Imagem de um computador
Ultima atualização: 13 de março de 2020

Como escolhemos

9Produtos analisados

16Horas investidas

3Estudos avaliados

53Comentários coletados

Você sabia que existe uma enorme diferença entre um computador pessoal e uma workstation? A maioria das empresas negligencia a necessidade de uma máquina própria para trabalho e monta uma infraestrutura de computadores com desempenho inferior.

O uso do computador pessoal pode diminuir a produtividade dos funcionários, que dependem do poder de processamento da máquina para realizar o trabalho. Neste cenário, é indispensável a compra de uma workstation, assunto deste artigo.




Primeiro, o mais importante

  • A workstation possui configurações avançadas e alto desempenho. Em uma workstation, você tem uma estação de trabalho conectada, produtiva e segura. A estação de trabalho digital é fácil de implantar e gerenciar.
  • Além da workstation de gabinete, que lembra bastante um computador desktop, você encontra a workstation mobile, que se assemelha a um notebook.
  • A workstation pode ser utilizada por apenas um usuário (Stand Alone), ou como um servidor, dividindo o poder de processamento para um grupo de usuários, sem comprometer o desempenho da máquina.

Você também pode gostar:

As melhores workstations: Nossas recomendações

Embora muitas pessoas personalizem a própria workstation, é possível encontrar alguns modelos previamente configurados. Selecionamos algumas das melhores workstations abaixo:

A melhor workstation de gabinete

A workstation Razor Blade MX-450v2 possui processador Intel Xeon E3, memória RAM de 16GB (expansível em até 64GB), armazenamento interno híbrido com HD 1TB e SSD de 120GB e placa de vídeo profissional NVIDIA Quadro P600. Conta com entradas USB 2.0 e 3.0, SATA M.2, PCI e suporte a RAID. O fabricante concede três anos de garantia.

A melhor workstation mobile

A workstation mobile M5510 da Dell é ideal para profissionais que precisam de um notebook com especificações técnicas robustas. Esse equipamento conta com processador Intel Core i7, seis núcleos, 3.6Ghz de velocidade de processamento, memória RAM de 32GB e armazenamento em SSD de 1TB. A placa gráfica é NVIDIA M1000. O computador possui tela com resolução UHD/4K e 15.6 polegadas.

Uma workstation mais básica

Para quem está com o orçamento limitado, recomendamos a compra desta Workstation. O equipamento conta com processador Intel Xeon E3, memória RAM de 8GB e disco rígido de 1TB. A placa gráfica é NVIDIA Quadro P400.

Guia de Compra

Desde a invenção do computador, a tecnologia evoluiu bastante. Atualmente, é possível encontrar uma máquina com alta capacidade de processamento, ideal para realizar tarefas pesadas... você conhece a workstation?

Se você ainda não conhece uma workstation, não se preocupe. Neste Guia de Compra vamos explicar as características, funcionalidades e finalidades de uso de uma estação de trabalho.

Imagem de dois homens trabalhando.

Como o nome indicada, a workstation é um computador de trabalho. (Fonte: Tim Van Der Kuip/ Unsplash.com)

O que é uma workstation?

A workstation, ou estação de trabalho, é um computador modular com capacidade de processamento superior à de um computador comum.

A principal diferença entre uma workstation e um computador desktop ou notebook é o uso de componentes robustos. É comum que uma workstation de entrada tenha desempenho parecido com o de um computador pessoal de alta performance.

foco

Você sabia que apesar de a expressão “estação de trabalho” ser uma tradução literal da palavra “workstation”, esse termo pode ser utilizado em outro sentido?

Workstation pode descrever o ambiente de trabalho como um todo, incluindo a mesa, cadeira e outros objetos. No entanto, neste artigo vamos utilizar o termo workstation apenas para nos referirmos ao computador de uso profissional.

Quais são as aplicações de uma workstation?

Os profissionais que trabalham na área de matemática, física, engenharia, arquitetura, desenho industrial, design, entre outros, são os que mais precisam de uma workstation.

Isso ocorre, pois esses profissionais utilizam softwares que lidam com cálculos, gráficos, imagens, vídeos, modelagem 3D, modelos físicos de laboratório, inteligência artificial, aplicações de Big Data, entre outras finalidades.

Imagem de um homem trabalhando.

Hoje em dia, cada funcionário pode utilizar sua própria estação de trabalho. (Fonte: Bruce Mars/ Pexels.com)

Quais são as especificações técnicas de uma workstation?

Apesar de o computador workstation ser objeto de desejo de muitas pessoas, é preciso entender que nem todas precisam de uma máquina robusta como uma estação de trabalho. Conheça as especificações técnicas do equipamento ao longo desta seção.

Hardware

Um dos diferenciais de uma workstation é que a máquina é construída de forma modular. O chassi de uma workstation é fácil de abrir, isso garante facilidade de manutenção e a capacidade de personalização.

Uma workstation permite incluir outros hardwares para ampliar sua capacidade de processamento, como slots PCI Express, unidades de disco, unidades de estado sólido, unidades ópticas e compartimentos de armazenamento flexível.

magem de um escritório comercial.

Você pode aumentar a capacidade de processamento da workstation personalizando a máquina. (Fonte: Austin Distel/ Unsplash.com)

Uma workstation é compatível com todas as placas de vídeo das marcas AMD e NVIDIA. Também pode ser conectada a diferentes monitores – até oito máquinas podem compartilhar a mesma workstation – e outros periféricos com mouse e teclado.

Outro diferencial é que uma workstation é fabricada para ficar ligada 24 horas por dia e sete dias por semana durante o ano inteiro. Por isso, a máquina conta com sistema de refrigeração potente.

Os benefícios não acabaram. A workstation ocupa pouco espaço no escritório, afinal, há diversos modelos à venda no mercado, com gabinete ou em estilo mobile.

Especificações técnicas

A workstation possui especificações técnicas superiores às de um computador desktop ou notebook.

Uma workstation conta com capacidade para dois ou mais processadores com até 16 núcleos cada, velocidade de processamento atinge mais de 2.000MHZ, existem vários slots para memória RAM DDR4 com capacidade máxima de 2TB e armazenamento interno para até 10TB.

Segurança

Rigorosamente certificada antes de chegar às lojas e com software de segurança vindo de fábrica, a workstation oferece segurança para que você possa realizar suas atividades sem se preocupar com a segurança de dados.

Conheça mais algumas vantagens e desvantagens de uma workstation na tabela abaixo:

Vantagens
  • Ideal para uso profissional
  • Pode executar várias tarefas ao mesmo tempo sem comprometer a velocidade do sistema
  • Estimula o aumento de produtividade
  • Não apresenta lentidão ou travamento
  • Processa rapidamente áudio, vídeo, imagens, gráficos e muito mais
  • Desempenho superior ao de qualquer outro computador
Desvantagens
  • Preço elevado

Quanto custa um computador workstation?

Em meio a tantos pontos positivos, a desvantagem de uma workstation é o preço elevado. Para comprar uma workstation você vai precisar de no mínimo R$5.000, sendo que o preço médio é R$7.000, um valor bastante superior ao de um desktop ou notebook de alto desempenho.

Portanto, não faz sentido algum o usuário comum, que utiliza o computador apenas para navegar na internet, acessar redes sociais e utilizar programas simples, comprar uma máquina com alto poder de processamento.

foco

Dica: Devido às possibilidades de expansão, sugerimos que você compre um computador workstation mais barato e adicione outros componentes para melhorar a performance da máquina pouco a pouco.

Quais são as diferenças entre uma workstation e um desktop?

Ao analisar o chassi de uma workstation e de um computador desktop, é natural confundir as duas máquinas, mas internamente esses equipamentos são muito diferentes e atendem a necessidades específicas.

A caráter de comparação, uma workstation low-end – modelo de entrada – pode ter um desempenho igual ou superior a um desktop high-end – modelo premium.

Como mencionamos anteriormente, a workstation oferece desempenho superior ao de um desktop, pois a capacidade de processamento de dados é infinitamente superior. O que faz desse computador próprio para uso profissional – mas não é indicado para todas as profissões.

O desktop é excelente para profissionais que não desenvolvem tarefas muito complexas.

Mesmo ficando para trás em processamento de dados, o desktop é uma excelente alternativa para profissionais que não desenvolvem tarefas muito complexas como desenvolvedores de produtos, por exemplo.

Mas quais são essas configurações avançadas que estão disponíveis apenas em um computador workstation? Arquitetura do multiprocessador calcula rapidamente as coordenadas e facilita a realização de atividades complexas, capacidade gráfica avançada e memória RAM com correções de erros que impede a instabilidade do computador.

Ainda está em dúvida se deve comprar um computador desktop ou uma workstation? Conheça mais diferenças entre os dois equipamentos na tabela comparativa abaixo:

Workstation Desktop
Recomendação de uso Uso profissional Uso pessoal ou profissional
Núcleos de processamento Até 36 núcleos Até oito núcleos
Memória RAM Até 128GB Até 16GB
Preço Preços elevados Preços variados

Critérios de compra: Como escolher um computador workstation

Uma estação de trabalho com bom desempenho é um item fundamental para proporcionar as condições básicas para que o colaborador execute suas atividades com o máximo de produtividade. Para escolher o modelo ideal para os seus funcionários, avalie as seguintes características:

Vamos detalhar cada uma dos critérios ao longo da seção. Achou este conteúdo interessante? Compartilhe-o com seus amigos através das redes sociais.

Finalidade de uso

Saber quais tarefas serão realizadas no computador é fundamental para escolher a melhor workstation, pois as especificações devem atender às necessidades exigidas pela atividade profissional.

Ainda que ambas sejam máquinas potentes, um computador utilizado por uma empresa de engenharia é muito diferente da máquina usada em uma ilha de edição, por exemplo.

Imagem de uma mulher usando um computador.

Escolha uma workstation de acordo com sua atividade profissional. (Fonte: Retha Fergusson/ Pexels.com)

Processador(es)

No momento da compra, avalie qual processador é utilizado na workstation pretendida. Um dos processadores mais utilizados é o Intel Xeon, desenvolvido com exclusividade para computadores de trabalho.

Entre os processadores escalonáveis Intel Xeon, você encontra quatro modelos: Platinum, Bronze, Silver e Gold. Esses modelos são indicados para diferentes finalidades.

Uma característica que difere entre esses processadores é a quantidade de soquetes. Quando há dois ou mais soquetes, você pode adicionar dois ou mais processadores com até 18 núcleos cada, aumentando ainda mais a capacidade de divisão de tarefas.

Memória RAM

Quanto maior a capacidade da memória RAM melhor é o desempenho do computador em lidar com diferentes aplicativos e softwares abertos ou em segundo plano.

Em uma workstation, a memória RAM pode ir de 16GB a 128GB. O que faz com que o computador não apresente qualquer lentidão ou travamento.

Certifique-se que a memória RAM da sua workstation dispõe da tecnologia ECC – Error Correcting Code ou Código de Correção de Erros – que corrige erros de memória, aumentando a estabilidade do computador.

Armazenamento

O HD ainda é o principal hardware de armazenamento em um computador. É uma solução com melhor custo-benefício, no entanto, não entrega o mesmo desempenho que um SSD.

O SSD otimiza a leitura de dados.

Utilizar um SSD otimiza a leitura de dados e reduz o tempo de busca em até cinco vezes, quando comparado a um HD convencional. A velocidade de leitura pode promover um impacto significativo na produtividade do computador.

Embora tenha se tornado um pouco mais acessível em termo de valores, a tecnologia SSD ainda é bem mais cara quando comparada a um HD.

Em relação a capacidade de armazenamento, cabe a você analisar sua atividade profissional e estabelecer a quantidade de memória que você precisa para armazenar seus arquivos.

Placa de vídeo

A placa de vídeo é outro item importante em uma workstation, principalmente para quem trabalha com design gráfico, criação e/ou edição de conteúdo multimídia, pois o hardware é responsável pela exibição de imagens em tela.

O computador é compatível com as placas gráficas das marcas AMD e NVIDIA. Caso você trabalhe com 3D ou renderização de imagens, vale a pena investir em um modelo com placa de vídeo premium. Não é seu caso? Pode investir numa placa de vídeo mais simples.

Workstation mobile

Investir em uma workstation mobile – estação de trabalho em formato notebook – é uma estratégia para empresas que desejam garantir a mobilidade de seus colaboradores, sem afetar a capacidade produtiva dos funcionários.

O notebook workstation é indicado para profissionais que usam softwares pesados, como programas de edição de vídeo e imagem ou gestão de projetos arquitetônicos. Assim como uma workstation tradicional, o aparelho apresenta preço elevado.

(Fonte da imagem destacada: Niclas llg/ Unsplash.com)

Por que você pode confiar em nós?

Luiza Ferreira Engenheira de Computação
Ter crescido justamente em meio ao grande boom da internet fez com que Luiza se tornasse fã de carteirinha do mundo da informática desde pequena. Estudar engenharia da computação pareceu um caminho natural, e hoje ela tem prazer ao compartilhar seu conhecimento com o público online.
Apaixonada por ler e escrever, empenha-se em produzir conteúdo relevante sobre áreas pelas quais tem muito interesse, como tecnologia, qualidade de vida, beleza e lazer.