Imagem de water cooler com ventilador vermelho
Ultima atualização: 5 de fevereiro de 2020

Como escolhemos

10Produtos analisados

19Horas investidas

7Estudos avaliados

65Comentários coletados

Pensando em dar um upgrade em seu computador para que ele possa rodar seguramente os jogos da nova geração? Hoje, no ReviewBox Brasil, vamos mostrar como um water cooler pode fazer a diferença em sua experiência.

Quanto mais potente o hardware em seu PC, maior o calor gerado, especialmente quando você começa a fazer overclocking. Nesses casos, um bom sistema de refrigeração é essencial. Confira nossa análise completa.




Primeiro, o mais importante

  • Apesar do nome sugerir, o resfriamento não é feito com água comum. O fluido responsável pela refrigeração é uma mistura de água destilada e aditivos químicos.
  • O water cooler mais comum é utilizado para refrigerar o processador, mas existem sistemas mais completos, que também se conectam a placa de vídeo e outros componentes.
  • Por ser um sistema mais complexo, ele contém mais peças. Por isso pode ser necessário um gabinete mais espaçoso para acomodar todo seu hardware.

Você também pode gostar:

Os melhores water coolers: Nossas indicações

Com o mercado gamer crescendo vertiginosamente nos últimos anos, os water coolers estão cada vez mais populares. Além de eficientes, eles também deixam os computadores cheios de estilo. Veja abaixo alguns ótimos modelos.

Ideal para quem está começando

Com visual clean e detalhes em tons mais neutros, o Sangue Frio da PCYes encaixa bem em qualquer setup. Ele conta com mangueiras de alta qualidade, com acabamento premium e bombas de 2300RPM. Seu radiador é feito de alumínio maciço e perfuração compatível com os principais gabinetes do mercado.

A opção perfeita para os gamers que amam luzes

Fácil de instalar, esse modelo da Cooler Master conta com um radiador de 240 mm com sistema de resfriamento tudo-em-um que serve tanto para os usuários iniciantes quanto para os mais experientes. Com dois coolers, ele se destaca pelo recurso de iluminação RGB que deixa o PC mais personalizado.

Nossa recomendação para os entusiastas em overclocking

A Corsair é famosa no mercado por produtos de altíssima qualidade, e isso não é diferente com o H150I Pro. Ele conta com três ventoinhas PWM de levitação magnética e o novo perfil de resfriamento Zero RPM que permite que elas parem totalmente em baixas temperaturas para otimizar o desempenho.

Guia de compra

Um bom sistema de resfriamento é essencial para que seu processador e placa de vídeo possam funcionar em todo seu potencial, sem quedas de desempenho ou superaquecimento que danificam os componentes.

O water cooler oferece uma série de benefícios quando os comparamos aos sistemas tradicionais, mas ele exige sua quota de comprometimento, seja no preço ou na instalação. Acompanhe nosso guia de compras para mais detalhes.

Imagem de duas pessoas jogando em computadores

Todo gamer sabe que um bom setup é fundamental para melhorar seu desempenho. (Fonte: Alex Haney/ Unsplash.com)

Como funciona o sistema de water cooler?

Caso você já possua um computador, deve estar familiarizado com o sistema tradicional de ventoinhas que ajudam a dissipar o calor.

No caso do water cooler, ele é um sistema fechado, onde uma bomba é responsável pelo fluido circular até o processador, e outros componentes em modelos mais elaborados, realizando uma troca de calor.

Quando o fluido se aquece, ele é levado até o radiador, que pode ser externo ou interno, eliminando o calor com auxílio de ventoinhas.

Esse processo contínuo permite que todos os hardwares conectados sejam refrigerados com máxima eficiência, algo fundamental em computadores de alto desempenho ou gamers.

Quais as vantagens e desvantagens do water cooler?

A principal vantagem do sistema de refrigeração por water cooler é a eficiência, pois além de potente, é muito mais silencioso, produzindo menos ruídos do que as ventoinhas convencionais.

Ele também ajuda a gerenciar a temperatura de forma mais poderosa, o que o torna excelente para o overclocking, já que nestes casos, os componentes são levados a sua capacidade máxima, necessitando de um maior poder de resfriamento.

E não podemos deixar de fora o fato de que ele oferece várias opções de customização, com elementos luminosos ou aditivos coloridos que chamam a atenção.

No entanto, é preciso ficar de olho em algumas desvantagens. Eles exigem mais espaço no gabinete para seus diferentes componentes e, instalados de forma incorreta, há um risco de vazamentos.

Vantagens
  • Produzem menos ruídos
  • Melhor gerenciamento de temperatura
  • Excelente para overclocking
  • Várias opções de customização
Desvantagens
  • Exige mais espaço no gabinete
  • Mal instalado pode causar vazamentos

Qual a importância de um water cooler para um PC gamer?

Infelizmente, e principalmente em ambientes competitivos, a performance dos computadores muitas vezes é tão importante quanto a habilidade dos jogadores.

Isso acontece porque os tempos de resposta podem variar muito de um setup para outro. Essa é uma das razões pelos gamers desejarem sempre o que há de melhor disponível no mercado.

Um bom sistema de refrigeração é essencial para manter tudo funcionando.

E, por mais que os fabricantes estejam sempre avançando na geração de calor dos seus hardwares, um bom sistema de refrigeração é essencial para manter tudo funcionando de maneira adequada.

Eles ajudam não só para que a performance seja mais estável, mas também na vida útil desses componentes. Principalmente se você pretende levá-los a seus limites com o mínimo de riscos possível.

Além disso tudo, é impossível negar que eles são esteticamente bonitos, dando um visual de última geração mesmo que seu PC possua especificações mais modestas.

O sistema water cooler é seguro?

Quando falamos de water coolers, a grande preocupação é a de vazamento. Já imaginou todo seu precioso setup exposto a um fluido que pode danificar tudo?

Infelizmente, esse é um risco de pode acontecer, principalmente em sistemas mais baratos ou caso haja problemas de instalação.

Essa é uma preocupação que as marcas levam em consideração, e muitos modelos já contam com sistemas de segurança. Em todo caso, é importante ficar atento e realizar a manutenção regularmente.

Imagem de water cooler em gabinete aberto com placa de vídeo

Já imaginou sua placa de vídeo funcionando com o máximo de performance? O water cooler torna isso possível. (Fonte: Fredrick Tendong/ Unsplash.com)

Quais os principais componentes de um water cooler?

Diferente dos sistemas de ventoinhas tradicional, o water cooler possui mais peças que tornam seu funcionamento possível. Confira:

  • Waterblock: Uma das partes mais importantes nesse sistema, ele é responsável por transferir o calor do hardware para a água.
  • Radiador: A água quente que vem do waterblock passa pelo radiador, que utiliza ventoinhas para resfriá-la novamente.
  • Bomba: Ela é responsável por realizar o bombeamento de água através de todo o sistema.
  • Reservatório: Ele aloca o fluido do water cooler e, em conjunto com a bomba, aloca o fluido pelas mangueiras.
  • Conectores: São os responsáveis por ligar as mangueiras a bomba, radiador e reservatório. Eles podem ser feitos de plástico, níquel ou uma liga de níquel-cromo e variam de 3-4/3-8" ou 1-2/1-4" polegadas.
  • Mangueiras: Elas integram o fluido a todos os componentes de sistema de refrigeração.
  • Fluidos: A maioria dos fluidos é uma combinação de água destilada e aditivos químicos, alguns semelhantes aos usados em radiadores automotivos. A fórmula exata pode depender muito do fabricante e alguns mantém sua composição protegida a sete chaves.

E se você ainda está montando seu setup gamer, dê uma olhadinha em outros de nossos artigos que podem ajudá-lo a obter um PC de última geração.

Critérios de compra: O que analisar antes de comprar um water cooler

À primeira vista, instalar um water cooler pode parecer um bicho de sete cabeças, mas se você estiver atento a todas as especificações necessárias, o processo todo pode ser muito mais fácil.

Pensando nisso, separamos alguns tópicos importantes para sua consideração. Seguindo essas dicas, seu PC vai ganhar em desempenho, estilo e sem produzir ruídos.

Dimensões

Uma das primeiras coisas que você deve analisar ao comprar um sistema de water cooler é o tamanho que todos seus componentes, como mangueiras, cabos, bomba e ventoinhas vão ocupar no gabinete.

Enquanto os modelos mais simples são mais compactos, os complexos possuem radiadores e ventiladores maiores.

Também é importante ficar de olho nessas especificações para realizar a troca de peças durante as manutenções periódicas. O tamanho também pode interferir em fatores como a compatibilidade, como veremos a seguir.

Imagem de duas pessoas jogando em computadores

Hoje é comum gabinetes com laterais de vidro temperado que expõe o seu belo setup. (Fonte: Artiom Vallat/ Unsplash.com)

Compatibilidade

A principal dificuldade de muitas pessoas para montar um bom setup é encontrar peças de hardware que sejam compatíveis. Vemos esses exemplos em placas-mãe, processadores e placas de vídeo.

Não é diferente com o water cooler. Então, antes de realizar a compra, é extremamente importante verificar sua compatibilidade com o seu setup e gabinete.

Essas informações podem ser encontradas tanto nas especificações do fabricante como em vários sites especializados. Vale a pena investir um pouco de tempo se aprofundando em todos os detalhes técnicos para não se arrepender da compra.

foco

Você sabia que existem competições de overclocking que premiam os melhores setups com water cooler?

Iluminação e estilo

Além do desempenho, um dos grandes diferenciais do water cooler é o sistema de iluminação que muitos modelos oferecem. Em alguns, é possível até mesmo escolher entre vários efeitos RGB, especialmente nas ventoinhas.

O próprio fluido pode possuir várias cores diferentes que, em combinação com mangueiras transparentes e gabinetes com laterais ou parte frontal de vidro, oferecem um show à parte.

Imagem de water cooler com fluido amarelo

Fluidos coloridos ou até fluorescentes deixam qualquer computador gamer mais atrativo. (Fonte: Mukil Menon/ Unsplash.com)

Número e tamanho de ventoinhas

Quando lidamos com os water coolers, não só o radiador precisa ser potente, mas o número e tamanho de ventoinhas também faz toda a diferença para dissipar melhor o calor.

Atualmente, os modelos mais simples utilizam uma ventoinha de 12 cm. Para setups gamers mais exigentes, ou para profissionais que trabalham com renderização de imagem e possuem máquinas mais potentes, é possível optar por modelos com duas ou mais ventoinhas de 14 cm.

(Fonte da imagem destacada: Alexandru-Bogdan Ghita/ Unsplash.com)

Por que você pode confiar em nós?

Luiza Ferreira Engenheira de Computação
Ter crescido justamente em meio ao grande boom da internet fez com que Luiza se tornasse fã de carteirinha do mundo da informática desde pequena. Estudar engenharia da computação pareceu um caminho natural, e hoje ela tem prazer ao compartilhar seu conhecimento com o público online.
Redatora e psicóloga, é uma entusiasta de gadgets, jogos e utilidades. Adora escrever e experimentar inovações que podem tornar a vida mais prática.