portanto, mantenha uma alimentação equilibrada e inclua a vitamina para gestante em sua dieta. Para encontrar o suplemento ideal você deve consultar seu médico e seguir as dicas abaixo:

Vamos detalhar cada um dos tópicos ao longo da seção. Qualquer dúvida, deixe um comentário.

Complexo vitamínico

A maioria dos médicos recomendam que a gestante introduza um complexo vitamínico durante a após a gestação, pois o polivitamínico reúne cerca de 20 nutrientes essenciais, entre vitaminas e minerais.

No entanto é importante avaliar os rótulos desses multivitamínicos, pois existem diversas marcas que oferecem vitaminas para gestantes sem seguir determinado padrão, ou seja, você encontra variação entre componentes e suas respectivas concentrações.

Imagem de uma mulher grávida escolhendo um suplemento vitamínico.

É importante avaliar os componentes e concentrações das vitaminas e minerais de um multivitamínico para gestante. (Fonte: Dolgachov/ 123RF.com)

Suplementos específicos

Outra opção é reunir os suplementos específicos de cada vitamina ou mineral. Essa opção é personalizada de acordo com as necessidades nutricionais da gestante e deve ser prescrita pelo médico obstetra ou nutricionista.

Mas ao invés de ingerir diversas cápsulas, é possível mandar manipular um suplemento em cápsulas com todos os componentes necessários. Procure seu médico, realize exames e encontre a melhor alternativa.

Para que você não esqueça de nenhuma vitamina importante nem o momento adequado para incluí-la em sua dieta, preparamos a tabela de referência abaixo:

Etapa da gravidez Vitaminais e minerais essenciais
Primeiro trimestre Ferro, Colina, Cálcio, Zinco, Vitaminas A, complexo B e ômega 3
Segundo trimestre Vitamina C, Magnésio, Vitamina B6 e cálcio
Terceiro trimestre Cálcio

Apresentação

Algumas mulheres sentem dificuldade de engolir cápsulas e isso pode dificultar a ingestão da vitamina para gestante. Mas existem algumas alternativas para contornar esse problema.

A primeira opção é procurar um suplemento em pílula pequena ou com revestimento diferente para facilitar a deglutição e absorção do multivitamínico. Caso o suplemento seja manipulado, peça para manipular em cápsulas pequenas.

O comprimido do multivitamínico Materna - uma parceria das marcas Nestlê e Pfizer -  possui revestimento diferenciado, são três camadas de revestimento de rápida, média e lenta absorção (tecnologia 3- Layer).

Outra opção é solicitar uma vitamina para gestante mastigável ou experimentar suplementos em pó que podem ser diluídos em um copo de água filtrada.

Imagem de uma mulher segurando uma xícara de café e uma cartela de cápsulas.

Algumas mulheres sentem dificuldade de engolir cápsulas. (Fonte: Polina Tankilevitch/ Pexels.com)

Quantidade de cápsulas e posologia

No momento da compra observe qual é a posologia, ou seja, quantas cápsulas você deve ingerir para alcançar a dosagem diária. Analise também a quantidade de cápsulas que vem no frasco. É comum encontrar frascos com 30 ou 60 cápsulas que correspondem a 30 dias de tratamento.

Não ingira duas doses do suplemento no mesmo dia.

É importante tomar cuidado para não ingerir duas doses da vitamina para gestante em um mesmo dia. Embora cometer esse erro apenas uma vez não cause danos, repetir o descuido pode levar ao excesso de nutrientes que podem prejudicar o desenvolvimento do bebê e sobrecarregar seu organismo.

Fermentação das vitaminas

Antes de comprar suas vitaminas gestacionais, é importante checar se elas são fermentadas com probióticos e leveduras, pois a fermentação facilita a digestão e diminui a propensão de causar náuseas, comuns em diferentes estágios da gravidez.

Para absorver melhor os nutrientes presentes nas cápsulas, recomendamos que você faça a ingestão das cápsulas durante a refeição. Quando as cápsulas são dissolvidas com o estômago cheio, não ocorrem irritações estomacais.

(Fonte da imagem destacada: Milkos/ 123RF.com)

Por que você pode confiar em mim?

Apaixonada por ler e escrever, empenha-se em produzir conteúdo relevante sobre áreas pelas quais tem muito interesse, como tecnologia, qualidade de vida, beleza e lazer.